atps gestao de negocios internacionais

Download ATPS Gestao de Negocios Internacionais

Post on 20-Feb-2016

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

ATPS 5º semesttre anhanguera. Gestao de negocios internacionais

TRANSCRIPT

SUMRIOINTRODUO2ETAPA 13

ETAPA 271ETAPA 3

2Consideraes finais:293referncias Bibliogrficas:

0

INTRODUO

O trabalho tem como objetivo desenvolver uma anlise sobre o crescimento do setor externo da economia brasileira. H de se observar que mesmo com o esforo adotado pelos governos nas ltimas dcadas, o Brasil apresenta um reduzido grau de abertura comercial, quando comparado a outros pases. O setor externo fator determinante das fases de crescimento e recesso do Pas e tem capacidade efetiva de resposta ao sucesso ou insucesso da poltica econmica.

ETAPA 1EMPRESA

O Produto1962O nascimento de HavaianasA primeira Havaianas surgiu em 1962. Foi inspiradaem umatpica sandlia japonesa chamada Zori, feita com tiras em tecido e solado de palha de arroz. Por essa razo, o solado de borracha de Havaianas possui uma textura que reproduz gros de arroz, um dos muitos detalhes que a torna inconfundvel.

2000As Havaianas se tornam mania internacional. Hava, Austrlia, Frana e no para por a. Estrangeiros compram no Brasil e levam para seus pases. Viram assunto nas pginas das grandes revistas e jornais do mundo, e conquistam algumas das vitrines mais concorridas do planeta. Hoje, podem ser encontradas em mais de 60 pases.

A marca no mundo

A marca, que possui participao de 80% no mercado brasileiro de chinelos de borracha, comercializou em 2011 mais de 210 milhes de pares de sandlias, das quais mais de 15% exportados para 80 pases dos cinco continentes (da Frana ao Japo, de Honduras ao Congo), podendo ser encontrada em mais de 200 mil pontos de venda. A marca mantm duas lojas oficiais (ambas localizadas na cidade de So Paulo), alm de possuir aproximadamente 250 unidades franqueadas, a grande maioria localizada no estado de So Paulo. A marca possui ainda lojas prprias em Madri, Barcelona, Valncia, Roma, Paris e Londres. As exportaes chegam a 30 milhes de pares (somente nos Estados Unidos est presente em 1.700 pontos de vendas). Atualmente a HAVAIANAS a 4 marca mais lembrada da Amrica Latina, representando quase 50% do faturamento (R$ 2.57 bilhes em 2011) da Alpargatas So Paulo.A cada trs brasileiros, dois em mdia consomem um par de HAVAIANAS por ano. Sua linha de produtos inclui, alm dos chinelos de borracha, bolsas de lona, toalhas de algodo, chaveiros, pingentes para celulares, ims para geladeira, meias, calados casuais e at galochas.

Voc sabia?Somente na fbrica de Campina Grande (Paraba) so produzidos mais de seis pares de sandlias HAVAIANAS por segundo. Desde seu lanamento as sandlias j venderam 3.7 bilhes de pares.

No exterior a sandlia chamada deFLIP FLOP HAVAIANAS.

As HAVAIANAS foram comparadas pelo jornal americano Wall Street Journal e pela revista inglesa The Independent Review ao Boeing e ao Fusca, produtos que reinventaram suas categorias.

Os slogansHavaianas, todo mundo usa. (1994)Legtimas s Havaianas.As legtimas, recuse imitao.Havaianas, As Legtimas. (1970)

Dados corporativos

Origem:Brasil Lanamento:14 de junho de 1962 Criador:So Paulo Alpargatas S.A. Sede mundial:So Paulo, Brasil Proprietrio da marca:So Paulo Alpargatas S.A. Capital aberto:No CEO: MrcioLuiz Simes Utsch Diretora Diviso de Sandlias:Carla Schmitzberger Faturamento:R$ 1.25 bilhes(estimado)

Lucro:No divulgado Loja:250 Presena global:+ 80 pases Presena no Brasil:Sim Maiores mercados:Brasil, Estados Unidos, Frana e Austrlia Segmento:Calados Principais produtos:Sandlias, calados, meias e bolsas Concorrentes diretos:Ipanema e Dup cones:As prprias sandlias Slogan:Havaianas, todo mundo usa. Website:www.havaianas.com.brA marca Havaiana desde 1994 veio se transformando e se tornando referncia no somente no Brasil, mas em todo o mundo, pois tornou-se sinnimo de bom gosto, de qualidade e inovao em sua linha de produtos. A marca veio de uma forma constante, aproveitando todo o clico de vida de seu produto, trabalhando seu marketing, sabendo aproveitar as oportunidades do mercado; bem como conhecendo seus consumidores e diversificando sua linha de produo. Esta oportunidade deu-se tambm no mercado internacional, onde diversas campanhas publicitrias e estratgias foram estudadas objetivando adequa-se a cada pas e ao perfil de seus consumidores locais.Assim, a marca pode se consolidar no mercado, levando-se em conta suas estratgias de marketing, bem como pela inovao do produto e suas campanhas, no qual exaltam as qualidades do produto, e o seu diferencial frente a outras marcas.

DETERMINAO DO PREO DE EXPORTAO DO PRODUTO

Chinelo Havainas Simples: R$ 20,00 DESCRIOR$

PREO NO MERCADO INTERNOR$ 20,00

(-) Impostos Internos (ICMS, IPI, COFINS) ( - 19%)R$ 19,81

(-) Frete Interno ( - 4% )R$ 19,77

(-) Publicidade ( - 3% )R$ 19,74

PREO LIVRE (- 26% )R$ 19,74

(+) Registros de Marcas ( + 1% )R$ 19,75

(+) Comisso de Agentes ( at 10% )R$ 19,85

(+) Frete ( + 3% )R$ 19,88

(+) Despesas Bancrias (+ 1% )R$ 19,89

(+) Amostras ( +1% )R$ 19,90

(+) Participao em Feiras ( + 0,5% )R$ 19,91

(+) Despesas de viagem (+ 1% )R$ 19,92

PREO DE EXPORTAO ( + 17% )R$ 19,91

PREO TOTAL PARA EXPORTAOR$ 39,65

ETAPA 2

Como a Alpargatas transformou as sandlias Havaianas numa das raras marcas brasileiras conhecidas e valorizadas no exteriorElas esto nas prateleiras de lojas de departamentos chiques como Saks Fifth Avenue e Bergdorf Goodman, em Nova York, e Galleries Lafayette, em Paris. Ocupam espao em vitrines da badalada Via Spiga, em Milo, dividindo a cena com as marcas Dior e Prada. No ano passado, foram as sandlias escolhidas pelo estilista francs Jean-Paul Gaultier para calar as modelos que desfilaram sua coleo de vero. Personalizadas, chegam a custar 100 libras (quase 500 reais) em algumas modernas lojas inglesas. As brasileirssimas Havaianas, lanadas pela So Paulo Alpargatas em 1962, so a bola da vez na cena fashion internacional. O chinelo de borracha que j foi considerado coisa de pobre no Brasil, hoje enfeita pezinhos milionrios, como as das atrizes Julia Roberts e Sandra Bullock, e os das top models Naomi Campbell e Kate Moss. As Havaianas de hoje como as de antigamente no soltam as tiras e no tm cheiro. A diferena que, agora, elas vendem pra dedu l fora.Nos ltimos anos, a receita gerada pela exportao do produto um aparentemente simples chinelo de borracha praticamente quadruplicou. A expectativa da Alpargatas que neste ano sejam vendidos 5 milhes de pares no mercado internacional. Tal volume ainda pequeno quando comparado produo total da empresa em 2002 foram fabricados mais de 130 milhes de pares de calados, sendo 115 milhes de Havaianas. Em 2001, as vendas do produto no varejo atingiram 600 milhes de reais. (A Alpargatas tambm dona das marcas Rainha, Topper, Mizuno e Timberland). No entanto, a curva ascendente do produto indica para o carioca Fernando Tigre, presidente da empresa, que um grande desafio poder ser cumprido. At o final de 2004, 15% do nosso faturamento dever vir das exportaes, diz ele.Para chegar l, montanhas de pares de Havaianas tero de ser vendidos. No ano passado, apenas 3% do faturamento da empresa foi gerado com exportaes. Seria uma meta fcil se o presidente no fosse to cabea-dura, diz Tigre, sobre ele mesmo. Quero exportar uma marca e no um produto. Calcule quantos bens de consumo fabricados no Brasil tm sua marca reconhecida no exterior e voc ter uma dimenso do desafio imposto por Tigre.O trabalho de construo de uma marca internacional ganhou flego em janeiro de 2001, com a contratao de executiva paulista Angela Tamiko Hirata para o cargo de diretora de comrcio exterior. At ento, nossa estratgia de exportao era oportunista, e a pessoa que cuidava da rea nem falava ingls, afirma Tigre. Filha de japoneses, Angela havia pisado na Alpargatas dois anos antes para trabalhar como consultora de mercado externo. Para fazer a Havaianas brilhar l fora, ela lanou mo de duas competncias pessoais. A primeira delas, a fluncia em quatro idiomas alm do japons, herdado dos pais, Angela fala ingls, espanhol e italiano. A outra, a experincia com exportao de calados. De 1989 a 1997, ela foi a responsvel por abrir o mercado asitico para a gacha Azalia, a maior fabricante brasileira de calados femininos e de tnis. A percepo do mercado internacional nessa poca era de que o sapato brasileiro no tinha muita qualidade, diz. Foi a que aprendi o valor que uma marca pode ter. Angela no carrega nenhum dos esteretipos dos executivos ligados ao mundo da moda. Aos 59 anos, fala baixo mas firme , veste roupas discretas, quase apagadas, e mantm o cabelo cortado no clssico estilo chanel. Mas foi sob o seu comando que as exportaes das antes prosaicas sandlias de borracha deslancharam. Quando Angela assumiu o cargo, a Alpargatas exportava para 15 pases, a maioria deles na Amrica Latina. Atualmente comandando uma equipe de 15 pessoas, ela faz os produtos da Alpargatas chegar a 52 mercados espalhados pelo mundo.Uma de suas primeiras medidas para chegar a esses destinos foi reorganizar a rede de distribuidores. Na Europa, por exemplo, a mudana foi drstica. At 2001, a Alpargatas tinha um distribuidor em Portugal, encarregado de repassar os produtos tambm para a Frana e para a Itlia. No funcionava. O revendedor no pensava na marca, e sim no volume, diz Angela. A soluo foi afast-lo do negcio e buscar parceiros mais afinados com o novo posicionamento.O mesmo aconteceu nos Estados Unidos. Depois de uma discusso com um distribuidor que insistia em levar as Havaianas para a rede varejista Wal-Mart para ganhar escala , Angela percebeu que era preciso encontrar um novo representante. A escolhida para substitu-lo foi a americana Kerry Sengstaken, ento assessora de imprensa de Alpargatas nos Estados Unidos. Dona da Stylewest, empresa de relaes pblicas da Califrnia especializada em moda surfe e praia, Kerry conhecera as Havaianas trs anos