aula 2 - assistencia de enfermagem no po - modo de ... 17...  nariz e garganta; n£o...

Download Aula 2 - Assistencia de Enfermagem no PO - Modo de ... 17...  nariz e garganta; N£o observa§£o

If you can't read please download the document

Post on 19-Sep-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 22/03/2018

    1

    ASSISTNCIA DE ENFERMAGEM NAS

    COMPLICAES E DESCONFORTOS

    NO PS - OPERATRIO

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Nuseas e Vmitos

    So transtornos frequentes no ps-operatrio imediato. O grande problema a aspirao que pode causar asfixia e levar ao bito ou pneumonia aspirativa. Em caso de SNG deve-se desobstru-la.

  • 22/03/2018

    2

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Nuseas e Vmitos

    As principais causas so:

    Efeitos dos anestsicos principalmente os utilizados em anestesia geral;Deglutio de sangue e secrees nas cirurgias de nariz e garganta;No observao do jejum pr e ps-operatrio.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Nuseas e Vmitos

    Cuidados de enfermagem:

    Lateralizar a cabea para escoamento do vmito, evitando aspirao;Suspender ingesto V.O;Administrar antiemtico via parenteral conforme prescrio mdica;Anotar e comunicar o nmero de vezes e a quantidade eliminada;Manter o paciente e o ambiente higienizado.

  • 22/03/2018

    3

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Sede

    Causa:

    A medicao pr-anestsica (Atropina) diminui a produo de saliva, isso benfico porque impede que o paciente degluta a saliva, mas produz o ressecamento da boca e da garganta.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Sede

    Cuidados de enfermagem:

    Ateno para no oferecer gua enquanto o peristaltismo no retornar (conforme prescrio mdica);

    Umedecer os lbios do paciente com freqncia utilizando uma gaze ou bola de algodo embebida em gua;

  • 22/03/2018

    4

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Soluo

    So espasmos diafragmticos intermitentes provocados pela obstruo do nervo frnico, mas de causa ainda obscura.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Soluo

    Causas:

    Irritao provocada pela SNG;

    Distenso gstrica pelo acmulo de lquido ou

    alimento no estmago;

    Paciente molhado ou com frio.

  • 22/03/2018

    5

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Soluo

    Cuidados de enfermagem:

    Eliminar a causa (se for a SNG no se deve retir-la sem ordem mdica);Fazer aspirao pela SNG;Respirar dentro de um saquinho cheio de ar. O dixido de carbono diminui a irritao do N. Frnico.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Dor

    Seu aparecimento deve ser esperado depois de qualquer cirurgia, principalmente nas primeiras 48 h.

  • 22/03/2018

    6

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Dor

    Causas

    Traumatismo cirrgico: toda cirurgia consiste em uma agresso ao organismo tanto aspecto fsico quanto psquico e a dor, portanto persiste, at que o organismo se recupere desse traumatismo;Ansiedade/nervosismo: cada indivduo apresenta um limiar diferente para a dor, alguns a aceitam mais facilmente, outros so mais sensveis permanecendo tensos e temerosos o que aumenta a intensidade da dor.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Dor

    Cuidados de enfermagem:

    Identificar o tipo, localizao e intensidade da dor, avaliando-se a dor se irradia para outras regies e se est relacionada com a movimentao, respirao, tosse, etc.Observar sinais de palidez, sudorese, nuseas, vmitos, frequncia respiratria, etc;Administrar analgsicos conforme prescrio mdica. Como a dor um sintoma esperado no ps-operatrio, o mdico geralmente j deixa prescrito um analgsico para ser administrado. Cabe enfermagem avaliar a necessidade real de administrar esse analgsico, devendo prestar ateno ao uso de narcticos.

  • 22/03/2018

    7

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Hemorragia

    Caracteriza-se por uma perda anormal de sangue e seus efeitos dependem do estado geral do paciente, da ocasio de sua ocorrncia e da quantidade de sangue perdido.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Hemorragia

    Classificao:

    Hemorragia primria: a que ocorre durante a cirurgia;Hemorragia secundria: a que ocorre no ps-operatrio. Deve-se tomar medidas imediatas.Hemorragia externa: quando o sangramento se exterioriza pela ferida ou atravs de um orifcio natural (boca, nariz, vagina, etc);Hemorragia interna: quando o sangue escoa para dentro de uma cavidade fechada (crnio, trax, abdme). a mais grave das hemorragias porque quando se manifestam os sinais/sintomas o indivduo j perdeu grande quantidade de sangue;

  • 22/03/2018

    8

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Hemorragia

    Causas:

    Defeitos na ligadura dos vasos pela falha tcnica do cirurgio;Tenso exagerada sobre a sutura;Distrbios hemorrgicos, deficincia de vitamina K, etc.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Hemorragia

    Cuidados de enfermagem:

    Hemorragia Interna: os cuidados de enfermagem nesse caso visam a deteco e a preveno do agravamento:

    Deixar o paciente em repouso absoluto;Manter o paciente aquecido; Coloca-lo em Trendelemburg;Avisar o mdico imediatamente;Controlar SSVV frequente e rigorosamente.

  • 22/03/2018

    9

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Hemorragia

    Cuidados de enfermagem:Hemorragia Externa: pode ser de maior facilidade de controle por ser visvel. Os cuidados incluem:

    Repouso no leito; evitando o aumento do sangramento;Fazer compresso direta sobre o local que est sangrando utilizando compressas estreis;Fazer compresso nas artrias prximas ao local que est sangrando;Controlar SSVV; Se o sangramento for VO ou nasal (epistaxe) voltar a cabea para o lado a fim de evitar asfixia;Comunicar o mdico;Proceder anotao no pronturio quanto ao tipo, localizao e quantidade de sangue perdido (pequena, moderada ou grande).

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Choque

    O choque pode ser definido como uma depresso de todos os centros vitais, devido deficincia de sangue e oxignio. uma complicao grave e frequente no ps-operatrio.

  • 22/03/2018

    10

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Choque

    Tipos de Choque:

    Choque Hipovolmico: causado pela diminuio do volume circulante, pela perda do plasma, sangue, etc.Choque Neurognico: distrbio no SNC provocado por anestsico, narcticos, transtornos emocionais. (dor intensa, ansiedade, medo).Choque Cardiognico: aquele que se instala devido a uma deficincia cardaca, ou seja, o corao no consegue bombear quantidade de sangue suficiente para o organismo. (causa pode ser IAM e ICC).

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Choque

    Tipos de Choque:

    Choque Sptico: resultante de processos infecciosos;Choque Anafiltico: resulta da reao antgeno-anticorpo, devido hipersensibilidade do organismo a determinadas substncias como penicilina, etc.

    Os sintomas de um choque anafiltico so: sensao de calor, prurido, urticria, formigamento, dispnia (edema de glote), cefalia, sensao de opresso no peito.Choque Pirognico: reao febril devido presena de pirognio e contaminao de solues e material utilizado na administrao IM ou EV.

  • 22/03/2018

    11

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Imediatas

    Choque

    Cuidados de enfermagem:

    Controlar rigorosamente SSVV (15/15);

    Manter paciente calmo;

    Colocar paciente em Trendelemburg;

    Manter vias respiratrias livres;

    Manter medicao de emergncia mo.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Tardias

    So as complicaes que surgem no ps-operatrio tardio.

  • 22/03/2018

    12

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Tardias

    Complicaes Pulmonares

    So complicaes graves que afetam principalmente pacientes idosos ou debilitados, podem predispor bronquite, pneumonia, broncopneumonia.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Tardias

    Complicaes Pulmonares

    Causas:

    Irritao das mucosas por anestsicos inalados que provocam aumento de secreesAcmulo de secreo devido posio inadequada, medo de tosse, respirao superficial,Paciente que permanece muito tempo acamado, imobilizado.

  • 22/03/2018

    13

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Tardias

    Complicaes Pulmonares

    Sinais/Sintomas:

    FebreExpectorao purulenta/sanguinolenta;Dispnia;Mal estar geral;Tosse;Dor torcica.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Tardias

    Complicaes Pulmonares

    Cuidados de enfermagem:

    Estimular movimentao e ingesto de lquidos se no houver contra indicao;Administrar medicao prescrita: antibiticos, nebulizao;Incentivar tosse instruda e inspiraes profundas.

  • 22/03/2018

    14

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Tardias

    Complicaes Urinrias

    As complicaes urinrias que podem aparecer no ps-operatrio so a reteno ou a incontinncia urinria.

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Tardias

    Complicaes Urinrias

    Reteno Urinria:

    Causas:

    Traumatismo cirrgico;Posio inadequada;Uso prolongado de sonda vesical.

  • 22/03/2018

    15

    Prof. Raquel Peverari de Campos

    Complicaes Tardias

    Complicaes Urinrias

    Reteno Urinria:

    Cuidados de enfermagem na reteno urinria:

    Proporcionar ambiente tranquilo ao oferecer comadre ou papagaio;Estimular mico usando mtodos como: aplicao de bolsa quente, abrir torneiras, banhos de assento com gua morna;Levar ao banheiro, se no houver contra indicao;Sondagem vesical, como ltim