biologia e controlo de pragas e doenÇas das ?· guia do curso biologia e controlo de pragas e...

Download BIOLOGIA E CONTROLO DE PRAGAS E DOENÇAS DAS ?· Guia do Curso Biologia e Controlo de Pragas e Doenças…

Post on 08-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • BIOLOGIA E CONTROLO DE PRAGAS E DOENAS DAS PLANTAS

    Curso em Regime de E-learning

    1 Edio 2012

    GUIA DE CURSO

    Coordenador: Prof. Doutor Mrio do Carmo

    Formadora: Doutora Carla Varanda

  • Guia do Curso Biologia e Controlo de Pragas e Doenas das Plantas 2012

    Universidade Aberta Pgina 2

    INDICE

    INTRODUO 3

    CONTEXTO 4

    PBLICO-ALVO 5

    PR-REQUISITOS DOS FORMANDOS 5

    OBJETIVOS 5

    COMPETNCIAS A DESENVOLVER 6

    PLANO DE ESTUDOS E ESTRUTURA CURRICULAR 7

    SINOPSE DAS UNIDADES CURRICULARES 7

    METODOLOGIA E SISTEMA DE TUTORIA 10

    RECURSOS DE APRENDIZAGEM, PEDAGGICOS E TCNICOS 11

    AVALIAO 11

    CANDIDATURAS 11

    PROPINAS 12

    COORDENAO 12

    CONTACTOS PARA INFORMAES 12

    CORPO DOCENTE - NOTAS BIOGRFICAS 13

    ESTRUTURA CURRICULAR 15

  • Guia do Curso Biologia e Controlo de Pragas e Doenas das Plantas 2012

    Universidade Aberta Pgina 3

    INTRODUO

    Pioneira no ensino superior a distncia em Portugal, a Universidade Aberta (UAb), ao longo dos seus 24 anos de existncia, tem promovido aes relacionadas com a formao superior e a formao contnua, contribuindo igualmente para a divulgao e a expanso da lngua e da cultura portuguesas, com especial relevo nos pases e comunidades lusfonos.

    A UAb tem procurado, especificamente, incentivar a apropriao e a autoconstruo de saberes, concebendo e lecionando cursos de 1, 2 e 3 ciclos, formando tcnicos e docentes, de acordo com uma assumida filosofia de prestao de servio pblico.

    Os docentes e investigadores da UAb tm desenvolvido atividades de investigao cientfica atravs da utilizao das tecnologias da informao e da comunicao, concebendo e produzindo materiais pedaggicos nas reas da tecnologia do ensino e da formao a distncia e da comunicao educacional multimdia.

    A oferta de aes de Aprendizagem ao Longo da Vida (ALV) da Universidade Aberta tambm suportada na Internet e recorre plataforma informtica Moodle, sendo desenvolvido em regime de ensino a distncia online, assncrono, com tutoria ativa e permanente, atravs de fruns de discusso.

    O ensino a distncia uma modalidade de ensino-aprendizagem que nasceu no final do sculo XIX, que a rpida evoluo das telecomunicaes e da informtica veio alterar radicalmente, acrescentando novas e importantes potencialidades que fazem dele o regime de ensino do futuro.

    A atual expanso da Internet e da Word Wide Web (WWW) e o desenvolvimento ainda mais recente dos programas informticos de gesto do ensino-aprendizagem vieram, de facto, modificar o panorama do ensino a distncia, permitindo a criao de espaos virtuais de ensino com designaes diversas (centro de ensino virtual, escola virtual, etc.), onde a palavra virtual apenas significa que esses espaos no tm implantao e realidade fsicas palpveis.

    no espao virtual de formao/aprendizagem da UAb que se vai desenvolver o curso de BIOLOGIA E CONTROLO DE PRAGAS E DOENAS DAS PLANTAS.

  • Guia do Curso Biologia e Controlo de Pragas e Doenas das Plantas 2012

    Universidade Aberta Pgina 4

    CONTEXTO

    As plantas, de uma forma mais ou menos direta, constituem o alimento do qual humanos e animais dependem. Alimentos como a carne, o leite e os ovos provm de animais que por sua vez dependem das plantas para a sua alimentao.

    Desde que as condies de solo, temperatura, humidade e luminosidade sejam as adequadas, as plantas crescem e produzem. No entanto as plantas tambm ficam doentes cujos sintomas so variados, podendo-se traduzir em deficincias no crescimento e na produo, cloroses e necroses, morte de parte ou da totalidade da planta.

    Os agentes que causam doenas em plantas so muito semelhantes aos que causam doenas nos humanos e animais. Nestes incluem-se as pragas (insetos e nemtodes) e os patogenes (fungos, bactrias e vrus). Fatores abiticos como condies ambientais desfavorveis, sejam estas falta ou excesso de nutrientes, humidade ou luz, ou a presena de substncias qumicas no solo ou ar tambm podem causar doenas nas plantas.

    As doenas das plantas fazem com que muitas vezes exista menos produo, menos alimento e por isso os custos de alimentao sejam mais elevados. Os produtos obtidos podem ter uma menor qualidade, podendo muitas vezes conter substncias txicas, para humanos e animais, resultantes da presena de determinados fungos ou bactrias. Outras consequncias das doenas das plantas so a devastao de determinadas espcies de plantas o que pode levar sua quase extino, assim como afetar aspetos relacionados com a beleza da nossa paisagem.

    Nos ltimos anos o controlo de pragas e doenas das plantas dependeu de um uso excessivo e extensivo de pesticidas. No entanto muito dos qumicos tm-se revelado txicos para microrganismos no alvo, assim como para humanos e animais. Os custos da contaminao ambiental na nossa sade e bem-estar devido aos esforos que tm sido feitos para controlar as pragas e doenas das plantas so difceis de estimar. Desta forma, a identificao atempada do agente causador da doena, assim como o conhecimento da sua biologia e epidemiologia vo diminuir a necessidade e a frequncia da aplicao de pesticidas, e vo contribuir para a descoberta de estratgias mais amigas do ambiente.

    Com o curso de Biologia e Controlo de Pragas e Doenas das Plantas, pretende-se sensibilizar e formar os formandos, na rea da Proteo das Plantas, para que consigam identificar atempadamente os problemas fitossanitrios das culturas e conheam os mtodos mais eficazes de preveno e controlo das pragas e doenas em cada caso.

    Com o aumento da populao mundial e a diminuio da terra cultivvel e de outros recursos naturais, a necessidade de um controlo de pragas e doenas das plantas seguro e eficiente, ir ser uma das necessidades mais bsicas para garantir a alimentao da crescente populao mundial.

  • Guia do Curso Biologia e Controlo de Pragas e Doenas das Plantas 2012

    Universidade Aberta Pgina 5

    PBLICO-ALVO

    So destinatrios deste curso:

    Agricultores e silvicultores;

    Tcnicos das Direes Regionais de Agricultura;

    Todos aqueles que pretendam atualizar e ampliar conhecimentos em domnios cientficos da Proteo de Plantas, nomeadamente na identificao, biologia, epidemiologia, preveno e controlo dos vrios agentes causadores de doenas em plantas.

    PR-REQUISITOS DOS FORMANDOS

    Consideram-se importantes fatores de frequncia no mbito deste curso:

    Motivao dos formandos e a sua disponibilidade total para interagir com os formadores na colocao de questes ou dvidas sobre as matrias e disponibilidade de tempo para estudarem os contedos, elaborarem todas as atividades sugeridas, as autoavaliaes propostas.

    Cumulativamente, os formandos devem possuir:

    Habilitaes ao nvel de escolaridade ou experincia profissional considerada relevante;

    Conhecimentos e prtica de informtica como utilizadores, em ambiente Windows;

    Conta de correio eletrnico ativa e alguma prtica na sua utilizao;

    Disponibilidade de cerca de 12-15 horas/ semana para participao nos fruns de discusso e nos chats; realizao de autoestudo dos contedos disponibilizados online e/ ou em CD-ROM; cumprimento das tarefas determinadas e elaborao das autoavaliaes e avaliaes formativas e sumativas.

    OBJETIVOS

    Com este curso pretende-se:

    Formar e capacitar os agricultores e silvicultores no domnio das pragas e doenas das plantas e o seu controlo, com vista a lhes garantir uma capacidade competitiva, face crescente procura de qualidade.

    Sensibilizar os formandos para os vrios tipos de agentes patognicos que afetam as plantas, os comportamentos destes e a sua preveno;

  • Guia do Curso Biologia e Controlo de Pragas e Doenas das Plantas 2012

    Universidade Aberta Pgina 6

    Proporcionar aos formandos conhecimentos no domnio do diagnstico atravs da identificao das principais pragas e doenas das vrias culturas, assim como o reconhecimento de sinais e sintomas que lhes esto associados;

    Proporcionar aos formandos conhecimentos no domnio da biologia e epidemiologia das pragas e doenas das vrias culturas;

    Conhecer os vrios mtodos de controlo das pragas e doenas das plantas e aprender a tomar a deciso do controlo (como e quando tratar).

    Proporcionar aos formandos competncias no domnio das TIC que lhes permitam desenvolver tarefas de pesquisa e de explorao da plataforma Moodle.

    COMPETNCIAS A DESENVOLVER

    No final da ao de formao, os aprendentes devem ter adquirido conhecimentos e

    desenvolvido capacidades que os habilitem a:

    Conhecer a sintomatologia, biologia e prejuzos causados pelas pragas e doenas das plantas;

    Enumerar possveis agentes causadores das sintomatologias de campo por consulta de bibliografia especializada de manuais e sites de internet;

    Identificar e tratar no campo os problemas fitossanitrios que surjam nas culturas mais cultivadas em Portugal;

    Reconhecer e descrever padres de progresso da doena/praga nas culturas para a sua limitao;

    Compreender a importncia socioeconmica das pragas e doenas das plantas;

    Analisar um problema fitopatolgico e elaborar um plano de resoluo a explicar eficazmente ao agricultor ou aplicador do produto;

    Sentido de aprendizagem ao longo da vida e partilha constante de conhecimentos.

    Desenvolver uma atitude crtica de reflexo pessoal e profissional conducente a um processo de autoformao que se enquadre numa perspetiva de gesto e aperfeioamento profissional permanente.

    PLANO DE ESTUDOS E ESTRUTURA CURRICULAR O p