bloqueios atrioventriculares

Download BLOQUEIOS ATRIOVENTRICULARES

Post on 01-Jun-2015

64.503 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. I CURSO DE ECG LACC Prof. Ms.Paulo Cavalcanti UNIFENAS - BH

2. I CURSO DE ECG LACC UNIFENAS BH BLOQUEIOS ATRIOVENTRICULARES 3. N sinusal 4.

  • N sinusal
  • Bradicardia sinusal: FC < 50 bpm em repouso e em viglia, devemos estar atentos para a sua origem.
  • Funcional: atletas, estenose artica, vagotonia primria.
  • Orgnica: ocorre na verdadeiradoena do n sinusaldevido a degenerao e destruio das clulas P (miocardioesclerose, coronariopatias, miocardiopatias, miocardite, amiloidose, colagenases, cirurgia cardaca)
  • Farmacolgica
  • Parada sinusal ou pausa sinusal: perodo de assistolia maior que 2 segundos, sem mltiplos do intervalo P-P, sugerindo uma falha do automatismo do n sinusal

5.

  • Conduo atrio-ventricular
  • BAV 1 grau: intervalo PR > 0,2 seg ou 200 mseg com conduo 1:1, representa um retardo na conduo do n AV. Medicamentoso (digital, amiodarona). Bom prognstico no requer TTO de urgncia.

6. Conduo P-R, fixa, maior que 0,2 segundo. Indicao de Marcapasso: depende da sintomatologia Bloqueio Atrioventriculares

  • Bloqueio AV de 1 Grau

7. Bloqueio Atrioventriculares

  • Bloqueio AV de 1 Grau

8.

  • Conduo atrio-ventricular
  • BAV 2 grau Mobitz I ou Wenckebach: alargamento progressivo do intervalo PR at o aparecimento de uma onda P bloqueada (3:2, 4:3, 5:4). Normalmente o bloqueio localizado no n AV. Bom prognstico no requer TTO de urgncia. Investigar a causa (medicamentoso, vagotonia, IAM). Raramente requer MPP.

9.

  • Conduo atrio-ventricular
  • BAV 2 grau Mobitz I ou Wenckebach:.

10.

  • Bloqueio AV de 2 Grau

Bloqueio Atrioventriculares Conduo P-R, varivel. Indicao de Marcapasso: normalmente no Tipo I ou Wenckebach (Mobitz I) 11.

  • BAV 2 grau tipo Mobitz II: aparecimento de onda P bloqueada sem alargamento prvio do intervalo PR. Vem acompanhado de sintomas(tipo sincope) sendo necessrio a passagem de MPP e posteriormente avaliado MPD.
  • QRS estreito: tronco do feixe de HIS
  • QRS largo: infra-His
  • Na presena de vrias ondas P bloqueadas consecutivas , o bloqueio considerado de alto grau ou grau avanado(2:1, 3:1, 4:1).

12.

  • BAV 2 grau tipo Mobitz II

13.

  • BAV 2 grau tipo Mobitz II: aparecimento de onda P bloqueada sem alargamento prvio do intervalo PR. Vem acompanhado de sintomas(tipo sincope) sendo necessrio a passagem de MPP e posteriormente avaliado MPD.
  • QRS estreito: tronco do feixe de HIS
  • QRS largo: infra-His
  • Na presena de vrias ondas P bloqueadas consecutivas , o bloqueio considerado de alto grau ou grau avanado(2:1, 3:1, 4:1).

14. Completa dissociao AV. Indicao de Marcapasso: freqentemente Bloqueio Atrioventriculares

  • Bloqueio AV de 3 Grau ou Total (BAVT)

P P R R 15.

  • BAVT: no existe relao entre as ondas P e os complexos QRS. Ventrculo e trio se contraem de modo independente um do outro. Quanto mais baixo for o foco de escape, mais longo o QRS e mais baixa a FC. Prognstico grave, geralmente acompanhado de sintomas sendo necessrio a passagem de MPP e avaliao deMPD.

16. CURSO BSICO DE ELETROCARDIOGRAFIA 17. Investigao das Bradiarritmias 18.

  • Investigao das Bradiarritmias
  • ECG: muito til, mas seu curto perodo de observao reduz sua sensibilidade.
  • Holter: de extrema utilidade, permite a correlao clnico-eletrocardiogrfica, que fundamental para indicar ou contra-indicar um MPD. o exame mais indicado quando os sintomas so frequentes.
  • Looper: permite o registro do ECG por longos perodos de tempo (uma a duas semanas). indicado quando os sintomas so raros e no foram esclarecidos de outra forma.
  • Teste ergomtrico: pertime estudar a resposta cronotrpica do n sinusal, que normalmente est reduzida na doena do N sinusal, mas somente tem valor diagnstico na vigncia de anormalidade na conduo.

Recommended

View more >