associação europeia de sucos de frutas ?· 2016-08-20 · associação europeia de sucos de...

Download Associação Europeia de Sucos de Frutas ?· 2016-08-20 · Associação Europeia de Sucos de Frutas…

Post on 08-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Associao Europeia de Sucos de Frutas

    2016 Fruta lquida

    RELATRIO DE MERCADO

  • 2 l Associao Europeia de Sucos de Frutas Relatrio de Mercado 2016

  • ndice

    ndice 5 Introduo:

    Marjan Skotnicki-Hoogland, Presidente da AIJN

    6 A indstria do suco de fruta: Consumo geral do suco de fruta

    7 Tendncias e segmentao da indstria europeia

    8 AIJN Campanha do Suco - Dando um impulso para o suco

    11 Atualizao do Grupo de Especialistas do Cdigo de Prticas

    14 Atualizao sobre a Plataforma RSC do Suco e prximos passos

    16 Concluses e perspectivas

    Cert n XXX-XXX-XXXX

    42 Definies e metodologia do relatrio

    43 Sobre a AIJN

    Associao Europeia de Sucos de Frutas Relatrio de Mercado 2016 3

    AIJN Associao Europeia de Sucos de Frutas 2016. Proibida a reproduo no todo ou em parte. Todos os textos, tabelas, grficos e outros materiais contidos neste relatrio, que so propriedade exclusiva da AIJN, no podem ser copiados, distribudos, transferidos ou exibidos sem a autorizao expressa por escrito da AIJN. Imagem da capa shutterstock.com Produzido pela GlobalData Plc

    Impresso pela S&G, utilizando papel de fontes sustentveis

    Perfis dos pases

    ustria 18

    Blgica 19

    Bulgria 28

    Crocia 28

    Chipre 28

    Repblica Tcheca 30

    Dinamarca 30

    Estnia 30

    Finlndia 32

    Frana 20

    Alemanha 21

    Grcia 32

    Hungria 32

    Irlanda 34

    Itlia 22

    Letnia 34

    Litunia 34

    Luxemburgo 36

    Malta 36

    Pases Baixos 23

    Noruega 36

    Polnia 24

    Portugal 38

    Romnia 38

    Eslovquia 38

    Eslovnia 40

    Espanha 25

    Sucia 26

    Sua 40

    Turquia 40

    Reino Unido 27

  • Introduo

    Bem-vindos edio de 2016 do Relatrio de Mercado da Associao Europeia de Sucos

    de Frutas (AIJN). Este relatrio mostra um retrato conciso e atual da nossa indstria.

    Nosso objetivo bem simples - fornecer uma viso abrangente da nossa indstria de

    alimentos e bebidas para legisladores europeus e nacionais, organizaes no

    governamentais e todos os stakeholders, onde quer que estejam.

    Este ano provou ser, mais uma vez, muito ativo para a AIJN, conforme a demanda

    para o trabalho que fazemos se tornou uma necessidade e no s um simples bom ter.

    Um dos nossos maiores projetos a Campanha do Suco da AIJN, que realmente decolou

    em 2016.

    Com uma programao ambiciosa de RP pronta - e financiamento voluntrio vindo

    da indstria europeia de engarrafadores e os membros da CitrusBR no Brasil, assim como

    outros contribuintes da indstria de embalagens - ns estamos prontos para abraar os

    desafios que, por um bom tempo, definiram a agenda neste debate unilateral. hora da

    indstria habilmente reequilibrar a conversa, baseada em fatos, garantindo que todos

    estejam cientes do bem que faz o suco de fruta, usando evidncias cientficas e cientistas

    mundialmente renomados para falar em nosso nome. Todos na cadeia de valor contam,

    independente de tamanho. Ento, se sua empresa gostaria de participar da campanha,

    entre em contato conosco para mais informaes sobre como entrar.

    Sustentabilidade tambm um tpico importante, no s para ns na AIJN, mas para

    a esfera empresarial em geral tambm, com mais empresas entendendo a necessidade e

    benefcios de prticas sustentveis. Na AIJN, ns fazemos isso por meio da nossa

    plataforma de RSC do suco, que est ativa desde 2013 e lder nesse campo.A plataforma proporciona um ambiente neutro e colaborativo, garantindo que

    oportunidades e desafios de RSC sejam tratados conjuntamente, focando nos pontos cruciais, em especial, em combinaes pas/plantao. O crescente nmero de membros

    da plataforma garante que sejam abordados focando em mltiplos stakeholders, com

    envolvimento de representantes de toda a cadeia de valor - de agricultores a ONGs. Como

    ns s podemos vencer a agenda de RSC juntos, ns sinceramente encorajamos vocs a se juntarem a ns por meio da nossa plataforma de RSC do suco, se ainda no o fez.

    Alm disso, a AIJN colaborou no PHBOTTLE, um projeto de pesquisa financiado

    pela UE com objetivo de desenvolver, pela primeira vez, garrafas feitas com

    polihidroxibutirato (PHB), produzidas pela fermentao microbiana de matria orgnica

    presente nas guas residuais da indstria do suco. Os resultados mostraram que possvel

    converter at 30% dos acares nas guas residuais em PHB e usar esse biopolmero para

    produzir embalagens biolgicas.

    2016 tambm ver a AIJN coorganizar o quarto Juice Summit, que acontecer na Anturpia, pelo terceiro ano consecutivo, devido ao imenso sucesso e bons comentrios das duas anteriores. Juntos com nossos parceiros, IFU e SGF, a AIJN reunir

    fornecedores, engarrafadores e clientes mundiais no que, claramente, se tornou a

    conferncia imperdvel para executivos sniors de suco de fruta de todo o planeta. Se ainda no fez, reserve as datas de 12 a 13 de outubro em seus calendrios.

    Tenham um timo vero e eu aguardo para receb-los novamente na Anturpia, no Juice Summit 2016.

    Introduo da Presidente

    Marjan Skotnicki-Hoogland,

    Presidente da AIJN

    hora da indstria habilmente reequilibrar a conversa, baseada em fatos, garantindo que todos estejam cientes do bem que faz o suco de fruta...

    Associao Europeia de Sucos de Frutas Relatrio de Mercado 2016 l 5

  • Viso geral

    A indstria do suco de fruta: Consumo geral do suco de frutaO consumo de suco de fruta e nctar na UE foi de 9,6 bilhes de litros em 2015, representando um leve declnio de 0,7% comparado a 2014.

    Isso totaliza um nvel de consumo per capita de 18,9 litros, em 2015,

    levado pelo maior mercado, a Alemanha, com 29,4 litros. Globalmente,

    o consumo de sucos de frutas e nctar ficou em 38,5 bilhes de litros,

    com a UE ainda a maior regio de consumo, seguida pela Amrica do

    Norte. O desenvolvimento na regio sia-Pacfico foi levado pelas

    boas vendas de nctares, enquanto que ambos os volumes de suco de

    fruta e nctar aumentaram na regio da frica/Oriente Mdio. A

    Polnia permanece o principal condutor de sucos de frutas e nctares

    no contingente do Leste Europeu da UE. Na Europa Ocidental, a

    mudana de sucos de frutas e nctares para outras bebidas

    percebidas como mais saudveis pelos consumidores nos principais

    mercados da Alemanha e Frana impactaram consideravelmente nos

    volumes.

    Para os consumidores sensveis a preos, os nctares so uma

    Preos das matrias-primas continuam altos

    Com os preos de matrias-primas e custos de logstica

    permanecendo altos em 2015, as condies de comrcio ainda foram

    difceis para os produtores na UE. Instabilidade poltica em mercados

    como a Rssia e a Ucrnia, a atual crise de refugiados e movimentos

    vigentes contra a UE em muitos pases, significam que os produtores

    encararam incertezas em relao s futuras condies de comrcio e

    exportao. Os preos j estavam em um nvel baixo crtico em muitos

    mercados e as margens para produtores de suco de fruta e nctar

    reduziram. S alguns poucos mercados europeus viram um aumento

    no consumo em 2015.

    alternativa para o suco de fruta 100%, permitindo-os comprar bebidas saudveis com uma faixa de preo razovel.

    O desafio para sucos de frutas e nctares permanece sendo a

    mudana dos padres de consumo no mundo de trabalho moderno. As

    ocasies de consumo esto se tornando menos ritualsticas e mais

    espontneas, desde que se encaixem em um cronograma de

    vida/trabalho frentico. Poucos consumidores tendem a ter um caf da

    manh tradicional, sentados, privando o suco de fruta de uma de suas

    ocasies de consumo tradicionais. Outras categorias oferecem

    exemplos de como reagir a essa mudana, por exemplo, com o

    desenvolvimento de bebidas lcteas com cereais que podem ser

    consumidas no caminho para o trabalho. Consumo on the go um

    tpico relevante para a indstria de bebidas e precisa ser encarado

    pelos produtores de suco de fruta e nctar com o objetivo de

    acompanhar as necessidades do consumidor moderno.

    Qualidade vs. Quantidade

    Um fenmeno contnuo o sucesso do suco de fruta premium

    comparado s variedades padres. Embora o consumo total

    tenha cado em 2015, uma olhada nos nmeros de suco de fruta 100% revelam que h segmentos do mercado que mostraram uma evoluo positiva em 2015.

    Enquanto sucos refrigerados constituem apenas 23% do volume

    de de suco de fruta 100% em 2015, isso representou um por cento de aumento na fatia, comparado a 2014. Em termos de crescimento

    do volume, o consumo de suco de fruta refrigerado aumentou em

    2,0%. Um crescimento ainda maior foi registrado no segmento de

    NFC (no concentrado), que aumentou em 4,4%, em 2015. Isso destaca que os consumidores esto dispostos a pagar um preo mais

    premium por um produto, se isso garantir, em troca, uma

    percepo de maior qualidade e/ou benefcios sade. Promoes

    de preos e uma oferta mais ampla nos canais varejistas modernos,

    p. ex. lojas de desconto, esto servindo para aumentar ainda

    mais a penetrao do suco premium.

    Tendncias e necessidades do consumidor A atual tendncia de uma vida saudvel e sustentvel tem sido

    reconhecida pelos produtores de suco de fruta e nctar nos ltimos

    anos. Ao enfatizar as fontes naturais, assim como os benefcios

    sade e funcionais, os produtores associaram seus produtos a

    conotaes positivas, ajudando os consumidores a perceberem os

    sucos de frutas e nctar