atos 27. 23 - 25. viver é preciso, navegar é preciso  vida com deus é luta, irmão... ...

Download Atos 27. 23 - 25. Viver é preciso, navegar é preciso  Vida com Deus é luta, irmão...  Muitos escritores têm descrito a vida como uma viagem. John

Post on 07-Apr-2016

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Atos 27. 23 - 25

  • Viver preciso, navegar precisoVida com Deus luta, irmo...Muitos escritores tm descrito a vida como uma viagem. John Bunyan em seu livro O Peregrino descreveu a vida como a peregrinao de um homem pelos perigos at chegar ao Paraso.Homero no seu livro Odissia tambm descreve a vida como uma viagem. Essa viagem de Paulo a Roma no uma alegoria, mas uma dramtica realidade com muitas lies oportunas.

  • 04 lies de um nufrago:

  • 1. Compreenda os riscos da caminhada"Senhores, vejo que a nossa viagem ser desastrosa e acarretar grande prejuzo para o navio, para a carga e tambm para a nossa vida". Atos 27. 10O sonho de Paulo era chegar a Roma e pregar o evangelho aos romanos.Paulo percebeu os riscos, mas as pessoas no lhe deram ateno.Quando no prestamos ateno nas placas e nas sinalizaes da vida podemos naufragar ou cair num abismo.

  • 2. Quem no escuta conselho, escuta coitado.Mas o centurio, em vez de ouvir o que Paulo falava, seguiu o conselho do piloto e do dono do navio. Atos 27. 11Tudo o que vamos empreender na vida, deve-se consultar a direo de Deus.Como compreendemos a direo de Deus?Pela palavra, orao, sinais, conselhos e perseverana.

  • 3. Nas tempestades da vida precisamos nos posicionar como encorajadores21 Visto que os homens tinham passado muito tempo sem comer, Paulo levantou-se diante deles e disse: "Os senhores deviam ter aceitado o meu conselho de no partir de Creta, pois assim teriam evitado este dano e prejuzo. 34 Agora eu os aconselho a comerem algo, pois s assim podero sobreviver. Nenhum de vocs perder um fio de cabelo sequer". 35 Tendo dito isso, tomou po e deu graas a Deus diante de todos. Ento o partiu e comeou a comer. 36 Todos se reanimaram e tambm comeram algo.

  • 4. Siga em frente na sua peregrinao 28. 3 Paulo ajuntou um monte de gravetos; quando os colocava no fogo, uma vbora, fugindo do calor, prendeu-se sua mo. 28. 8 Paulo entrou para v-lo e, depois de orar, imps-lhe as mos e o curou. 9 Tendo acontecido isso, os outros doentes da ilha vieram e foram curados. 28.10 Eles nos prestaram muitas honras e, quando estvamos para embarcar, forneceram-nos os suprimentos de que necessitvamos.