atlas de desenvolvimento sustentável e saúde. brasil

Download Atlas de Desenvolvimento Sustentável e Saúde. Brasil

Post on 07-Jan-2017

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

de Desenvolvimento Sustentvel e Sade Brasil 1991 a 2010ATLAS

Braslia 2015

Atlas de DesenvolvimentoSustentvel e Sade

Brasil 1991 a 2010

Organizao Pan-Americana da SadeOrganizao Mundial da Sade

Representao no Brasil

2015 Organizao Pan-Americana da Sade.Todos os direitos reservados. permitida a reproduo total ou parcial desta obra, desde que citada a fonte e no seja para venda ou qualquer fim comercial.

Tiragem: 1a edio 2015 3.500 exemplares

Elaborao, distribuio e informaes: Organicao Pan-Americana da Sade/Organizao Mundial da Sade (OPAS/OMS) no Brasil Setor de Embaixadas Norte, lote 19. CEP: 70.800-400 Braslia, DF Brasil. E-mail: comunicacaoopasbrasil@paho.org Internet: www.paho.org/bra

Autores: Carlos Corvalan Representao da OPAS/OMS no Brasil Elisabeth Duarte Universidade de Braslia (UnB) Oscar Mujica Escritrio Central da OPAS/OMS em Washington, D.C. Walter Ramalho Universidade de Braslia (UnB) Enrique Vazquez - Representao da OPAS/OMS no Brasil

Organizadores: Joaqun Molina - Representao da OPAS/OMS no Brasil Carlos Corvalan - Representao da OPAS/OMS no Brasil Enrique Vazquez - Representao da OPAS/OMS no Brasil

Capa, Projeto Grfico e Diagramao Editorar Multimdia

Fotos: Zig Koch/Natureza Brasileira

Impresso no Brasil/Printed in Brazil

Organizao Pan-Americana da Sade.

Atlas de Desenvolvimento Sustentvel e Sade. Brasil: 1991 a 2010. Braslia, DF: OPAS, 2015.

257p.:il.ISBN: 978-85-7967-100-5

1. Desenvolvimento Sustentvel. 2. Sade. 3. Brasil I. Ttulo. II. Organizao Pan-Americana da Sade.

SUM

R

IO

SUDESTE

NORDESTE

NORTE

PREFCIO ...........................4

ANEXO 1 - Mtodos .........222 ANEXO 2 - Mapas 2010 .......... 228 ANEXO 3 - Tabelas ...........244

INTRODUO ...............5

SUL

CENTRO-OESTE

Esprito Santo ................. 166

Rio de Janeiro ................ 174

Minas Gerais ................... 182

So Paulo ........................ 190

Alagoas ............................ 64

Bahia ................................ 72

Cear ................................ 80

Maranho ........................ 88

Paraba ............................. 96

Pernambuco ................... 104

Piau ................................. 112

Rio Grande do Norte .... 120

Sergipe ............................. 128

Acre .................................. 8

Amap .............................. 16

Amazonas ....................... 24

Par ................................... 32

Rondnia ......................... 40

Roraima ........................... 48

Tocantins ........................ 56

Paran .............................. 198

Rio Grande do Sul ......... 206

Santa Catarina ............... 214

Distrito Federal .............. 136

Gois ................................ 142

Mato Grosso ................... 150

Mato Grosso do Sul ...... 158

BIBLIOGRAFIA ............................... 256

5

Prefcio

O Atlas de Desenvolvimento Sustentvel e Sade foi elaborado pela Representao da Organizao Pan-Americana da Sade/Organizao Mundial da Sade (OPAS/OMS), no Brasil, com o objetivo de descrever a magnitude e a evoluo de importantes indicadores das dimenses econmica, social e ambiental e oferecer subsdios para o debate sobre as desigualdades no Brasil ao longo das ltimas duas dcadas, considerando o ponto de vista da sade. Os indicadores referem-se aos anos de 1991, 2000 e 2010, e a todas as unidades federadas, tomando como base para a anlise os municpios brasileiros.

A realizao do estudo foi motivada por uma frase-chave do documento final da Conferncia das Naes Unidas sobre Desenvolvimento Sustentvel (Rio +20), realizada no Rio de Janeiro, em 2012, que afirma: [] reconhecemos que a sade uma condio prvia, um resultado e um indicador das trs dimenses do desenvolvimento sustentvel: a econmica, a social e a ambiental.

Foram selecionados indicadores includos nos Objetivos de Desenvolvimento do Milnio (ODM) que tero continuidade nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentvel (ODS), pactuados pelos estados-membros das Naes Unidas para o perodo posterior a 2015.

So eles: taxa de mortalidade infantil e na infncia, como indicadores da dimenso da sade; proporo da populao em condio de pobreza, como indicador da

dimenso econmica; proporo da populao analfabeta, como indicador da dimenso social; e proporo da populao sem acesso gua encanada, como indicador da dimenso ambiental.

As anlises realizadas evidenciam, em todas as unidades federadas do pas, avanos positivos nas duas dcadas estudadas (1991-2010), especialmente na ltima, no que se refere tanto melhoria dos indicadores de desenvolvimento sustentvel analisados quanto na reduo de seus valores mdios e das desigualdades entre as regies e os municpios do pas, sendo esse ltimo muito importante de ser ressaltado.

O Brasil hoje um pas melhor e mais equitativo que h 20 anos. Sua populao mais saudvel e goza de mais bem-estar, como demostrado contundentemente por esta publicao.

Recomendo a leitura deste documento pelos tomadores de deciso dos trs nveis de gesto do Sistema nico de Sade do Brasil, especialistas, estudiosos e acadmicos interessados no desenvolvimento sustentvel e na luta contra as desigualdades sociais em sade. Acredito que todos eles encontraro neste Atlas insumos e dados precisos para conformar uma viso positiva sobre o pas e, ao mesmo tempo, para orientar possveis linhas de ao para continuar avanando na jornada do desenvolvimento com mais equidade.

Joaqun MolinaRepresentante da OPAS/OMS no Brasil

7

Introduo

Em junho de 1992 aconteceu, no Rio de Janeiro, a Conferncia das Naes Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (conhecida como A Cpula da Terra ou ECO 92). Vinte anos mais tarde, em junho de 2012, e tambm no Rio de Janeiro, foi realizada a Conferncia das Naes Unidas sobre Desenvolvimento Sustentvel (conhecida como RIO +20). Nesse perodo, na esfera global, ocorreram avanos e retrocessos nos diversos campos que compem a rea de desenvolvimento sustentvel. No ano de 2015 termina o perodo para o cumprimento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milnio (ODM), e tambm o ano de lanamento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentvel (ODS).

Nesta pauta, figura a necessidade do enfrentamento de grandes desafios nas diferentes dimenses do desenvolvimento sustentvel, tais como o acesso universal educao, na dimenso social; eliminao da pobreza extrema e das iniquidades, na dimenso econmica; e preveno dos impactos das mudanas globais, escassez de recursos hdricos e o acesso gua adequada para consumo humano, na dimenso ambiental. Nesse sentido, faz-se necessrio fomentar estudos de monitoramento e avaliao dos avanos e desafios referentes a essa pauta global.

Dessa forma, este documento tem como objetivo descrever os avanos alcanados pelo Brasil, no perodo de 1991 a 2010, para indicadores selecionados e relacionados ao desenvolvimento sustentvel, segundo o ponto de vista da sade.

O Brasil dispe de um nmero de dados e indicadores ambientais, de desenvolvimento social e econmico, demogrficos e de sade monitorados por meio de seus sistemas nacionais de informao, censos ou inquritos nacionais. Para esta anlise foi utilizada a base de indicadores municipais disponibilizada no site do Programa das Naes Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que incluem 180 indicadores selecionados em vrias dimenses (populao, educao, habitao, sade, trabalho, renda e vulnerabilidade) para todos os 5.565 municpios brasileiros existentes em 2010 (PNUD, 2013). Todos os dados disponveis nessa base de dados foram extrados dos censos demogrficos de 1991, 2000 e 2010 (IBGE, 2014).

A partir dessa base de dados, trs interesses motivaram a escolha da srie reduzida de indicadores analisados, a saber: os indicadores deveriam ter relao estreita com os ODM (PNUD, 2014), os indicadores deveriam ser relevantes para os ODS e os indicadores deveriam contemplar as dimenses sade, ambiental, social e econmica, como descrito no diagrama a seguir.

Dimenses de desenvolvimento sustentvel (social, econmica, ambiental e sade) e respectivos ODM e ODS.

AmbientalEconmico

Social

Sade

ODM: Universalizar a educao primria. Indicador: Taxa de analfabetismo

ODS: Garantir educao inclusiva e equitativa dequalidade, e promoveroportunidades deaprendizado ao longoda vida para todos.

ODM: Erradicar a extrema pobrezae a fome. Indicador: Proporo depopulao emcondio de pobreza.

ODS: Acabarcom a pobrezaem todas assuas formas,em todosos lugares.

ODM: Reduzira mortalidadena infncia. Indicador: Taxa de mortalidade infantil

ODS: Asseguraruma vida saudvele promover obem-estarpara todos,e saneamentopara todos.

ODM: Garantir asustentabilidade ambiental.Indicador: Taxade cobertura degua encanada

ODS: Garantirdisponibilidadee manejosustentvelde guae saneamentopara todos.

Embora essa escolha seja, em certa medida, arbitrria, os indicadores escolhidos so emblemticos desses eixos de anlise e encontram-se articulados com as polticas pblicas do Brasil no perodo do estudo.

Os indicadores analisados neste documento so descritos a seguir (referem-se aos indivduos que vivem em domiclios particulares permanentes agregados segundo municpios de residncia).

1. Sade:a. taxa de mortalidade infantil TMI; b. taxa de mortalidade na infncia TMIn.

2. Dimenso econmica: proporo da populao em condio de pobreza.3. Dimenso social: proporo da populao analfabeta.4. Dimenso ambiental: proporo da