associação brasileira dos reitores das universidades estaduais e municipais 50º fÓrum nacional...

Download Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais 50º FÓRUM NACIONAL DE REITORES

Post on 22-Apr-2015

103 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • Associao Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais 50 FRUM NACIONAL DE REITORES
  • Slide 2
  • Profa. Dra. Maria Madalena Pessoa Guerra Coordenadora do Programa de Ps-Graduao em Biotecnologia da RENORBIO - PERNAMBUCO Construo de redes interinstitucionais no ensino, pesquisa e extenso experincia RENORBIO
  • Slide 3
  • Criao: Ministrio de Cincia e Tecnologia Portaria N 598, 26 de novembro de 2004. http://www.renorbio.org.br
  • Slide 4
  • NCLEO DE PS-GRADUAO - RENORBIO REAS DE CONCENTRAO Sade, Agropecuria, Recursos Naturais, Biotecnologia Industrial PROJETOS TEMTICOS DE C&T&I GENOMA E PROTEOMA Unir o estudo das espcies biolgicas pela funcionalidade dos seus genes RENORBIO (Rede Nordeste de Biotecnologia) Centro de Excelncia Virtual INDSTRIA Meta: Constituir um Centro de Excelncia Virtual em Biotecnologia
  • Slide 5
  • %GruposRegio 10011.760Brasil 3354Norte 5636Centro Oeste 151.720Nordeste 202.317Sul 576.733Sudeste SITUAO EM 2005 Norte + Nordeste = 17,7% do PIB Nacional. Centro-Oeste = 6,9 % do PIB Nacional. Das regies somadas = 24,7 % do PIB Nacional. PIB da regio Sudeste = 57,8% do PIB Nacional (Slide cedido por Luiz ABC)
  • Slide 6
  • Acelerar o desenvolvimento do NE atravs da biotecnologia; Formar recursos humanos em biotecnologia; Produzir impactos socioeconmicos para melhorar a qualidade de vida no NE; Promover desenvolvimento cientfico nas diversas reas de aplicao da biotecnologia; Contribuir para formulao e acompanha- mento de polticas pblicas do NE. Objetivos
  • Slide 7
  • Objetivos Maiores: 1 - Unir as Cincias Biolgicas do Nordeste a partir de um curso de ps-graduao, tendo como meta maior constituir um grande Ncleo Virtual de Excelncia em Biotecnologia na regio, em rede, que se constituir como tal unindo-se o estudo das espcies biolgicas pela funcionalidade dos seus genes; Ncleo de Ps-Graduao
  • Slide 8
  • 2 - Unir a competncia cientfica do Nordeste em cincias biolgicas, tambm tendo como base este mesmo curso de ps-graduao, de modo a permitir uma ascenso gradual da competncia dispersa em Universidades menores que, isoladamente, a curto ou mdio prazo, no podero constituir cursos de ps-graduao competitivos. Ncleo de Ps-Graduao
  • Slide 9
  • Curso de Doutorado em Biotecnologia Aprovado pela Capes em 2006, com nota 5
  • Slide 10
  • Biotecnologia em Agropecuria: Conservao e Multiplicao de Germoplasma; Gentica e Transgnese; Sanidade. Biotecnologia em Sade: Desenvolvimento de Agentes Profilticos, Teraputicos e Testes Diagnsticos. reas de Concentrao e Linhas de Pesquisa
  • Slide 11
  • Biotecnologia Industrial: Bioprocessos. Biotecnologia em Recursos Naturais: Bioprospeco, Biodiversidade e Conservao; Purificao, Caracterizao e Produo de Insumos Biotecnolgicos em Sistemas Heterlogos. reas de Concentrao e Linhas de Pesquisa
  • Slide 12
  • Aula inaugural da Turma 2006 Ministro Srgio Rezende: Ministro Srgio Rezende: A Poltica Nacional de Cincia, Tecnologia e Inovao Teresina, PI, 06/09/2006
  • Slide 13
  • Modelo Inovador de Ps-Graduao Consrcio de 36 instituies do NE e do Estado do Esprito Santo (Universidades e Institutos de Pesquisa).
  • Slide 14
  • Protocolo de Intenes (Instituies) Participao de Docentes em: Orientao de alunos; Disciplinas; Projetos de pesquisa. Utilizao da infra-estrutura de ensino e pesquisa.
  • Slide 15
  • Categorias de Instituies Nucleadoras (podem emitir diploma); Colaboradoras; Consorciadas (s infraestrutura).
  • Slide 16
  • Instituies Nucleadoras No trinio 2006-2009: Universidade Estadual do Cear; Universidade Federal do Cear; Universidade Estadual de Pernambuco; Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
  • Slide 17
  • Proposta para o trinio 2009-2012 ; Universidade Estadual do Cear; Universidade Federal do Cear; Universidade Federal de Pernambuco; Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Universidade Federal do Maranho (UFMA) ; Universidade Federal do Piau (UFPI); Universidade Federal da Paraba (UFPB); Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); Universidade Federal de Alagoas (UFAL); Universidade Federal de Sergipe (UFS); Universidade Federal da Bahia (UFBA); Universidade Federal do Esprito Santo (UFES).
  • Slide 18
  • Organizao Didtico-Administrativa
  • Slide 19
  • 10 Pontos Focais: MA - PI - CE - RN - PB - PE - AL - SE - BA ES Uma Coordenao Itinerante
  • Slide 20
  • Coordenao Trinio 2006-2009 - Reconduzida at 2012: Universidade Estadual do Cear Coordenador Geral: Prof. Dr. Jos Ferreira Nunes, UECE Vice-Coordenador Geral: Prof. Dr. Renato Azevedo Moreira, UNIFOR
  • Slide 21
  • Instalaes da RENORBIO no Cear
  • Slide 22
  • Colegiado Coordenador Geral; Vice-Coordenador Geral; Coordenador Executivo do RENORBIO; Representantes estaduais (n=9); Um representante de cada Cmara de rea de Concentrao (n=4); Representantes estudantis (n=2); Secretria Executiva (voz).
  • Slide 23
  • rgo Superior Deliberativo Colegiado do Programa rgos Executivos Coordenao Geral Coordenador; Vice-Coordenador; Secretria Executiva. Pontos Focais Um Representante Estadual; Um Suplente; Um Coordenador de cada rea de Concentrao.
  • Slide 24
  • Cmaras de rea de Concentrao Biotecnologia em Sade; Biotecnologia em Agropecuria; Biotecnologia Industrial; Biotecnologia em Recursos Naturais. Compostas pelos Coordenadores de cada rea de cada estado.
  • Slide 25
  • Comisso de Bolsa Vice-Coordenador; Representante Docente; Representante do Colegiado; Representante Discente; Secretria Executiva. Comisso de Seleo Coordenador; Um membro de cada rea de Concentrao; Secretria Executiva.
  • Slide 26
  • Comisso de Acompanhamento e Avaliao Especialistas no vinculados ao Programa (brasileiros e estrangeiros) com notria competncia; Visa instituir e disciplinar processo de acompanhamento e avaliao dos docentes.
  • Slide 27
  • Sistema de vdeo-conferncia (RNP) Sistema WEB de Gesto cadastro de professor e aluno; processo seletivo; oferta de disciplinas; matrcula on-line de alunos; programas de disciplinas; NAE; salas virtuais administrativas; Relatrios. Sistema de Gesto do NPG
  • Slide 28
  • Sistema de Gesto do RENORBIO Arquitetura WEB Docentes Gestores Alunos Projetos Resultados Informaes Gerenciais Pesquisa/Docncia Currculos (Lattes) Dados cadastrais Portflio de Competncias Produo Cientfica e Tecnolgica Portal Sociedade
  • Slide 29
  • Dados do Programa
  • Slide 30
  • Corpo Docente e Discente 208 Docentes 68% Bolsistas de Produtividade do CNPq 402 Alunos Matriculados; 155 Teses Defendidas; 15 Pesquisadores em Ps-Doutoramento; 2 Ps-doutores (IES). Infraestrutura Congrega mais de 200 laboratrios.
  • Slide 31
  • No. de Docentes e Discentes por Estado Estado No.Do- centes No.Dis- centes MA933 PI2031 CE55138 RN1925 PB813 Estado No.Do- centes No.Dis- centes PE3354 AL926 SE2039 BA1621 ES922
  • Slide 32
  • AgnciaQdadeAgnciaQdade CAPES - GERAL42FAPERN - RN2 CAPES - UFAL6FACEPE - PE14 CAPES - UFES4FAPEAL - AL2 CNPQ25FAPITEC - SE8 FAPEMA MA8FAPES - ES9 FAPEPI PI7 CAPES/FAPES/ FACITEC - ES1 CAPES emp5Reuni9 CAPES/FUNCAP10 UAB1 FUNCAP CE36FAPEAM1 CAPES/EMBRAPA2TOTAL183 Bolsas
  • Slide 33
  • Resultados Preliminares
  • Slide 34
  • Pontos Positivos de um programa em rede: 1.Evita disperso de recursos humanos; 2. Fortalece grupos de pesquisa:. Reduz custos com investimentos paralelos e redundantes;. Aumenta a produtividade acadmica e tcnica;. Amplia competividade em editais.
  • Slide 35
  • Publicao em Peridicos Qualis Perodo 2001-20052005-2010 A14443 A2167356 B1194417 B2297461 B3211387 B4282459 B52627 Total 12212150
  • Slide 36
  • Patentes Perodo No. Pedidos de Depsito Nacional No. Pedidos de Depsito Internacional No. Pedidos com Aluno No. Alunos Envolvidos 2002-20056 2 00 20068 2 41 200710 2 44 200814 2 43 200927 2 129 201032 2 1532 201137 2 2631 Total134 12 6580
  • Slide 37
  • Mais de 800 projetos (de professores e alunos) em desenvolvimento no mbito do PPGB-Renorbio; Professores mais competitivos em editais nacionais. 8 empresas criadas por alunos e professores; Quase todas as FAPs da regio atuantes; 7 mestrados e 2 graduaes em Biotecnologia criados nas instituies associadas; Impacto futuro Em 10 anos, haver 1000 doutores em biotecnologia atuando no mercado. Outros
  • Slide 38
  • Fundos Setoriais Sade, Agronegcios, Biotecnologia etc. MCT / FINEP / CNPq CAPES FAPs 84 projetos desde 2004 Enxoval tese Vdeo-Conferncia Sistema WEB de Gesto Gesto (reunies, deslocamentos, servios, etc.) bolsas Recursos
  • Slide 39
  • OBRIGADA! renorbio@prppg.ufrpe.br www.renorbio.org.br renorbio@renorbio.org.br