boletim informativo da contrata£â€£’o p£‘blica certificado...

Download BOLETIM INFORMATIVO DA CONTRATA£â€£’O P£‘BLICA Certificado de Registo de Investimento Privado Direc£§££o

Post on 23-Aug-2020

0 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1BICPA | 3ª Edição

    3ª Ed ição II

    I Trim estre

    2016

    BOLETIM INFORMATIVO DA CONTRATAÇÃO PÚBLICA ANGOLANA

  • 2 BICPA | 3ª Edição

    BOLETIM INFORMATIVO DA CONTRATAÇÃO PÚBLICA ANGOLANA BICPA

    BICPA CP

    CRIP DNPE

    EGD ENAD

    EPC GB

    INAPEM INEA INSS LCC LCP

    MINCONS

    MPME NIF

    OGE PIB

    SIGFE SNCP

    Boletim Informativo da Contratação Pública Angolana Contratação Pública Certificado de Registo de Investimento Privado Direcção Nacional do Património do Estado Empresas de Grande Dimensão Escola Nacional de Administração Entidade Pública Contratante Garantia Bancária Instituto Nacional de Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas Instituto Nacional de Estradas de Angola Instituto Nacional de Segurança Social Linha de Crédito da China Lei dos Contratos Públicos C Contratação Pública Ministério da Construção Micro, Pequenas e Médias Empresas Número de Identificação Fiscal Orçamento Geral do Estado Produto Interno Bruto Sistema Integrado de Gestão Financeira do Estado Serviço Nacional da Contratação Pública

    ABREVIATURAS, SIGLAS E ACRÓNIMOS

  • 3BICPA | 3ª Edição

    CONTEÚDO 04 05

    14

    15 16

    14

    10 EDITORIAL NOTÍCIAS

    Nova Lei dos Contratos Públicos Entra em Vigor| 5 SNCP realiza Seminários de Divulgação da Lei dos

    Contratos Públicos| 6 SNCP e INAPEM realizam Palestra para as MPME | 7 Consignação de Obras a nível do MINCONS | 8 Instituto Superior Politécnico realiza conferência

    sobre “Contratação Pública” | 9

    PERSPECTIVAS DA CONTRATAÇÃO PÚBLICA

    EXPLICADOR DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA LEGISLAÇÃO RELEVANTE SOBRE A CONTRA- TAÇÃO PÚBLICA - 3º TRIMESTRE/2016

    AGENDA

    BOAS PRÁTICAS EM CONTRATAÇÃO PÚBLICA Impactos da Contratação Pública na Relação

    dos Fornecedores com a Banca Nacional |10 Regulamento sobre o Cadastro e Certificação

    dos Fornecedores | 13

  • 4 BICPA | 3ª Edição

    Editorial

    Sejam bem-vindos à terceira edição do Boletim Informativo da Contratação Pública Angolana (BICPA)! À semelhança das edições anteriores, nesta edição abordar-se--ão alguns aspectos fundamentais concernentes ao sistema de contratação pública, numa tentativa de reforçar a promoção da responsabilização e transparência em matéria de contratação pública. A missão do Serviço Nacional da Contratação Pública (SNCP) é, entre outras, promover políticas que garantam o cumprimento das normas vigentes refe- rentes à matéria de contratação pública. Neste sentido, o SNCP e demais in- tervenientes no sistema de contratação pública têm promovido seminários e palestras sobre os incentivos inerentes à contratação pública, privilegiando a partilha de experiências e conhecimentos com o objectivo de fortalecer e consolidar melhores práticas no sistema de contratação pública. O processo de aquisição, a forma como os gestores públicos devem estar informados sobre o mercado, o posicionamento dos fornecedores do Esta- do, bem como a correlação com a banca nacional têm sido cada vez mais destacados, com particular atenção para o papel das tecnologias de infor- mação, uma vez que dinamizam os processos, tornando-os mais transpa- rentes, eficazes e sustentáveis. A matéria evidenciada nesta edição servirá de mais-valia para maximizar a participação de propostas competitivas e evitar restrições desnecessárias. Boa Leitura!

    Caros Leitor,

    Rosária Dias dos Santos Rangel Filipe

  • 5BICPA | 3ª Edição

    Notícias

    Nova Lei dos Contratos Públicos Entra em Vigor

    O documento defende a racionali-zação, redução e o controlo dos gastos públicos, tendo como grande objectivo modernizar e simplificar os procedimentos de contratação pública. Este novo instrumento pretende colmatar lacunas e implementar aperfei-çoamentos que a experiência da aplicação da Lei da Contrata- ção Pública revelou serem necessários. De entre as principais novidades estão as seguintes:

    • A nova fixação do regime de Execução de Con- tratos para além da Formação, referentes à lo- cação e aquisição de bens móveis e à aquisição de serviços, nomeadamente tipificando-se as obrigações das partes, os casos em que pode existir modificação objectiva do contrato, em que pode ocorrer a cessão da posição contra- tual, a subcontratação e ainda as situações de incumprimento ou extinção do contrato;

    • A eliminação do Procedimento de Negociação

    A Lei n.º 9/16, de 16 de Junho – Lei dos Contratos Públicos (LCP), que revoga a antiga Lei da Contra- tação Pública (Lei n.º 20/10, de 7 de Setembro), entrou em vigor no passado dia 14 de Setembro.

    e introdução de uma fase facultativa de nego- ciação em todos os procedimentos;

    • A eliminação do procedimento especial para a contratação de consultores, ficando a contrata- ção dos mesmos sujeita ao regime geral;

    • Alteração da designação do Concurso Limitado sem Apresentação de Candidaturas para o Con- curso Limitado por Convite; e

    • A introdução de um novo procedimento de for- mação de contratos: a Contratação Simplificada, que se aproxima do ajuste directo.

    De realçar que, à semelhança das novidades supra refe- ridas, a nova lei cria um sistema centralizado de recolha e manutenção de informação sobre empreiteiros, forne- cedores de bens e prestadores de serviços que celebrem contratos com quaisquer Entidades Públicas Contratan- tes, podendo os mesmos ser alvo de certificação, quando comprovada a sua idoneidade e habilitação profissional.

  • 6 BICPA | 3ª Edição

    SNCP realiza Seminários de Divulgação da Lei dos Contratos Públicos

    Com a entrada em vigor da Lei n.º 9/16, de 16 de Junho – Lei dos Contratos Públicos, urge a necessidade de se transmitir aos ope- radores e gestores públicos as alterações e novidades constantes na mesma.

    Desta feita, o Serviço Nacional da Contratação Pública realizou no passado mês de Setembro dois seminários enquadrados no Plano de divulgação da LCP, visando dar a conhecer as ino-vações contidas na nova lei. A iniciativa do SNCP contou com a colaboração da Esco-la Nacional de Administração (ENAD), em Luanda, do Governo Provincial da Huíla e das Delegações de Finanças das províncias da Huíla, Namibe e Cunene. A nova Lei surge para tornar o processo de contratação pública inclusivo, gerando assim novas oportunidades para os agentes económicos. A Directora Geral do SNCP sublinhou que esta Lei surge com o objectivo de reforçar os instrumentos para a racionalização, redução e controlo dos gastos públicos, procurando conferir maior qualida- de na execução da despesa pública e obter poupanças para o Estado. “À semelhança das medidas que têm sido

    implementadas, em sede da contínua potenciação da re- ceita fiscal, no âmbito da Reforma Tributária em curso no nosso País, a aprovação da Lei dos Contratos Públicos, representa uma significativa conquista do nosso Executi- vo, visando a melhoria da qualidade da despesa pública, apresentando-se também como uma solução para con- trapor a actual conjuntura macroeconómica”. “A nova Lei permitirá aos operadores públicos e privados disporem de mecanismos que permitam imprimir maior celeridade e uniformidade nos processos de Contratação Pública, assegurando a prevalência de princípios que sal- vaguardem o interesse público”, referiu. A responsável anunciou ainda que, o Ministério das Fi- nanças, por intermédio do SNCP prosseguirá a aposta numa intensa campanha de divulgação da referida lei, com a realização de mais seminários a nível regional, conferências, debates e formações contínuas permitindo assim que os operadores públicos e privados tenham co- nhecimentos aprofundados sobre esta matéria.

  • 7BICPA | 3ª Edição

    SNCP e INAPEM realizam Palestra para as MPME

    O Serviço Nacional da Contratação Pública (SNCP) em parceria com o Instituto Na-cional de Apoio às Micro, Pequenas e Mé-dias Empresas (INAPEM), promoveu igual-mente, uma palestra sobre a participação das Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) na Contratação Pública, no dia 18 de Agosto do corrente ano, nas instalações do Instituto Nacional de Formação das Finanças Públicas. A realização da palestra resultou da necessidade de se observar o cumprimento do Decreto Executivo Conjunto n.º 157/14, de 4 de Junho, sobre os Apoios Institucionais às MPME, da Lei de Fomento do Empresariado Nacional (Lei n.º 14/03, de 18 de Julho) e da Lei das Micro Peque- nas e Médias Empresas (Lei n.º 30/11, de 13 de Setem- bro), bem como da Lei dos Contratos Públicos (Lei n.º 9/16, 16 de Junho), com vista a dinamizar a participação das MPME nos processos de contratação pública, tendo em conta o fomento do empresariado nacional. Na sessão de abertura da palestra, Nelson Lembe, Direc- tor-Adjunto do SNCP, advogou a necessidade das MPME primarem pela formação dos seus quadros, melhorando os requisitos qualitativos, como a capacidade técnica e financeira, para participarem em determinados procedi- mentos de contratação pública. Segundo Nelson Lembe, as mesmas têm sido consideradas como o elo mais fraco no que toca à participação nos procedimentos concursais,

    uma vez que as Empresas de Grande Dimensão (EGD) acabam por ficar com o maior volume de contratos, quer em valor como em quantidade