apresentação1 geopolitica

of 16 /16
1 - Características gerais: Área reduzida (pouco maior que SP). Várias religiões (cristãos ortodoxos – sérvios e macedônios; católicos – eslovenos e croatas; muçulmanos – bósnios). Várias culturas (alfabetos cirílico – sérvios, e latino – croatas). Várias nacionalidades (a maioria de origem eslava). Várias línguas (servo-croata, esloveno, macedônio). Antiga Iugoslávia (1919 – 1991)

Upload: je1981

Post on 15-Apr-2017

191 views

Category:

Education


0 download

TRANSCRIPT

1 - Características gerais: Área reduzida (pouco maior que

SP).

Várias religiões (cristãos ortodoxos – sérvios e macedônios; católicos – eslovenos e croatas; muçulmanos – bósnios).

Várias culturas (alfabetos cirílico – sérvios, e latino – croatas).

• Várias nacionalidades (a maioria de origem eslava).• Várias línguas (servo-croata, esloveno, macedônio).

Antiga Iugoslávia (1919 – 1991)

POPULAÇÃO IUGOSLAVA (dados de 1991):GRUPO PERCENTUAL DA POPULAÇÃO DO PAÍS

Sérvios 36Croatas 20Muçulmanos 12Albaneses 8Eslovenos 8Macedônios 6Montenegrinos 3Húngaros 2Outros 5

DISTRIBUIÇÃO TERRITORIAL

DAS NACIONALIDAD

ES:

2 - A II Guerra Mundial: 1941: Invasão alemã.

Apoio de croatas (etnia rival dos sérvios) – Ante Pavelich.

Resistência: Nacionalistas sérvios leais ao Rei

Pedro II (Draha Mihailovic). PCI - guerrilheiros do

partido Comunista (partisans) – Josip Broz (Tito).• Luta contra os nazistas confere o controle da totalidade do país aos

comunistas, contra a vontade da URSS.

3 - O regime de Tito (1945 – 1980): Alinhamento inicial com URSS. Stálin não auxilia na reconstrução da

Iugoslávia. Tito volta-se para o Ocidente mantendo o

regime comunista. 1948: Rompimento com a URSS.

• Partido Comunista Iugoslavo é rebatizado de LIGA COMUNISTA (para se diferenciar da URSS).

• Politicamente: partido único aos moldes stalinistas.

Federação de 6 Repúblicas: Eslovênia. Croácia. Bósnia. Sérvia (com as regiões

autônomas de Kosovo e Voivodina).

Montenegro. Macedônia.• Direitos e deveres iguais para cada uma das Repúblicas.

• Respeito a tradições e culturas diferentes (língua, alfabeto, religião).

Voivódina

Organismos estatais: participação de todas as nacionalidades.

1969: Criação da nacionalidade de muçulmanos bósnios (eslavos, de origem sérvia ou croata mas que recusavam tal nacionalidade por fatores religiosos).

• Objetivo: diminuir rivalidades étnico-religiosas.

• Engajamento de Tito no bloco dos “Não Alinhados”.

Nasser (EGT)

Tito (IUG)

Nehru (ÍND)

Movimento dos “Não Alinhados”

Economia – Socialismo de Mercado: Contatos comerciais com o Ocidente. Propriedade privada rural permitida. Empréstimos junto a organismos financeiros

internacionais. Indústrias estatais. Autogestão industrial: operários e burocratas

debatiam metas de cada setor. Final dos anos 60: início de crise econômica. Planificação estatal incompatível com modelo

capitalista. Busca pelo aumento da produtividade e redução de

custos (para atrair mercado ocidental).

Pequena propriedade no setor de serviços (restaurantes, hotéis...).

Desemprego. Emigração a países do bloco ocidental. Remessa de dólares por parte de emigrados (nova

fonte de renda). Investimentos estatais em setores sociais (saúde,

educação, transportes).

Endividamento externo.

ANO DÍVIDA (em dólares)

1964 400 milhões

1971 2,7 bilhões

1989 21 bilhões

• Recursos de Repúblicas mais ricas (Eslovênia e Croácia) destinados a áreas mais pobres (Sérvia e acima de tudo Kosovo).

A crise dos anos 80: Corte de subsídios estatais para

honrar compromissos externos. Aumento do desemprego. Queda na qualidade de serviços

públicos. Descontentamento de províncias

mais ricas para financiar as mais pobres.

Movimentos nacionalistas separatistas após a morte de Tito (1980).

Morte de Tito (1980): prenúncio do fim.

4 - A guerra civil (anos 90):

Tem início uma guerra civil. Maior intensidade na Croácia. 1992: Bósnia-Herzegovina torna-se independente. 1992: Nova Iugoslávia surge apenas com Sérvia e

Montenegro. Guerra civil toma conta da Bósnia (abr/92 – dez/95). Bósnios X Sérvios X Croatas

• 1990: Eleição de Slobodan Milosevic na Sérvia.

• 1991: Macedônia, Croácia e Eslovênia tornam-se independentes.

Intervenções de forças da OTAN e da ONU em 1995.

1995: Acordo de Dayton (ou Tratado de Paris): pacificação da Bósnia. Manutenção de

fronteiras da Bósnia. Governo de coalizão

entre bósnios, sérvios e croatas.

ACORDO DE DAYTON

A GUERRA DA BÓSNIA: DESTRUIÇÃO E LIMPEZA ÉTNICA

1998: Movimento separatista de Kosovo.

1999: Nova guerra civil: ELK (Exército de Libertação do

Kosovo) X Iugoslávia (Sérvia e Montenegro).

Intervenção da OTAN (1999). Após 78 dias de bombardeios contra

a Sérvia, esta recua. ONU instala governo provisório. Independência efetiva do Kosovo

ainda não é obtida.

A GUERRA DO KOSOVO: UMA NOVA BÓSNIA?

2000: Afastamento de Slobodan Milosevic.

Assume Vojislav Kostunica. 2001: Slobodan Milosevic é extraditado

para julgamento no Tribunal Internacional de Haia (HOL) e morre em 2006.

2006: Sérvia e Montenegro oficializam separação.

Slobodan Milosevic no Tribunal de Haia (HOL)