as normas regulamentadoras, também chamadas de nr foram publicadas pelo ministério do trabalho...

Download As Normas Regulamentadoras, também chamadas de NR foram publicadas pelo Ministério do Trabalho através da Portaria 3.214/78 para estabelecer os requisitos

Post on 07-Apr-2016

238 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • As Normas Regulamentadoras, tambm chamadas de NR foram publicadas pelo Ministrio do Trabalho atravs da Portaria 3.214/78 para estabelecer os requisitos tcnicos e legais sobre os aspectos mnimos de Segurana e Sade Ocupacional. Atualmente existem 36 Normas Regulamentadoras. Lembramos que a elaborao e modificao das Normas um processo dinmico necessitando um acompanhamento, pois elas sofrem alteraes (www.mte.gov.br).NORMAS REGULAMENTADORAS

  • As NRS so elaboradas e modificadas por uma comisso tripartite composta por representantes do governo, empregadores e empregados. As NR so elaboradas e modificadas por meio de Portarias expedidas pelo MTE. Nada nas NR cai em desuso sem que exista uma Portaria identificando a modificao pretendida.COMO SURGE UMA NR?

  • Aspectos relevantes da NR-1:

    Estabelece as reas de competncia da Secretaria de Segurana e Sade do Trabalho SSST.Estabelece as reas de competncia da Delegacia Regional do Trabalho DRT.

    NR 01

  • Estabelece as responsabilidades do empregador:Cumprir e fazer cumprir os requisitos legais sobre Segurana e Sade do Trabalhador;Elaborar ordens de servio;Dar cincia aos trabalhadores sobre os riscos profissionais;NR 01

  • NR 01 Estabelece as responsabilidades do empregado:cumprir os requisitos legais sobre SST;cumprir as ordens de servio do empregador;usar o EPI fornecido pelo Empregador;Submeter-se aos exames mdicos previstos;colaborar com a empresa na aplicao das NRs.

  • NR 02Estabelece que todo estabelecimento novo de solicitar aprovao de suas instalaes ao rgo Regional do Ministrio do Trabalho.O rgo Regional realizar inspeo prvia e expedir o CAI Certificado de Aprovao de InstalaesA empresa poder encaminhar ao rgo do MTb. uma declarao de instalaes, conforme modelo anexo

  • NR 02Essa declarao poder ser aceita para fins de fiscalizao quando no for possvel a realizao da inspeo prviaA empresa dever comunicar e solicitar a aprovao do rgo do Ministrio do Trabalho. Sempre que ocorrerem mudanas substanciais nas instalaes e/ou equipamentos.

  • NR 03Situao em que pode ocorrer embargo ou interdio:A partir da constatao de situao de trabalho com risco grave e iminente ao trabalhador. Risco grave toda situao que cause acidente ou doena relacionada ao trabalho com leso graveO rgo responsvel, neste caso, dever exigir as providncias a serem adotadas para preveno de acidentes do trabalho e doenas profissionais

  • NR 03A interdio ou embargo poder ser requerido pelo Setor de Segurana e Medicina do Trabalho da Delegacia Regional do Trabalho, por agente de inspeo ou entidade sindical.Pode ser total ou parcialDurante a paralizao total os salrios dos empregados devem ser pagos normalmente.

  • NR 04Estabelece a obrigatoriedade da instituio do SESMT Servio Especializado em Engenharia de Segurana e Medicina do TrabalhoO dimensionamento do SESMT deve ser efetuado de acordo com a classificao do CNAE Classificao Nacional de Atividades Econmicas, baseada no grau de risco e no nmero de funcionrios da empresa

  • NR 04O SESMT dever ser registrado junto ao rgo regional do MTb.O SESMT dever manter suas atividades entrosadas com a CIPA, uma vez que possuem atividades complementares, devendo-se valer desta como elemento multiplicador.

  • NR 04Responsabilidade do SESMT:Aplicar os conhecimentos de seus integrantes para reduo e/ou eliminao de riscos ao trabalhadorDeterminar o uso de EPI adequados, quando as medidas de engenharia no forem suficientes e quando as concentraes do ambiente de trabalho assim o exigiremColaborar em projetos

  • NR 04Responsabilizar-se pelo cumprimento das NRsManter entrosamento com a CIPAPromover atividades de conscientizao, educao e orientao dos trabalhadoresEsclarecer e conscientizar os funcionrios sobre acidentes e doenas do trabalho

  • NR 04Analisar e registrar acidentes, com ou sem vtimas, bem como doenas ocupacionaisRegistrar mensalmente os dados sobre acidentes, doenas ocupacionais e agentes de insalubridade, enviando mapa anual ao rgo regional do trabalhoManter estes registros por um perodo mnimo de cinco anosEstender suas atividades s contratadas

  • NR 044.2.1 -Para fins de dimensionamento, os canteiros de obras e as frentes de trabalho com menos de 1 (um) mil empregados e situados no mesmo estado, territrio ou Distrito Federal no sero considerados como estabelecimentos, mas como integrantes da empresa de engenharia principal responsvel, a quem caber organizar os Servios Especializados em Engenharia de Segurana e em Medicina do Trabalho.

  • NR 044.2.1.1 - Neste caso, os engenheiros de segurana do trabalho, os mdicos do trabalho e os enfermeiros do trabalho podero ficar centralizados.

    4.2.1.2 Para os tcnicos de segurana do trabalho e auxiliares de enfermagem do trabalho, o dimensionamento ser feito por canteiro de obra ou frente de trabalho, conforme o Quadro II, anexo.

  • NR 044.2.2 -As empresas que possuam mais de 50% (cinqenta por cento) de seus empregados em estabelecimentos ou setor com atividade cuja gradao de risco seja de grau superior ao da atividade principal devero dimensionar os Servios Especializados em Engenharia de Segurana e em Medicina do Trabalho, em funo do maior grau de risco, obedecido o disposto no Quadro II desta NR.

  • NR 044.2.3 - A empresa poder constituir Servio Especializado em Engenharia de Segurana e em Medicina do Trabalho centralizado para atender a um conjunto de estabelecimentos pertencentes a ela, desde que a distncia a ser percorrida entre aquele em que se situa o servio e cada um dos demais no ultrapasse a 5.000 (cinco mil metros), dimensionando-o em funo do total de empregados e do risco, de acordo com o Quadro II, anexo, e o subitem 4.2.2.

  • NR 044.2.4 Havendo, na empresa, estabelecimento(s) que se enquadre(m) no Quadro II, desta NR, e outro(s) que no se enquadre(m), a assistncia a este(s) ser feita pelos servios especializados daquele(s), dimensionados conforme os subitens 4.2.5.1 e 4.2.5.2 e desde que localizados no mesmo Estado, Territrio ou Distrito Federal.

  • NR 044.2.5 Havendo, na mesma empresa, apenas estabelecimentos que, isoladamente, no se enquadrem no Quadro II, anexo, o cumprimento desta NR ser feito atravs de Servios Especializados em Engenharia de Segurana e em Medicina do Trabalho centralizados em cada estado, territrio ou Distrito Federal, desde que o total de empregados dos estabelecimentos no estado, territrio ou Distrito Federal alcance os limites previstos no Quadro II, anexo, aplicado o disposto no subitem 4.2.2.

  • NR 044.2.5.1 Para as empresas enquadradas no grau de risco 1 o dimensionamento dos servios referidos no subitem 4.2.5 obedecer ao Quadro II, anexo, considerando-se como nmero de empregados o somatrio dos empregados existentes no estabelecimento que possua o maior nmero e a mdia aritmtica do nmero de empregados dos demais estabelecimentos, devendo todos os profissionais integrantes dos Servios Especializados em Engenharia de Segurana e em Medicina do Trabalho, assim constitudos, cumprirem tempo integral.

  • NR 044.2.5.2 Para as empresas enquadradas nos graus de risco 2, 3 e 4, o dimensionamento dos servios referidos no subitem 4.2.5 obedecer o Quadro II, anexo, considerando-se como nmero de empregados o somatrio dos empregados de todos os estabelecimentos.