assembleia legisla tiva de r ondônia - ale ro ... nr. 202... · pdf file res e...

Click here to load reader

Post on 25-Jan-2019

220 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1 DE DEZEMBRO DE 2017N 202 3819Pg.9 LEGISLATURA

Dirio assinado digitalmente conforme Resoluo n 211 de 9/05/2012. O respectivo arquivo digitalcom certificao encontra-se no stio da Assembleia Legislativa de Rondnia http://www.al.ro.leg.br

D O - e - A L E / R O

PORTO VELHO-RO, SEXTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2017 ANO VIN 202

DO-e-ALE/RO

Dirio assinado digitalmente conforme Resoluo n 211 de 9/05/2012. O respectivo arquivo digitalcom certificao encontra-se no stio da Assembleia Legislativa de Rondnia http://www.al.ro.leg.br

MESA DIRETORA

Presidente: MAURO DE CARVALHO1 Vice-Presidente: EDSON MARTINS2 Vice-Presidente: EZEQUIEL JUNIOR

1 Secretrio: EURPEDES LEBRO2 Secretrio: ALEX REDANO3 Secretrio: DR. NEIDSON4 Secretaria: ROSNGELA DONADON

ASSEMBLEIA LEGISLAASSEMBLEIA LEGISLAASSEMBLEIA LEGISLAASSEMBLEIA LEGISLAASSEMBLEIA LEGISLATIVTIVTIVTIVTIVA DE RA DE RA DE RA DE RA DE RONDNIAONDNIAONDNIAONDNIAONDNIADIRIO OFICIALDIRIO OFICIALDIRIO OFICIALDIRIO OFICIALDIRIO OFICIAL ELETRNICOELETRNICOELETRNICOELETRNICOELETRNICO

SECRETARIA LEGISLATIVA

Secretaria Legislativa - Carlos Alberto Martins ManvailerDepartamento legislativo - Huziel Trajano DinizDiviso de Publicaes e Anais - Rbison Luz da Silva

DIRIO OFICIAL ELETRNICO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DERONDNIA, INSTITUDO PELA RESOLUO N 211/2012, COMO RGO

OFICIAL DE PUBLICAO DO PODER LEGISLATIVO ESTADUAL.

Rua Major Amarante, 390 - ArigolndiaCEP 76.801-911 Porto Velho-RO

S U M R I O

VDFDSDDSDDSDSDSDSDS

TAQUIGRAFIA ............................................................ CapaASSESSORIA DA MESA ............................................... 3849SUP. DE RECURSOS HUMANOS ................................... 3854

SUP. DE COMPRAS E LICITAES .............................. 3857

TAQUIGRAFIA

ATA DA 44 AUDINCIA PBLICA PARA DEBATERSOBRE OS CONSELHOS TUTELARES DO ESTADO DE

RONDNIA

Em 17 de novembro de 2017

Presidncia do Sr.LO MORAES - Deputado

(s 09 horas e 45 minutos aberta a Sesso)

O SR. LENILSON GUEDES (Mestre de Cerimnias) Senho-res e Senhores bom dia. A Assembleia Legislativa do Estado deRondnia, atendendo a Requerimento do Excelentssimo Se-nhor Deputado Lo Moraes, realiza Audincia Pblica objetivandodebater sobre os Conselhos Tutelares do Estado de Rondnia.Convidamos para compor Mesa, o Excelentssimo SenhorDeputado Lo Moraes; Excelentssimo Senhor Pastor EdsioFernandes, vereador da Cmara Municipal de Porto Velho;Senhora Rose Silva, representando a SEAS, Secretaria Esta-dual de Assistncia Social; Senhora Eliete Ferreira, Presidenteda Associao Estadual de Conselheiros Tutelares; SenhoraFrancisca Oliveira, Vice-Presidente da Associao de Conse-lheiros Tutelares de Porto Velho.

O SR. LO MORAES (Presidente) Invocando a proteo deDeus, ns iniciamos mais uma Audincia Pblica com a finali-

dade de discutir a realidade dos Conselheiros Tutelares doEstado de Rondnia, de forma muito especial em Porto Velhoe as alternativas para minimizar os problemas enfrentados. Atodos um bom dia.

O SR. LENILSON GUEDES (Mestre de Cerimnias) Convi-damos a todos para ouvirmos o Hino Cus de Rondnia, letrade Joaquim Arajo Lima e msica de Jos de Mello e Silva.

(Execuo do Hino Cus de Rondnia)

O SR. LENILSON GUEDES (Mestre de Cerimnias) - Podemsentar, muito obrigado. Registrar tambm a presena do Se-nhor Osmair dos Santos, representando a SEMED, SecretariaMunicipal de Educao e de uma forma geral, as senhoras eos senhores Conselheiros Tutelares.

O SR. LO MORAES (Presidente) Bem, mais uma vezgostaria de desejar um bom dia a todas as pessoas, os nossosConselheiros Tutelares, guerreiros, muitas vezes desbravado-res que so amparados pelo prprio Hino do Estado deRondnia, pelas dificuldades que enfrentam e pelas conquis-tas que so, graas a Deus, alcanadas no dia a dia do traba-lho de todos vocs. Ns no temos dvidas e at como formade reconhecimento realizamos esta Audincia Pblica paracolher informaes acerca das dificuldades enfrentadas, te-mos o interesse de ser propositivos, que tenhamos resoluoou qualquer tipo de suporte por parte deste Poder, para quevocs possam melhor atender a populao e resguardar asnossas crianas e nossos adolescentes que muitas vezes seencontra em vulnerabilidade social, em qualquer atrito com asociedade de forma geral. Conselheiro tutelar um vereadorsem um mandato, na verdade encontram os problemas maisflagrantes at mesmo do que os detentores de mandato noLegislativo, haja vista que vocs tambm so eleitos e queenfrentam muitas adversidades, porm, no tem o guarda-chuva de proteo atividade como ns assim possumos napoltica eletiva, seja como vereador, no legislativo mirim, sejaaqui na Assembleia Legislativa. Conselho Tutelar surgiu juntocom o Estatuto da Criana e do Adolescente, ns estamos

1 DE DEZEMBRO DE 2017N 202 3820Pg.9 LEGISLATURA

Dirio assinado digitalmente conforme Resoluo n 211 de 9/05/2012. O respectivo arquivo digitalcom certificao encontra-se no stio da Assembleia Legislativa de Rondnia http://www.al.ro.leg.br

D O - e - A L E / R O

prestes a ter mais um aniversrio da atividade do conselheirotutelar, por isso que se trata de Audincia Pblica mais tam-bm uma forma de congraar, de confraternizar e de home-nagear a todos vocs. Eu gostaria de registrar, agradecer, eparabenizar a atuao do vereador Edsio Fernandes, um amigoparticular que tenho, sei da sua rdua misso na Cmara Mu-nicipal, do trabalho que vem realizando e tenho certeza queainda vai gerar bons frutos para o nosso Estado de Rondnia.

Cumprimentar Eliete Ferreira, Presidente da AssociaoEstadual de Conselheiros Tutelares; Chiquinha, Vice-Presiden-te da Associao de Conselheiros Tutelares de Porto Velho e aSenhora Rose Silva, que representa a SEAS, Secretaria Esta-dual de Assistncia Social. Pois bem, ns vamos passar a pala-vra para os participantes da Mesa para que depois possamosouvir quem tiver interesse, bom deixar claro que AudinciaPblica tem essa finalidade, ns queremos ouvir as pessoas,ns queremos que fique registrado aqui na Casa do Povo, aquina Assembleia, que a nossa Taquigrafia possa consignar nosAnais desta Casa o que for falado e que ns possamos encami-nhar esse documento como termo de compromisso SEAS, etambm como encaminhamento a Secretaria Municipal hajavista que outro nvel de Governo. E conforme eu j falei emoutros momentos que a gente tambm possa colaborar de for-ma direta, j falei com a Marina, em outro momento, com oDigenes, falei com Ezielmo, a gente tambm quer o Enedilson,que a gente quer ajudar de alguma forma direta ao trabalhode vocs e ao final ns iremos anunciar.

Vou passar a palavra para a senhora Eliete Ferreira, Pre-sidente da Associao Estadual de Conselheiros Tutelares, porgentileza. A palavra esta franqueada senhora, se quiser usaraqui ou na tribuna como achar melhor.

A SRA. ELIETE FERREIRA Bom dia a todos, bom dia aoDeputado Lo Moraes, na pessoa do mesmo eu cumprimento onosso Vereador, um bom dia aos colegas Conselheiros tutela-res quero aqui parabenizar pelo seu dia que ser dia 18, que amanh, mas, aqui est se antecipando. Meus parabns, aAssociao parabeniza a todos por esse dia. Somos gratos porque apesar dos pesares, os Conselheiros tm trabalhado ardu-amente, com muitas dificuldades que ns sabemos e a Associ-ao est junto, ns estamos juntos para apoiar e sempre quepodemos estamos auxiliando com capacitaes, como j hou-ve, mas, ainda pouco. No s a capacitao que os conse-lheiros precisam, mais de condies, de estrutura para traba-lhar, que isso fundamental. Mas, fico muito feliz pelo Conse-lheiro ter o seu dia 18 de novembro. Fico triste no momentocomo este, poderamos ter bastantes pessoas ali para prestigiaresse dia, esse momento, em especial as pessoas com seu di-reito violado, as pessoas sejam com direito violado ou amea-ado em razo da conduta, em razo do estado, em razo dosresponsveis, seria bom, que pudessem estar ali pessoas parafalar um pouco do que foi realizado, do seu direito que foiviolado que foi cessado nesse dia para esclarecer mais sobre odia do Conselheiro Tutelar. Para ter mais conhecimento, termais divulgao desse dia, precisamos divulgar mais. Mas, aquieu deixo os meus parabns, que possamos aproveitar esse diapara colocarmos aqui as nossas ansiedades, um pouquinho, eparabns a todos.

O SR. LO MORAES (Presidente) A gente agradece aparticipao da Eliete, j passamos a palavra em ato contnuopara senhora Rose Silva, que representa a SEAS, a Secreta-ria Estadual de Assistncia Social e logo mais vamos ter quediscutir a respeito desta minirreforma administrativa para termuita tranquilidade, discernimento de modo que no atrapa-lhe as polticas pblicas voltadas para as atividades sociais donosso Estado de Rondnia, a gente est muito preocupadocom essa reforma e j nos colocamos, externamos a nossaopinio que no ser votado goela abaixo, de forma aodada,ao bel prazer do Estado e sim ao interesse da sociedade comoum todo. Por favor.

A SRA. ROSE SILVA Bom dia a todos. Eu quero cumpri-mentar o Deputado Lo Moraes e em nome dele quero cum-primentar o Vereador; a Eliete da Associao Estadual de Con-selheiros Tutelares, e tambm a nossa amiga Chiquinha,Francisca, Chiquinha para os amigos que est na vice-presi-dncia da Associao Municipal de Conselheiros Tutelares aquiem Porto Velho.

Eu estou extremamente feliz por essa oportunidade, poreste momento e estar representando a Secretaria de Estadoneste momento, eu sempre estou aqui como Associao, viuDeputado, sempre estou aqui como Associao Estadual e todoano a gente faz esse movimento, este ano ns tivemos umaantecipao do encontro, mas, enquanto SEAS, enquanto Es-tado, enquanto Coordenadoria da Criana e do Adolescenteonde ns estamos ali responsvel, ns queremos de coraoparabenizar vocs, a gente tem acompanhado de perto asmazelas que ac