aula 1.1 histórico

Download Aula 1.1 histórico

Post on 10-Jul-2015

314 views

Category:

Education

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • PEDOLOGIA

    Prof. Carolina Corra

  • OBJETIVOS

    Introduo a Cincias do solo;

    Histrico e evoluo;

    carolcorreageo.blogspot.com

  • A CINCIA DO SOLO -

    HISTRICO

    Esta cincia se divide em dois

    estgios:

    O primeiro, de sculos atrs, refere-se as

    prticas de povos antigos, geralmente com

    sentido religioso;

    O segundo, dos ltimos dois sculos,

    fundamentado na experimentao e

    aplicao de mtodo cientfico.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • Os primeiros grupamentos humanos

    viam o solo apenas como o lugar por onde

    caminhavam para caar, mas j o usavam

    para cermica e pigmentao em pinturas.

    Fonte: www.flickr.com carolcorreageo.blogspot.com

  • H 10 000 anos, quando do fim da

    ultima glaciao, os homens comearam a

    se fixar e a domesticar plantas e animais.

    O aumento da populao dependia da

    qualidade do solo e assim comeava-se a

    se conhecer melhor o mesmo.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • Esses grupos passaram a se fixar

    prximo a rios com solos frteis e agua de

    boa qualidade para beber e irrigar lavouras.

    Fonte: histgeo6.blogspot.com

    carolcorreageo.blogspot.com

  • Nasce assim as grandes cidades da

    antiguidade nos vales dos rios Tigres e

    Eufrates (Mesopotmia, hoje Sria e Iraque),

    do Nilo, do rio Amarelo (China), etc.

    Fo

    nte

    : p

    rofe

    sso

    r-jo

    sim

    ar.

    blo

    gspo

    t.co

    m-

    carolcorreageo.blogspot.com

  • A cincia de ento se dedicava mais

    para as estrelas e para a geometria. No

    consideravam o solo objeto de estudo.

    H 6.600 anos, o territrio da China foi

    dividido em nove classes de solos para fins

    de clculos de impostos.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • O interesse no solo nesta poca dos

    governantes que querem arrecadar mais

    impostos e fazem esta classificao

    baseada na capacidade produtiva do solo.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • No imprio Romano, h 2.200 anos,

    Cato escreveu o Tratado da Agricultura

    onde enumerou nove tipos de terras em

    ordem decresceste de qualidade.

    A melhor qualidade era frtil e quase

    plana, propicia para vinhas. A pior era

    ngreme e pedregosa, propicia somente

    para pastagens.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • Mais tarde (sc I aC.), o engenheiro

    romano Vitruvius na obra Da Arquitetura,

    falava que as fundaes de grandes

    templos devem ser escavadas at que se

    encontrasse base slida.

    Fo

    nte

    : ro

    ma

    na

    toz.b

    log

    spo

    t.co

    m-

    carolcorreageo.blogspot.com

  • A Idade Mdia (sc. V ao XV) foi um

    perodo obscuro para a cincia.

    Por que?

    carolcorreageo.blogspot.com

  • Aps a Idade Mdia, os alquimistas

    queriam descobrir o que fazia as plantas

    crescerem (o espirito da vegetao) e disso

    resultou diferentes experimentos.

    O ingls James Woodward (1665-

    1728) plantou ervilhas e regou cada uma

    com um tipo diferente de

    gua: chuva, rio e de

    uma poa lamacenta.

    Fo

    nte

    : a

    du

    lao

    .we

    bn

    od

    e.p

    t-

    carolcorreageo.blogspot.com

  • As ervilhas cresceram mal com a agua

    da chuva e muito bem com as outras duas.

    O que tinha de diferente?

    carolcorreageo.blogspot.com

  • No sculo XVII, o

    qumico alemo Justus

    von Liebig e sua equipe,

    trabalharam com

    diferentes solos em

    laboratrio e concluram

    que as plantas se

    alimentam de gua e

    elementos minerais.

    Seus estudos foram a

    base para o uso de

    fertilizantes minerais.

    Fo

    nte

    :en

    .wik

    iped

    ia.o

    rg

    carolcorreageo.blogspot.com

  • A escola Russa, representada pelo naturalista Vasily V. Dokuchaev (1846-1903) se diferenciou por estudar o solo no campo.

    Ele observou e descreveu uma sucesso de camadas quase horizontais da superfcie at a rocha subjacente.

    Iniciava-se assim um novo ramo da cincia, a Pedologia.

    Fonte: solosemfoco.blogspot.com

    carolcorreageo.blogspot.com

  • A Sociedade Internacional de Cincia

    do Solo foi fundada em 1924 reunindo as

    disciplinas de: fsica do solo, qumica do

    solo, biologia do solo e pedologia.

    Com a Segunda Guerra as pesquisas

    foram suspensas pois, a cincia, indstria e

    economia se colocaram a servio da guerra.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • O estudo dos solos se subdivide em

    Edafologia e Pedologia.

    Edafologia a cincia que trata da

    influncia dos solos em seres vivos,

    particularmente plantas, incluindo o uso do

    solo pelo ser humano com a finalidade de

    proporcionar o desenvolvimento das

    plantas.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • Pedologia, do grego pedon (solo,

    terra), um ramo da geografia fsica e da

    cincias do solo. Considera o solo como um

    corpo natural, um produto sintetizado pela

    natureza e submetido ao de

    intemperismos.

    A pedologia estuda a pedognese, a

    morfologia e a classificao de solos.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • Um pedlogo se interessa tanto pela

    camada superficial como pelas demais,

    buscando entender como se formaram

    (pedognese).

    Para ele, o solo dinmico, teve sua

    formao iniciada a partir de uma rocha que se

    degradou mecanicamente e se decomps

    quimicamente, at formar um material

    inconsolidado, que com o tempo se espessou,

    modificando-se e individualizando-se.

    carolcorreageo.blogspot.com

  • LEPSCH, Igo F.. 19 Lies de Pedologia. So Paulo: Oficina de Textos, 2011.

    PINTO C. S. Curso Bsico de Mecnica dos Solos. Editora Oficina de textos, 2005.

    TEIXEIRA, W.; TAIOLI, F. & FAIRCHILD T. Decifrando a Terra. Ed. Oficina de Textos

    Bibliografia

    carolcorreageo.blogspot.com