BIOLOGIA - ?· contaminação provocada pelo crescimento das bactérias anaeróbicas. B) O excesso de…

Download BIOLOGIA - ?· contaminação provocada pelo crescimento das bactérias anaeróbicas. B) O excesso de…

Post on 13-Feb-2019

213 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

2o VESTIBULAR UFOP 2005

BIO Pg. 1TIPO A

BIOLOGIA

Questes de 27 a 34

27. Leia o texto a seguir.

Nem todo o significado da regio da Pampulha foi suficiente para impedir sua degradao ambiental.A expanso urbana na bacia, nem sempre realizada com os cuidados ambientais necessrios, temprovocado, ao longo desses anos, o assoreamento da lagoa e a eutrofizao de suas guas, alm dadepreciao do uso da regio no seu aspecto social.

Na dcada de 70, a qualidade das guas da lagoa atingiu tal nvel de poluio que inviabilizou o seuaproveitamento para abastecimento pblico e, ultimamente, como local de lazer. Toda a regio sofrecom os problemas decorrentes desta degradao. O processo de eutrofizao ocorrido na lagoa fezcom que muitos peixes morressem... (SIGA Sistema de informaes do gabinete do Prefeito, Pref.de Belo Horizonte. http://www.pbh.gov.br/siga/ambiente/preservacao.htm)

A explicao da mortalidade dos peixes pela eutrofizao da lagoa :

A) Os peixes, ao se alimentarem da matria orgnica lanada na lagoa pelos esgotos, morrem porcontaminao provocada pelo crescimento das bactrias anaerbicas.

B) O excesso de nutrientes na gua, proveniente de esgotos e fertilizantes, favorece a proliferao debactrias aerbicas, provocando baixa na concentrao de oxignio dissolvido na gua e a mortedos seres aerbicos.

C) O lanamento de quantidade excessiva de substncias orgnicas na gua causa aumento daquantidade de bactrias anaerbicas e o conseqente aumento da quantidade de oxignio.

D) As lagoas eutrofizadas apresentam proliferao excessiva das algas, gerando grande competio pelaluz e pelos nutrientes minerais.

28. Botox um produto comercial produzido com a toxina botulnica, que age bloqueando a funo nervosa. utilizado no tratamento de pessoas que sofrem de contraes anormais dos msculos e no tratamentocosmetolgico dos sinais de envelhecimento facial. Essa neurotoxina atua como relaxante muscular,que age:

A) bloqueando a liberao de acetil colina nas terminaes nervosas dos msculos.B) favorecendo a atuao cerebral em promover a contrao muscular.C) inibindo a enzima acetilcolinesterase, que destri a acetilcolina.D) aumentando o nmero de receptores de acetil colina nas terminaes nervosas dos msculos.

29. Foi realizado em um indivduo adulto o exame laboratorial de sangue denominado hemograma, cujosresultados, em unidades/ mm3, se encontram nesta tabela:

VALORES DO HEMOGRAMA DO INDIVDUO VALOR NORMAL DE REFERNCIA

-Hemcias: 5,5 milhes/ mm3 4,5 a 5,9 milhes/ mm3

-Leuccitos: 6 mil/ mm3 5 a 10 mil/ mm3

-Plaquetas: 80 mil/ mm3 200 a 400 mil/ mm3

De acordo com as informaes contidas na tabela, possvel afirmar que o indivduo apresentadeficincia fisiolgica:

A) no transporte de O2 dos pulmes para os tecidos.

B) no processo de distribuio de nutrientes para as clulas.C) no transporte de CO

2 dos tecidos para os pulmes.

D) no processo de coagulao sangnea.

Pg. 10

2o VESTIBULAR UFOP 2005

BIO Pg. 2 TIPO A

30. O quadro a seguir apresenta as caractersticas e a importncia de cada uma das 5 classes do Filo Arthropoda:

As classes I, II, III, IV e V representam, respectivamente:

A) Chilopoda, Crustacea, Insecta, Aracnida e Diplopoda

B) Diplopoda, Insecta, Crustacea, Aracnida e Quilopoda

C) Crustacea, Aracnida, Insecta, Diplopoda e Quilopoda

D) Crustacea, Aracnida, Insecta, Quilopoda e Diplopoda

31. Com relao sntese de protenas em uma clula, incorreto afirmar:

A) Todas as clulas sintetizam sempre os mesmos tipos de protenas, nas mesmas propores.

B) A seqncia de bases nitrogenadas ao longo da molcula de RNA mensageiro determina a seqncia

dos aminocidos incorporados na cadeia polipeptdica.

C) Para a formao da protena, no basta a atividade do RNAm; necessria a participao dos

RNAt e dos ribossomos.

D) Ao longo de um DNA, h segmentos que atuam diretamente na sntese de protenas, os xons, e os

que parecem inativos nesse processo, os ntrons.

32. A virologia uma rea de intensas pesquisas em virtude de serem numerosos os tipos virais que

produzem doenas no homem, nos animais e em diversas plantas. Com relao a vrus, pode-se

afirmar:

A) Os vrus podem ser caracterizados biologicamente por serem os nicos parasitas intracelulares

existentes e os menores at agora conhecidos.

B) Cada vrus possui um miolo de cido nuclico (DNA ou RNA), uma cpsula protica, o capsdeo, e,

em torno deste, o envelope viral, formado por lipdeos, mucopolissacardeos e outras substncias.

C) Exemplos de vrus pneumotrpicos so os causadores da gripe, do resfriado e da pneumonia atpica.

D) Bacterifagos ou fagos so vrus parasitas de bactrias, inofensivos ao homem e aos outros animais.

CLASSES

I

II

III

IV

V

CARACTERSTICAS

2 pares de antenas, nmero variado de pernas,aquticos e/ou terrestresdestitudos de antenas e de mandbulas, 4 paresde pernas, geralmente terrestres1 par de antenas, 3 pares de pernas, terrestres

e/ou aquticos

1 par de antenas longas, tronco com vriossegmentos, incapazes de enrolar-se, terrestres1 par de antenas curtas, tronco com vriossegmentos, capazes de enrolar-se, terrestres

IMPORTNCIA DE REPRESENTANTES DAS CLASSES

Compem o zooplncton, servindo comoalimento para outros seres vivos.Parasitas de animais e plantas, predadorasde pequenos animaisPolinizadores, parasitas de animais eplantas

Predadores de insetos, minhocas e outrosanimaisAlimentam-se de restos de folhagem nossolos.

Pg. 11

2o VESTIBULAR UFOP 2005

BIO Pg. 3TIPO A

33. A composio qumica das clulas que constituem qualquer ser vivo revela a presena constante de

certas substncias que podem ser divididas em dois grandes grupos: inorgnicos e orgnicos.

Em relao composio qumica da clula, incorreto afirmar:

A) O on Mg+2 (magnsio) tem papel importante na coagulao do sangue.

B) Os ons fosfatos, alm de atuar como ons tampes, impedindo a acidificao ou a alcalinizao do

protoplasma, tm relevante papel na formao molecular do DNA, do RNA e do ATP (composto que

armazena energia dentro da clula).

C) Entre as substncias orgnicas que constituem a clula, podem-se citar: carboidratos, lipdios,

aminocidos, protenas e cidos nuclicos.

D) Dos componentes inorgnicos presentes na clula, a gua o mais abundante, tendo como funo,

entre outras, a de solvente de ons minerais e de muitas substncias orgnicas.

34. O esquema a seguir mostra as relaes filogenticas entre os grupos de fungos.

Com base no apresentado nessa figura e em seus conhecimentos, incorreto afirmar:

A) Os fungos Zigomycota no apresentam estruturas flageladas.

B) Os fungos tm em comum a presena de hifas, parede celular de quitina, nutrio heterotrfica e presena

de corpos de frutificao.

C) O grupo Chytridiomycota possui representantes flagelados.

D) No incio da evoluo dos fungos, surgiram duas linhas evolutivas, a que originou os Chytridiomycota e

a que originou os outros grupos.

Pg. 12

FONTE - LOPES, Snia, 2003. p. 110.

Chytridiomycota Zygomycota Ascomycota Basidiomycota

Ascocarpo BasidiocarpoAscsporo Basidisporo

Zigsporo Corpo de frutificao

Perda do flagelo

Reproduo por esporos

Hifas

Absoro de nutrientes do meio

Parede celular com quitina

Recommended

View more >