aula 2 - como ler [modo de compatibilidade] .• lê sem finalidade. raramente sabe por que lê

Download Aula 2 - como ler [Modo de Compatibilidade] .• Lê sem finalidade. Raramente sabe por que lê

Post on 17-Nov-2018

216 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Unidade 1. Aula 2

    Metodologia e Introduo Prtica de Pesquisa

    Como estudar, como aprender:

    como ler melhor

    Professora: Mireile Pacheco Frana CostaProfessora: Mireile Pacheco Frana Costa

  • CONTEDO DA UNIDADECONTEDO DA UNIDADE

    1) Anotaes em sala de aula tcnicas de anotao;

    2) a leitura tcnica:

    Faculdade Pitgoras

    2) a leitura tcnica:

    idia central, sublinhe,resumo;

    3) diferenas entre o bom e omau leitor.

  • OBJETIVOSOBJETIVOS

    1. Introduzir ferramentas envolvidasno processo de leitura eaprendizagem para facilitar odesempenho acadmico;

    2. realizar uma abordagem sobre apreparao do aluno para assistir

    Faculdade Pitgoras

    preparao do aluno para assistiraulas, fazer anotaes, destacaridias nos textos, fazer resumos,a fim de facilitar a reviso e oestudo posterior;

    3. exercitar essas ferramentas.

  • Ler bem ---- Fazer apontamentos --- Resumir Ler bem ---- Fazer apontamentos --- Resumir

    As aulas abrem os caminhos para os alunos, mas As aulas abrem os caminhos para os alunos, mas preciso preciso estudarestudar!!

    As aulas abrem os caminhos para os alunos, mas As aulas abrem os caminhos para os alunos, mas preciso preciso estudarestudar!!preciso preciso estudarestudar!!preciso preciso estudarestudar!!

    Quem cultiva hbitos de boa leitura e fixao de contedo dos textos lidos consegue estudar e

    compreender o significado do contedo ministrado pelo professor.

    Quem cultiva hbitos de boa leitura e fixao de contedo dos textos lidos consegue estudar e

    compreender o significado do contedo ministrado pelo professor.

  • Aulas e os livros indicados na bibliografia, freqentemente, fornecem informaes diferentes.

    Fazer a reviso das anotaes uma parte essencial do estudo para os exames e provas, assim como em momentos de tomadas de

    decises difceis e importantes na vida profissional futura.

    Fazer anotaes nos ajuda a identificar e a clarear pontos difceis ou confusos.

    Fazer anotaes uma habilidade essencial:

    Faculdade Pitgoras

    difceis ou confusos.

    Ajuda a adquirir um profundo entendimento do tema da aula (ou palestra ou livro) e a capturar os pontos mais importantes.

    O ato de tomar notas:

    Constri a compreenso do tpico;

    ajuda a construo de perguntas e facilita o debate.

  • Ajudam a memria para a reviso de uma aula, de um artigo, de um livro, de uma palestra.

    Ajudam a relembrar os pontos principais de uma apresentao.

    As anotaes:

    Faculdade Pitgoras

    de uma apresentao.

    Importantes fontes de material para a elaborao de um ensaio uma palestra, seminrio...

    Ajudam na concentrao.

  • 1. Priorize informaes

    Os professores e os palestrantes geralmente enfatizam em sua fala os tpicos mais importantes.

    Algumas formas mais usuais de nfase so as seguintes:

    - Material escrito no quadro

    Faculdade Pitgoras

    - Material escrito no quadro

    - Repetio

    - Mudana no tom de voz e dos gestos

    - O tempo gasto com o tpico

    - Sinais verbais (Os dois pontos de vista so...; A terceira razo ...; Como concluso...)

  • 2. Faa anotaes breves (voc no consegue copiar tudo o que o professor diz).

    - No use frases longas se pode usar uma frase curta. No use uma frase se pode usar uma palavra.

    - Use abreviaes e smbolos, mas seja consistente.

    - Faa as anotaes com suas prprias palavras, mas

    Faculdade Pitgoras

    - Faa as anotaes com suas prprias palavras, mas frmulas, definies e fatos especficos devem ser anotados

    com exatido.

    - Coloque a data (e o lugar e nome do palestrante, se for uma palestra), e numere as pginas.

    - Faa um arquivo de suas anotaes: ele lhe ser muito til.

  • Como estudar?Como estudar?A leituraA leitura

    1) Faa uma pr-leitura;

    2) siga as etapas da leitura propriamente dita:

    Seleo: selecione o material e divida-o por partes, formando a idia do todo;

    Rememorao: antes de iniciar a leitura, recorde o que j sabe sobre essa matria;

    Investigao: interesse-se pelos conceitos novos e procure outros materiais para

    Faculdade Pitgoras

    Investigao: interesse-se pelos conceitos novos e procure outros materiais para consulta;

    Interrogao: depois de terminar a leitura, interrogue-se acerca do contedo do texto. Este exerccio assegura uma compreenso global e pormenorizada;

    Extrapolao: depois de ler e de questionar, deve extrair as concluses;

    Inter-relao: relaciona os dados da leitura com outros da mesma matria;

    Fixao: utilize grficos, resumos, esquemas ou quadros para assimilar melhor e fixar o contedo.

    9

  • Como fixar bem um contedo?Como fixar bem um contedo?

    1 PASSO: crie o hbito de encontrar a idia principal em cada pargrafo que ler;

    2 PASSO: sublinhe o texto de forma

    Faculdade Pitgoras

    2 PASSO: sublinhe o texto de forma inteligente;

    3 PASSO: resuma ou fiche um texto,

    sempre que possvel e relevante.

  • REGRAS PARA SUBLINHAR:REGRAS PARA SUBLINHAR:

    1) sublinhar apenas as idias principais e os detalhes importantes;

    2) no sublinhar por ocasio da primeira leitura;

    3) reconstituir o pargrafo a partir das palavras sublinhadas;

    4) sublinhar com dois traos as palavras-chave e com um nico trao os pormenores importantes;

    Faculdade Pitgoras

    nico trao os pormenores importantes;

    5) assinalar com um trao vertical, margem do texto, as passagens mais significativas;

    6) assinalar com um ponto de interrogao idias no compreendidas ou de discordncia em relao ao texto;

    7) prefervel marcar o texto com o lpis, mas podem tambm ser utilizadas canetas marca-texto ou canetas coloridas.

  • REGRAS PARA RESUMIR:REGRAS PARA RESUMIR:

    1) no pretender resumir antes ler o texto, sublinhar e fazer breves anotaes margem;

    2) ser breve e compreensvel;

    3) percorrer especialmente as palavras sublinhadas e as anotaes margem do texto;

    4) no caso de transcrio textual (sobretudo quando as

    Faculdade Pitgoras

    4) no caso de transcrio textual (sobretudo quando as passagens so enriquecedoras), usar aspas e fazer referncia completa fonte;

    5) dar um carter personalizado ao resumo, na forma de associar as idias e at se inserir no texto com ponderaes pessoais (se for permitido um resumo crtico!).

  • So considerados textos tcnicos aqueles que circulam nos meios profissionais,

    acadmicos, cientficos e jurdicos.

    Trata-se de uma leitura mais lenta, que exige maior concentrao, principalmente, nos termos tcnicos.

    Para l-los, necessrio ter alguns parmetros, a partir de perguntinhas bsicas:

    1) O qu? (Que texto esse? De quem ? Qual o assunto?)

    LEITURA DE TEXTOS TCNICOS:

    Faculdade Pitgoras

    2) Por qu? (O que justifica a sua leitura e a prpria existncia do texto?)

    3) Para qu? (Quais so os objetivos do autor do texto?)

    4) Como? (Que mtodos foram utilizados pelo autor para alcanar o objetivo?

    De que forma ele organizou o texto?)

    5) Concluso? (A que resultado o autor do texto chegou? E voc concluiu o

    qu?)

    Utilize tcnicas como: sublinhe, definio da idia central, resumo e esquema.

  • Bom leitor:O bom leitor l rapidamente e entende bem o que l.

    Tem habilidades e hbitos como:

    L com objetivo determinado.Ex.: aprender certo assunto, repassar detalhes, responder

    a questes.

    L unidades de pensamento.Abarca, num relance, o sentido de um grupo de palavras.

    Relata rapidamente as idias encontradas numafrase ou num pargrafo.

    Tem vrios padres de velocidade.Ajusta a velocidade da leitura com o assunto que l. Se l

    Mau leitor:O mau leitor l vagarosamente e entende mal o que l.

    Tem hbitos como:

    L sem finalidade. Raramente sabe por que l.

    L palavra por palavra.Pega o sentido da palavra isoladamente. Esfora-se para

    juntar os termos para poder entender a frase.Freqentemente tem de reler as palavras.

    S tem um ritmo de leitura.Seja qual for o assunto, l sempre vagarosamente.

    ANEXO: COMPARAO ENTRE O BOM E O MAU LEITOR

    Faculdade Pitgoras

    Ajusta a velocidade da leitura com o assunto que l. Se luma novela, rpido. Se livro cientfico para guardardetalhes, l mais devagar.

    Avalia o que l.Pergunta-se freqentemente: Que sentido tem isso para

    mim? Est o autor qualificado para escrever sobretal assunto? Est ele apresentando apenas umponto de vista do problema? Qual a idia principaldeste trecho? Quais seus fundamentos?

    Possui bom vocabulrio.Sabe o que muitas palavras significam. capaz de

    perceber o sentido das palavras novas pelocontexto. Sabe usar dicionrios e o fazfreqentemente para esclarecer certos termos, nomomento oportuno.

    Acredita em tudo o que l.Para ele tudo o que impresso verdadeiro. Raramente

    confronta o que l com suas prprias experincias oucom outras fontes. Nunca julga criticamente o escritorou seu ponto de vista.

    Possui vocabulrio limitado.Sabe o sentido de poucas palavras. Nunca rel uma frase

    para pegar o sentido de uma palavras difcil ou nova.Raramente consulta o dicionrio. Quando o faz,atrapalha-se em achar a palavra. Tem dificuldades ementender a definio.

  • Bom leitor: Tem habilidades para conhecer o valor do livro.Sabe que a primeira coisa a fazer quando se toma um

    livro indagar de que trata, atravs do ttulo, dossubttulos encontrados na pgina de rosto e noapenas na capa. Em seguida l os ttulos do autor.Edio do livro. ndice. Orelha do livro. Prefcio.Bibliografia citada. S depois que se v emcondies de decidir pela convenincia ou no daleitura. Sabe selecionar o que l. Sabe quandoconsul