Aula de sbs saúde pública

Download Aula de sbs   saúde pública

Post on 03-Jul-2015

2.737 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

aula 1

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL ULBRA Campus Cachoeira do Sul CURSO DE ODONTOLOGIA SADE PBLICA PROF. DR. FRANCISCO AVELAR BASTOS </li></ul> <p> 2. Tempo poca histrica Conhecimento Sociedade / Cultura/ Economia / Poltica 3. HISTRICO 3 4. O HOMEM, DESDE SEU INCIO, SEMPRE SE OCUPOU EM CUIDAR E, DE CERTA FORMA, CURAR AS AFECES QUE SOFRIA, SOBRETUDO POR AGRESSES DA NATUREZA; 4 5. 5 6. A MEDICINA E A PROFISSO MDICA APARECEM DEPOIS DA HISTRIA ESCRITA, 3.000 ANOS a.C., PORM, A MEDICINA CIENTFICA QUE CUIDAVA DO DOENTE, DIAGNOSTICAVA E CURAVA SEUS MALES, COMEOU NA GRCIA NO SCULO IV (a.C.) COM HIPCRATES, CONSIDERADO O PAI DA MEDICINA 6 7. A SADE PBLICA FOI CHAMADA ORIGINALMENTE DE HIGIENE PBLICA. SUAS RAZES ESTO NA RELIGIO, UMA VEZ QUE A LIMPEZA ERA TOMADA EM SENTIDO ESPIRITUAL. 7 8. O CONCEITO DE SADE PBLICA VEM EVOLUINDO DESDE A POCA DE HIPCRATES, QUE COMEOU A FALAR DA INFLUNCIA DO AMBIENTE FSICO E SOCIAL NA SADE DA POPULAO 8 9. 9 10. OS PRIMEIROS PASSOS PRTICOS DA SADE PBLICA FORAM DADOS NA ROMA ANTIGA COM OBRAS DE ENGENHARIA SANITRIA, COMO OS AQUEDUTOS, ALM DE MEDIDAS SANITRIAS DO AMBIENTE, CONTROLE DE ALIMENTOS E DOENAS PROFISSIONAIS. 10 11. 11 12. J EM 1849, NA ALEMANHA PROPUSERAM UMA LEI DE SADE PBLICA, QUE SE MANTM MUITO ATUAL EM SEUS PRINCPIOS, QUAIS SEJAM: 12 13. I A SADE PBLICA TEM COMO OBJETIVOS: - O SAUDVEL DESENVOLVIMENTO FSICO E MENTAL DO CIDADO; - A PREVENO DE TODOS OS PERIGOS RELATIVOS SADE; - O CONTROLE DA DOENA 13 14. II A SADE PBLICA DEVE PREOCUPAR-SE COM: - A SOCIEDADE COMO UM TODO, CONSIDERANDO AS CONDIES FSICAS E SOCIAIS GERAIS QUE PODEM ADVERSAMENTE AFETAR A SADE, TAIS COMO SOLO, INDSTRIA, COMIDA, MORADIA; 15 15. 16 16. CADA INDIVDUO, CONSIDERANDO AS CONDIES QUE O IMPEDEM DE CUIDAR DE SUA SADE. ESTAS CONDIES PODEM SER DIVIDIDAS EM DUAS CATEGORIAS PRINCIPAIS: 17 17. 1) CONDIES, COMO POBREZA E ENFERMIDADE, EM QUE O INDIVDUO TEM O DIREITO DE EXIGIR ASSISTNCIA DO ESTADO; 2) CONDIES EM QUE O ESTADO TEM O DIREITO E A OBRIGAO DE INTERVIR NA LIBERDADE PESSOAL DO INDIVDUO NO INTERESSE DA SADE, COMO EM CASOS DE DOENAS TRANSMISSVEIS E DOENA MENTAL 18 18. 19 19. III A SADE PBLICA TEM TRS CAMPOS FUNDAMENTAIS: 1. A INVESTIGAO; 2. A EDUCAO; 3. A PRTICA DOS SERVIOS DE ATENO PREVENTIVOS-CURATIVOS PARA INDIVDUOS, GRUPOS DE FAMLIA E COMUNIDADE, QUE INCLUI OS COMPONENTES DO AMBIENTE NATURAL E SOCIAL. 20 20. 21 21. CONCEITOS DE SADE PBLICA 22 22. SADE PBLICA A APLICAO DAS CINCIAS SOCIAIS, DE COMPORTAMENTO E BIOLGICAS PARA O ESTUDO EPIDEMIOLGICO DA SITUAO DE SADE, DAS PESQUISAS DOS SERVIOS DE ATENO SADE, ASSIM COMO DAS RESPOSTAS DA SOCIEDADE PARA SOLUCIONAR OS PROBLEMAS E NECESSIDADES DE SADE IDENTIFICADOS. SUA ESSNCIA A SADE DO POVO. (J.Frenk Consultor da OMS) 23 23. A SADE PBLICA SE DIFERENCIA DA SADE COLETIVA QUE, SEGUNDO MINAYO (2003), VEM A SER UM CAMPO DE PRTICAS SANITRIAS, SOCIAIS OU DE INVESTIGAO QUE INCORPORA OS SUJEITOS, OS MOVIMENTOS SOCIAIS, OS SERVIOS DE SADE, ETC. E OS SUBMETE CRTICA TRANSFORMADORA. PORQUE ELA, A SADE PBLICA, ENTENDIDA SEMPRE COMO ESFERA ESTATAL QUE, POR MEIO DA OFERTA DE SERVIOS DE SADE, EFETIVA SUAS POLTICAS DE CONTROLE DO ESTADO SOBRE INDIVDUOS OU GRUPOS DE INDIVDUOS. PORM CONSIDERA QUE A CONOTAO DESSA SADE SER PBLICA, SIM, MAS DE MODO INESPECFICO, COMO DIREITO. 24 24. SADE, DIREITO DE TODOS! 25. OBRIGADO! 26 Chateau DEau Cachoeira do Sul -RS </p>