as ideias sao como bebes

Download As ideias sao como bebes

Post on 15-Jun-2015

199 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. AS IDEIAS SO COMO BEBSPrecisam de um obstetraquando esto para nascer.

2. NASCEM DE UM CASALdo copy e do director de arteO director de arte deixa uma semente no copy (ou vice-versa) 3. - LOREM IPSUM.- SUPER.A dupla discutee da discusso aparece um embrio. 4. FECUNDOU? DEIXA VER.A ideia comea a tomar forma.Com uma frase ou um visual, a dupla apontavrias ideias num papel.Quando a ideia tem cabea, tronco emembros, chega o momento de mostrar aodirector criativo. 5. A PRIMEIRAECOGRAFIA A dupla mostra esboos de vrias ideias. O director criativo v qual delas tem pernas para andar. 6. SO GMEOS!s vezes, o director criativo v mais que uma ideia na ecografia. preciso aliment-las para ver qual fica mais forte. 7. SOCORRO!Outras vezes, o director criativo vgenes de campeo num embrio enfezado.Com alguma reabilitao,ideias que pareciam acanhadastransformam-se em ideias fortes. 8. A GRAVIDEZHISTRICAPode acontecer que a ecografia nomostre nada.Em vez de ideias,a dupla ainda s tem intenes. preciso continuara pensar para procriar. 9. UMA MENINA!Mas o mais comum os embries sarem da ecografiaj em forma de ideia.Com cabea, braos e pernas (e algum msculo). 10. NO ATIREM PEDRAS AOBEBO tempo curtona maternidade da publicidade.Por isso, as ideias somostradas aos accountse aos planners como vm aomundo:nuas, pequenitas, sujase engelhadas. 11. ACREDITEM. VAI PARAR OQuando apresenta as ideias dentro da agncia, o director criativo defende osTRNSITO. das pedradas, faz um quadro clnico optimistabebs como seus. Protege-ose mostra a todos o potencial da ideia. 12. AS VACINAS Mas dentro da agncia, nem todas as pedras que atiram s ideias so para matar. Algumas so veneno til que refora o sistema imunitrio.No meio das pedras, se o director criativov uma vacina, deixa-a passar.O beb apanha-a e mastiga-a,cresce e fica mais forte. 13. AS IDEIAS PRECISAM DE MIMOS Depois de aprovada por todos na agncia, a ideia penteada e perfumada, d os primeiros passos e comea a fazer gracinhas.Aparecemas primeirasmaquetes.Accountsembevecidosolham para oslayouts e soltamgargalhadasquando os pais daideia lhes contam ofilme. 14. O director de arte escolhe a roupa da ideiae faz-lhe um layout. O copy d-lhe voz e umtom, escreve-lhe graas e d-lhe esprito.O director criativoagora o pediatra,orienta as escolhasda criao. Quando chega ao percentil certo, a ideia est pronta para sair da maternidade.LETS DO ITE comeam os perigos. 15. Chegou o dia da apresentao. A ideia veste roupas bonitas e cheira a perfume. Na reunio com o cliente, faz gracinhas pela mo do director criativo. Na mesa comprida h croissants.Nofim acaba tudo de parabns.Ou no.LADIES AND GENTLEMEN 16. O CLIENTE NO GOSTOUAlgumas ideias morrem aqui.A epidemia mais frequente o critrio do cliente.O director criativo chora a morte da ideia como se elafosse sua. Mas acorda no dia seguinte a saber que hmais ideias de onde esta veio (to boas ou melhores). 17. O CLIENTE APROVOUMuitos bebs recebema beno do cliente.Mash sempre um MAS.Este MAS umaabreviatura paraMinas Superfcie.MAS preciso fazer algumas alteraes. MAS tem que estar pronto para a semana.MAS custa 3 vezes mais do que o nosso oramento. 18. CABUM!H minas que explodeme deixam a ideia irreconhecvel. Afinal, o realizador queria fazer o filme dele e no o nosso. Era para ficar parecido com a campanha da Nike, s que tivemos que fazer tudo numa semana. Era uma boa histria para contarnum minuto mas afinal s temos 20 mais 10 de packshot. S temos que alterar uma frase. a frase de conceito que fecha todas as peas. Mas s uma frase. 19. ER... FIQUEI ASSIM?O director criativo detecta as minase desarma-as como pode.Mesmo assim, muitas ideias ficam coxase desfiguradas e perdem os lindos olhosazuis que nos tinham feito reparar nelasno incio. 20. JOVEM PROCURA COMPANHEIRO A produo a adolescncia. A ideia j tem idade para namorar.As alteraes do cliente O director criativoso a infncia da ideia. procura realizadores e fotgrafos e tentaO director criativo que o namoro resulted-lhe a mo e evita num bom casamento.que ela v por mauscaminhos. 21. TODOS QUEREMO BEB DO ANO(mas poucos querem mudar fraldas) 22. DC, O PROFISSIONAL DODOT Pelo caminho, nem tudo so minas. s vezes s uma fralda com coc que cheira mal e ningum sabe por onde pegar.O director criativo tem kms defraldas mudadas no currculo.Limpa coc atrs de cocsem dar pelo cheiro. 23. TCHARAN! A IDEIA SAI RUARecebeu a bno do director criativo, do contacto,do planeamento estratgico, da agncia de meios, dos estudos de mercado,do cliente, da administrao, da secretria da administraoe das esposas da administrao.Atravessou campos de minassem perder braos nem pernas.Usou fraldas at comear a cheirara perfume.Namorou com fotgrafos e realizadores.E sobreviveu.Agora caminha na rua, bonitae tem personalidade. 24. Ser que algum vai reparar nela? 25. O que um director criativo?Outubro 2011 @ INPSusana Albuquerquedesenhosda Ana Magalhes