aula 01 - intro des arquitetonico

Download Aula 01 - Intro Des Arquitetonico

Post on 07-Nov-2015

4 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

intro ao desenho arquitetonico

TRANSCRIPT

  • INTRODUOAO DESENHO

    O desenho como linguagem uma ferramenta importante para a comunicao de informaes, de forma imediata ou detalhada.

    Desde suas origens o homem comunica-se atravs de grafismos e desenhos.

    As primeiras representaes que conhecemos so as pinturas rupestres, em que o homem representava no apenas o mundo que o cercava, mas tambm as suas sensaes: alegrias, medos, danas.

    3

  • HISTRIA DO DESENHO

    Desenho como ferramenta de comunicao

    Desenho como ferramenta de interao

    Desenho como ferramenta de produo

    Desenho como ferramenta artstica

    4

  • EVOLUO DO DESENHO

    Desenho a servio da arte

    Comeo da definio do desenho de carter artstico e tcnico

    O desenho comeou a ser usado como meio preferencial de representao do projeto arquitetnico a partir do Renascimento. Apesar disso, ainda no havia conhecimentos sistematizados de representao, o que tornava o processo mais livre e sem nenhuma normatizao.

    5

  • EVOLUO DO DESENHO TCNICO

    Com a Revoluo Industrial, os projetos das maquinas passaram a demandar maior rigor e preciso e consequentemente os diversos projetistas necessitavam agora de um meio comum para se comunicar e com tal eficincia que evitasse erros grosseiros de execuo de seus produtos.

    Acontece a separao do papel do projetista do papel do executor do projeto.

    Projeto era necessrio para o desenvolvimento das ideias.

    Intensifica-se a utilizao do sistema de representao conhecido como Mongeano, a Geometria Descritiva.

    Prioriza-se a regularizao das representaes.

    6

  • CONSOLIDAO DO DESENHO

    Desta forma, instituram-se a partir do Sculo XIX as primeiras normas tcnicas de representao grfica de projetos, as quais incorporavam os estudos feitos durante o perodo de desenvolvimento da Geometria Descritiva, no sculo anterior.

    O desenho tcnico ( e de arquitetura) era neste momento considerado um recurso tecnolgico imprescindvel ao desenvolvimento econmico e financeiro.

    7

  • A GEOMETRIA DESCRITIVA

    considerada a origem do desenho tcnico.

    Foi criada pelo Matemtico francs Gaspard Monge (1746-1818).

    a metodologia para representao de elementos mono, bi ou tridimensionais por duas projees ortogrficas em planos perpendiculares entre si (vertical e horizontal).

    Ela permite a reconstituio da figura a partir das imagens projetadas em planos.

    8

  • TRANSIO GD PARA DT

    NORMAS

    TCNICAS

    9

  • NORMATIZAO

    Regularizao grfica e executiva da Geometria Descritiva para uso como desenho tcnico e consequentemente para Desenho Arquitetnico.

    Existem organizaes internacionais, nacionais, regionais e setoriais. E as principais organizaes so: ISO, DIN, AS.

    No Brasil a principal instituio a Associao Brasileira de Normas Tcnicas (ABNT), responsvel pelas Normas Brasileiras (NBR) que regulam vrios setores da produo tcnica.

    10

  • NORMATIZAO

    As principais normas da ABNT aplicadas ao Desenho Arquitetnico so:

    NBR 10067 princpios gerais de representao em desenho tcnico

    NBR 10068 folha de desenho

    NBR 10582 apresentao da folha para desenho tcnico

    NBR 13142 dobramento de cpias

    NBR 8402 execuo de caracteres para escrita NBR 8403 aplicao de linhas em desenhos

    NBR 8196 emprego de escalas

    NBR 10126 cotagem

    NBR 9050 Acessibilidade a edificaes, mobilirio, espaos e equipamentos urbanos

    NBR 6492 Representao de projetos de Arquitetura

    NBR 13532 Elaborao de Projetos de Arquitetura

    11

  • FORMAS DE REPRESENTAO

    Desenho Tcnico conjunto de metodologias e procedimentos necessrios ao desenvolvimento e comunicao de projetos, conceitos e ideias.

    O Desenho Tcnico pode ser classificado pelo aspecto geomtrico, sendo: No projetivo e Projetivo.

    A base do nosso estudo o Desenho Projetivo, que so as Vistas Ortogrficas e as Perspectivas, objetos rebatidos num plano atravs de projees no espao.

    No Brasil, utilizamos o 1 diedro para representao das vistas e projees.

    13

  • FORMAS DE REPRESENTAO PROJEES

    14

  • FORMAS DE REPRESENTAOVISTAS

    VISTAS

    Vistas Principais Vista Frontal (1), Vista Superior (2), Vista Lateral Esquerda (3).

    Vistas Secundrias - Vista Lateral Direita (4), Vista Inferior (5) E Vista Posterior (6).

    Vistas Auxiliares projees geradas a partir de planos auxiliares perpendiculares s faces desejadas do objeto.

    Cortes - projees de elementos internos do objeto, obtidas atravs de planos cortantes paralelos ou perpendiculares s faces do objeto, onde as partes cortadas aparecem com hachuras para diferenci-las das partes apenas vistas.

    15

  • FORMAS DE REPRESENTAO CORTE DE PEAS

    16

  • FORMAS DE REPRESENTAOPROJEO DE CORTE

    17

  • FORMAS DE REPRESENTAOPERSPECTIVAS

    PERSPECTIVAS

    Cilndricas Raios projetivos paralelos entre si, estando perpendiculares ou oblquos ao plano.

    Ortogonais com linhas formando ngulo de 90 com o plano, perspectivas axonomtricas(isomtrica, dimtrica e trimtrica).

    Oblquas com linhas obliquas ao plano, so chamadas de perspectiva cavaleira

    Cnica - os raios de um nico ponto, posicionados a uma distncia finita e podem ter um, dois ou trs pontos de fuga.

    18

  • TIPOS DE DESENHO

    SEGUNDO GRAU DE ELABORAO

    Esboo desenho a mo livre, de representao rpida, aplicado nos estgios iniciais de um projeto

    Croqui desenho a mo livre, em escala ou no, contendo informaes necessrias sobre o projeto.

    Desenho Preliminar desenho instrumentado, mo ou computador, usado nos estgios intermedirios, este corresponde ao anteprojeto

    Desenho Definitivo desenho instrumentado, mo ou computador, para fabricao ou execuo do objeto.

    19

  • FORMAS DE EXECUO

    MEIOS E SUPORTES DE APRESENTAO

    Desenho Mo Livre, onde o projetista faz uso de vrios tipos de papel como suporte (sulfite, layout, canson) e lpis, lapiseiras, canetas, marcadores ou tinta para elaborar o desenho, geralmente um esboo ou croqui.

    Desenho Instrumentado Mo, tambm com vrios tipos de papel (sulfite, layout, manteiga, vegetal) como suporte e feito lapiseiras, canetas e tinteiros com uso de instrumentos como rgua, compasso, esquadro, escalmetro, transferidor e curvas francesas.

    Desenho Informatizado - Programas especficos para o desenho, os softwares CAD (Computer Aided Design ou Desenho Assistido por Computador). Suporte a tela ou papis variados pela impresso.

    20

  • CONCEITO DESENHO ARQUITETNICO

    O desenho arquitetnico , em um sentido estrito, uma especializao do desenho tcnico normatizado voltada execuo e a representao de projeto de arquitetura.

    O desenho de arquitetura poderia ser encarado como todo o conjunto de registros grficos produzidos por arquitetos ou outros profissionais durante o processo de produo do projeto arquitetnico.

    22

  • CONCEITO DESENHO ARQUITETNICO

    23

  • CONCEITO DESENHO ARQUITETNICO

    24

  • CONCEITO DESENHO ARQUITETNICO

    O desenho de arquitetura manifesta-se como um cdigo para uma linguagem, estabelecida entre o emissor (o desenhista ou projetista) e o receptor(o leitor do projeto). Desta forma, seu entendimento envolve um certo nvel de treinamento, seja por parte do desenhista ou do leitor do desenho.

    25

  • CONSIDERAES FINAIS

    preciso dedicao e pacincia para execuo de um bom desenho;

    Deve-se ter respeito s Normas Tcnicas para garantir o aprendizado;

    Tcnicas de expresso grfica so vlidas para melhorar o aspecto do desenho;

    Desenho tcnico com qualidade artstica? No! Apenas bem feito par ser bem compreendido!

    Zelo na representao e apresentao pois trata-se de um documento que atesta a vontade de quem projeta;

    USO DO COMPUTADOR APENAS APS CONHECIMENTO DAS TCNICAS E CONCEITOS!

    26

  • CHING, Francis D.K. Dicionrio visual de arquitetura. 2 Ed. So Paulo: Martins Fontes, 2010.

    FERREIRA, Patrcia. Desenho Arquitetnico. Rio de Janeiro: Editora ao Livro Tcnico, 2001.

    LEGEN, Johan Van. Manual do Arquiteto Descalo. So Paulo: Emprio dos Livros, 2009.

    MONTENEGRO, Gildo A. Desenho arquitetnico. 4 Ed. So Paulo: Edgar Blucher, 2008.

    MONTENEGRO, Gildo A. Desenho de projetos. 1 Ed. So Paulo: Edgar Blucher, 2007.

    NEUFERT, Ernst, NEUFERT, Peter. Arte de projetar em arquitetura. 17 ed. Barcelona: Gustavo Gili, 2009.

    OBERG, L. Desenho Arquitetnico. So Paulo: Editora Ao Livro Tcnico S/A, 1986.

    PRONK, Emile. Dimensionamento em arquitetura. 5.ed. Joo Pessoa: Editora Universitria-UFPB, 1984.

    BIBLIOGRAFIA27