AS MÃOS DESPERCEBIDAS As Mãos que Renovam as Nossas ?· AS MÃOS DESPERCEBIDAS Lição 8 – As Mãos…

Download AS MÃOS DESPERCEBIDAS As Mãos que Renovam as Nossas ?· AS MÃOS DESPERCEBIDAS Lição 8 – As Mãos…

Post on 05-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

AS MOS DESPERCEBIDAS

Lio 8 As Mos que Renovam as Nossas Foras

ABERTURA: A. Voc j pensou em desistir de uma tarefa por estar cansado,

fraco ou desanimado? Explique. B. Como voc se sente quando vai ao banco e tem que esperar? Explique. C. Voc j pensou alguma vez que parece que Deus no est te ouvindo? Explique.

EXAMINANDO AS ESCRITURAS: Isaas 40.25-31

A. Porque Deus fez estas perguntas ao Seu povo? (v.25) B. Qual a nfase dada na pergunta: Quem criou tudo isso? (v.26) C. Porque o povo estava questionando a vontade de Deus em suas vidas? (v. 27) D. Porque precisamos renovar nossa viso do poder, fora e sabedoria de Deus antes de

question-lo? (v.28) E. O que voc tira de proveito para sua vida nos vs.29-30? F. Que palavras indicam o que o Senhor capaz de fazer por Seu povo? (vs. 28,29,31) G. De acordo com o versculo 31, o que os israelitas precisavam fazer para receber essas

bnos? APLICAES PARA A NOSSA VIDA:

A. Quando nos sentimos derrotados ou desanimados, por que tendemos a questionar o poder de Deus?

B. Neste momento, em sua vida, de que tipo de ajuda de Deus voc precisa para correr e no se cansar?

C. De que maneira meditar na criao de Deus pode renovar nossa fora? D. Qual lio principal deste texto voc quer aplicar em sua vida?

PONTO: Os que esperam no Senhor renovam suas foras voam alto como guias; correm e no se cansam (Is 40.31), pois colocam sua esperana no poder que est em Cristo Jesus.

05 Junho 2016

Uma Grande Famlia em Cristo, Comprometida a Viver para Deus, Valorizar Um ao Outro e Vencer Curitiba e o Mundo para Cristo!

Libertos do Querer Mateus 5.1-3

Na priso do querer, eles querem alguma coisa. Querem algo maior. Mais bonito. Mais rpido. Eles querem... Eles no querem muito. Querem apenas uma coisa.

A GRANDE BUSCA A felicidade tem sido, desde tempos memorveis, a grande busca da humanidade. Queiramos ou no, tudo o que fazemos, em todos os mbitos da nossa vida, visamos a felicidade. O Sermo do Monte exatamente uma proposta de vida feliz, de bem-aventurana, de felicidade. Jesus est ofe-recendo bno e felicidade com base em um modo de vida, um ideal de justia e um padro que envolve abnegao.

A VONTADE DE DEUS Deus em nosso meio quer que sejamos abenoados. Ele nos concede princpios por meio dos quais podemos ser. Portanto, precisamos aprender a andar na estrada da hu-mildade para conseguirmos a felicidade prometida. Mateus 11.28-30 Vinde a mim todos os que estais cansados sob o peso do vosso fardo e vos darei descanso. Tomai sobre vs o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de corao, e encontrareis descanso para vossas almas, pois meu jugo suave e meu fardo leve.

Humildade de esprito algum sem auto-suficincia.

... Se a sua felicidade vem de algo que voc deposita, dirige, bebe ou digere Se voc se sente melhor quando tem mais, e pior, quando tem menos, encare os fatos voc esta na priso do querer.

DESAFIO DA SEMANA:

Mateus 6.33 Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justia, e todas essas coisas lhes sero acrescentadas.

Campo de Crescimento

Cristo - C.C.C.

Mdulo 2

Minha Maturidade

5, 12, 19 e 26 de Junho

11 de Junho, s 19h

Jantar Especial no prdio da Igreja

Investimento: R$ 70,00

Reserve j seus convites c/ Mauricio e Isabel Bini

Noite dos Namorados 10 Anos

tempo de rar

Igreja (por sade)

Joo Assis - tratamento de Cncer;

Osni - fibrose pulmonar;

Ieda - tratamento;

Dona Elenita - sade;

Daniel Bittencourt - ansiedade;

Dona Rosi - alergias;

Marisa - sade;

Zenir - sade.

Meire (Jos e Vani) sade - Maring;

Dbora - depresso e moradia;

Licia Almeida - Tratamento;

Sonia Ceolin - Viso.

Amigos e Parentes (vida espiritual)

Bela - vcio, Rafael - formatura (famlia D. Elenita);

Sidnei (Campinas) - relacionamento conjugal;

Leidyane e Jean (So Mateus do Sul) - Problemas no Casamento;

Famlia de Paula (irm de Neide);

Maria Conclia - tribulaes;

Sergio Assuno e famlia; Iara, Jociane, Renato e Adriana Sampaio,

Adriano Savoleli.

Amigos e Parentes (por sade)

Dolores (me de Ruy) - Alzheimer, diabetes e dores;

Antonio Simes (tio de Ruy) - recuperao;

Suzana (filha de Cristina Souza) - tratamento de cncer;

Eidi (tia de Clerverton) - transplante de fgado;

Adelina Souza (av de Luan) - cncer no pulmo

Dirceu (irmo de Marco Teodoro) - tratamento;

Mario Ribeiro (irmo de Rogrio) - cncer;

Claudio (vizinho de Mauro);

Luiza (amiga de Cris) - lcera nos ps;

Marcela (So Mateus do Sul) - dores;

Pai de Elisa Sottomaior (procedimento mdico);

Thereza Bley Franco (me de amiga Lcio);

Dalva Dormiguieri - internada;

Lurdinha, Janaina, Waleska, Ana Andrade, Daiane Rosa, Viviane Alves e Alexsander, Rosane Burodiack (Guarapuava);

Antonio Reis, Anderson Reis, Lucio Mauro, Juliana, Isabelle;

Rosane, Lucas, Evelin, Samuca, Maria Aparecida, Adriana, Geiser, Lais, Floresvaldo e Terezinha;

Orem pelas misses em So Mateus do Sul,

Maring e pelas igrejas nestas cidades!

Orao de Confiana Salmo 3.3-5

...Tu, Senhor, s o escudo que me protege; s a minha glria e me fazes andar de cabea erguida. Ao Senhor

clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me responde. Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque o Senhor

que me sustm.

www.igrejadecristo-curitiba.org.br

Aproveitando as Provaes

Tiago 1.2-8 - Muitas pessoas veem as dificuldades como ocasies para se queixa-rem e resmungarem. No contentes com sentir pena de si mesmas, frequentemente procuram despertar a piedade de outros. A vida no justa, eles nos lembraro, para justi-ficar o seu pessimismo. Tiago nos leva a vermos tais provaes de modo diferente. Ele diz: considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provaes... (v, 2). Certamente a vida tem sua parcela de tempos duros, porm neste texto aprende-mos como devemos olhar para esses dias. Com o corao alegre, pois fato, os tempos difceis passaro.

Aplicao: Deus sabe o que melhor para ns. Simplesmente creia!

12 Junho

(Domingo)

2 Reis 5-6

Provrbios 13

Tiago 4-5

11 Junho

(Sbado)

2 Reis 3-4

Provrbios 12

Tiago 2-3

10 Junho (Sexta)

2 Reis 1-2

Provrbios 11

Tiago 1

08 Junho

(Quarta)

1 Reis 19-20

Provrbios 9

Hebreus 12

07 Junho (Tera)

1 Reis 17-18

Provrbios 8

Hebreus 11

06 Junho

(Segunda)

1 Reis 15-16

Provrbios 7

Hebreus 9-10

09 Junho

(Quinta)

1 Reis 21-22

Provrbios 10

Hebreus 13

Obrigado!

Marisa Freitas agradece a grande ajuda das irms e irmos que vieram limpar o auditrio

semana passada, aps tantos eventos: Cris, Elizete, Vanessa, Lu, Gisele e Pedrinho.

R. Almirante Gonalves, 1644 - Rebouas

80230-060 - Curitiba - PR (41) 3332-7498

Escola Dominical - 09h15 Culto - 10h30

idcristo@terra.com.br