aula 5 - curso técnico em hidrologia (cth) - ufrgs.br · pdf fileaula 5 - curso...

Click here to load reader

Post on 12-Nov-2018

218 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Hidrometeorologia

    Hidrometeorologia

    Prof. Fernando Mainardi Fan

    Aula 5 - Curso Tcnico em Hidrologia (CTH)

  • Hidrometeorologia

    Sumrio da Aula

    Nuvens Formao Classificao

    Precipitao Medio Avaliao estatstica Interpolao

  • Hidrometeorologia

    Precipitao: gua da atmosfera depositada

    na superfcie terrestre.

    Formas: chuvas; granizo; neve; orvalho;

    neblina; geada.

    Variabilidade temporal e espacial.

    Precipitao

  • Hidrometeorologia

    Massa de ar mido se eleva, a temperatura

    diminui, mais vapor se condensa, gotas crescem e se

    precipitam.

    tamanho das gotas

    nuvem: 0,02 mm

    chuva: 0,5 a 2 mm

    Precipitao

  • Hidrometeorologia

  • Hidrometeorologia

  • Hidrometeorologia

    Precipitao - Condensao

  • Hidrometeorologia

  • Hidrometeorologia

    Precipitao - Nuvens

  • Hidrometeorologia

    Formao das nuvensNcleos de condensao

    Mecanismo de crescimento

    Gota de chuva

  • Hidrometeorologia

    Ncleos de condensao

    Quantidade de material particulado na atmosfera

    depende de circunstncias locais;

    Alguns so ncleos higroscpicos, ou seja, possuem

    afinidade com molculas de gua, sendo importantes

    para a formao de nuvens e precipitao;

    Pode ser de origem natural, antrpica, primria ou

    secundria.

  • Hidrometeorologia

    Fontes naturais

    Erupes vulcnicas

    Eroso do solo pelo vento

    Incndios florestais

    Cristais de sal da gua do mar

    Poeira csmica

  • Hidrometeorologia

    Vulces

  • Hidrometeorologia

    Tempestade de areia

  • Hidrometeorologia

    Fontes antrpicas

    Indstrias

    Queimadas

    Transporte

    Gerao de energia (carvo mineral, petrleo)

    Atividades agrcolas

  • Hidrometeorologia

    Emisso automotiva

  • Hidrometeorologia

    Emisses industriais

  • Hidrometeorologia

    Gerao de energia

  • Hidrometeorologia

    Queimadas

  • Hidrometeorologia

    Processos de crescimento Vapor condensa sobre

    ncleo de condensao

    Gotas maiores em queda colidem e absorvem gotas menores

    Cristais de gelo crescem por sublimao reversa

  • Hidrometeorologia

  • Hidrometeorologia

    Precipitao - Nuvens

  • Hidrometeorologia

    Vdeo

    https://www.youtube.com/watch?v=UZPBcSreva4

    Formao de nuvens

    https://www.youtube.com/watch?v=UZPBcSreva4

  • Hidrometeorologia

    Precipitao - Nuvens

  • Hidrometeorologia

    Nuvens altas (camada superior)

    Cirrus (Ci)

    Cirrostratus (Cs)

    Cirrocumulus (Cc)

    Nuvens mdias (camada mdia)

    Altocumulus (Ac)

    Altostratus (As)

    Nimbostratus (Ns)

    Nuvens baixas (camada inferior)

    Stratus (St)

    Stratocumulus (Sc)

    Alm dessas, existem as nuvens de grande desenvolvimento

    vertical que possuem suas bases na camada inferior, mas penetram

    na camada mdia e alta com freqncia. Cumulus (Cu),

    Cumulonimbus (Cb).

  • Hidrometeorologia

    Precipitao Nuvens (classificao)

  • Hidrometeorologia

    Precipitao Nuvens (classificao)

  • Hidrometeorologia

    2.1 CLASSIFICAO DE NUVENS

    Nuvens Altas

    * Nuvens Altas (acima de 6000 m)

    Cirrus uncinus Cirrostratus fibratus

    www.inmet.gov.b

    r

  • Hidrometeorologia

    Precipitao Nuvens (classificao)

  • Hidrometeorologia

    2.1 CLASSIFICAO DE NUVENS

    Nuvens Mdias

    * Nuvens mdias (entre 2000 a 6000 m)

    Altocumulus stratiformis perlucidus undulatus

    Altostratus undulatus radiatus translucidus

    www.inmet.gov.b

    r

  • Hidrometeorologia

    Precipitao Nuvens (classificao)

  • Hidrometeorologia

    2.1 CLASSIFICAO DE NUVENS

    Nuvens Baixas

    * Nuvens Baixas (abaixo de 2000 m)

    Stratocumulus stratiformis translucidus

    www.inmet.gov.brwww.inmet.gov.b

    r

  • Hidrometeorologia

    Precipitao Nuvens (classificao)

  • Hidrometeorologia

    2.1 CLASSIFICAO DE NUVENS

    Nuvens de desenvolvimento vertical

    * Nuvens de desenvolvimento vertical

    www.inmet.gov.b

    r

    Cumulus humilis

  • Hidrometeorologia

    2.1 CLASSIFICAO DE NUVENS

    Nuvens de desenvolvimento vertical

    * Nuvens de desenvolvimento vertical

    Cumulonimbus Capillatus praecipitatio arcus

    Cumulonimbus calvus

    www.inmet.gov.b

    r

  • Hidrometeorologia

  • Hidrometeorologia

    Precipitao - Nuvens

  • Hidrometeorologia

    Tipos de nuvens

  • Hidrometeorologia

    Algumas nuvens interessantes

    Veja mais em:

    www.metsul.com

  • Hidrometeorologia

    Algumas nuvens interessantes

    Veja

    mais

    em

    :

    ww

    w.m

    ets

    ul.com

  • Hidrometeorologia

    Algumas nuvens interessantes

    Nuvens de instabilidade Kevin-Helmholz

  • Hidrometeorologia

    Algumas nuvens interessantes

    Nuvens mammatus

  • Hidrometeorologia

    Belssima apario de nuvens Mammatus na cidade de Canela nesta segunda-feira (24/fev/2014) foto de Marcelo Ribeiro Abrantes.

    O nome Mammatus decorre justamente da aparncia de mamas deste tipo de nebulosidade. Em regra, elas aparecem na parte inferir de uma nuvem de tormenta do tipo Cumulunimbus (Cb), mas podem ser vistas tambm junto a outras nuvens. Apesar de ameaadoras na aparncia,

    nuvens Mammatus costumam indicar sim o enfraquecimento da tempestade associada a elas.

    site METSUL

  • Hidrometeorologia

    Mais nuvens interessantes

  • Hidrometeorologia

    William Rankin

  • Hidrometeorologia

    William RankinLieutenant Colonel William Henry Rankin (October 16, 1920 July 6, 2009)

    was the only known person to survive a fall from the top of a cumulonimbus

    thunderstorm cloud. He was a pilot in the United States Marine Corps and a

    World War II and Korean War veteran. He was flying an F-8 Crusader jet fighter

    over a cumulonimbus cloud when the engine failed, forcing him to eject and

    parachute into the cloud. Lieutenant Colonel Rankin wrote a book about his

    experience, The Man Who Rode the Thunder.

    O tenente-coronel William Henry Rankin (16 de outubro de 1920 - 06 de julho

    de 2009) era a nica pessoa conhecida a sobreviver a uma queda da parte

    superior de uma nuvem cumulonimbus tempestade. Ele era um piloto nos

    Estados Unidos Marine Corps e um veterano da Segunda Guerra Mundial e da

    Guerra da Coreia. Ele estava voando um F-8 Crusader caa a jato sobre uma

    nuvem cumulonimbus quando o motor falhou, forando-o a ejetar e pra-

    quedas para a nuvem. O tenente-coronel Rankin escreveu um livro sobre a

    sua experincia, o homem que montou o trovo.

  • Hidrometeorologia

    Do ponto de vista do hidrlogo a chuva tem

    trs mecanismos fundamentais de formao:

    chuva frontais ou ciclnicas;

    chuvas orogrficas;

    chuvas convectivas trmicas.

  • Hidrometeorologia

    Chuvas frontais

  • Hidrometeorologia

    Chuvas frontais

  • Hidrometeorologia

    Frentes frias

  • Hidrometeorologia

    CHUVA FRONTAL OU CICLNICA

    Ar quente

    Ar frio

    www.master.iag.usp.br

  • Hidrometeorologia

    CHUVA FRONTAL OU CICLNICA

  • Hidrometeorologia

    Precipitao Orogrfica

    Ocorre sempre no mesmo local

    Chuvas orogrfica

  • Hidrometeorologia

    Chuvas orogrfica

  • Hidrometeorologia

    Chuvas orogrfica

  • Hidrometeorologia

    Chuva convectiva

  • Hidrometeorologia

    Chuva

    convectiva

  • Hidrometeorologia

    CHUVA CONVECTIVA OU DE CONVECO

    OU DE VERO

  • Hidrometeorologia

    Extremos: Granizo

  • Hidrometeorologia

    15 Dez 2011Tromba dgua registrada na Lagoa dos Patos, RS

    'Entrei na cidade e vi aquilo dentro dgua', diz morador.Segundo meteorologia, fenmeno resultado de zona de baixa presso.Uma tromba dgua foi registrada na quarta-feira (14) na Lagoa dos Patos, na cidade de Arambar, no Rio Grande do Sul.O fenmeno foi fotografado pelo mdico Fbio Raphaelli, que mora em Tapes e trabalha em Arambar, cidade vizinha. Segundo ele, as fotos foram feitas por volta das 8h. Foram dois tornados, que duraram cerca de 20 minutos.Quando estava chegando, vi aquelas nuvens negras. Entrei na cidade e vi aquilo dentro dgua. Foram duas simultneas. Depois veio um vento forte com tempestade e com granizo, e o tornado se inclinou, afirmou.Segundo a meteorologista Naiane Arajo, do Centro de Previso de Tempo e Estudos Climticos (Cptec/Inpe), a tromba dgua um tornado de pequena categoria, mas que acontece na gua. So semelhantes aos tornados, com extenso bem menor, afirma.No Sul, estamos com uma rea de baixa presso que gira no sentido horrio, o que favorece esse fenmeno. As trombas dgua no so raras. Elas so consequncia dessas reas de instabilidade que esto naquela regio, explica.Fonte: G1; Foto: Fbio Raphaelli/Arquivo PessoalColaborao: Leandro Soares da Costa

  • HidrometeorologiaFlorianpolis vero 2008

  • HidrometeorologiaFlorianpolis vero 2008

  • Hidrometeorologia

    Trombas (tornados) sobre as guas do Guaba no Sul da Capital

    Por: Alexandre Aguiar Fevereiro, 26-02-2014 (site METSUL)

    Uma srie de quatro trombas dgua (tornado sobre a gua) foi relatada durante a tarde da segunda-feira (24/fev/2014) na foz do Guaba entre a rea de Itapu (E