atividades regime militar - .manipulação e o paternalismo do governo impedissem um sindicalismo

Download Atividades Regime Militar - .manipulação e o paternalismo do governo impedissem um sindicalismo

Post on 09-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Atividades Regime Militar

    1. (Pucrs 2013) Slogans como Ningum segura esse pas e Brasil, ame-o ou deixe-o foram adotados no governo de Garrastaz Mdici com o intuito de camuflar a represso mais violenta dos governos militares. Objetivando dar uma base concreta ideologia do Brasil Grande Potncia, o governo adotou medidas impactantes, como a criao da _________, do _________ e do _________. a) Petrobrs DOPS DOI/CODI

    b) Petrobrs DOPS MOBRAL

    c) Transamaznica INCRA PAEG

    d) Transamaznica INCRA MOBRAL

    e) Transamaznica PAEG MOBRAL 2. (Uerj 2004) Foi ento que estreou no teatro Municipal de So Paulo a pea clssica Electra, tendo comparecido ao local alguns agentes do DOPS para prender Sfocles, autor da pea e

    acusado de subverso, mas j falecido em 406 a.C. A minissaia era lanada no Rio e execrada em Belo Horizonte, onde o delegado de Costumes

    declarava aos jornais que prenderia o costureiro francs Pierre Cardin, caso aparecesse na

    capital mineira (...) Toda essa cocorocada iria influenciar um deputado estadual de l (...) que

    fez discurso na cmara sobre o tema: "Ningum levantar a saia da mulher mineira". (HOLLANDA, Heloisa Buarque de & GONALVES, Marcos Augusto. Cultura e participao

    poltica nos anos 60. So Paulo: Brasiliense, 1999.) Os trechos acima, retirados do livro de Stanislaw Ponte Preta, "FEBEAP - Festival de besteira

    que assola o pas", satirizam uma situao que se tornou comum no Brasil, no ps-1964. Esta situao est corretamente apontada na aliana entre: a) Estado e setores das classes mdias, pelo ufanismo patritico e controle de opinio b) intelectuais e consumidores, pela defesa dos valores da ptria e contra a alienao cultural c) militantes de esquerda e igreja catlica, contra o processo de modernizao e a

    "bolchevizao" do pas d) classe artstica e universidades pblicas, pela moralidade e desenvolvimento de atividades

    culturais

    3. (Mackenzie 2003) Sobre o Estado Novo, implantado por Vargas em 1937, INCORRETO afirmar que: a) o nacionalismo econmico e o intervencionismo estatal foram traos marcantes desse

    perodo da Era Vargas. b) a forte centralizao poltica mantinha, por meio do DIP e do DOPS, o controle da opinio

    pblica e a represso aos inimigos do regime. c) a CLT representou uma conquista nas relaes entre o capital e o trabalho, embora a

    manipulao e o paternalismo do governo impedissem um sindicalismo livre. d) o regime tinha, dentre suas bases de sustentao, as foras armadas e a burocracia estatal. e) o liberalismo econmico e a neutralidade brasileira, durante a Segunda Guerra Mundial,

    consolidaram o governo Vargas aps o conflito.

  • 4. (Ufrgs 1996) Considere o texto a seguir: "Mais do que uma Repblica repressiva, criou-se um Estado policial. Os suspeitos passavam por

    interrogatrios, torturas, perda de empregos. Disseminava-se na populao o medo e o convite

    delao. Anulava-se o cidado, gerando o pnico. Pode-se constatar isso no 'Declogo de

    Segurana' que os Dops distriburam nas portarias de prdios, fbricas, escolas, escritrios etc." "Se

    voc for convidado ou sondado para conversas sobre assuntos que lhe paream estranhos ou

    suspeitos, finja que concorda e cultive relaes com a pessoa que o sondou e avise a Polcia ou o

    quartel mais prximo. As autoridades lhe do todas as garantias, inclusive de anonimato".

    (Jlio Chiavenato, "O Golpe de 64").

    O texto anterior refere-se ao perodo em que o general-presidente foi a) Costa e Silva. b) Emlio Mdici. c) Castelo Branco. d) Ernesto Geisel. e) Joo Figueiredo. 5. (Uerj 2014) Em junho de 2013, vrias manifestaes mobilizaram a populao das capitais brasileiras. A fotografia mostra a ocupao da rea externa do Congresso Nacional por manifestantes:

    inevitvel a comparao com as grandes manifestaes ocorridas anteriormente, como a

    Passeata dos Cem Mil, no Rio de Janeiro, em 1968. Se, nesta, a extenso e o tipo de represso

    policial aumentaram o custo da participao e restringiram o escopo da manifestao a um grupo

    mais restrito e especfico de manifestantes, na de agora, 45 anos depois, o uso de meios no letais

    de represso baixou o risco de danos e aumentou, por consequncia, a presena de uma gama

    mais ampla de setores da sociedade. Uma coisa bala de chumbo e o grito de abaixo a ditadura;

    outra bala de borracha e o aviso de que o pote de mgoa vazou. Marly Motta. Adaptado de noticias.uol.com.br. Uma diferena entre as manifestaes populares na sociedade brasileira datadas do ano de 1968 e as ocorridas em junho de 2013 est associada hoje vigncia de: a) restrio ao voto b) estado de direito c) soberania do legislativo d) supremacia do executivo

  • 6. (Unesp 2013) Em 1977, o Regime Militar, por meio da Agncia Nacional de Comunicao, lanou uma propaganda que ensinava a populao a fazer um cata-vento verde-amarelo e convocava-a a sair s ruas com esses brinquedos para comemorar a Semana da Ptria. Por meio de uma charge, o cartunista Henfil ironizou essa iniciativa do governo, sublinhando um outro problema enfrentado pelo pas nessa poca.

    Considerando o contexto histrico no qual a charge se insere, correto afirmar que o cartunista chamava a ateno para a) a alienao social frente falta de planejamento econmico. b) o gasto excessivo do governo no setor da energia elica. c) a falta de investimento pblico no setor de transporte. d) os impactos ambientais em decorrncia da mecanizao. e) a abertura econmica do pas ao capital estrangeiro.

    7. (Espm 2014) No Brasil, autoritrio, sinais evidentes de crise. O mandato presidencial do general Figueiredo caminhava para o final e se temia que mais uma vez o presidente fosse esco-lhido por um colgio eleitoral, que deveria, como sempre, referendar o nome indicado pelos detentores do poder. Para alterar tal perspectiva a oposio apresentou uma emenda constitucional que pretendia introduzir as eleies diretas. A emenda Dante de Oliveira, nome do deputado do PMDB, por Mato Grosso, que a apresentou foi votada sob grande expectativa popular, depois de ampla mobilizao popular na campanha DIRETAS J. A deciso do Congresso Nacional, quando da votao (25/04/1984) na Cmara dos Deputados foi de: a) rejeio, pois a emenda necessitava de 2/3 dos membros do Congresso e faltaram 22 votos

    para alcanar tal marca. b) aprovao, resultado que garantiu a vitria de Tancredo Neves, candidato das oposies,

    nas eleies diretas para a presidncia em 1985. c) aprovao, entretanto a eleio direta para presidente no valeria para a eleio de 1985 e

    s passaria a valer na eleio seguinte. d) aprovao, entretanto a interveno das Foras Armadas impediu a realizao da eleio. e) rejeio, tendo a interferncia das Foras Armadas imposto a eleio de Jos Sarney,

    candidato do governo.

  • 8. (G1 - cftmg 2014) Foi a poca do Ningum segura este pas, da marchinha Pra Frente Brasil, que embalou a grande vitria brasileira na Copa do Mundo de 1970. Foi a poca em que muitos brasileiros idosos de classe mdia lamentavam no ter condies biolgicas para viver at o novo milnio, quando o Brasil se equipararia ao Japo.

    FAUSTO, Boris. Histria do Brasil. So Paulo: Edusp, 1996. p. 485. Nessa poca de euforia no Brasil, houve a) queda da desigualdade social, alcanada pela adoo de programas de renda mnima. b) aumento dos direitos polticos e civis, propiciado pelas emendas parlamentares legislao. c) dependncia crescente do pas ao sistema financeiro internacional, facilitada pelos

    emprstimos externos. d) mudana dos ndices de concentrao de renda no campo, deflagrada pela reforma agrria

    em latifndios produtivos.

    9. (Uemg 2014) Texto I

    Texto II

    Texto III

  • GERAES 4 Ouo um tropel atrs de mim. Muitos alaridos. Eles querem passar. Passem. Mas, por favor, no destruam as pontes as fontes pois podem delas precisar quando exaustos de tanto avano quiserem

    recomear. (Ssifo desce a montanha)

    A Passeata dos Cem Mil (1968) foi um movimento que marcou a resistncia da populao brasileira frente ditadura militar instalada no Brasil. Em 2013, eclodiu pelo Pas uma srie de manifestaes que chamaram a ateno da opinio pblica e das autoridades, em vista de sua fora de mobilizao. Considerando-se o contexto histrico e as caractersticas dessas manifestaes, CORRETO afirmar que a) os dois movimentos, alvos de represso militar com fora desproporcional, apresentaram

    questionamentos semelhantes, pois lutavam contra governos autoritrios que impediam a

    liberdade de expresso. b) a Passeata dos Cem Mil sofreu forte represso, ao passo que o movimento de 2013 no

    sofreu nenhuma, pois a primeira aconteceu em um perodo ditatorial, e a segunda ocorreu

    em um perodo democrtico, com manifestaes pacficas. c) as manifestaes de 2013, em meio a protestos violentos, desejavam a derrubada da

    presidente da repblica, considerada culpada pelos problemas do Pas, ao passo que a

    Passeata dos Cem Mil reivindicava mudanas nas regras eleitorais. d) os dois movimentos, surgidos em contextos polticos diferentes, tiveram grande participao

    de jovens, principalmente estudantes, que acreditavam poder mudar o Pas atravs de

    grande mobilizao popular.

    10. (Cefet MG 2014) O longo mandato do presidente Joo Batista Figueiredo (1979-85) foi

    marcado pelas dificuldades econmicas e pelo esgotamento do regime instaurado em 1964.

    Porm a abertura poltica no cessou de avanar, apesar de enfrentar manifestaes pontuais

    de segmentos radicais hostis. So episdios marcantes desse contexto no Brasil, EXCETO a(o) a) nascimento de uma nova organizao partidria, q

Recommended

View more >