auditoria financeira - sage gestão contábil, iob e .no sage contabilidade, em módulos\ auditoria

Download Auditoria Financeira - Sage Gestão Contábil, IOB e .No Sage Contabilidade, em Módulos\ Auditoria

Post on 30-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Auditoria Financeira

    Processo de Uso da Auditoria Financeira

    CADASTRO DE EMPRESA PARMETROS

    No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, necessrio parametrizar os dados para aAuditoria Financeira.

    Na aba Parmetros/ Contabilizao/ Integrao/ Auditoria Financeira, marcar a opo Controlarmovimentao de Clientes/Fornecedores que sero habilitados os demais campos da tela.

    H duas formas de controlar as notas fiscais na Auditoria:

    Pelo saldo total : O valor ser gerado na auditoria pelo total, em parcela nica. Osrecebimentos/pagamentos efetuados mensalmente sero abatidos do saldo at zer-lo.

    Por parcela : O valor ser gerado na auditoria parcela por parcela. Os recebimentos/pagamentos

    Pgina | 1

  • efetuados mensalmente sero abatidos da parcela correspondente at baixar todas as parcelas danota.

    OBSERVAO: A opo de controle do valor da nota na auditoria no define como ser o lanamento dasnotas fiscais no Sage Fiscal, ou seja, no lanamento da nota podem ser informadas as parcelas, paragerao do SPED, mas no necessariamente sero geradas estas parcelas para a Auditoria Financeira.

    H tambm, duas formas de informar a conta de caixa/banco ao efetuar o registro de pagamento/recebimentodas parcelas:

    Digitao pelo cdigo de Caixa/Banco: Nesta opo, nas rotinas de baixa de ttulos da AuditoriaFinanceira, ao informar conta de recebimento/pagamento, sero disponibilizadas as contas decaixa/banco cadastradas no Sage Fiscal. Nesta opo fica mais fcil de selecionar as contas, pois saparecem as contas necessrias.

    Digitao pela conta contbil: Nesta opo, nas rotinas de baixa de ttulos da Auditoria Financeira,ao informar conta de recebimento/pagamento, sero disponibilizadas todas as contas do plano decontas. Nesta opo, mantm a rotina como era antes.

    Ainda entre os parmetros, devem ser informadas as contas contbeis correspondentes a:

    Juros Recebidos Descontos Concedidos Desp. Bancrias Recebidas Juros Pagos Descontos Obtidos Desp. Bancrias Pagas

    Tambm, devem ser definidos os histricos para os lanamentos de baixa na Auditoria, selecionando elementosque sero preenchidos automaticamente com os dados das parcelas.

    Na tela de definio do histrico, pode ser definido texto fixo e selecionados elementos relacionados aAuditoria Financeira que variaro para cada parcela baixada.

    Para selecionar os elementos, clicar sobre o cone A e selecionar entre as opes disponveis.

    Pgina | 2

  • No exemplo da imagem, h dados fixos e elementos que buscar da nota/parcela que ser baixada: nmero danota/parcela e razo social do cliente/fornecedor.

    Em Grupos de Contas, tanto para clientes quanto para fornecedores, devem ser definidas as contas contbeisque sero controladas na Auditoria Financeira. No boto de Clientes, sero exibidas somente as contas depenltimo grau do Ativo. No boto de Fornecedores, sero exibidas somente as contas de penltimo grau dopassivo. Selecionada uma conta de penltimo grau, todas as contas abaixo sero automaticamente marcadaspara controle.

    Para controlar as contas de alguns clientes ou fornecedores e outros no, necessrio criar no plano de contasdois grupos distintos para clientes e dois grupos distintos para fornecedores. Para um deles selecionar a opoe para outro no. Assim, os lanamentos vindos do Sage Fiscal sero filtrados e apenas as contas declientes/fornecedores parametrizadas sero gravadas na Auditoria Financeira.

    LANAMENTO DE NOTAS FISCAIS

    Lanamento Manual

    No Sage Fiscal, em Lanamentos\ Notas de Entrada, Notas de Sada e Conhecimento de Frete, sendo opagamento A prazo, ser habilitada a aba Parcelas.

    Pgina | 3

  • Nesta aba, devem ser informados os dados do parcelamento da nota fiscal. Estes dados sero utilizados nagerao do SPED e tambm na gerao da Auditoria Financeira, quando optado por controlar as notas porparcela.

    ATENO: Ao lanar a nota fiscal a prazo, o sistema gera automaticamente uma parcela, considerando o valorda nota e a data de emisso como vencimento. Pode-se gravar a nota desta forma, se no desejar controlar asparcelas, ou pode-se acessar a aba e alterar os dados.

    Na aba Parcelas, informar o nmero de parcelas, a data do primeiro vencimento e clicar em Gerar Parcelas.Sero geradas todas as parcelas, permitindo alterao.

    Detalhes dos Campos:

    Dados do Parcelamento:

    Total da Nota : campo desabilitado que informa o valor contbil da nota fiscal;

    Total de Retenes : campo desabilitado que informa o valor total de retenes da nota (ISS, PIS,COFINS, CSLL, IRRF, Funrural e INSS). Este valor no faz parte do pagamento/recebimento da notafiscal;

    Valor da Entrada : informar neste campo o valor j pago como entrada. Este valor serdesconsiderado ao compor o valor das parcelas seguintes. Porm, para a Auditoria Financeira estevalor ser gerado, como uma parcela zero ou somado ao saldo (conforme opo de controle de valorna Auditoria). necessrio informar o valor de entrada na Auditoria Financeira para que sejabaixado/contabilizado por esta rotina.

    Valor a Faturar : corresponde ao valor total da nota menos o valor das retenes, menos o valor daentrada. o valor que ser parcelado;

    Pgina | 4

  • Tarifa de Cobrana : Ser utilizado quando o valor da tarifa for cobrado a parte no ttulo.

    Na tela, o sistema calcula automaticamente o valor da tarifa quando informado Valor a Faturar maiorque o valor da nota menos retenes menos entrada. O valor da tarifa rateado entre a quantidade deparcelas do ttulo.

    Tipo de Ttulo : o sistema preenche o campo automaticamente com o cdigo 00- Duplicada,permitindo alterao;

    Nmero da Fatura : o sistema preenche o campo automaticamente com o nmero da nota fiscal,permitindo alterao. Para nota de sada, considera o nmero inicial;

    Nmero de Parcelas : informar neste campo a quantidade de parcelas para pagamento da notafiscal. O sistema considera automaticamente uma parcela, permitindo alterao;

    Data do 1 Vencimento : informar neste campo a data do primeiro vencimento. A partir desta data osistema compe o vencimento das demais parcelas, considerando o mesmo dia para os prximosmeses. O sistema considera neste campo a data de emisso da nota fiscal, permitindo alterao;

    Gerar Parcelas : ao informar os dados do parcelamento, deve-se clicar neste boto para que asparcelas sejam geradas. Se houver arredondamento, esta diferena ser lanada na ltima parcela

    Alterao da Parcela:

    Selecionar a parcela desejada com duplo clique e alterar Valor ou Data de Vencimento.

    Importao de Notas

    Na importao de notas fiscais, seja atravs de arquivo conforme layout da padro ou XML, as parcelas tambmsero geradas.

    No layout padro, h um registro especfico para a informao das parcelas. o registro tipo 9. Se no arquivo

    Pgina | 5

  • no tiver este registro, mas a nota for a prazo, ser gerada automaticamente a parcela nica na nota fiscal.

    No XML, h campos especficos referentes s parcelas. Se houver a informao no arquivo, sero importadospara nota a prazo. Se no houver a informao, ser gerada automaticamente a parcela nica na nota fiscal.

    CADASTRO DE CAIXA/BANCO

    Em Cadastros\ Contabilizao\ Caixa/Banco, tem o campo Identificao. Este campo ser utilizado na baixade ttulos na Auditoria, atravs de arquivo ou planilha. No possvel cadastrar duas contas distintas com amesma identificao.

    INTEGRAO DOS DADOS PARA AUDITORIA FINANCEIRA

    Se a empresa estiver parametrizada para efetuar contabilizao on-line (Cadastro da Empresa, em Parmetros/Contabilizao/ Integrao/ Parmetros), ao gravar a nota fiscal, se ela for a prazo, far a integrao no SageContabilidade, na rotina de Auditoria Financeira, em Mdulos.

    A integrao na auditoria ser efetuada tambm ao importar nota pelo DANFE.

    Se a empresa no estiver parametrizada para efetuar contabilizao on-line, a integrao das parcelas para aAuditoria Financeira ocorrer na gerao do lote contbil, em Mdulos\ Integrao Contbil\ Gerao de LoteContbil.

    ATENO: Se nos parmetros da Auditoria Financeira estiver marcado para controlar as notas pelo saldo,mesmo que estejam lanadas as parcelas na nota fiscal, ser integrado como parcela nica pelo valor total. Senos parmetros da Auditoria estiver marcado para controlar as notas por parcela, se estiverem lanadas asparcelas na nota fiscal, sero integradas estas parcelas com seus respectivos valores de vencimentos.

    Se para determinada nota fiscal no quiser integrar com a Auditoria Financeira, mesmo estando ocliente/fornecedor parametrizado para isso, ao lanar a nota deve ser informado nmero de parcelas igual azero.

    AUDITORIA FINANCEIRA

    No Sage Contabilidade, em Mdulos\ Auditoria Financeira, efetuado o controle e a baixa das parcelas a pagare a receber.

    A explicao das rotinas seguir uma ordem lgica para incio do uso da Auditoria.

    Pgina | 6

  • Contas com Saldo

    Em Mdulos\ Auditoria Financeira\ Relatrios\ Contas com Saldos.

    Atravs deste relatrio podem ser visualizadas quais contas contbeis, de clientes/fornecedores, possem saldopara recebimento/pagamento.

    Estes saldos precisam ser includos na Auditoria para passar a efetuar o controle.

    Incluso de Saldos

    Em Mdulos\ Auditoria Financeira\ Rotinas Eventuais\ Incluso de Saldos.

    Nesta rotina possvel informar o saldo atual em aberto de clientes ou fornecedores, ou seja, o saldo existenteantes de comear a utilizar a Auditoria Financeira. Com isso, possvel confrontar os valores com os saldoscontbeis das contas de clientes/fornecedores, bem como, controlar o recebimento/pagamento das parcelasrestantes.

    A incluso de saldos