atps-estrutura e anlise das demonstraes financeiras

Download Atps-estrutura e Anlise Das Demonstraes Financeiras

Post on 26-Sep-2015

213 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

trabalho academico

TRANSCRIPT

ETAPA 2 - DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS

Universidade Anhanguera Uniderp Polo Manaus

Tutor (EAD): Prof. Wagner Luiz VillalvaTutor presencial: Snia BarbosaCurso: Administrao

ATPS ATIVIDADES PRTICAS SUPERVISIONADASEstrutura e Anlise das Demonstraes Financeiras

Acadmicos:Erlane Alves RA: 7930701687Flvio Freitas RA: 448342Jandson Oliveira RA: 9613508426Sebastiana Monteiro RA: 7986732664

Maro 2015

Manaus AmIntroduoNessa atividade foram analisadas tcnicas que nos permitiu avaliar uma determinada empresa, nas seguintes reas: rentabilidade, fluxo de caixa, lucratividade e longevidade no mercado. As empresas desenvolvem algumas atividades financeiras que precisam ser registradas. Estes registros demonstram a vida da empresa e possibilitam uma anlise completa de sua situao. A administrao desses dados responsabilidade do administrador financeiro, que coleta, estrutura, analisa e gera informaes essenciais para o processo de tomada de decises.A Anlise das Demonstraes Financeiras um importante instrumento que os administradores devem utilizar visando aperfeioar os resultados e criar novas situaes para a empresa.Atravs das diversas junes de tcnicas podemos avaliar com maior preciso quais as melhores decises para uma empresa se tornar mais rentvel nos dias de hoje.

ANLISE VERTICAL E HORIZONTALUma ferramenta til para detectar tendncias so as anlises vertical e horizontal. Apresentamos estes recursos a seguir.

ANLISE VERTICALTem por objetivo determinar a relevncia de cada conta em relao a um valor total. No Balano Patrimonial calcula-se a participao relativa das contas, tomando-se como base o seu capital total. J na Demonstrao de Resultados, o referncial passa a ser o valor da Receita Operacional Lquida.Ela alcanada determinando-se o que cada item da demonstrao financeira representa como porcentagem de uma dada base. A base geralmente o total dos ativos no caso do balano patrimonial, e vendas lquidas, no caso de demonstrao do resultado do exerccio. Ela envolve olhar para cima e para baixo nas colunas do balano patrimonial e fazer comparaes. Para demonstraes de resultado do exerccio, isto representa estabelecer vendas lquidas de 100% e ento calcular a porcentagem de vendas lquidas para cada custo, despesa ou outra categoria.

ANLISE HORIZONTALTem por objeto demonstrar o crescimento ou queda ocorrida em itens que constituem as demonstraes contbeis em perodos consecutivos. A anlise horizontal compara percentuais ao longo de perodos, ao passo que a anlise vertical compara-os dentro de um perodo. Esta comparao feita olhando-se horizontalmente atravs dos anos nas demonstraes financeiras e nos indicadores. importante salientar, neste caso, a necessidade de que os valores comparados estejam expressos em moeda de poder aquisitivo constante.

ANALISE VERTICAL E HORIZONTAL NO BALANO PATRIMONIAL EM 2007 E 2008

ANLISE DAS POSSIVEIS CAUSAS DAS VARIAOES

Vendas A Receita Operacional Liquida consolidada apresentou um crescimento de 10,1% em comparao a 2007 atingindo 696 milhes. Este crescimento se deu pelo desempenho geral de suas operaes e pelo desempenho positivo dessa atividade no Brasil em 2008. A empresa mostrou ser competitiva, no mercado externo, nas receitas de exportao teve um aumento de 35%, dentro das exportaes a receita operacional teve um crescimento de 3% de um ano para o outro.

Custos dos Produtos Vendidos anlise horizontal de 2007, o custo dos produtos e servios vendidos apresentou um aumento de R$ 56.647,00, tendo aumento de 13,60%. Na Analise Vertical em 2008 o aumento foi de 2,89% comparado ao ano anterior. Conforme os aumentos das receitas observaram o aumento dos custos e a diminuio da margem de lucro.

Na Margem Bruta Frmula: Lucro Bruto*100 Receita Lquida

2007124, 2199,26%

1341, 737

2008112, 9536,79%

1662, 797

Margem Bruta - em relao a 2007 todas as unidades de negocio tiveram as margens reduzidas, decorrente da conjuntura cambial e da instabilidade do preo de algumas matrias-primas metlicas, principalmente na diviso de fundidos e usinados, o que levou a uma reduo significativa no volume de vendas, que atingiu 40,2% contra 43,1% em 2007.

Nas Despesas OperacionaisEm 2007 os valores das despesas foram de R$145.290,00, segundo a anlise horizontal. No ano de 2008 este valor foi de R$168.011,00, ou seja, 15,52% de aumento. As despesas administrativas foram as que obtiveram maior diferena de um ano para o outro com um aumento de 40,44%, contudo houve uma diminuio nas despesas tributrias de -56,79%, isto se deve um melhora na gesto tributria da empresa.

Contas PatrimoniaisNo circulante a situao da empresa confortvel uma vez que o ndice do Ativo Circulante 2,14 vezes maior do que o Passivo Circulante, ou seja, para cada 1,00 real de obrigaes a pagar no circulante a empresa tem 2,14 reais em bens e direitos no circulante.No no circulante a situao muito parecida, estando a empresa com um ndice de Ativo no Circulante de 1,37 vezes maior que o Passivo no Circulante.Os Juros sobre o Capital Prprio foram creditados aos acionistas durante o ano de 2008, lquidos de IRRF e imputveis aos dividendos mnimos obrigatrios do exerccio social de 2008, foram de R$35,5 milhes e correspondeu a 31,4% do lucro lquido do exerccio. O circulante de 2007 para 2008 a conta Outros Crditos aumentou para 10,8% e a que teve maior relevncia foi a de Ttulos Mantidos para Negociao, com reduo de 51,82%.O ativo no circulante apresentou a conta Impostos e Contribuies a recuperar o de maior percentual com 238,43% e o menor foi o de Valores a receber-repasse Finame fabricante, com 16,95%. No Passivo circulante o aumento de 395,87% na conta Dividendos e juros sobre o capital prprio, foi o maior e o menor na conta Financiamento com reduo de 10,59%. No Passivo no circulante o Desgio em controladas teve um salto de 302,86% e a Proviso para passivos eventuais um aumento de 24,95%. No Patrimnio Lquido com 43,71% a Reserva de Lucros foi a mais alta e a menor foi os ajustes de Avaliao Patrimonial com uma reduo de 63,95%.

DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS ESTRUTURAParticipao de capitais de terceiros - Endividamentondice ano 2007PC + ELP x 100 R$ 311.712,00* 10023,23%

Passivo total R$ 1.341.737,00

ndice ano 2008PC + ELP x 100 R$ 414.144,00 * 10024,90%

Passivo total R$ 1.662.979,00

.Composio do endividamentondice ano 2007Passivo circulante x 100 R$ 311.712,00 * 10050,14%

Capital de terceiros R$ 621.573,00

ndice ano 2008Passivo circulante x 100 R$ 414.144,00 * 10060,97%

Capital de terceiros R$ 679.243,00

Imobilizao do patrimnio lquidondice ano 2007ANC - RLP x 100 R$ 554.897,00 * 10089,27%

Patrimnio lquido R$ 621.573,00

ndice ano 2008ANC - RLP x 100 R$ 776.103,00 * 100114,26%

Patrimnio lquido R$ 679.243,00

Imobilizao dos recursos no correntesndice ano 2007ANC - RLP x 100 R$ 554.897,00* 10089,27 %

Patrimnio Lquido+ Exigvel a longo prazo R$ 621.573,00

ndice ano 2008Ativo permanente x 100 R$ 776.103,00* 100114,26 %

Patrimnio Lquido+ Exigvel a longo prazo R$ 679.243,00

LIQUIDEZndice de liquidez correntendice ano 2007Ativo circulante 786.840,00 = 2,52

Passivo circulante 312.523,00

ndice ano 2008Ativo circulante 886.876,00 = 2,84

Passivo circulante 414.144,00

ndice de liquidez secandice ano 2007Ativo circulante - estoques 603.796,00 = 1,93

Passivo circulante 312.523,00

ndice ano 2008Ativo circulante - estoques 601.532,00 = 1,45

Passivo circulante 414.144,00

ndice de liquidez geralndice ano 2007Ativo circulante + Realizvel longo prazo 312.523,00 = 0,39

Passivo circulante + exigvel a longo prazo786.840,00

ndice ano 2008Ativo circulante + Realizvel longo prazo 886.876,00 = 1,14

Passivo circulante + exigvel a longo prazo 414.144,00

RENTABILIDADEGiro do Ativondice ano 2007Vendas lquidas 631.988,00 = 0,47

Ativo total 1.341.737,00

ndice ano 2008Vendas lquidas 696.124,00 = 0,41

Ativo total 1.662.979,00

Margem Lquidandice ano 2007Lucro liquido x 100 R$ 129.173,00 * 10020,44%

Vendas lquidas R$ 631.988,00

ndice ano 2008Lucro liquido x 100 R$ 118.257,00 * 10016,99

Vendas lquidas R$ 696.124,00

Rentabilidade do Ativondice ano 2007Lucro liquido x 100 R$ 129.174,00* 1009,62%

Ativo Total R$ 1.341.737,00

ndice ano 2008Lucro liquido x 100 R$ 118.257,00 * 1007,11%

Ativo Total R$ 1.662.979,00

Rentabilidade do Patrimnio Lquidondice ano 2008Lucro liquido x 100112.953,00 x 100 = 17,37%

Patrimnio liquido mdio(621.573,00+679.243,00)/2

DEPENDNCIA BANCRIAFinanciamento de Ativondice ano 2007Emprstimo e Financiamentos x 100 R$ 620.398,00 * 10046,24%

Ativo Total R$ 1.341.737,00

ndice ano 2008Emprstimo e Financiamentos x 100 R$ 818.669,00 * 10049,23%

Ativo Total R$ 1.662.979,00

de crditos no endividamentondice ano 2007Financiamento x 100 R$ 620.398,00 * 10086,37%

Capitais de Terceiros R$ 718.293,00

ndice ano 2008Financiamento x 100 R$ 818.669,00 * 10083,44%

Capitais de Terceiros R$ 981.200,00

Financiamento do Ativo Circulante por Instituies Finance

Recommended

View more >