Atps-estrutura e Anlise Das Demonstraes Financeiras

Download Atps-estrutura e Anlise Das Demonstraes Financeiras

Post on 26-Sep-2015

213 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

trabalho academico

TRANSCRIPT

<p>ETAPA 2 - DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS</p> <p>Universidade Anhanguera Uniderp Polo Manaus</p> <p>Tutor (EAD): Prof. Wagner Luiz VillalvaTutor presencial: Snia BarbosaCurso: Administrao</p> <p>ATPS ATIVIDADES PRTICAS SUPERVISIONADASEstrutura e Anlise das Demonstraes Financeiras</p> <p>Acadmicos:Erlane Alves RA: 7930701687Flvio Freitas RA: 448342Jandson Oliveira RA: 9613508426Sebastiana Monteiro RA: 7986732664</p> <p>Maro 2015</p> <p>Manaus AmIntroduoNessa atividade foram analisadas tcnicas que nos permitiu avaliar uma determinada empresa, nas seguintes reas: rentabilidade, fluxo de caixa, lucratividade e longevidade no mercado. As empresas desenvolvem algumas atividades financeiras que precisam ser registradas. Estes registros demonstram a vida da empresa e possibilitam uma anlise completa de sua situao. A administrao desses dados responsabilidade do administrador financeiro, que coleta, estrutura, analisa e gera informaes essenciais para o processo de tomada de decises.A Anlise das Demonstraes Financeiras um importante instrumento que os administradores devem utilizar visando aperfeioar os resultados e criar novas situaes para a empresa.Atravs das diversas junes de tcnicas podemos avaliar com maior preciso quais as melhores decises para uma empresa se tornar mais rentvel nos dias de hoje. </p> <p> ANLISE VERTICAL E HORIZONTALUma ferramenta til para detectar tendncias so as anlises vertical e horizontal. Apresentamos estes recursos a seguir.</p> <p>ANLISE VERTICALTem por objetivo determinar a relevncia de cada conta em relao a um valor total. No Balano Patrimonial calcula-se a participao relativa das contas, tomando-se como base o seu capital total. J na Demonstrao de Resultados, o referncial passa a ser o valor da Receita Operacional Lquida.Ela alcanada determinando-se o que cada item da demonstrao financeira representa como porcentagem de uma dada base. A base geralmente o total dos ativos no caso do balano patrimonial, e vendas lquidas, no caso de demonstrao do resultado do exerccio. Ela envolve olhar para cima e para baixo nas colunas do balano patrimonial e fazer comparaes. Para demonstraes de resultado do exerccio, isto representa estabelecer vendas lquidas de 100% e ento calcular a porcentagem de vendas lquidas para cada custo, despesa ou outra categoria.</p> <p>ANLISE HORIZONTALTem por objeto demonstrar o crescimento ou queda ocorrida em itens que constituem as demonstraes contbeis em perodos consecutivos. A anlise horizontal compara percentuais ao longo de perodos, ao passo que a anlise vertical compara-os dentro de um perodo. Esta comparao feita olhando-se horizontalmente atravs dos anos nas demonstraes financeiras e nos indicadores. importante salientar, neste caso, a necessidade de que os valores comparados estejam expressos em moeda de poder aquisitivo constante.</p> <p>ANALISE VERTICAL E HORIZONTAL NO BALANO PATRIMONIAL EM 2007 E 2008</p> <p>ANLISE DAS POSSIVEIS CAUSAS DAS VARIAOES</p> <p>Vendas A Receita Operacional Liquida consolidada apresentou um crescimento de 10,1% em comparao a 2007 atingindo 696 milhes. Este crescimento se deu pelo desempenho geral de suas operaes e pelo desempenho positivo dessa atividade no Brasil em 2008. A empresa mostrou ser competitiva, no mercado externo, nas receitas de exportao teve um aumento de 35%, dentro das exportaes a receita operacional teve um crescimento de 3% de um ano para o outro. </p> <p>Custos dos Produtos Vendidos anlise horizontal de 2007, o custo dos produtos e servios vendidos apresentou um aumento de R$ 56.647,00, tendo aumento de 13,60%. Na Analise Vertical em 2008 o aumento foi de 2,89% comparado ao ano anterior. Conforme os aumentos das receitas observaram o aumento dos custos e a diminuio da margem de lucro. </p> <p>Na Margem Bruta Frmula: Lucro Bruto*100 Receita Lquida</p> <p>2007124, 2199,26%</p> <p>1341, 737</p> <p>2008112, 9536,79%</p> <p>1662, 797</p> <p>Margem Bruta - em relao a 2007 todas as unidades de negocio tiveram as margens reduzidas, decorrente da conjuntura cambial e da instabilidade do preo de algumas matrias-primas metlicas, principalmente na diviso de fundidos e usinados, o que levou a uma reduo significativa no volume de vendas, que atingiu 40,2% contra 43,1% em 2007. </p> <p>Nas Despesas OperacionaisEm 2007 os valores das despesas foram de R$145.290,00, segundo a anlise horizontal. No ano de 2008 este valor foi de R$168.011,00, ou seja, 15,52% de aumento. As despesas administrativas foram as que obtiveram maior diferena de um ano para o outro com um aumento de 40,44%, contudo houve uma diminuio nas despesas tributrias de -56,79%, isto se deve um melhora na gesto tributria da empresa.</p> <p>Contas PatrimoniaisNo circulante a situao da empresa confortvel uma vez que o ndice do Ativo Circulante 2,14 vezes maior do que o Passivo Circulante, ou seja, para cada 1,00 real de obrigaes a pagar no circulante a empresa tem 2,14 reais em bens e direitos no circulante.No no circulante a situao muito parecida, estando a empresa com um ndice de Ativo no Circulante de 1,37 vezes maior que o Passivo no Circulante.Os Juros sobre o Capital Prprio foram creditados aos acionistas durante o ano de 2008, lquidos de IRRF e imputveis aos dividendos mnimos obrigatrios do exerccio social de 2008, foram de R$35,5 milhes e correspondeu a 31,4% do lucro lquido do exerccio. O circulante de 2007 para 2008 a conta Outros Crditos aumentou para 10,8% e a que teve maior relevncia foi a de Ttulos Mantidos para Negociao, com reduo de 51,82%.O ativo no circulante apresentou a conta Impostos e Contribuies a recuperar o de maior percentual com 238,43% e o menor foi o de Valores a receber-repasse Finame fabricante, com 16,95%. No Passivo circulante o aumento de 395,87% na conta Dividendos e juros sobre o capital prprio, foi o maior e o menor na conta Financiamento com reduo de 10,59%. No Passivo no circulante o Desgio em controladas teve um salto de 302,86% e a Proviso para passivos eventuais um aumento de 24,95%. No Patrimnio Lquido com 43,71% a Reserva de Lucros foi a mais alta e a menor foi os ajustes de Avaliao Patrimonial com uma reduo de 63,95%.</p> <p> DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS ESTRUTURAParticipao de capitais de terceiros - Endividamentondice ano 2007PC + ELP x 100 R$ 311.712,00* 10023,23%</p> <p>Passivo total R$ 1.341.737,00 </p> <p>ndice ano 2008PC + ELP x 100 R$ 414.144,00 * 10024,90%</p> <p>Passivo total R$ 1.662.979,00 </p> <p>.Composio do endividamentondice ano 2007Passivo circulante x 100 R$ 311.712,00 * 10050,14%</p> <p>Capital de terceiros R$ 621.573,00 </p> <p>ndice ano 2008Passivo circulante x 100 R$ 414.144,00 * 10060,97%</p> <p>Capital de terceiros R$ 679.243,00 </p> <p>Imobilizao do patrimnio lquidondice ano 2007ANC - RLP x 100 R$ 554.897,00 * 10089,27%</p> <p>Patrimnio lquido R$ 621.573,00 </p> <p>ndice ano 2008ANC - RLP x 100 R$ 776.103,00 * 100114,26%</p> <p>Patrimnio lquido R$ 679.243,00 </p> <p>Imobilizao dos recursos no correntesndice ano 2007ANC - RLP x 100 R$ 554.897,00* 10089,27 %</p> <p>Patrimnio Lquido+ Exigvel a longo prazo R$ 621.573,00</p> <p>ndice ano 2008Ativo permanente x 100 R$ 776.103,00* 100114,26 %</p> <p>Patrimnio Lquido+ Exigvel a longo prazo R$ 679.243,00</p> <p>LIQUIDEZndice de liquidez correntendice ano 2007Ativo circulante 786.840,00 = 2,52</p> <p>Passivo circulante 312.523,00</p> <p>ndice ano 2008Ativo circulante 886.876,00 = 2,84</p> <p>Passivo circulante 414.144,00</p> <p>ndice de liquidez secandice ano 2007Ativo circulante - estoques 603.796,00 = 1,93</p> <p>Passivo circulante 312.523,00</p> <p>ndice ano 2008Ativo circulante - estoques 601.532,00 = 1,45</p> <p>Passivo circulante 414.144,00</p> <p>ndice de liquidez geralndice ano 2007Ativo circulante + Realizvel longo prazo 312.523,00 = 0,39</p> <p>Passivo circulante + exigvel a longo prazo786.840,00</p> <p>ndice ano 2008Ativo circulante + Realizvel longo prazo 886.876,00 = 1,14</p> <p>Passivo circulante + exigvel a longo prazo 414.144,00</p> <p>RENTABILIDADEGiro do Ativondice ano 2007Vendas lquidas 631.988,00 = 0,47</p> <p>Ativo total 1.341.737,00</p> <p>ndice ano 2008Vendas lquidas 696.124,00 = 0,41</p> <p>Ativo total 1.662.979,00</p> <p>Margem Lquidandice ano 2007Lucro liquido x 100 R$ 129.173,00 * 10020,44%</p> <p>Vendas lquidas R$ 631.988,00 </p> <p>ndice ano 2008Lucro liquido x 100 R$ 118.257,00 * 10016,99</p> <p>Vendas lquidas R$ 696.124,00 </p> <p>Rentabilidade do Ativondice ano 2007Lucro liquido x 100 R$ 129.174,00* 1009,62%</p> <p>Ativo Total R$ 1.341.737,00 </p> <p>ndice ano 2008Lucro liquido x 100 R$ 118.257,00 * 1007,11%</p> <p>Ativo Total R$ 1.662.979,00 </p> <p>Rentabilidade do Patrimnio Lquidondice ano 2008Lucro liquido x 100112.953,00 x 100 = 17,37%</p> <p>Patrimnio liquido mdio(621.573,00+679.243,00)/2</p> <p>DEPENDNCIA BANCRIAFinanciamento de Ativondice ano 2007Emprstimo e Financiamentos x 100 R$ 620.398,00 * 10046,24%</p> <p>Ativo Total R$ 1.341.737,00 </p> <p>ndice ano 2008Emprstimo e Financiamentos x 100 R$ 818.669,00 * 10049,23%</p> <p>Ativo Total R$ 1.662.979,00 </p> <p>de crditos no endividamentondice ano 2007Financiamento x 100 R$ 620.398,00 * 10086,37%</p> <p>Capitais de Terceiros R$ 718.293,00 </p> <p>ndice ano 2008Financiamento x 100 R$ 818.669,00 * 10083,44%</p> <p>Capitais de Terceiros R$ 981.200,00 </p> <p>Financiamento do Ativo Circulante por Instituies Financeirasndice ano 2007Financiamento curto prazo x 100 R$ 222.382,00 * 10028,26%</p> <p>Ativo circulante R$ 786.840,00 </p> <p>ndice ano 2008Financiamento curto prazo x 100 R$ 296.403,00 * 10033,42%</p> <p>Ativo circulante R$ 886.876,00 </p> <p>QUADRO RESUMO DOS NDICESndicendiceFrmulaInterpretao</p> <p>Estrutura de CapitalParticipao de Capitais de Terceiros</p> <p>PC + ELP x 100Passivo totalIndica qual a dependncia dos negcios em relao a recursos de terceiros (bancos, fornecedores, recursos trabalhistas e tributrios).</p> <p>Composio do endividamentoPassivo circulante x 100Capital de terceirosMostra a relao entre o passivo de curto prazo da empresa e o passivo total. Ou seja, qual o percentual de passivo de curto prazo usado no financiamento de terceiros.</p> <p>Imobilizao do Patrimnio LquidoANC - RLP x 100Patrimnio lquidoQuanto menor melhor, j que quanto menos a empresa investe em ativo permanente, mais recursos prprios sobram para outros investimentos, diminuindo a necessidade de endividamento e do financiamento de terceiros. importante ter em mente, entretanto, que este indicador muda muito de acordo com o setor de atuao da empresa.</p> <p>Imobilizao dos recursos no correntesANC - RLP x 100Patrimnio Lquido + Exigvel a longo prazoQuanto menor melhor, j que quanto menos a empresa investe em ativo permanente, mais recursos prprios sobram para outros investimentos, diminuindo a necessidade de endividamento e do financiamento de terceiros. importante ter em mente, entretanto, que este indicador muda muito de acordo com o setor de atuao da empresa.</p> <p>LiquidezLiquidez GeralAtivo circulante + Realizvel longo prazoPassivo circulante + exigvel a longo prazoDemonstra a viabilidade de mdio e longo prazo dos pagamentos de compromissos j assumidos. O ndice mnimo 1. Abaixo de 1, indica problemas de liquidez.</p> <p>Liquidez CorrenteAtivo circulantePassivo circulanteEvidencia a capacidade de pagamento de curto prazo. Um ndice inferior a 1 indica problemas prementes de liquidez.</p> <p>Liquidez SecaAtivo circulante - estoquesPassivo circulanteComo os estoques tem uma caracterstica de permanncia nas atividades da empresa (pois so indispensveis a maioria das atividades de produo e comercializao), este ndice procura demonstrar uma liquidez real, mediante a realizao de ativos ditos financeiros (que se realizam em caixa).</p> <p>RentabilidadeGiro do ativoVendas lquidasAtivo totalIndica qual a gerao de receitas sobre cada R$ do ativo. Quanto maior o ndice, maior a capacidade de gerao de receitas, indicando um bom desempenho de vendas e/ou uma boa administrao dos ativos.</p> <p>Margem lquidaLucro liquido x 100Vendas lquidasUtiliza-se este ndice para avaliar o desempenho de resultado (lucro ou prejuzo) sobre a receita. Quanto maior o ndice (se positivo), melhor a margem.</p> <p>Rentabilidade do ativoLucro liquido x 100Ativo TotalA porcentagem resultante mostra a eficincia da aplicao dos ativos e quanto lucro eles esto gerando, onde quanto for maior a porcentagem, melhor.</p> <p>Rentabilidade do Patrimnio LquidoLucro liquido x 100Patrimnio liquido mdioA remunerao do Patrimnio Lquido representada pelos resultados gerados. Se este ndice for inferior taxa de aplicao financeira (lquida de impostos) no perodo, significa um desempenho insatisfatrio.</p> <p>OPINIO SOBRE A REALIDADEMais da metade do seu passivo est financiando o seu ativo, isto mostra que a empresa investe em capital de terceiros para exercer suas atividades. As dvidas a serem pagas em curto prazo aumentaram de um ano para outro, se mantm estvel quanto ao capital de terceiros que deve pagar em curto prazo.Este ndice utiliza somente as contas que facilmente se transformariam em dinheiro, mostrando que a empresa pagaria todas as suas dvidas de curto prazo somente com estes recursos.</p> <p> Analise pelo mtodo Dupont e termmetro de insolvnciaCLCULO DA RENTABILIDADE DO ATIVO PELO MTODO DUPON</p> <p>2007: Passivo Operacional 97.391Passivo Financeiro 620.398Patrimnio 623.948</p> <p>2008: Passivo Operacional 153.290Passivo Financeiro 818.669Patrimnio 691.020Frmula: Ativo Lquido = Ativo Total Passivo Operacional 2007: Ativo Lquido = 1.341.737 97.391 = 1.244.3462008: Ativo Lquido = 1.662.979 153.290 = 1.509.689Frmula:Giro: Vendas Lquidas Ativo Lquido </p> <p>2007: 761.156 = 0,61 1.244.3462008: 836.625 = 0,55 1.509.689Frmula: Margem: Lucro Lquido Vendas Lquidas2007: 124.219 = 0,16 (x100 = 16,32%) 781.1562008: 113.853 = 0,14 (x 100 = 13,50%) 836.625Frmula: Rentabilidade do Ativo (Mtodo Dupont) = Giro x Margem)2007: 0,61 x 0,16 = 0,10 ( x 100 = 10% )2008: 0,55 x 0,14 = 0,08 (x 100 = 8% ) </p> <p>Modelo Stephen Kanitz Escala para medir a possibilidade de insolvncia Frmula: Lucro Lquido x 0.05 Patrimnio Lquido 2007: 124.219 = 0.05 = 0.01 621.5732008: 112.953 = 0.166292 x 0.05 = 0.01 679.243Frmula2: Ativo Circulante + ANC x 1.65 Passivo Circulante + PNC2007: 786.840 + 554.897 = 1.341.737 = 1.87 x 1.65 = 3,08 312.523 + 405.770 718.2932008: 886.676 + 776.103 = 1.662.979 = 1.69 x 1.65 = 2,80 414.144 + 567.056 981.200Frmula3: Ativo Circulante Estoque x 3.55 Passivo Circulante 2007: 786.840 183.044 = 603.796 = 1.932005 x 3.55 = 6,86 312.523 312.5232008: 886.876 285.334 = 601.532 = 1.452470 x 3,55 = 5.16 414....</p>