aula01 java

Post on 06-Jan-2016

230 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

jmb

TRANSCRIPT

  • DANIEL DE CAMARGO JAVA

    1

    Ttulo: Introduo Linguagem Java Data: 17/1/2011 Descrio: Breve histrico sobre a linguagem Java, nomenclaturas e tecnologias

    Histria do Java A linguagem Java surgiu de um projeto desenvolvido pela Sun Microsystems destinado a criar uma linguagem baseada em C/C++ para controlar dispositivos eletrnicos. O projeto passou por vrias dificuldades, principalmente porque o mercado de eletrnicos no se desenvolvia to rapidamente como a Sun havia previsto. Porm, nesta mesma poca, houve a exploso do World Wilde Web, o que animou novamente os desenvolvedores da Linguagem Java, pois viram de imediato o potencial da linguagem para a criao de pginas Web com o chamado contedo dinmico. Alm disso, Java tambm se tornou popular no desenvolvimento de aplicaes standalone1, sendo utilizada para os mais diversos propsitos como projetos universitrios, empresarias e tambm no desenvolvimento de jogos. A caracterstica de Java ser multiplataforma foi o que fez despertar o interesse para a sua utilizao no desenvolvimento de jogos, pois no restringe o jogo a um nico sistema operacional. verdade que no utilizado apenas para jogos, pois a portabilidade da linguagem muito grande e hoje diversos aplicativos so desenvolvidos atravs dessa linguagem poderosa. Esse conceito do Java conhecido como programe uma vez, execute em qualquer lugar, ou seja, uma vez que o cdigo do seu aplicativo tenha sido compilado com sucesso, voc poder execut-lo em diversas plataformas sem a necessidade de ter que reprogramar ou recompilar. Isso sem contar a possibilidade que Java oferece para que os programas standalone sejam rapidamente portados para serem executados em pginas de Web atravs dos Applets

    Instalando e Configurando o Compilador Java Antes de voc comear a programar, preciso familiarizar-se com a terminologia das ferramentas de desenvolvimento Java. Vejamos algumas siglas comuns para desenvolvedores Java:

    JDK (Kit de desenvolvimento Java) o kit de ferramentas que os programadores usam para desenvolvimento de software em Java. Neste kit esto includos vrios recursos como, por exemplo, o javac (compilador), java (a mquina virtual), o javadoc (gerador automtico de documentao) que permitem compilar, executar e documentar um programa Java, respectivamente.

    JRE (Ambiente de execuo do Java) o JRE contm apenas a mquina virtual do Java necessria para a execuo de programas e Applets. O JRE indispensvel para aqueles que desejam apenas executar programas Java, ou seja, o usurio final.

    1 So chamados standi Aloni , ou stand-alone (literalmente "ficam em p por si s") os programas completamente

    autosuficientes: para seu funcionamento no necessitam de um software auxiliar, como um interpretador, sob o qual tero de ser executados.

  • DANIEL DE CAMARGO JAVA

    2

    Para um melhor desenvolvimento iremos utilizar um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE). Existem alguns no mercado sendo que os mais conhecidos so:

    Eclipse um projeto aberto iniciado pela IBM; IntelliJ IDEA (comercial) uma IDE desenvolvida pela JetBrains; JBuilder um ambiente desenvolvido pela empresa Borland; JDeveloper (gratuito OTN) uma IDE desenvolvida pela empresa Oracle; NetBeans (software livre) uma IDE desenvolvida pela Sun Microsystems;

    No nosso curso utilizaremos o Eclipse. Logo abaixo mostrarei como adquirir o aplicativo e como instalar da forma correta. Adquirindo o Eclipse O IDE gratuito, basta entrar no site: http://www.eclipse.org/

  • DANIEL DE CAMARGO JAVA

    3

    Dentro do site, no canto direito superior encontrar a opo de Download do Eclipse, como mostra a figura abaixo:

    Voc entrar na pgina de downloads do eclipse, ele te d opo para Windows, Linux e Mac OS, escolha a sua verso de sistema operacional. No meu caso vou instalar no Windows, escolha o Eclipse Classic 3.6.1.

  • DANIEL DE CAMARGO JAVA

    4

    Faa o download.

    Ao final do download, voc ter um arquivo compactado. Agora basta extrair os arquivos na pasta que deseja, geralmente recomendamos extrair no diretrio c:\

  • DANIEL DE CAMARGO JAVA

    5

    Depois de extrair os arquivos, basta ir pasta c:\eclipse e rodar o eclipse.exe que se encontra dentro da pasta.

    Pronto, agora o ambiente j est preparado para podermos iniciar o nosso curso. A nica coisa que ser necessria definir a workspace. Resumidamente, workspace onde sero salvos os seus projetos, ou seja, sua rea de trabalho.

  • DANIEL DE CAMARGO JAVA

    6

    Palavras-Chave do Java

    Todo software uma aplicao que exige no s um grande conhecimento do programador, como tambm que ele saiba exatamente todos os recursos que a linguagem disponibiliza e como utiliz-los da melhor forma, j que o desempenho neste tipo de aplicao um fator crtico. Em nosso primeiro contato com a linguagem nada melhor do que apresentar suas palavras-chave, ou seja, palavras reservadas que no podero ser utilizadas em nomes de variveis, mtodos ou classes, pois quando utilizadas para este propsito resultar em um erro de compilao. Vamos ento s palavras reservadas do Java:

    Comentrios

    Comentar o cdigo uma boa prtica de programao, pois ajuda em diversas situaes como depurao e manuteno do cdigo. importante salientar que as linhas de cdigo identificadas como comentrios no sero analisadas pelo compilador. A linguagem Java oferece duas formas de inserir comentrios no cdigo, comentrio de linha e de bloco. Para comentrios de linha utilizamos os caracteres //, como no exemplo: // iniciando nossos estudos na linguagem Java possvel tambm comentar um bloco inteiro de linhas, para isto basta inserir os comentrios entre a sequncia /* */. Exemplo: /* Comentrio de bloco Estas linhas sero ignoradas pelo programador Bons programas ! */

  • DANIEL DE CAMARGO JAVA

    7

    Identificadores

    Um identificador um "nome" que nos permite dirigirmos especificamente a uma das entidades prprias da linguagem, ou seja, so os nomes que podemos colocar aos nossos/as variveis, mtodos, classes, interfaces e objetos. A nica restrio na formao de identificadores que tm que comear por letra, sublinhado ou pelo signo '$', podendo seguir depois letras ou nmeros. Temos que ter em conta que em Java como em muitas outras linguagens de programao se distinguem as maisculas e as minsculas. H uma srie de normas muito recomendveis para criar identificadores em Java: Em Java habitual escrever todos os identificadores em minscula tendo em conta as seguintes excees: 1. Se em um identificador queremos incluir um nome composto, coloca-se o primeiro nome inteiro em minscula e o resto com a primeira letra em maiscula e o resto em minscula. Por exemplo: minhaNovaVariavel = 3; 2. Os identificadores de classes e interfaces sempre comeam em maiscula seguindo a anterior norma no caso de se tratar de um nome composto. Por exemplo: MinhaNovaClasse(); 3. Os nomes de variveis finais ( as mais habitualmente chamadas "constantes") se escrevem integramente em maiscula. Por exemplo: "PI" Outra restrio muito importante e evidente na hora de escolher identificador, por exemplo, para uma varivel no coincidir com certas palavras restringidas que tem a linguagem.

    Tipos Primitivos Como tipos primitivos entendemos aqueles tipos de informao mais usuais e bsicos. So os habituais de outras linguagens de programao. Descreveremos algum dado para ter em conta em cada tipo. Boolean: No um valor numrico, s admite os valores true ou false. Char: Usa o cdigo UNICODE e ocupa cada caractere 16 bits. Inteiros: Diferem nas precises e podem ser positivos ou negativos.

    Byte: 1 byte.

    Short: 2 bytes.

    Int: 4 bytes.

    Long: 8 bytes.

  • DANIEL DE CAMARGO JAVA

    8

    Reais em ponto flutuante: igual que os inteiros tambm diferem nas precises e podem ser positivos ou negativos.

    Float: 4 bytes.

    Double: 8 bytes.

    Variveis

    Agora que temos as peas necessrias ( identificadores e tipos ) podemos definir variveis em Java. Uma varivel referenciar sempre a um tipo primitivo de Java ou a qualquer outro objeto criado em nosso programa. Vejamos algumas declaraes:

    Int a ; // declarao de uma varivel 'a' //iniciada a 0 (valor por padro). Int b = 8; // declarao de uma varivel 'b' iniciada a 8. NomeClasse referencia; // declarao de uma varivel 'referencia' preparada //para levar um objeto da classe 'NomeClasse'. NomeClasse referencia2; // o mesmo que na varivel anterior. Referencia = new NomeClasse; // se cria um novo objeto da classe //'NomeClasse', e atribuda varivel //'Referencia' Referencia2 = referencia; // Agora tambm 'referencia2' tem o mesmo // o