Atps Contabilidade Gerencial 7

Download Atps Contabilidade Gerencial 7

Post on 09-Nov-2015

31 views

Category:

Documents

15 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Contabilidade Gerencial

TRANSCRIPT

<p> ANA PAULA MOREIRA DE AGOSTINI RA 389549</p> <p> ADRIANO GALVO INCIO RA 382507</p> <p> HELTON DOS SANTOS AQUINO RA 369810</p> <p> ROMRIO SULIANO DOS SANTOS RA 365702CONTABILIDADE GERENCIALIguatemi MS</p> <p>25 maio 2015</p> <p> ANA PAULA MOREIRA DE AGOSTINI RA 389549</p> <p> ADRIANO GALVO INCIO RA 382507</p> <p> HELTON DOS SANTOS AQUINO RA 369810</p> <p> ROMRIO SULIANO DOS SANTOS RA 365702CONTABILIDADE GERENCIALTrabalho ATPS de Contabilidade gerencial, apresentado banca examinadora da Faculdade Anhanguera UNIDERP Interativa como requisito obteno de nota para o 7 semestre em Cincias Contbeis sob a orientao do professor tutor presencial Joo Batista.</p> <p> Iguatemi MS</p> <p>25 maio 2015SUMRIO51INTRODUO</p> <p>62QUAL O PRINCIPAL OBJETIVO DA CONTABILIDADE GERENCIAL?</p> <p>63QUAIS OS TRS MACRO CONJUNTOS DE INFORMAES? EXPLIC-LOS.</p> <p>74QUAIS SO OS OBJETIVOS DOS SISTEMAS CONTBEIS EM TERMOS GERENCIAIS?</p> <p>75ONDE TERMINA A CONTABILIDADE FINANCEIRA E COMEA A CONTABILIDADE GERENCIAL?</p> <p>76AS DEZ FUNES DO CONTADOR GERENCIAL.</p> <p>87QUAIS SO AS CARACTERISTICAS QUE O CONTADOR GERENCIAL DEVE APRESENTAR?</p> <p>98CUSTEIO POR ABSORO</p> <p>98.1CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADE ABC</p> <p>108.2GERENCIAMENTO CONTBIL ESPECFICO E A CONTABILIDADE DE CUSTOS</p> <p>108.3CONCEITOS FUNDAMENTAIS DOS CUSTOS E SEU COMPORTAMENTO.</p> <p>118.4CUSTOS DIRETOS (CD)</p> <p>118.5CUSTOS INDIRETOS (CI)</p> <p>118.6CUSTOS FIXOS (CF)</p> <p>128.7CUSTOS VARIVEIS (CV)</p> <p>128.8PERDAS</p> <p>128.9INVESTIMENTO</p> <p>138.10BASES DE RATEIO</p> <p>138.11MTODOS DE CUSTEIO</p> <p>138.12CUSTO DIRETO OU VARIVEL</p> <p>149DEFINIO DE PROCESSO</p> <p>149.1PROCESSOS E CONCORRNCIA</p> <p>159.2PROCESSOS E TECNOLOGIA</p> <p>169.3PROCESSOS E SERVIOS</p> <p>169.4PROCESSOS E FUTURO DAS EMPRESAS</p> <p>1610ORAMENTO E SUAS TCNICAS</p> <p>1610.1ORAMENTO E PROCESSO DE GESTO</p> <p>1810.2PROCESSO DE ELABORAO DO ORAMENTO</p> <p>1910.3COMPONENTES DO ORAMENTO DE UMA EMPRESA</p> <p>2211CONSIDERAES FINAIS</p> <p>2412REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS</p> <p>1 INTRODUO</p> <p>O presente estudo tem como objetivo abordar a importncia da contabilidade gerencial. Para ajudar no entendimento do que Contabilidade Gerencial, primeiramente fundamental compreender o que vem a ser a Contabilidade. De uma forma breve, a contabilidade a cincia que estuda, interpreta e registra os fenmenos que afetam o patrimnio de uma entidade. Para Barros (2002, p. 01):Pode-se definir aContabilidadecomo uma cincia social que estuda e pratica as funes de controle e de registro relativas aos atos e fatos da Administrao e da Economia. Mais especificamente, trata-se do estudo e do controle do patrimnio das entidades (empresas). Isso feito por meio dos registros contbeis dos fatos e das respectivas demonstraes dos resultados produzidos. Dessa forma pode-se concluir ento que a contabilidade um sistema que tanto no aspecto qualitativo como quantitativo aponta todos os acontecimentos e procedimentos ocorridos em uma empresa. Como consequncia a contabilidade vem se modificando e se transformando em um meio de comunicao e anlise empresarial. </p> <p>Em um significado mais claro a contabilidade gerencial est direcionada especialmente para a administrao da empresa, procurando preencher informaes econmicas e financeiras que se acomodam de forma valida e eficaz no modelo decisrio do dirigente. Assim a contabilidade gerencial tem como perspectiva o abastecimento de informaes para os administradores. Segundo Marion (2005, p. 01):AContabilidade o grande instrumento que auxilia a administrao a tomar decises. Na verdade, ela coleta todos os dados econmicos, mensurando-os monetariamente, registrando-os e sumarizando-os em forma de relatrios ou de comunicados, que contribuem sobremaneira para a tomada de decises.Neste sentindo, pde-se perceber que a Contabilidade Gerencial serve de ferramenta de tomada de deciso. Dessa forma, como j foi mencionado, o objetivo desse estudo demostrar a importncia da contabilidade gerencial, abordando seu principal objetivo, os objetivos dos sistemas contbeis, relatando onde termina a contabilidade financeira e onde comea a contabilidade gerencial, mencionando as dez funes do contador gerencial, evidenciando as caractersticas que o contador gerencial deve apresentar, assim como os trs macroconjuntos de informaes, e tambm apresentar a relevncia dos processos e das atividades nas empresas, os atributos necessrios tomada de deciso, e os conceitos fundamentais dos custos e seu comportamento, alm de demostrar os componentes de custos das empresas, bem como suas projees. 2 QUAL O PRINCIPAL OBJETIVO DA CONTABILIDADE GERENCIAL?O principal objetivo da Contabilidade Gerencial produzir informaes qualificadas, fazendo uma seleo dentro do mar de nmeros, a fim de auxiliar no processo de tomada de decises. O enfoque da Contabilidade Gerencial deve estar no futuro, pensando nele que as informaes devem ser analisadas e filtradas.3 QUAIS OS TRS MACRO CONJUNTOS DE INFORMAES? EXPLIC-LOS.</p> <p>Segundo a tipologia estabelecida por Padoveze (2000, p.34), existem trs macro conjuntos de informaes; o primeiro conjunto para satisfazer a alta administrao da empresa, essas informaes so caracterizadas por se apresentarem de forma sinttica em grandes agregados a fim de possibilitar ao administrador uma viso conjuntural da empresa, tratam-se de informaes sobre o todo empresarial e da denominadas Gerenciamento Contbil Global. Um segundo conjunto de informaes, objetiva suprir a demanda da mdia administrao, neste grupamento as informaes so pouco mais detalhadas que a anterior, mas ainda contm elevado grau de sintetizao, tais informaes objetivam o estabelecimento de contabilidade por responsabilidade ou contabilidade divisional em que as informaes contbeis qualificam e quantificam a performance de unidades, divises, departamentos denominado de Gerenciamento Contbil Setorial.</p> <p>Por ltimo temos o Gerenciamento Contbil Especfico, o qual fornece informaes detalhadas relativas s atividades operacionais, neste conjunto de informaes inexiste a viso de conjunto sendo as informaes diretamente associadas a uma unidade e ou setor especfico.4 QUAIS SO OS OBJETIVOS DOS SISTEMAS CONTBEIS EM TERMOS GERENCIAIS?Segundo Atkinson et al. (2000, p. 45), os objetivos dos sistemas contbeis em termos gerenciais seriam:Controle Operacional - Fornece informao sobre a eficincia e a qualidade das tarefas executadas.</p> <p>Custeio do produto e do cliente - Mensura os custos dos recursos para se produzir, vender e entregar em produto ou servio aos clientes.</p> <p>Controle administrativo - Fornece informao sobre o desempenho dos gerentes e de unidades operacionais.</p> <p>Controle estratgico - Fornecem informaes sobre o desempenho financeiro e competitivo de longo prazo, condies de mercado preferncia dos clientes e inovaes tecnolgicas.5 ONDE TERMINA A CONTABILIDADE FINANCEIRA E COMEA A CONTABILIDADE GERENCIAL?</p> <p>Mas onde comea a Contabilidade Gerencial e termina a financeira, ou seja, conforme Iudcibus (1998, p.22), onde o ponto de ruptura? Os relatrios mais utilizados pela contabilidade financeira so: o balano patrimonial, a demonstrao de resultado, a demonstrao das mutaes do patrimnio lquido, demonstrativo de fluxo de caixa, demonstrao das origens e aplicaes de recursos. A gerencial utiliza: oramentos, relatrios de custos, relatrio de desempenho e outros facilitadores da tomada de deciso. Enquanto os primeiros possuem uma frequncia regulamentada, anual, mensal, os ltimos so elaborados de acordo com a necessidade da administrao da entidade Padoveze (2000, p.31).6 AS DEZ FUNES DO CONTADOR GERENCIAL.1. Garantir que as informaes cheguem s pessoas certas no tempo certo;</p> <p>2. Fazer compilao, sntese e anlise da informao;</p> <p>3. Fazer planejamento perfeito com objetivo de se chegar a um controle eficaz, ou seja, controlar as atividades da empresa;</p> <p>4. Elaborar relatrios padres para facilitar sua interpretao;</p> <p>5. Avaliar e assessorar os gerentes e o presidente;</p> <p>6. Organizar o sistema de informao gerencial a fim de permitir administrao ter conhecimento dos fatos ocorridos e seus resultados;</p> <p>7. Comparar o desempenho esperado com o real;</p> <p>8. Pensar e planejar a administrao tributria;</p> <p>9. Elaborar relatrios para o governo e entidades oficiais;</p> <p>10. Proteger os ativos da empresa;</p> <p>11. Fazer avaliao econmica para tomada de decises;</p> <p>12. Propor medidas corretivas a fim de melhorar a eficincia da empresa.7 QUAIS SO AS CARACTERISTICAS QUE O CONTADOR GERENCIAL DEVE APRESENTAR?</p> <p>Podemos definir como caracterstica do contador gerencial a preciso e a defesa dos interesses da empresa, pois os administradores querem que o controller fornea dados e nmeros precisos e pertinentes deciso que ser tomada, querem inclusive que ele recomende qual deve ser a deciso, mesmo que no seja esta a deciso tomada pela alta.</p> <p> O contador gerencial deve ser uma pessoa altamente qualificada, com profundo conhecimento dos princpios contbeis, pois ele quem definir e controlar todo o fluxo de informaes da empresa, fazendo com que, como j foi dito anteriormente, as informaes corretas cheguem aos interessados dentro de prazos adequados e que a administrao superior s receba informaes teis tomada de decises.Segundo Srgio de Iudcibus (1987, p. 23) o contador gerencial deve apresentar as seguintes caractersticas:</p> <p>Saber tratar, refinar e apresentar de maneira clara, resumida e operacional dados esparsos, contidos nos registros da contabilidade financeira, de custos etc., bem como juntar tais informes com outros conhecidos no especificamente ligados rea contbil, para suprir a administrao em seu processo decisrio. Deve estar ciente de certos conceitos de microeconomia e observar as reaes dos administradores quanto forma e contedo dos relatrios. Deve ser elemento com formao bastante ampla, inclusive de conhecimento, seno das tcnicas, pelo menos dos objetivos ou resultados que podem ser alcanados com mtodos quantitativos.</p> <p>8 CUSTEIO POR ABSORO</p> <p>O sistema de custeio por absoro um dos mais antigos sistemas o nico aceito para fins fiscais. Neste mtodo, os custos variveis so alocados diretamente ao objeto de custeio, enquanto que os custos indiretos so rateados, todos os custos so absorvidos pelo objeto de custeio, ou seja, este sistema de custeio no est preocupado em fazer distino entre custos fixos e variveis. </p> <p>Crepaldi (2007) salienta que alm de apropriar todos os custos produo do perodo, o custeio por absoro tambm exclui os gastos no fabris, ou seja, as despesas.A premissa fundamental de sistema separar custos e despesas, sendo que os custos so apropriados aos produtos, para, no momento da venda, ser confrontados com as receitas geradas, e as despesas so lanadas diretamente no resultado do perodo.8.1 CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADE ABCO custeio baseado em atividades ABC surgiu como um mtodo de mensurar os custos como forma de apoio a gesto, nele os custos variveis so alocados diretamente ao objeto de custeio, enquanto que, os custos indiretos so rastreados e na impossibilidade de efetuar-se tal rastreamento, eles so rateados.</p> <p>Para Crepaldi (2007), esse um sistema que se baseia, na premissa de que so as atividades e no os produtos que provocam o consumo de recursos e elas que formaro os custos do produto. Desta forma no clculo do gasto unitrio do produto, so levados em considerao tanto os custos diretos quanto os indiretos e, em alguns casos, as despesas.</p> <p>A principal crtica dos defensores do custeio por atividades est relacionada com o custeio convencional, pois ele ignora as diferenas importantes entre produtos e servios, mercados e clientes, sobre os quais incorrem diferentes custos indiretos. Quanto mais linhas de produtos, maiores distores iro resultar das prticas de custeio descritas acima. Com o custo distorcido, alguns produtos so sobrecarregados, enquanto outros so subsidiados.Segundo Martins (2010), o mtodo de custeio baseado em atividade opera com trs formas de alocao dos custos: alocao direta faz-se quando existe uma identificao clara, direta e objetiva de certos itens de custos com certas atividades; rastreamento, feito com base na identificao da relao entre a atividade e a gerao dos custos; e rateio realizado apenas quando no h a possibilidade de utilizar nem a alocao direta nem o rastreamento.8.2 GERENCIAMENTO CONTBIL ESPECFICO E A CONTABILIDADE DE CUSTOSO gerenciamento contbil especfico trata das tcnicas de custeamento dos produtos contabilizao e controle dos custos e informaes gerenciais para a tomada de deciso fornecendo um detalhamento maior sendo seu foco principal o produto dentro das divises possibilitando assim uma maior aproximao da administrao da empresa com cada produto, sendo impossvel desenvolver a contabilidade de custos, ponto fundamental do gerenciamento contbil especfico, sem conhecer o produto. Pois quando se conhece os produtos ofertados pela empresa, as possibilidades para o gerenciamento contbil aumentam. </p> <p>Torna-se evidente a necessidade de um eficaz controle de custos de cada produto e esse nvel de gerenciamento traduz os dados fornecidos pela contabilidade de custos de cada produto, em informaes extremamente teis administrao.</p> <p>Borneia (2002) afirma que com a alta concorrncia e devido alta tecnologia que est minimizando os custos cada vez mais, o sistema de custos recebe elevada importncia para a sobrevivncia da organizao, e suas informaes tornam-se essenciais para orientar os empreendedores a uma deciso eficiente que conduza a resultados imediatos para a empresa.</p> <p>Portanto a escolha de um mtodo de custeio adequado a cada situao especfica de fundamental importncia, pois poder contribuir para que as organizaes permaneam atuantes no mercado, principalmente pelo fato de estabelecerem princpios orientadores de gesto consistente e de grande utilidade para o dirigente da organizao. Para Martins (2003) os sistemas de custeio so mtodos de apropriao de custos com a finalidade de utiliz-los como elementos de informao.8.3 CONCEITOS FUNDAMENTAIS DOS CUSTOS E SEU COMPORTAMENTO.O conceito de custo associado ao montante de gastos incorridos para se obter um bem ou realizar um servio, ou seja, custo um desembolso de caixa, ou seu equivalente, ou o compromisso de pagar em espcie no futuro, com o propsito de gerar receitas.</p> <p>Martins (2003) refere-se a custo como gasto relativo bem ou servio utilizado na produo de outros bens e servios. O autor ainda salienta que o custo tambm um gasto, s que reconhecido como tal, isto , como custo no momento da utilizao dos fatores de produo para a fabricao de um produto ou execuo de um servio. Na realidade o custo representa um benefcio usado imediatamente ou diferido para um perodo de tempo futuro, que for usado imediatamente, ento o este custo ser uma despesa, tal como despesa de salrio, se for diferido, ento o custo ser um ativo, tal co...</p>