black rot da videira e soluções ?· black rot da videira e soluções syngenta. 2 resumo ... de...

Download Black rot da videira e soluções ?· Black rot da videira e soluções Syngenta. 2 Resumo ... de cor…

Post on 10-Feb-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

40 anos da Estao de Avisos da Bairrada Rui Delgado, Novembro 2010

Black rot da videira e solues Syngenta

2

Resumo

1.Sintomas

2.O ciclo do Black-rot

3. Impactos sobre a vindima e o vinho

4.A estratgia de proteco

5.Solues Syngenta

6.Recomendaes

3

O Black rot

Origem: uma doena originria dos EUA, talvez a mais antiga (Kentucky, 1804)

Descoberta na Europa nos finais do sculo XIX (Hrault)

Impacto: muito importante sobre a produtividade e qualidade do vinho

Por vezes chamada doena do fogo

Localizao: tem aparecido sobretudo na regio da Bairrada mas em 2009 tambm foi referenciada na regio do Do

Classificao: Ascomiceta

especfico da vinha

Forma perfeita (reproduo sexuada) : Guignardia bidwellii

Forma imperfeita : Phyllosticta ampelicida

4

Sintomas

Folhas:

- Manchas com 1 a 20 mm, acastanhadas, de forma circular mais ou menos

poligonal, com contorno negro nas quais se desenvolvem posteriormente os

picndios.

Bagos:

- Manchas castanhas claras, arredondadas que invadem a totalidade do bago em

2 ou 3 dias.

- Adquirem uma colorao escura e nos bagos mumificados formam-se os

picndios.

Outros orgos:

- Sarmentos: manchas alongadas, de cor prpura a castanhas escuras,

deprimidas que secam e onde se formam os picndios.

- Inflorescncias: tambm possvel mas raro.

5

Ciclo do Black rot

Origem:R Sticht

Peritecas

em bagos

no solo,

madeira ou

cancros

Ascos

Contaminaes

primrias

Ascsporos

Contaminaes

secundrias

CondiosMiclio

Picndios

Formao de

peritecas

6

Ciclo do Black rot

Origem:R Sticht

Peritecas

em bagos

no solo,

madeira ou

cancros

Ascos

Contaminaes

primrias

Ascsporos

Contaminaes

secundrias

CondiosMiclio

Picndios

Formao de

peritecas

7

Imagem: Picndios e libertao de condios

Orgem:Rego, 2007

8

Imagem: sarmentos

Origem: Syngenta

9

Imagem: folhas

Origem: Syngenta

10

Imagem: folhas

Origem: Syngenta

11

Imagem: propagao

Origem: Syngenta

12

Imagem: inflorescncia

Origem: Syngenta

13

Imagem: bagos

Origem: Syngenta

14

Imagem: cachos

Origem: Syngenta

15

Imagem: bagos com picndios

Origem: Syngenta

16

Imagem: mmia com picndios

Origem: Syngenta

17

Biologia

Hibernao: - Por no ter sido detectado o estado sexuado do fungo (G. bidwellii) nas regies

onde o fungo tem aparecido, razovel admitir que o ciclo da doena, em Portugal, esteja essencialmente a ser assegurado por Phyllosticta ampelicida.

- Nestas condies, a sobrevivncia levada a efeito por picndios, presentes em sarmentos, folhas e cachos.

Da primavera ao vero- As infeces primaveris e estivais so asseguradas por condios.

- Nos tecidos verdes parasitados aparecem umas manchas que rapidamente se cobrem de pequenas pstulas negras, os picndios.

- O desenvolvimento da doena pode dar-se quando a temperatura atinge os 9 -10 C.

- Temperatura ptima : 25 a 27C.

- So necessrias condies de humectao prolongadas (6 a 7 horas).

- Os cachos so extremamente susceptveis desde a pr-florao at ao pintor.

Sintomas- Nas manchas foliares, os picndios aparecem ao fim de 3 a 4 dias.

- D-se uma propagao e uma disseminao atravs da chuva (splashing).

18

Biologia

A partir de um ataque precoce em folhas:

Estes ataques no causam prejuzos directos.

Mas as manchas de black rot constituem um reservatrio para

contaminaes posteriores (nos cachos). Este reservatrio tanto

mais eficaz quanto mais se situe ao nvel dos cachos.

19

Susceptibilidade da videira

1 : Receptividade :

Todos os orgos herbceos so susceptveis no curso do seu desenvolvimento:

- nas folhas: durante o seu crescimento activo

- nos cachos: desde a pr-florao at ao pintor. Estdio de susceptibilidade mximo: do incio do vingamento at ao fecho do cacho.

2 : Cultivares mais susceptveis:

Aragonez, Baga, Bical, Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Ferno Pires

20

Impacto sobre a cultura

Rendimento

- Ataques nas folhas e sarmentos so pouco prejudiciais.

- Ataques nos cachos podem conduzir a perdas desde os 5

aos 80% da vindima.

21

Impacto sobre o vinho

Impacto na qualidade dos vinhos:

Um estudo conduzido em 1983 por Barrre e Dumartin mostrou

Um ataque de 30% sobre a vindima, em Merlot

induziu uma diminuio de

- 39 % da intensidade da cor,

- 29 % da taxa em antocianinas,

- 7,5 % da taxa em taninos.

Originou defeitos na altura da prova: fraca intensidade de cor, falta de frescura e reflexos de frutos estragados

22

Estratgia de proteco

Diminuir as fontes de inculo existentes na vinha ou em redor.

Arrancar e queimar as plantas de vinhas abandonadas.

No inverno, eliminar e queimar as varas, os cachos e as folhas, portadores de inculo.

Fazer uma escolha criteriosa dos tratamentos mldio e odio

23

Concluses

O black rot est frequentemente relacionado com os ataques do ano

anterior

- Torna-se necessrio fazer observaes.

No se deve subestimar um ataque de black-rot.

O black rot no necessita de tanta precipitao como o mldio

- por isso, por vezes til iniciar ou dissociar o controlo do black

rot de um programa clssico

A escolha criteriosa do programa anti-mldio e anti-odio pode permitir

uma excelente proteco.

24

Os fungicidas Syngenta

25

- Contm a substncia activa azoxistrobina

- Famlia qumica das estrobilurinas

- Homologados contra escoriose, mldio, odio e

black-rot.

- Intervalo de segurana em vinha: 21 dias

(Quadris), 42 dias (Quadris Max)

- Classificao toxicolgica e ambiental : Xn (s

Quadris Max) e N

Quadris e Quadris MAX

26

Mobilidade da azoxistrobina:

Corte de folha

Margem inferior

Margem superior

Movimento local nos

orgos fortemente

vascularizados

Jovem cacho

Pmpano

Reservatrio da substncia activa:reabsoro em condies de humidade

27

Radio-labeled compound applied as droplets on the leaf base.

Comportamento da azoxistrobina numa folha de

videira 6, 24, 48 e 72 horas depois da aplicao

24 h 48 h 72 h

Intensidade da radiao

Fraca Forte

6 h

Local de

aplicao

Distribuio homognea pela folha

28

Amplo espectro

brenner

Um espectro de aco bastante amplo (em Portugal no se encontra homologado para brenner)

odio

escoriose

black-rot

mldio

29

Resultados de ensaios

30

0

5

10

15

20

25

1

Severidade da doena nos cachosO

bserv

ao

de 5.0

9.9

7

1.67 c 0.78 b 0.18 a 0.05 a

No tratadoRef. de

contacto

10 dias

Ref.

sistmico

14 dias

Quadris Duo

12 dias

Quadris

12 dias

Ensaio na variedade Gamay

31

0

10

20

30

40

50

60

70

1

Incidncia da doena nos cachosO

bserv

ao

de 11.0

8.9

7

6 3,5 3,5

No tratadoRef. de

contacto

10 dias

Quadris Duo

12 dias

Quadris

12 dias

Ensaio na variedade Semillon

32

Eficcia em cachos contra black-rot

50

60

70

80

90

100

Quadris MAX Fung. Contacto

Sntese de 11 ensaios de homologao

Incidncia na

testemunha:

85 %

33

Ensaio Servios Oficiais (St. Sulpice de Cognac) Frana

0

10

20

30

40

50

60

70

80

90

100

24/7 20/8

Fung. Contacto

Quadris MAX

Programa

Eficcia em

cachos

1

2

3

Timing Incio dos tratamentos

Data 07-Mai-03

Chuva 33 26 30 0 5 35 16

Conta inculo

3 Ridomil G Mz Ppite + Thiovit a 10 dias / 3 Quadris MAX 12 dias / 4 Rmiltine 10 dias

10 Fungicida contacto a 10 dias

9 Quadris MAX a 12 dias

S/ I nos cachostestemunha:

24/7 e 20/8: datas das observaes

34

Posicionamento dos tratamentos

- Podem ser utilizados em todos os estados vegetativos da viha, de

preferncia preventivamente relativamente aos ciclos de

contaminao das doenas.

- Posicionamento ptimo :

Desde o estado de 3 folhas at ao fecho dos cachos e

adapatado a um risco mltiplo de doenas.

Aplicaes consecutivas.

35

Alternncia

No fazer mais do que 3 aplicaes por ano.

Abrange toda a famlia qumica dos QoI.

Outros tratamentos devem ser realizados com fungicidas com

diferentes modos de aco.

36

Recomendaes