beira da praia 255

Download Beira Da Praia 255

Post on 14-Apr-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 7/27/2019 Beira Da Praia 255

    1/16

    www.beiradapraia.com.br ANO 5 - N 255 05 de outubro de 2013

    Evento que aconteceu durante esta semana em Balnerio Piarras movimentou a 3

    idade, com baile, palestras, campeonatos e premiaes. Veja na Pgina 05

    COMITIVA CONFIRMANO RIO VINDA DE CUR-

    SOS AQUAVIRIOS

    PGINA 11

    SECRETARIA DETURISMO FARPARCERIA COM

    SESC PARA O VERO

    PGINA 03

    JORNADA DA MELHOR IDADE

    PGINA 05

    CMARA APROVAREDUO DE 10% NODESCONTO DO IPTU

    PGINA 15

    PENHA RECEBE MAIS

    UM ENCONTRO NACIO-NAL DE CAPOEIRA NAPRXIMA SEMANA

    PREFEITURA PROMOVEMUTIRO DE CASTRA-ES DE ANIMAIS

    PGINA 08

  • 7/27/2019 Beira Da Praia 255

    2/16

    05 de outubro de 201302 OPINIO

    EXPEDIENTEO jornal Beira da Praia uma publicao da editora Beira da Praia

    Ltda. Rua Arthur Silvino dos Reis, 84 - Centro, Penha/SC.

    Site: www.beiradapraia.com.br.

    Email: contato@beiradapraia.com.br

    CNPJ: 09.317.656/0001-07.

    Editor-Chefe: Adriano de Souza, fone: 9220-1300.

    Jornalista Responsvel: Rafael Sizino Sebastio - SC-01546-JP.

    Impresso na Grfica Rio Sul. Tiragem: 2.000 exemplares.

    Os textos assinados ou pagos no refletem as opinies,

    nem so de responsabilidade deste jornal.

    DO LEITOR

    Aaudio umdos sentidosmais importan-tes para o desenvolvimen-to da criana, atravs des-ta experincia com os sons,ainda dentro da barriga dame, que se inicia o desen-

    volvimento da linguagem.No quinto ms de gestaoo beb j escuta os sons docorpo da me e sua voz,de forma que qualquerperda na capacidade audi-tiva, mesmo que pequena,impede a criana de rece-ber adequadamente infor-maes sonoras essenciais

    para adquirir e desenvolvera linguagem.A deficincia auditiva a

    doena mais frequente en-contrada no perodo neo-natal, quando comparada aoutras patologias. S comoexemplo, o Teste do Pezi-nho aponta uma crianaem cada 10 mil nascimen-tos com possibilidades dealteraes metablicas,muito menos que o Tes-te da Orelhinha. Em be-bs normais, a surdez variade uma a trs crianas emcada 1.000 nascimentos,j em bebs de UTI Neo-natal, variam de dois a seisem cada 1.000 recm-nas-cidos.

    E como e quando feitoo Teste da Orelhinha?

    O Teste da Orelhinhaou Triagem Auditiva Ne-onatal realizado no se-gundo ou terceiro dia de

    vida do beb e consiste nacolocao de um fone aco-plado a um computadorna orelha do beb. Essefone emite sons de fracaintensidade e recolhe as

    respostas que a orelha in-terna do beb produz. Oexame, logo ao nascer, imprescindvel para todosos bebs, principalmentequeles que nascem comalgum tipo de risco paraproblemas auditivos.

    Recado para as ma-mes!

    fcil, rpido e no di:o Teste da Orelhinha realizado com o beb dor-mindo, em sono natural,no precisa de picadas ousangue do beb, no temcontraindicaes e duraem torno de 10 minutos.

    Portanto, o Teste da

    Orelhinha fundamen-tal ao beb, j que os pro-blemas auditivos afetam aqualidade de vida da crian-a, interferindo no proces-so da fala, entre muitas ou-

    tras coisas. como uma bola de

    neve: a criana cresce e temdificuldade em ouvir ou seexpressar e, com isso, sen-

    te mais dificuldade em sesocializar. Isolada por noter fcil acesso ao grupo deamiguinhos, ela pode apre-sentar isolamento social,no compreender limites,se tornar agressiva e atmesmo desenvolver umadepresso.

    Para que isso no acon-tea, procure o pediatra,um mdico otorrinolarin-gologista ou um fonoau-dilogo quando houver

    alguma suspeita de perdaauditiva no seu filho.

    Por isso, mame, no seesquea do Teste da Ore-lhinha!!!

    Mame: no se esquea do Teste da Orelhinha!

    Avenida Eugnio Krause, 600 - Sala 02

    (em frente ao Posto Giroto) Centro, Penha

    FONE: (47) 91554051E Produtos Diversos

    Por onde andou sempredemonstrou seu esprito deliderana... Filha nica deDona Rosa e Pedro Incio,foi criada com honras deprincesa... Em sua casa ha-via sempre um motivo parafesta. O pai mestre de bar-co, cada vez que vinha deSantos trazia uma sacola depresentes. A me, prendadaem forno e fogo, preparavaas mais gostosas guloseimaspara receber amigos e vi-sitantes de todas as classes.Era uma casa cheia... Paramoa bonita nunca faltapretendente, mas Rosinha

    parecia estar reservada paraalgum muito especial, seuvizinho Souza, que tambmtinha uma vida de prncipe,o filho mais moo de JooAniceto e Dona Olinda. Jo-vem gal, Souza, seis anosmais velho, soube esperarpela sua princesa at lev-laao altar e selar o lao do ma-trimnio. Ele, de profissomartima, montou aparta-mento na cidade de Santose pra l foram morar. Tive-ram quatro filhos: Olinda,

    Odilon e os gmeos Odineie Odinia. Em pouco tem-po Rosinha conquistou umvasto crculo de amizadesnos meios sociais da terra deBraz Cubas. Ficaram l cerca

    Cludio Bersi de Souzaclaudiobersi@superig.com.br

    ADEUSROSINHA

    de vinte anos at o retorno terra natal. Na comunida-de de So Joo Batista, emArmao, Rosinha foi mui-to til, colaborando comTeodoro Joo de Souza na

    construo da nova igreja,angariando fundos nas em-presas da regio. Morou poruns tempos em Piarras eprestou servios no GrupoEscolar Joo Batista Paiva.Sempre foi muito ativa e di-nmica em suas atuaes.Mas como o destino reservaalguma surpresa, no ltimodia 2 de outubro Rosinhafoi vtima de um mal sbi-to e no resistiu. Logo cor-reu a notcia pela rede socialque Rosinha havia falecido.

    Aos 68 anos, completandoneste dia 6, seu corpo foi le-vado para o Cemitrio SoJoo Batista, de Armao.Resta-nos, portanto, dizer:ADEUS, ROSINHA!

    Artigo elaborado pelas acadmicas do 6 perodo do Curso de Fono-audiologia da UNIVALI, Diana Bittencourt e Ronize Lizziani com

    orientao da Prof. Fga. MSc. Dbora Frizzo Pagnossin.

  • 7/27/2019 Beira Da Praia 255

    3/16

    05 de outubro de 2013 03POLTICA

    DEPUTADO MARCO TEBALDIVISITA PREFEITO LEONEL MARTINSNa tarde de segunda-feira

    (23) o Prefeito Leonel rece-beu em seu gabinete a visitado Deputado Federal Marco

    Tebaldi (PSDB), que veio tra-zer pessoalmente a liberaoe empenho da emenda no va-lor de R$ 500 mil. Estiverampresentes os vereadores dabase psdbista do municpio,Leandro Rech e Marly Dul-cinia (Ziza), o presidente doPSDB de Balnerio Piarras,Ademar de Oliveira e secre-trios municipais.

    O Prefeito Leonel agrade-ceu imensamente o apoio, ereinteirou os compromissosdo municpio com o parla-mentar Em nome de Bal-nerio Piarras, agradeo aoDeputado Marco Tebaldi,que sempre nos atendeu, de-monstrando a preocupaocom nosso municpio.

    Leonel frisou ainda a im-portncia dos parlamentaresque atendem aos pedidos deBalnerio Piarras Chegoua hora de analisarmos quem

    est ajudando realmente omunicpio, tanto na articula-o, quanto na liberao derecursos.

    O Deputado Marco Te-baldi salientou que Dos R$2,5 milhes que recebi paraajudar os municpios catari-nenses, atravs de emendas,estou destinando R$ 500 mila Balnerio Piarras.

    O valor total da emendaest empenhado no Minist-rio do Turismo, onde a partirde agora, o municpio deve

    procurar o Ministrio e assi-nar o convnio com a CaixaEconmica Federal, para en-

    to apresentar o projeto e aliberao da emenda poste-riormente.

    O Prefeito Leonel avisaainda sobre a aplicao dorecurso Iremos apresentar oprojeto de Pavimentao daOrla Martima do municpio,pois devemos valorizar o quede mais importante temos nosetor turstico da nossa cida-de.

    ADRIANO de SOUZA

    E j se passaram duas sema-nas, e nada de sairem os nomesdos novos secretrios municipaisde Penha a serem indicados peloprefeito Evandro. Sua asses-soria nos informou que algunsnomes j esto definidos, mas oprefeito prefere indicar todos deuma nica vez.

    Enquanto isso, a reclama-o sobre o estado de m-conser-vao de muitas ruas de Penhacorre geral. At os vereadoresgovernistas alertaram para a ne-cessidade de reparos imediatos.Clvis Bergamashi (DEM) sereuniu com moradores da PraiaAlegre que cobraram melhorias.Juraci (PMDB) com os mora-dores do centro. Felipe (PSD)e Mrcia (PSDB) tambm fi-zeram indicao na Cmarapedindo para a prefeitura arru-mar ruas.

    Na boca do povo os doisnomes mais falados para assu-mir a secretaria de obras so dodiretor Jonas Aurlio (PPS) edo prprio irmo do prefeito,Evaldo Eredes dos Navegantes,que j ocupou a pasta antes.

    O PSD no deve voltarpara obras. O Pastor Abroocuparia a secretaria de desen-volvimento econmico, no lugarde Dorval Gonalves, o Duda,que iria para o gabinete, no lu-gar de Evaldo. Em suma, seria

    uma dana das cadeiras no paomunicipal.

    Falando na Cmara de Ve-readores, assumiu este ms umadas cadeiras do PMDB, o 2Suplente, Everaldo Dal Posso,

    o popular Italiano, funcio-nrio do parque Beto CarreroWorld, e representante das co-munidades da Olaria e Arma-o do Itapocori.

    Seu primeiro requerimentoser sugerindo a prefeitura aadoo de um sistema alterna-tivo de tratamento de esgoto, de

    baixissimo custo, que o parqueBeto Carrero World inclusiveest implantando, e que custa-ria menos de 100 mil reais porunidade coletora.

    Italiano sugere a prefei-tura fazer um programa piloto,na Olaria, para testar a eficciado sistema, e dali em diante,implant-lo em todo municpio,principalmente nas comunidadesonde a captao e tratamento doesgoto vem afetando diretamentea a balneabilidade como a Prai-nha de So Miguel.

    E pelo visto a Rede daex-ministra e ex-verde MarinaSilva estava furada. Para o pe-sar, dizem as ms lnguas, decertos vereadores da regio, queestariam de olho numa alter-nativa para sarem do partidoonde esto sem perderem o man-dato. Por deciso do TSE, osvereadores que trocarem de par-tido podem perder o mandato,que seria da sigla; a no ser queseja um partido novo - como foino caso do PSD, recentemente.

    Bizarrices brasileiras, enfim.

    O Partido dos Trabalhado-res (PT) da Penha vai ter novopresidente: Roberto BetoMaes, func