aula0 reg ag reg anvisa 51044

Download Aula0 Reg Ag Reg ANVISA 51044

Post on 12-Nov-2015

217 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • AULA 00

    NOES DE REGULAO E AGNCIAS REGULADORAS PARA TECNICO -

    TEORIA E EXERCCIOS ANVISA

    PROFESSOR: CSAR DE OLIVEIRA FRADE

    Prof. Csar de Oliveira Frade www.pontodosconcursos.com.br 1

    Ol pessoal!

    Primeiramente, irei fazer uma breve apresentao. Meu nome Csar de

    Oliveira Frade, sou funcionrio de carreira do Banco Central do Brasil

    BACEN aprovado no concurso de 1997.

    Sou formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais

    UFMG. Possuo uma Ps-graduao em Finanas e Mercado de Capitais pelo

    IBMEC, outra em Derivativos para Reguladores na Bolsa de Mercadorias e

    Futuros BM&F e uma especializao em Derivativos Agrcolas pela Chicago Board of Trade CBOT1. Sou Mestre em Economia2 com nfase em Finanas na

    Universidade de Braslia e o Doutorado, pela mesma Universidade, est faltando apenas a defesa da Tese3, sendo que os crditos j foram concludos.

    Comecei no Banco Central trabalhando com a emisso de ttulos da dvida

    pblica externa. De 2005 a 2008 fui Coordenador-Geral de Mercado de Capitais

    na Secretaria de Poltica Econmica do Ministrio da Fazenda, auxiliando em

    todas as mudanas legais e infralegais, principalmente aquelas que tinham

    ligao direta com o Conselho Monetrio Nacional CMN. Voltei ao BACEN

    para trabalhar na rea de risco com derivativos em um Departamento da rea

    de Fiscalizao. No incio de 2012 fui cedido para a Presidncia da Repblica e

    sou Coordenador da rea de Estudos e Planejamento na Secretaria de Aviao

    Civil.

    Sou professor de Finanas, Microeconomia, Macroeconomia, Matemtica,

    Sistema Financeiro Nacional, Mercado de Valores Mobilirios, Estatstica e

    Econometria. Leciono na rea de concursos pblicos desde 2001, tendo dado

    aula em mais de uma dezena de cursinhos em vrias cidades do pas, desde

    presenciais at via satlite.

    Antes de comear a falar com vocs como ser esse curso, vou esclarecer

    algumas coisas. Quando uma pessoa estuda Economia na Faculdade, ela tem

    1 A Chicago Board of Trade - CBOT a maior bolsa de derivativos agrcolas do mundo.

    2A dissertao Contgio Cambial no Interbancrio Brasileiro: Uma Anlise Emprica defendida em 2003 foi

    publicada na Revista da BM&F, o paper aceito na Revista Estudos Econmicos e em alguns dos mais importantes

    Congressos de Economia da Amrica Latina LAMES. Versava sobre o risco sistmico a ser propagado via mercado

    de cmbio e as contribuies da Cmara de Compensao de Cmbio da BM&F para a mitigao desse risco. 3 Tese de Doutorado um parto e a gestao j est durando alguns anos. Acho que pode ser que ela no saia.

  • AULA 00

    NOES DE REGULAO E AGNCIAS REGULADORAS PARA TECNICO -

    TEORIA E EXERCCIOS ANVISA

    PROFESSOR: CSAR DE OLIVEIRA FRADE

    Prof. Csar de Oliveira Frade www.pontodosconcursos.com.br 2

    um semestre de Introduo Economia que, em geral, ocorre no primeiro

    semestre. Depois ela passa por trs semestres de macro e trs semestres de

    micro. L pelo sexto ou stimo semestre ela tem uma matria que se chama

    OI Organizao Industrial. Organizao Industrial uma matria muito

    ligada s atitudes das empresas, estratgias e as formas que os governantes

    possuem de controlar determinados mercados que so fundamentais para a

    populao. Acho que vocs j entenderam, n? A matria como est escrita no

    Edital muito mais Organizao Industrial do que qualquer outra coisa, mas

    OI uma continuao aprofundada da Microeconomia. Para que vocs possam

    compreender melhor o problema darei um exemplo do colegial.

    Imagine que voc nunca viu Matemtica na vida. No sabe nada de nada de

    matemtica (nem multiplicar voc aprendeu). Mas resolve entrar na escola e o

    professor comea a te ensinar equao do primeiro grau. Voc concorda que,

    apesar de a matria ser simples, voc ter uma dificuldade imensa, pois no

    sabe nem multiplicar e j vai ter que aplicar a multiplicao para calcular a raiz

    de uma equao.

    Aqui mais ou menos a mesma coisa. Da forma como a matria est colocada

    no Edital, eu posso comear a ministr-la pelo item 1, mas vocs no tero

    base nem para terminar essa aula demonstrativa. Seria impossvel fazer um

    trabalho legal e ensinar vocs a raciocinar sobre o assunto. Portanto, teremos

    que ter 4 aulas introdutrias de microeconomia (aulas 00 a 03) para que vocs

    saibam exatamente onde esto pisando e depois entraramos na matria

    propriamente dita. Na verdade, quando o Edital fala em Conceitos Bsicos

    para Regulao, ele est informando que pode cobrar qualquer assunto de

    microeconomia.

    Com essa estratgia acredito que os nossos resultados sero bem melhores. E

    digo que no irei mostrar toda a microeconomia nessas 4 aulas, mas apenas a

    parcela que necessria para poder comear a descrever os diversos pontos

    do Edital. Estamos combinados assim?

    Para que vocs tenham uma noo, uma parcela grande de OI estudada com

    base em Teoria dos Jogos. Quando estudamos Jogos no nvel bsico, ela uma

    matria muito simples e tranqila. No entanto, aqui bem diferente e,

    exatamente por isso, optarei por no mostrar nada por jogos. Iremos fazer as

  • AULA 00

    NOES DE REGULAO E AGNCIAS REGULADORAS PARA TECNICO -

    TEORIA E EXERCCIOS ANVISA

    PROFESSOR: CSAR DE OLIVEIRA FRADE

    Prof. Csar de Oliveira Frade www.pontodosconcursos.com.br 3

    mesmas coisas mostrando um pouco de matemtica e com muito dilogo, mas

    sem entrar nas partes complicadas de Teoria dos Jogos.

    Possuo um estilo peculiar de dar aulas. Prefiro tanto em sala quanto em aulas

    escritas que elas transcorram como conversas informais. Entretanto, quando

    tenho que dar aulas de Teoria gosto de explicar no apenas a matria mas

    tambm a forma como vocs devem raciocinar para acertar a questo.

    Acredito que todos aqui esto muito mais interessados em passar no concurso

    do que aprender Economia/Regulao.

    Desta forma, estarei fazendo uma mescla entre um papo informal (papo que

    ocorrer sempre que for possvel) e a teoria formal. Mas nunca deixarei de

    ensinar qual o raciocnio que vocs devem utilizar para acertar as questes.

    Acredito que a matria sendo exposta de forma informal torna a leitura mais

    tranqila e isso pode auxiliar no aprendizado de uma forma geral. Exatamente

    por isso, utilizo com freqncia o Portugus de uma forma coloquial.

    Assim, a Aula Demonstrativa mostrar para vocs um pouco do que ser

    esse curso. Ser uma aula bem menor que as outras, mas apenas para

    vocs sentirem o gostinho de que essa matria no to complicada como a

    maioria pensa. No h a necessidade de nenhum conhecimento prvio de

    Economia, pois irei comear do zero nessas aulas introdutrias4.

    As questes sero TODAS de provas anteriores.

    Contedo Programtico

    Aula 00 (Aula Demonstrativa): Abordagens: teoria econmica da regulao,

    teoria da captura, teoria do agente-principal Parte 1 - Em Breve

    Aula 01 : Abordagens: teoria econmica da regulao, teoria da captura, teoria

    do agente-principal Parte 2

    4 Volto a lembrar que essas aulas introdutrias so fundamentais para a compreenso da matria e apesar de no estarem

    descritas no Edital, pode haver algum tipo de questo sobre o assunto pois alguns tpicos a serem ministrados

    dependem desses itens. Ressalto que no irei explorar todos os aspectos iniciais da Microeconomia, mas apenas aqueles

    que sero necessrios para a continuao da matria.

  • AULA 00

    NOES DE REGULAO E AGNCIAS REGULADORAS PARA TECNICO -

    TEORIA E EXERCCIOS ANVISA

    PROFESSOR: CSAR DE OLIVEIRA FRADE

    Prof. Csar de Oliveira Frade www.pontodosconcursos.com.br 4

    Aula 02: Abordagens: teoria econmica da regulao, teoria da captura, teoria

    do agente-principal Parte 3

    Aula 03: Abordagens: teoria econmica da regulao, teoria da captura, teoria

    do agente-principal Parte 4

    Aula 04: Regulao e agncias reguladoras: As agncias reguladoras e o

    princpio da legalidade. rgos reguladores no Brasil: histrico e caracterstica

    das autarquias.

    Aula 05: Formas de regulao: regulao de preo; regulao de entrada;

    regulao de qualidade. Princpios de qualidade regulatria, boas prticas de

    governana regulatria, noes de avaliao de impacto regulatrio. Regulao

    setorial: regulao sanitria.

    Espero que este curso seja bastante til a voc e que possa, efetivamente,

    auxili-lo na preparao para o concurso da ANVISA.

    As dvidas sero sanadas por meio do frum do curso, a que todos os

    matriculados tero acesso. Caso tenha exerccios da matria e queira me

    enviar, farei todos os esforos para que eles sejam, medida do possvel,

    includo no curso. Envie para meu e-mail abaixo (e-mail do Ponto).

    As crticas ou sugestes podero ser enviadas para:

    cesar.frade@pontodosconcursos.com.br.

    Finalmente, gostaria de dizer a vocs que muito mais do que saber toda a

    matria, importante que voc saiba fazer uma prova e esteja tranqilo neste

    momento! Portanto, tente aprender a matria mas certifique-se que voc

    entendeu como deve proceder para marcar o X no lugar certo. No interessa

    saber a matria, interessa marcar o X no lugar certo e ver o nome na lista.

    Prof. Csar Frade

    ABRIL/2013

  • AULA 00

    NOES DE REGULAO E AGNCIAS REGULADORAS PARA TECNICO -

    TEORIA E EXERCC