biblia da instrumentacao

Download Biblia da instrumentacao

Post on 30-Jun-2015

845 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. CEFETCAMPOS MEDIDAS DE VARIVEISPROFESSOR MAURCIO FRANCO13PRESSOA presso a razo entre a fora que est aplicada em uma superfcie e a rea dessasuperfcie. Ou seja, o valor de fora aplicada em cada unidade de rea.Desta forma a presso ainda que baixa pode produzir grande fora desde que a rea aplicadaseja grande. Por exemplo, o vento no consegue empurrar nossa mo, mas consegue empurrar umenorme barco vela (a vela tem uma rea muito grande). O projtil das armas de fogo (bala) temgrande poder de penetrao por que alm de grande fora (pela alta velocidade e massa) atua emuma pequena rea, consequentemente alta presso. O mesmo ocorre com as agulhas que pela pequenarea de atuao consegue penetrar facilmente nos tecidos.O conhecimento do valor de presso de grande importncia na indstria, no s para garantira integridade dos equipamentos como tambm para conseguir produzir as condies necessrias aoprocesso vigente. Por isso utilizam-se os medidores (ou indicadores) e os transmissores de presso,a fim de poder conhecer a presso local ou remota e a partir de tal conhecimento tomarem-se asnecessrias providncias.A PRESSO NOS FLUIDOSUma fora quando aplicada a um corpo slido transferida por esse corpo na mesma direo eno mesmo sentido de sua aplicao.J nos fluidos a fora aplicada tambm transferida s que em todas as direes, aplicando-se perpendicularmente s superfcies com as quais os fluidos fazem contato.Como se aplica de forma distribuda, necessrio encontrar a razo existente entre a foraaplicada ao fluido e a rea de aplicao de tal fora pois tal razo, que a presso, que estarpresente em todos os pontos do fluido, desde que no mesmo nvel.Por transmitir fora distncia e sem os problemas inerentes transmisso por meio slido,a presso de ar (pneumtica) ou de leo (hidrulica) so importantssimos meios de transmisso desinais e foras.P= F/AFR=20NFR=20N F1=20NFigura1a Figura1b

2. CEFETCAMPOS MEDIDAS DE VARIVEISPROFESSOR MAURCIO FRANCO13UNIDADE DE PRESSOA presso medida por duas unidades associadas. Uma de fora e outra de rea.No sistema internacional de unidades a presso medida em N/m2tambm chamado pascal(Pa).Outra unidade muito usada o psi ou libra-fora por polegada quadrada. Essa unidade ausada pelo frentista de posto de combustvel para se referir presso dos pneus:Exemplo 1 - Em um vaso cuja rea interna de 40m2h uma fora total de dentro para forade 16000N. Calcular a presso existente no interior de tal vaso.Soluo: a presso a razo entre fora e a rea entoP=F/A=16000/40=400N/m2Resposta: a presso de 400N/m2Exemplo 2 Um cilindro hidrulico de um posto de combustvel tem uma fora de elevao de30000N. Sabendo que o dimetro do mbolo de 50cm, calcular a presso interna do cilindro.Soluo: a presso interna ser igual razo entre fora e rea.A rea de um crculo A=D2/4= 3,14*0,52/42m2Ento a presso deP = F/A =30000/2=15000N/m2Resposta: a presso de 150000N/m2Exerccios1. Calcular a fora atuante em uma rea de 0,018m2 quando submetida a uma presso de 50000N/m2Obs. O resultado dessa conta aproximadamente a fora suportada pela tampa de uma panela de presso comum,quando funcionando.pensar- Quantas libras ? 3. CEFETCAMPOS MEDIDAS DE VARIVEISPROFESSOR MAURCIO FRANCO13A PRESSO E A TEMPERATURAPara os gases vale PV/T=k, ou seja: presso temperatura e volume esto amarrados: ao sevariar um deles um dos os outros dois, ou ambos, tambm variaro.Os compressores de ar por exemplo, ao comprimirem o ar so aquecidos pelo aumento detemperatura deste.Quando se aquece um fluido qualquer sua presso tende a subir. o que acontece com a guano interior de uma panela de presso: a gua aquecida e por isso tem sua presso aumentada,entrando em ebulio em temperaturas acima de 100C, ( temperatura em que a gua entra emebulio na presso atmosfrica. Ao entrar em ebulio o lquido fica com temperatura constante.PRESSO ATMOSFRICANo fundo de qualquer fluido submetido gravidade, sofre-se o efeito do peso de tal fluido.Como no fluido a presso se propaga em todas as direes, qualquer ponto apresenta mesma presso,desde que mesma distncia da superfcie.A presso no interior de um fluido dada por:P = ghOnde P a presso em pascal, a massa especfica em kg/m3, g a acelerao dagravidade e h a altura at a superfcie.Exemplo 3 : Calcular a presso de uma coluna de gua com 10,33m.( g = 9,8m/s2; =1000kg/m3)P = gh = 1000*9,8*10,33 101300N/m2Resposta: a presso de 101300N/m2Exemplo 4 : Calcular a presso de uma coluna de mercrio com 76cm.( g = 9,8m/s2; =13800kg/m3)P = gh = 13800*9,8*0,76 101300N/m2Resposta: a presso de 100000N/m2Exerccios2. Calcular a presso de uma coluna de 3m de um leo cuja massa especfica de 800kg/cm2 4. CEFETCAMPOS MEDIDAS DE VARIVEISPROFESSOR MAURCIO FRANCO13Com os gases que compem a atmosfera no diferente.Sob uma camada gasosa de aproximadamente 500kmde altura, toda a superfcie terrestre sofre a ao do pesodessa camada, na forma de presso.A presso atmosfrica a responsvel pela fixaodas ventosas, pela subida do refrigerante no canudinho, pelasubida de gua na tubulao de suco das bombas dgua empoos, entre outras coisas.A presso atmosfrica vale 101300Pa , masatmosfera (atm) tambm uma unidade de presso, e assima presso atmosfrica vale uma atmosfera ou 1atm.A experincia de TorricelliEvangelista Torricelli encheu um tubo com mais deum metro com mercrio e o virou em um recipiente tambmcheio de mercrio.O mercrio que se encontrava no tubo escorreu domesmo at uma altura de 760mm, entrando ento emequilbrio.760mmA presso interna era apenas relativa coluna demercrio enquanto por fora s atuava a presso atmosfrica.Ento Torricelli calculou a presso em funo da coluna.Pode-se ento dizer que a presso atmosfrica de760mmHgFigura2 5. CEFETCAMPOS MEDIDAS DE VARIVEISPROFESSOR MAURCIO FRANCO13PRESSO ABSOLUTA E PRESSO RELATIVAA partir do valor de presso pode-se por exemplo calcular a fora aplicada a uma superfcieem que essa presso atua e consequentemente ter conhecimento da deformao que tal superfciepoder sofrer.Como tudo ou quase tudo na face do planeta est submetido a presso atmosfrica, esta noprovoca deformaes exceto em corpos dentro dos quais haja presso menor que a atmosfrica.Por causa disso na maioria dos casos usa-se a presso atmosfrica como referncia para osvalores observados, que ento estaro acima ou abaixo daquela. Ou seja: importa saber a diferenaentre a presso de determinado ambiente e a presso atmosfrica. Essa diferena se chamapresso relativa ou presso manomtrica.Os medidores de presso, chamados manmetros, so normalmente ajustados de modo amostrar como sendo zero a presso atmosfrica, diz-se ento que os manmetros mostram o valorda presso relativa. Por isso a presso relativa tambm chamada presso manomtrica.Para se saber o valor absoluto de uma presso relativa ou manomtrica, basta somar talpresso o valor da presso atmosfrica.Para se saber o valor relativo ou manomtrico de uma presso absoluta, basta subtrair de talpresso o valor da presso atmosfrica.Exemplo 5- Qual o valor absoluto da presso no interior de um vaso cujo manmetro mostraum valor de 30atm ?Soluo: somar o valor da presso atmosfrica na unidade usada: 30 + 1 = 31atmResposta: a presso absoluta no caso de 31atm.Exemplo 6- Qual o valor absoluto da presso no interior de um vaso cujo manmetro mostraum valor de 250000Pa ?Soluo: somar o valor da presso atmosfrica na unidade usada: 250000+101300 =351300PaResposta: a presso absoluta no caso de 351300Pa.Exemplo 7- Qual o valor relativo da presso no interior de um vaso cuja presso absoluta de 500psi ?Soluo: subtrair o valor da presso atmosfrica na unidade usada: 500-14,69=485,31psiResposta: a presso relativa no caso de 485,31psi.Exerccios3. Converter os valores dados nas formas entre os primeiros parnteses para as formas entre os ltimos parntesesa) 1520mmHg (abs.)________________(relativa)b) 40000Pa (relativa)________________ (absoluta)c) 1422psi (relativa)______________(absoluta)d) 3,8bar (abs.)_______________ (relativa)e) l5atm (relativa)_______________(absoluta) . 6. CEFETCAMPOS MEDIDAS DE VARIVEISPROFESSOR MAURCIO FRANCO13PRINCIPAIS UNIDADESAs unidades de presso dependem das unidades de fora e rea adotadas. muito importante saber converter uma unidade de presso em outras e por isso existemtabelas nas quais se encontram os fatores de converso para as vrias unidades usuaisNo entanto basta que se memorizem alguns poucos valores para que se possam fazer asconverses entre as principais unidades de presso. A s usar regra de trs simples e pronto.As principais unidades consideradas aqui so:Equivalncia :Exemplo 8: Quanto vale em Pa (pascal) uma presso de 2000mmHg?Soluo: escrever uma regra de trs com os valores envolvidos. 101300Pa correspondem a760mmHg. A quanto corresponde, em pascal, 2000mmHg?Dica: escrever a correspondncia conhecida nos denominadores, pois dessa forma fica mais simplesa manipulao algbrica.Resposta: o valor em pascal equivalente a 2000 milmetros de mercrio 266578,95. Ou seja2000mmHg=266578,95PaExemplo 9: Quanto vale em atm uma presso de 2500000Pa ?X2000x101300760=X1013002000760= X 266578,951atm = 1,033kgf/cm2=10,33mca =1,013bar = 101300Pa = 14,69psi = 760mmHgatm - atmosfera ( igual presso atmosfrica normal)kgf/cm2- quilogramafora por centmetro quadrado (fora igual ao peso de umquilograma sob uma gravidade de 10m/s2, atuando em uma rea de um centmetroquadrado)bar - bar ( razo entre a fora em newtons e a rea em centmetro quadrado)Pa - pascal (newton por metro quadrado, logo 100000 vezes menor que o bar)PSI - PSI ( pond per square inch ; ou libra fora por polegada quadrada)mmHg - milmetro de mercrio (presso exercida por uma coluna de mercrio) ou Torr 7. CEFETCAMPOS MEDIDAS DE VARIVEISPROFESSOR MAURCIO FRANCO13Soluo: escrever uma regra de trs com os valores envolvidos. 101300Pa correspondem a 1atm.Quanto vale, em atm, 2500000Pa ?Dica: escrever a correspondncia conhecida nos denominadores, pois dessa forma fica mais simplesa manipulao algbrica.Resposta: o valor em atm equivalente a 2500000Pa em atm 24,68. Ou seja 2500000Pa =24,68atmExerccios4. Calcula