arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação

Click here to load reader

Post on 12-Apr-2017

48 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Pintura Rupestre X Arte Mural X Grafite X Pichao X Representaes Contemporneas X Outdoors

  • Paleoltico ou Neoltico?

  • Pintura Rupestre(do latim rupes, rocha)

    Pintura rupestre proveniente da sala dos Touros, na caverna de Lascux, na regio de Dordogne, na Frana.

  • Paleoltico

    So do Paleoltico as primeiras manifestaes artsticas de que se tem registro. Como as pinturas encontradas nas cavernas de Chauvet e Lascaux, na Frana, e de Altamira, na Espanha;

    As primeiras imagens eram muito simples. Consistiam em traos feitos nas paredes das cavernas, ou nas mos em negativo. Somente muito tempo depois de dominar a tcnica das mos em negativo que o ser humano da pr-histria comeou a desenhar e a pintar animais.

    A colorao era obtida a partir de um p colorido feito da triturao de rochas. Depois por um canudo ele soprava esse p sobre a mo encostada na parede da caverna. Assim, ele obtinha uma silhueta da mo.

  • Mo em negativo: pintura rupestre.

  • A principal caracterstica dos desenhos e pinturas do perodo era o naturalismo, o artista do Paleoltico representava os seres do modo como os via de determinada perspectiva, isto , os reproduzia da forma tal qual sua viso capturava.

    Uma da explicaes dadas para esse tipo de pintura que seriam obras de caadores, como parte de ritual de magia. O pintor-caador acreditaria que aprisionando a imagem do animal ele teria poder sobre ele.

    A imagens so carregadas de traos fortes que expressam a idia de vigor;

    Eram utilizados tambm nessas pinturas: xidos minerais, ossos carbonizados, carvo, vegetais e sangue de animais. Os elementos slidos eram esmagados e dissolvidos na gordura de animais.

  • Neoltico

    No Neoltico o poder de observao deu lugar atividade mental e reflexiva;

    Como conseqncia, o estilo naturalista foi substitudo por um estilo mais simples e geomtrico. Com figuras que mais sugerem do que reproduzem seres;

    As pinturas do Neoltico em vez de uma representao que buscava imitar a natureza, as formas so apenas sugeridas;

    O tema das imagens tambm mudou durante esse perodo. O ser humano passou a ser representados em suas atividades cotidianas e coletivas;

    Algumas imagens sugerem movimento;

  • Arte MuralMuralismo, pintura mural ou parietal a pintura executada sobre uma parede, quer diretamente na sua superfcie, como num afresco, quer num painel montado numa exposio permanente. Ela est profundamente vinculada arquitetura, podendo explorar o carter plano de uma parede ou criar o efeito de uma nova rea de espao.

    A tcnica de uso mais generalizado a do afresco, que consiste na aplicao de pigmentos de cores diferentes, diludos em gua, sobre argamassa ainda mida.

    O muralismo foi cultivado nas civilizaes grega e romana, embora destes tenham restado poucos exemplares, entre os quais se destacam os encontrados nas runas de Pompia e Herculano. A tcnica tambm foi muito empregada na ndia nos murais das cavernas de Ajanta, e na China da dinastia Ming.

  • A ltima Ceiac.1495, Santa Maria delle Garazie, Milo.

  • No sculo XX, a pintura mural ressurgiu, com todo vigor, em trs fases principais: um gnero mais expressionista e abstrato que surgiu a partir de grupos cubistas e fauvistas, em Paris, e se manifestou nos trabalhos de Picasso, Matisse, Lger, Mir e Chagall; outro que se manifestou a partir do movimento revolucionrio mexicano; e um movimento mural de curta durao, na dcada de 1930, nos Estados Unidos.

    No Mxico, a tradio milenar da pintura mural, tambm praticada por algumas culturas pr-colombianas, ressurgiu nas primeiras dcadas do sculo XX, coincidindo com o movimento revolucionrio. Os artistas da poca viram no muralismo o melhor caminho para plasmar suas idias sobre uma arte nacional popular e engajada.

  • Pintura em Catacumbas

  • Mural egpcio

  • Guernica - 1937.Em 26 de abril de 1937, durante a Guerra Civil espanhola, a aviao alem, por ordem do generalssimo Francisco Franco, bombardeou o povoado basco de Guernica. Poucas semanas depois Picasso comeou a pintar o enorme mural conhecido como Guernica, em que conseguiu um esmagador impacto como retrato-denncia dos horrores da guerra

  • Muralismo mexicano

    A tradio milenar da pintura mural, tambm praticada por algumas culturas pr-colombianas, ressurgiu nas primeiras dcadas do sculo XX no Mxico, coincidente com um movimento revolucionrio. Os artistas da poca viram no muralismo o melhor caminho para plasmar suas idias sobre uma arte nacional popular e engajada.

    Como manifestao genuinamente nacional, o muralismo mexicano conseguiu produzir profundo impacto no panorama pictrico mundial.

    Trata-se de uma arte monumental e poltica, elaborada por artistas

    combativos, e aberta a todo o povo. Seus cultores pretendiam tambm revalorizar a cultura pr-hispnica.

  • Na mesma poca regressava ao Mxico Diego Rivera, que tivera contato direto com a vanguarda artstica europia e se impressionara profundamente com os afrescos renascentistas italianos.

    A situao poltica do Mxico e seu acervo histrico pr-colombiano e colonial inspiraram a temtica da maioria dos murais. Na maior parte das composies estavam representados indgenas, conquistadores espanhis, camponeses, operrios, polticos e revolucionrios.

    A obra de Rivera, o mais conhecido internacionalmente, tem como temas mais freqentes o indigenismo, a industrializao e a histria do Mxico.

  • Keith Haring

    Foi um artista grfico e ativista estadunidense. Seu trabalho reflete a cultura nova-iorquina dos anos 1980.

    Nascido no estado de Pensilvnia, cedo mostrou interesse pelas artes plsticas. De 1976 at 1978 estudou design grfico numa escola de arte em Pittsburgh. Antes de acabar o curso, transfere-se para Nova Iorque, onde seria grandemente influenciado pelos graffitis, inscrevendo-se na School of Visual Arts.

    Homossexual assumido, o seu trabalho reflete tambm um conjunto de temas homo-erticos.

    Pintou diversos murais pelo mundo - de Sydney a Amsterd e mesmo no Muro de Berlim.

  • Os Gmeos Otvio e Gustavo Pandolfo

    So uma dupla de irmos gmeos idnticos grafiteiros de So Paulo, nascidos em 1974.

    Formados em desenho de comunicao. Comearam a pintar grafites em 1987 e gradualmente tornaram-se uma das influncias mais importantes na cena local, ajudando a definir um estilo brasileiro de grafite.

    Os trabalhos da dupla esto presentes em diferentes cidades dos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Grcia, Cuba, entre outros pases. Os temas vo de retratos de famlia crtica social e poltica; o estilo formou-se tanto pelo hip hop tradicional como pela pichao.

    Em 22 de maio de 2008, executaram a pintura da fachada da Tate Modern, de Londres, para a exposio Street Art, juntamente com o grafiteiro brasileiro Nunca, o grupo Faile, de Nova York; JR, de Paris; Blu, da Itlia; e Sixeart, de Barcelona.

  • Fachada da Galeria Fortes Vilaa (SP) trabalhada pelosgrafiteiros "Os Gmeos" com sua marca registrada;a dupla teve suas obras expostas no local em 2006

  • Castelo na Esccia

  • Castelo Esccia

  • Apesar de passar a fazer parte dos ambientes oficiais das artes plsticas contemporneas, o grafite ainda mantm-se como uma arte de rua e transgressora. E continua a ser uma das formas mais acessveis dos jovens expressarem-se artstica e politicamente e, principalmente, de marcarem sua presena na imensa e diversificada paisagem urbana.

  • Gentileza- Maria MonteApagaram tudoPintaram tudo de cinzaA palavra no muro ficou coberta de tinta

    Apagaram tudoPintaram tudo de cinzaS ficou no muro tristeza e tinta fresca

    Ns que passamos apressadosPelas ruas da cidadeMerecemos ler as letras e as palavras de gentileza

    Por isso eu pergunto a voc no mundoSe mais inteligente o livro ou a sabedoria

    O mundo uma escolaA vida um circoAmor palavra que libertaJ dizia um profeta

  • Doria e as pichaes

  • Doria manda apagar grafites dos Arcos do Jnio e da av. 23 de Maio28

    Se preferirem continuar pichando a cidade, tero o rigor da lei. tolerncia zero Segundo a Lei de CrimesAmbientais,a pena prevista para quem pichar um monumento urbano varia de trs meses a um ano, alm de multa. Apesar de reconhecer "grafiteiros e muralistas" como artistas, Doria afirmou que vai limitar as obras espalhadas pela 23 de Maio. "Os grafites sero mantidos em oito espaos j definidos previamente pela Secr

    https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/01/14/sp-doria-manda-apagar-grafites-dos-arcos-do-janio-e-da-av-23-de-maio.htmetaria de Cultura....

  • Banksy

    notrio artista de rua ingls, cujos trabalhos em stencil so facilmente encontrados nas ruas de Londres.

    Sua identidade incerta, no costuma dar entrevistas e fez da contraveno uma constante em seu trabalho, sempre provocativo.

    Suas obras so carregadas de contedo social expondo claramente uma total averso aos conceitos de autoridade e poder. Em telas e murais faz suas crticas, normalmente sociais, mas tambm comportamentais e polticas, de forma agressiva e sarcstica, provocando em seus observadores, quase sempre, uma sensao de concordncia e de identidade. Apesar de no fazer caricaturas ou obras humorsticas, no raro, a primeira reao de um observador frente a uma de suas obras ser o riso. Espontneo, involuntrio e sincero, assim como suas obras.

  • Foto de um billboard (outdoor) com a propaganda de um creme dental. A pea publicitria explora o humor para chamar a ateno do consumidor, mostrando a foto de um homem arrancando as barras de ferro do prprio outdoor.

  • Esse o material criado pelos artistas Leonardo Delafuente e Anderson Augusto, aqui mesmo do Brasil com o objet