auxiliar de administracao - s3. ?· atitudes. É preciso dar o primeiro passo em uma maratona, até…

Download auxiliar de administracao - s3. ?· atitudes. É preciso dar o primeiro passo em uma maratona, até…

Post on 24-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR

EDITAL N. 001/2004-MP PROVA PARA O CARGO DE AUXILIAR DE ADMINISTRAO

INSTRUES AO CANDIDATO

1. Este BOLETIM DE QUESTES contm 50 questes objetivas. Caso exista algum problema, comunique imediatamente ao Fiscal de Sala. 2. Cada questo apresenta cinco alternativas, destas apenas uma correta. 3. A resposta definitiva de cada questo deve ser, obrigatoriamente, assinalada no CARTO-RESPOSTA, fornecido especificamente para este fim. 4. As questes objetivas devem ser respondidas no CARTORESPOSTA, considerando a numerao de 1 a 50. 5. Confira se seu nome e nmero de inscrio constam na parte superior do CARTO-RESPOSTA que voc recebeu, o qual no pode ser amassado ou dobrado. 6. O Carto-Resposta s ser substitudo se tiver falha de impresso. 7. Assine seu nome na lista de presena do mesmo modo como est assinado no seu documento de identidade. 8. Esta prova ter durao de 4 (quatro) horas, tendo o seu incio s 14 h e trmino s 18 h (horrio de Belm). 9. Ao final da prova, devolva ao fiscal de sala todo o material referente a esta prova.

RGO EXECUTOR

______________________________________________________ NOME DO CANDIDATO

________________________

INSCRIO

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

SUCESSO COM POSITIVIDADE

5 10 15 20 25

O primeiro passo rumo ao sucesso o querer real e verdadeiro, aquele que vem do corao. Quando voc deseja com o corao os desafios comeam a se transformar em oportunidades de vitria. Certamente aparecero obstculos que podem ser grandes ou pequenos, ento o momento de voc enfrent-los e remov-los.

H pessoas que no conseguem chegar ao seu objetivo principal nem alcanar a vitria por desistirem quando esto prximos da linha de chegada. O mais importante para obter sucesso o amor prprio, a auto-estima elevada, a capacidade de reconhecer que h individualmente o direito de vencer e de ser feliz, a sensao de que temos valor e de que merecemos e podemos afirmar nossas necessidades e aquilo que desejamos, alcanar nossas metas e colher os frutos de nossos esforos.

Medo, insegurana e falta de esperana paralisam as pessoas. Lembre-se: o passado algo que nos ameaa e tambm nos amedronta, com as nossas vitrias ou fracassos. Normalmente, quando nos deparamos com alguma situao, vamos buscar referncias em nossas experincias passadas.

Se fomos bem-sucedidos, h uma segurana natural e vamos em frente acreditando que tudo dar certo. Mas o problema maior est nas experincias em que no tivemos sucesso e fracassamos. Vem o medo de passarmos novamente por aquela situao. Se voc alimentar os seus pensamentos e pessimismo e imaginar-se um fracasso novamente haver insucessos, pois ns somos aquilo que imaginamos a nosso respeito.

Mais uma vez a auto-estima entra em ao, pois, quando acreditamos em ns mesmos e sabemos que somos capazes de realizar, os desafios no nos ameaam so uma possibilidade de sermos vencedores. O sucesso pessoal e profissional no acontece por acaso. Esteja pronto para as mudanas, comeando por voc, mudando seus pensamentos e atitudes. preciso dar o primeiro passo em uma maratona, at que se alcance a faixa da vitria.

Cssio Cury Mattos

Presidente da ABRH Nacional (Associao Brasileira de Recursos Humanos)

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

01. O texto trata principalmente (A) do pensamento positivo para se alcanar

os objetivos traados. (B) do medo e da falta de esperana das

pessoas. (C) da linha de chegada alcanada pelas

pessoas. (D) do sucesso que as pessoas tm na vida. (E) da falta de esperana no amanh. 02. O trecho que NO reafirma o que o ttulo Sucesso com positividade sugere (A) O primeiro passo rumo ao sucesso o

querer real e verdadeiro ... (B) Quando voc deseja com o corao os

desafios comeam a se transformar em oportunidades de vitria.

(C) Medo, insegurana e falta de esperana paralisam as pessoas.

(D) Esteja pronto para as mudanas, comeando por voc, mudando seus pensamentos e atitudes.

(E) preciso dar o primeiro passo em uma maratona, at que se alcance a faixa da vitria.

03. possvel entender dos pargrafos 3 e 4 que (A) o nosso passado normalmente nos leva a

ter medo. (B) o nosso passado responsvel pelo

nosso insucesso. (C) as experincias do passado quando

negativas podem levar-nos ao insucesso. (D) Os nossos medos resultam

necessariamente de algo que no fizemos bem no passado.

(E) o nosso passado determinante para o nosso sucesso.

04.O autor ao usar o termo maior no enunciado Mas o problema maior est nas experincias em que no tivemos sucesso e fracassamos quis dizer que o problema (A) maior em comparao com os demais

problemas. (B) maior em relao aos outros problemas. (C) muito grande em relao aos demais

problemas. (D) to grande quanto os outros problemas. (E) muitssimo grande em comparao aos

demais problemas.

05. Do ltimo enunciado do texto, preciso dar o primeiro passo em uma maratona, at que se alcance a faixa da vitria., pode-se entender que (A) no devemos nos acovardar diante das

dificuldades da vida. (B) A corrida em uma competio sempre

difcil. (C) o sucesso s se alcana depois de muito

sofrimento (D) cada passo que damos na vida

decisivo para a vitria. (E) o alcance da vitria depende do modo

como damos o primeiro passo em uma maratona.

06. O trecho em que falta pelo menos uma vrgula : (A) O primeiro passo rumo ao sucesso o

querer real e verdadeiro, aquele que vem do corao.

(B) O mais importante para obter sucesso o amor prprio, a auto-estima elevada ...

(C) Medo, insegurana e falta de esperana paralisam as pessoas.

(D) Mas o problema maior est nas experincias em que no tivemos sucesso e fracassamos.

(E) Se voc alimentar os seus pensamentos e pessimismos e imaginar-se um fracasso novamente haver insucesso ...

07. Quanto concordncia nominal ou verbal, est correto o que se afirma: (A) A forma verbal aparecero deveria estar

no singular no trecho, Certamente aparecero obstculos que podem ser grandes ou pequenos ...

(B) A forma verbal haver deveria estar no plural no trecho, Se voc alimentar os seus pensamentos e pessimismos e imaginar-se um fracasso novamente haver insucesso.

(C) O termo mesmos deveria estar no singular no trecho, Mais uma vez a auto-estima entra em ao, pois, quando acreditamos em ns mesmos e sabemos que somos capazes de realizar ...

(D) A forma verbal acontece deveria estar no plural, no trecho O sucesso pessoal e profissional no acontece por acaso.

(E) O autor deveria ter usado o termo suas antes de atitudes no trecho, Esteja pronto para as mudanas, comeando por voc, mudando seus pensamentos e atitudes.

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

08. O trecho que se encontra na ordem inversa (A) Certamente aparecero obstculos que

podem ser grandes. (B) H pessoas que no conseguem chegar

ao seu objetivo principal. (C) O mais importante para obter sucesso

o amor prprio. (D) Medo, insegurana e falta de esperana

paralisam as pessoas. (E) O sucesso pessoal e profissional no

acontece por acaso.

09. Os dois pontos no trecho Lembre-se: o passado algo que nos ameaa e tambm nos amedronta, com as nossas vitrias ou fracassos. podem ser substitudos por (A) pois. (B) de que. (C) mas. (D) j que. (E) embora.

10. O conectivo e que se encontra no enunciado Se fomos bem-sucedidos, h uma segurana natural e vamos em frente acreditando que tudo dar certo. poderia ter sido substitudo por (A) que. (B) no entanto. (C) pois. (D) ento. (E) mas. 11.Uma das condies para que o servidor pblico do sexo masculino adquira o direito aposentadoria que sua idade mais o tempo de contribuio previdncia seja igual a 95 anos, com tempo mnimo de contribuio de 35 anos. Nessas condies, a idade que o servidor dever comear a contribuir para adquirir o direito aposentadoria com o tempo mnimo de contribuio (A) 16 anos. (B) 18 anos. (C) 20 anos. (D) 25 anos. (E) 28 anos.

12.A tabela abaixo fornece o risco sade em termos do ndice de Massa Corprea (IMC). Esse ndice definido pela razo entre o peso, em kg e o quadrado da altura, em metros quadrados da pessoa.

IMC RISCO SADE 19-24 MNIMO 25-26 BAIXO 27-29 MODERADO 30-34 ALTO 35-39 MUITO ALTO

40- MXIMO Uma pessoa com 1,70 metros de altura e 80 quilos de peso apresenta nvel de risco sade considerado como (A) mnimo. (B) baixo. (C) moderado. (D) alto. (E) muito Alto. 13.Lauro comprou um imvel e o colocou a venda com valor acrescido de 70%. Encontrando dificuldade para vender o imvel, Lauro aceitou a proposta de Rui, que adquiriu o imvel com 50% de desconto sobre o preo de venda.Nessas condies, podemos afirmar que Lauro teve (A) lucro de 20%. (B) lucro de 15%. (C) prejuzo de 15%. (D) prejuzo de 20%. (E) lucro de 30%. 14.Nos treinamentos fsicos, deve-se observar a freqncia cardaca de forma a controlar o esforo realizado pelo atleta. A freqncia cardaca de treinamento (Ft) dada pela frmula Ft= 0,7 (Fm- Fr) + Fr, em que Fm a freqncia mxima e Fr a freqncia de repouso.Nessas condies, uma pessoa que apresenta freqncia cardaca mxima igual a 170 e freqncia de repouso igual a 70 , dever apresentar uma freqncia de treinamento igual a (A) 140. (B) 120. (C) 150. (D) 130. (E) 160.

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

15.Se A e B so razes da equao 3x2- 4x+1=0, ento o valor absoluto da diferena entre A e B (A) 1/3. (B) 2/3. (C) 4/3. (D) 5/3. (E) 2. 16.Um terreno tem rea, em metros, dada pela expresso A= x(50-x), em que x a frente do terreno.Se a rea do terreno corresponde a 625 metros quadrados, ento a medida, em metros, da frente do terreno : (A) 50. (B) 40. (C) 30. (D) 25. (E) 20. 17.Se A, B e C so trs grandezas, em que A diretamente proporcional a B e inversamente proporcional ao quadrado de C, ento a expresso algbrica que melhor representa essas relaes : (A) A=B/C. (B) B=A/C. (C) A=B/C2. (D) A=BC2. (E) A=BC. 18.O valor da conta de telefone de Jos foi R$100,00. Nesse valor veio discriminado o recolhimento de ICMS, de R$30,00, importando, portanto, o servio da companhia telefnica em R$ 70,00. O percentual de ICMS cobrado sobre os servios , aproximadamente, de (A) 43%. (B) 33%. . (C) 30%. (D) 35%. (E) 50%. 19. A forma federativa de Estado do Brasil, prevista no art. 1, caput, da Constituio Federal de 1988 trouxe uma novidade quanto aos entes que compem a Federao Brasileira, que a incluso do (s): (A) Municpios. (B) Estados. (C) Territrios. (D) Distrito Federal. (E) Territrios e Distrito Federal.

20.O art. 5, inciso XI enuncia que a casa asilo inviolvel do indivduo, ningum nela podendo penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinao judicial. A noo constitucional de casa, expressa no referido enunciado, (A) restrita, referindo-se apenas moradia do

indivduo. (B) restrita, referindo-se apenas ao local de

trabalho do indivduo. (C) restrita, referindo-se apenas ao local

onde o indivduo descansa. (D) ampla, referindo-se s reas comuns

(garagem, quintal, jardim). (E) ampla, referindo-se moradia do

indivduo e ao local onde este exerce alguma atividade profissional (como o escritrio de um advogado ou um consultrio mdico, por exemplo).

21.Observe esta afirmao: A pequena propriedade rural, assim definida em lei, desde que trabalhada pela famlia, poder ser objeto de penhora para pagamento de dbitos decorrentes de sua atividade produtiva. Essa afirmao, em relao ao que est enunciado no art. 5, inciso XXVI, da Constituio Federal de 1988, (A) verdadeira, porque pequena propriedade

rural familiar pode ser penhorada para pagar dbitos decorrentes de sua atividade produtiva.

(B) falsa, porque a pequena propriedade rural familiar no pode ser penhorada para pagar dbitos decorrentes de sua atividade produtiva.

(C) verdadeira, porque, no menciona o direito de propriedade.

(D) falsa, porque prev a penhora dos animais da pequena propriedade rural.

(E) Verdadeira, porque no prev a penhora dos animais da pequena propriedade rural.

22.O brasileiro naturalizado poder ocupar cargos de Ministro de Estado dentro do Poder Executivo, auxiliando o Presidente da Repblica; h entretanto, um cargo de ministro que s pode ser ocupado por brasileiro nato. Trata-se do cargo de (A) Ministro da Cincia e Tecnologia. (B) Ministro das Comunicaes. (C) Ministro da Fazenda. (D) Ministro da Defesa. (E) Ministro do Trabalho.

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

23.O Ministrio Pblico do Distrito Federal faz parte do Ministrio Pblico (A) Federal. (B) do Estado de Gois. (C) da Unio. (D) Militar. (E) do Trabalho. 24.Conforme a Constituio Federal de 1988, o controle externo da atividade policial exercido pelo (a): (A) Corregedoria de Polcia. (B) Ministrio Pblico. (C) Poder Judicirio. (D) Poder Legislativo. (E) Poder Executivo. 25.No considerada funo institucional do Ministrio Pblico: (A) Exercer a representao judicial e a

consultoria jurdica de entidades pblicas. (B) Defender judicialmente os direitos e

interesses das populaes indgenas. (C) Promover o inqurito civil e a ao civil

pblica, para a proteo do patrimnio pblico e social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos.

(D) Promover, privativamente, a ao penal pblica, na forma da lei.

(E) Promover a ao de inconstitucionalidade ou representao para fins de interveno da Unio e dos Estados, nos casos previstos na Constituio de 1988.

26.Em relao s funes institucionais do Ministrio Pblico previstas no Art. 129 da Constituio Federal de 1988 correto afirmar: (A) A requisio de instaurao do inqurito

policial funo exclusiva da polcia. (B) A requisio de instaurao do inqurito

policial funo exclusiva da Defensoria Pblica.

(C) A requisio de instaurao do inqurito policial pode ser requisitada pelo Ministrio Pblico.

(D) A requisio de instaurao do inqurito policial sempre pelo Ministrio Pblico.

(E) A requisio de instaurao do inqurito policial pode ser requisitada exclusivamente pela Polcia Militar .

27.Em relao Administrao Pbica, a Constituio Federal estabelece que (A) os cargos, funes e empregos pblicos

so acessveis apenas aos brasileiros

que preencham os requisitos estabelecidos em lei.

(B) o prazo de validade dos concursos pblicos de 3 anos, prorrogvel por igual perodo.

(C) a Administrao Pblica obedecer aos princpios da legalidade, moralidade, impessoalidade, publicidade e eficincia.

(D) a investidura em cargo ou emprego pblico depender de aprovao prvia em concurso pblico de provas de ttulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego.

(E) proibido, ao servidor pblico, associao sindical.

28.No que se refere aposentadoria dos servidores pblicos a Constituio Federal estabelece que a aposentadoria compulsria dar-se- (A) aos 70 anos de idade tanto para os

homens como para as mulheres; (B) aos 70 anos de idade para os homens e

aos 65 para as mulheres; (C) aos 75 anos de idade para os homens e

70 para as mulheres; (D) aos 65 anos de idade tanto para os

homens como para as mulheres; (E) aos 60 anos de idade para os homens e

55 para as mulheres; 29.Em relao a estabilidade dos servidores pblicos a Constituio Federal estabelece: (A) So estveis aps trs anos de exerccio,

os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo ou comissionado em virtude de concurso pblico;

(B) So estveis aps cinco anos de efetivo exerccio, os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso pblico;

(C) So estveis aps dois anos de efetivo exerccio, os servidores nomeados para cargo pblico ou emprego permanente;

(D) So estveis aps trs anos de efetivo exerccio, os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso pblico;

(E) So estveis aps dois anos de efetivo exerccio, os servidores nomeados para cargo de carreira em virtude de concurso pblico.

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

30.De acordo com a Lei no 5.810/94, que dispe sobre o Regime Jurdico nico dos Servidores Pblicos Civis da Administrao Direta, das Autarquias e das Fundaes Pblicas do Estado do Par (A) servidor pblico a pessoa legalmente

investida em cargo, funo ou emprego pblico.

(B) cargo pblico o criado por lei, com denominao prpria, quantitativo e vencimento certos, com o conjunto de atribuies e responsabilidades previstas na estrutura organizacional que devem ser cometidas a um servidor.

(C) categoria funcional o conjunto de cargos, funes e empregos da mesma natureza de trabalho.

(D) grupo ocupacional o conjunto de categorias funcionais de natureza idntica ou no, escalonadas segundo a escolaridade e o nvel de vencimento.

(E) vedado cometer ao servidor atribuies e responsabilidades diversas das inerentes ao seu cargo, salvo nos casos especiais determinados pela chefia.

31.O Regime Jurdico nico dos Servidores Pblicos Civis da Administrao Direta, das Autarquias e das Fundaes Pblicas do Estado do Par, no considera como efetivo exerccio o afastamento decorrente de (A) frias. (B) casamento, at 8 (oito) dias. (C) licena-prmio. (D) licena para tratamento de sade. (E) doao de sangue, 3 (trs) dias. 32.De acordo com a Lei no 5.810/94 a licena maternidade ser concedida servidora gestante por (A) 120 (cento e vinte) dias teis, sem

prejuzo da remunerao. (B) 90 (noventa) dias consecutivos, sem

prejuzo da remunerao. (C) 120 (cento e vinte) dias consecutivos,

sem prejuzo da remunerao. (D) por 180 (cento e oitenta) dias

consecutivos, sem prejuzo da remunerao.

(E) por 90 (noventa) dias teis, sem prejuzo da remunerao.

33.Em relao ao regime especial de trabalho e ao servio extraordinrio previstos pelo RJU dos Servidores Pblicos Civis da Administrao Direta, das Autarquias e Fundaes Pblicas do Par correto afirmar: (A) As gratificaes de servio extraordinrio

e por regime especial de trabalho podem ser pagas cumulativamente.

(B) Ao servidor sujeito ao regime de dedicao exclusiva vedado o exerccio de outro cargo ou emprego, exceto de magistrio.

(C) A gratificao, em regime de tempo integral, pode ser paga com a mesma vantagem percebida em outro cargo, exercido cumulativamente no servio pblico.

(D) As gratificaes de servio extraordinrio e por regime especial de trabalho excluem-se mutuamente.

(E) Ao servidor sujeito ao regime de dedicao exclusiva vedado o exerccio de outro cargo ou emprego, exceto de cargo em comisso.

34.So penas disciplinares previstas na Lei n 5.810/94 (A) repreenso, suspenso e exonerao. (B) demisso, recluso e cassao de

aposentadoria ou de disponibilidade. (C) demisso, destituio de cargo em

comisso ou de funo gratificada. (D) cassao de aposentadoria ou de

disponibilidade, exonerao e demisso. (E) suspenso, recluso e demisso. 35.A iniciativa do projeto de Lei Orgnica do Ministrio Pblico dos Estados faculdade do (A) Procurador de Justia. (B) Colgio de Procuradores de Justia. (C) Governador do Estado. (D) Procurador Geral de Justia. (E) Corregedor Geral do Ministrio Pblico. 36.O Ministrio Pblico do Estado do Par tem incumbncia legal de (A) defender a ordem jurdica. (B) defender o regime presidencialista de

governo. (C) defender judicialmente os interesses do

Estado. (D) promover a defesa nacional. (E) defender judicialmente o estado de stio.

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

37. correto afirmar: (A) de iniciativa do Poder Legislativo o

projeto de lei para criao e extino de cargos do Ministrio Pblico.

(B) A independncia funcional um dos princpios institucionais do Ministrio Pblico.

(C) O Poder Legislativo elabora a proposta oramentria do Ministrio Pblico e a encaminha ao Poder Executivo.

(D) As decises do Ministrio Pblico fundadas em sua autonomia financeira tm eficcia plena aps aprovao da Assemblia Legislativa do Estado.

(E) A fiscalizao contbil, financeira, oramentria, operacional e patrimonial do Ministrio Pblico exercida pelo Poder Executivo.

38.Exercer a chefia do Ministrio Pblico e represent-lo judicial e extrajudicialmente competncia do (A) Colgio de Procuradores. (B) Promotor de Justia. (C) Conselho Superior do Ministrio Pblico. (D) Corregedor Geral do Ministrio Pblico. (E) Procurador Geral de Justia. 39. So elegveis para o Conselho Superior do Ministrio Pblico: (A) Somente os Promotores de Justia que

no estejam afastados da carreira. (B) Os Promotores de Justia e

Procuradores de Justia que no estejam afastados da carreira.

(C) Somente os Procuradores de Justia que no estejam afastados da carreira.

(D) Os Procuradores de Justia que no estejam afastados da carreira e os inativos.

(E) Os Promotores de Justia ativos e inativos.

40.A competncia para atuar perante a Justia eleitoral de primeira instncia do: (A) Procurador de Justia. (B) Corregedor Geral do Ministrio Pblico. (C) Procurador Geral de Justia. (D) Promotor de Justia. (E) Presidente do Colgio de Procuradores de Justia. 41.So rgos auxiliares do Ministrio Pblico: (A) Procuradoria Geral de Justia e Centro

de Apoio Operacional.

(B) Centro de Apoio Operacional e Centro de Estudos e Aperfeioamento Funcional.

(C) Comisso de Concursos e Colgio de Procuradores de Justia.

(D) Corregedoria Geral do Ministrio Pblico e Centro de Estudos e Aperfeioamento Funcional.

(E) Procuradoria Geral de Justia e Corregedoria Geral do Ministrio Pblico.

42. competncia do Colgio de Procuradores de Justia propor ao Poder (A) Legislativo a destituio do Procurador

Geral de Justia pelo voto de dois teros de seus membros.

(B) Executivo a destituio do Corregedor Geral do Ministrio Pblico pelo voto de dois teros de seus membros.

(C) Executivo a destituio do Procurador Geral de Justia pelo voto de maioria simples de seus membros.

(D) Legislativo a destituio do Corregedor Geral do Ministrio Pblico pelo voto de dois teros de seus membros.

(E) Executivo a destituio do Procurador Geral de Justia pelo voto de dois teros de seus membros.

43.Sobre INTERNET e a INTRANET correto afirmar: (A) A INTERNET um sistema global de

redes de computadores, que permite a comunicao usurio a usurio e a transferncia de dados de uma mquina para outra em todo o mundo, e oferece servios como e-mail eletrnico, FTP, entre outros. A INTRANET consiste no uso de tecnologias da internet dentro de uma empresa, sendo uma rede de comunicao privada como meio de comunicao digital que serve para o pblico interno da empresa.

(B) A INTERNET um conjunto de redes de computadores que permite a comunicao entre usurios de organizaes governamentais em todos os pases, mas o acesso restrito a estas organizaes. J a INTRANET, o uso de tecnologia da internet com o objetivo de facilitar a comunicao de uma empresa somente com o pblico externo.

(C) A INTERNET uma rede de computadores que consiste no uso de tecnologias WEB dentro de uma empresa, sendo uma rede de comunicao privada que serve como

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

meio de comunicao digital para o pblico interno da empresa. A INTRANET o uso de tecnologia WEB com o objetivo de facilitar a comunicao de uma empresa com o pblico externo.

(D) A INTERNET uma rede que utiliza tecnologia WEB e protocolos TCP/IP cujo nico objetivo disponibilizar aplicaes que possibilitam a comunicao de uma empresa com seus fornecedores e clientes. A INTRANET consiste no uso de tecnologias da internet dentro de uma empresa, sendo uma rede de comunicao privada que serve como meio de comunicao digital para o pblico interno da empresa.

(E) A INTERNET uma rede de computadores que utilizada somente para facilitar a comunicao interna das empresas, disponibilizando servios como WEB interna, correio eletrnico, grupos de discusso. A INTRANET uma rede interna utilizada somente pelos rgos do governo, os quais disponibilizam vrios servios com o objetivo de facilitar a comunicao com os seus usurios.

44.Navegadores so programas que possibilitam o acesso a pginas da internet. Entre os vrios disponveis, os mais conhecidos e utilizados so o Internet Explorer e o Netscape. Sobre esses programas, correto afirmar: (A) O Internet Explorer permite que o usurio

escolha uma pgina da internet para que esta seja a pgina corrente, isto , que ela seja a primeira pgina visualizada toda vez que o programa for iniciado. Tal recurso no disponibilizado pelo Netscape.

(B) Tanto o Internet Explorer quanto o Netscape possuem um servio de correio eletrnico, o qual ativado automaticamente, no momento em que esses programas so iniciados. Ativado esse programa de correio eletrnico, ele, exibe um cone na barra de componentes que avisa o usurio quando este recebe uma mensagem nova.

(C) O Internet Explorer e o Netscape permitem que o usurio salve o contedo de uma pgina da internet no disco rgido do computador, com todos os arquivos de som e vdeo que a pgina possua.

(D) Uma das vantagens do Internet Explorer que ele possui um aplicativo chamado

Internet Messenger, que um programa de correio eletrnico ativado automaticamente quando o Internet Explorer iniciado. Esse programa no disponibilizado pelo Netscape.

(E) O Internet Explorer um aplicativo criado e mantido pela empresa Microsoft. muito utilizado porque possui mais vantagens que o Netscape, sendo uma delas o acesso mais rpido a paginas WEB, exibindo-as com todos os seus componentes como sons e imagens, o que no ocorre no Netscape, que s permite o acesso a paginas que contenham textos.

45.Um dos servios da Internet mais utilizados e que possibilita troca rpida e eficiente de informaes com pessoas de qualquer lugar do mundo, enviando mensagens que podem conter textos, imagens e anexos : (A) Lista de discusso (B) FTP (transferncia de arquivos) (C) CHAT (D) Correio Eletrnico (E-Mail) (E) Telnet 46. Sobre o Windows 98 correto afirmar: (A) Disponibiliza um aplicativo cuja funo

gerenciar discos e arquivos, denominado Internet Explorer.

(B) A calculadora, o Bloco de notas, a lixeira e o editor de textos Paint so aplicativos acessrios do Windows 98.

(C) Permite a instalao de perifricos como um scanner, atravs do Menu Iniciar/Programas/ /Adicionar impressora.

(D) A alterao da data e hora do computador pode ser feita atravs do Menu Iniciar/Configuraes/Painel de controle/Configuraes regionais.

(E) Disponibiliza uma ferramenta denominada ScanDisk, que um aplicativo que verifica a integridade dos dados existentes em unidades de armazenamento de dados (HD, disquete, Zip disk) e verifica a integridade dos setores e superfcie do disco.

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

47.Dos processadores de textos existentes no mercado, o Microsoft Word o mais utilizado. Sobre o Word 97 e Word 2000, correto afirmar: (A) O boto Pincel , utilizado para

copiar formataes feitas em um bloco de texto (pargrafos) e aplicar em um ou mais blocos de forma rpida, o que economiza tempo do usurio. Este recurso disponibilizado tanto no Word 97 quanto no Word 2000.

(B) O Menu Exibir do Word 97, que contm opes do modo de apresentao do documento (Normal, layout on-line, Layout de pgina), Barras de ferramentas, Rgua, etc., na verso Word 2000, permanecem as mesmas opes da verso Word 97 mas sua denominao mudou, passando a ser chamado de Menu Ver.

(C) Para salvar o documento o usurio tinha na verso Word 97, as opes Salvar e Salvar como.. do Menu Arquivo. Na verso Word 2000, somente a opo Salvar como... foi disponibilizada dentro das opes do Menu Ferramentas.

(D) O Word possibilita a incluso de cabealhos e rodaps, que so linhas de texto que sero impressas em todas as pginas do documento, podendo ser no incio (cabealho) ou no fim das pginas (rodap). Esse recurso existe somente na verso Word 2000.

(E) A mala direta uma funo de automao de escritrio, a qual consiste na criao de um documento modelo que pode ser mesclado com dados de diversas pessoas, sem que seja necessrio alterar o documento um a um. Este recurso disponibilizado pelo Word, mas somente a partir de sua verso 2000.

48.Tomando por base a figura abaixo, que apresenta uma janela do Excel 2000, correto afirmar:

(A) O nome da planilha ativa concurso.xls. (B) O valor contido na clula ativa I20, R$

2.099,00, foi obtido atravs de uma funo do Excel, a funo Soma, que representada da seguinte forma: =SOMA(I3:I19). Embora um pouco mais trabalhoso, igual resultado pode ser obtido atravs da frmula =(I3+I4+I5+I6+I7+I8+I9+I10+I11+I12+I13+I14+I15+I16+I17+I18+I19) que deve ser digitada na clula I20.

(C) O somatrio dos valores contidos na da linha 9, da coluna A at a coluna G R$ 195,00. Esse resultado pode ser obtido de duas maneiras: uma atravs da frmula =(A9+G9), e a outra, atravs da funo =SOMA(A9+G9).

(D) A tabela apresentada sem nenhuma cor de preenchimento; para aplicar cor de preenchimento deve-se proceder a seleo da coluna A1 a I20. Aps a seleo, clicar no boto Cor de

preenchimento .

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

(E) O boto permite que sejam criados grficos com os dados contidos na planilha.

49. Atualmente, os profissionais de diversas reas dispem de muitos recursos para fazer apresentaes em seminrios, congressos, aulas, que facilitam e tornam essas tarefas bem mais agradveis e produtivas, pois existem programas que possibilitam a exibio de textos, imagens, fotos, vdeos e at efeitos especiais de animao na forma de Slides. Um exemplo desses programas (A) Adobe Photoshop. (B) Retroprojetor. (C) PowerPoint. (D) Datashow. (E) Projetor de Slides. 50. No mbito da informtica, cpia de segurana ou Backup so procedimentos atravs dos quais o usurio armazena (guarda) os dados (arquivos, documentos, imagens) existentes no disco rgido do computador em um outro dispositivo de armazenamento, para que possa recuper-los em caso de defeito irreversvel no disco. Das opes a seguir, a que apresenta somente dispositivos utilizados nos procedimentos de backup a (A) Drive de CD-ROM, EPROM, Unidade de

fita e ZIP Drive (B) Unidade de disquetes, EPROM, unidade

de fita e gravador de EPROM (C) HD, CD-ROM, ZIP Drive e ROM (D) Drive de CD-ROM, Fita magntica,

EPROM e HD (E) Gravadora de CD, ZIP Drive, unidade de

disquetes e unidades de fita

CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DO PAR EDITAL N. 001/2004-MP-AUXILIAR DE ADMNISTRAO

Recommended

View more >