apresentação solda bioquímica

Download Apresentação solda bioquímica

Post on 12-Apr-2017

453 views

Category:

Engineering

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ADESIVOS QUMICOSProcesso de Fabricao III

  • PROCESSO UNIO DE MATERIAIS. Idade Mdia Soldagem por Forjamento 1500 1900 Fundio; 1809 Arco Eltrico 1890 Eletrdo Nu; 1907 Eletrdo Revestido; 1926 TIG; 1948 MIG; 1953 MAG; 1954 Arame Tubular; 1957 Feixe Eletrnico; 1958 Eletroescria; 1960 Laser; Atualmente Mais de 50 processos usados industrialmente.

  • ADESIVOS QUMICOS. Histria

    Composio

    Tipos de adesivos

    Limpeza de superfcie

    Aplicaes

    Custos

  • ADESIVOS HISTRIA- HISTRIA

    4000 a.C. - Uso de cimento para unir ossos de marfim em esttuas da Babilnia1365 a.C. - O ba de cedro Tutamkamon utilizado cola de casena.1100 d.C. - Colagem de caixas de madeira a base de clara de ovo.1791-1797 - d.C. - Adesivo de borracha natural.1872 d.C. - Produo comercial de colas de pescados nos EUA.1910 d.C. - Uma patente francesa sugere o uso de adesivos com resina fenlica. 1914 d.C. - Patentes sobre adesivos a base de fenol-formaldedo. 1915 d.C. - Utilizao de colas de albumina de sangue em embarcaes e na indstria aeronutica.

  • ADESIVOS NA ANTIGUIDADE

    *

  • ADESO DE MATERIAIS- Entende-se como a operao de juno de dois materiais, mediante a aplicao de uma substncia qumica. Esta substncia geralmente um polmero, que chamado de adesivo.

  • ADESIVOS QUMICOSO uso de adesivos estruturais foi a forma encontrada por vrias indstrias (desde a indstria aeronutica, indstria naval, indstria de automvel, etc ) para solucionar problemas que tcnicas tradicionais de solda e unies no conseguiam resolver.

    - Trincas- Descontinuidade- Aumentos de Peso- Porosidade- Furos- Acabamento

  • ADESIVOS- Cola Animal.

    o adesivo mais antigo, sendo conhecido a mais de 3500 anos. um adesivo de grande versatilidade e de boa aceitao. Cola natural orgnica derivada do colgeno, protena constituinte da pele dos animais e ossos principalmente do gado.

  • ADESIVOS- Cola a base de peixe.

    Foi o primeiro adesivo lquido que teve uma importncia significativa. Obtido atravs do bacalhau e da pescada, restringe-se a algumas colagens de madeira, papel, cortia borracha e metais.

  • ADESIVOS- Adesivos de casena

    A casena obtida a partir do leite. A casena compe-se de uma cadeia de aminocidos unidos por ligao.

  • ADESIVOS-Adesivos Albumnicos

    Os adesivos de albumina preparados a partir de ovos e de sangue. Possuem utilizaes especiais quando a pequena resistncia da pelcula no tem importncia, mas o fundamental a resistncia a gua.

  • ADESIVOS- Adesivos Vegetais

    So constitudos principalmente por amido, um polmero natural abundante, extrado de razes, trigo, batatas, arroz etc.

  • VANTAGENS- Distribuio uniforme de esforos mecnicos, pois no dependem de elementos mecnicos, os quais geram concentraes de tenses, possibilitando assim a distribuio das tenses ao longo da juno.

  • VANTAGENS- Devido a fcil aderncia na superfcie do material, h a possibilidade de unir materiais com formas geomtricas diferentes.

  • VANTAGENS- O produto pode proteger o material contra a corroso, mesmo aps ter sido polimerizado h a possibilidade de vedao.

  • VANTAGENS- Os adesivos possuem a caracterstica de absorver vibraes, ocasionando portando o amortecimento de foras de trao e contrao de materiais soldados, podendo se alongar.

  • VANTAGENS- Elimina furos, soldas, rebites, parafusos, melhorando a performance e o acabamento. Possibilitando a diminuio do peso do material final.

  • VANTAGENS- Freqentemente mais rpido e com menor custo quando comparado s juntas com elementos de solda. Acabamento mais rpido.

  • DESVANTAGENS- O limite de temperatura de trabalho de aproximadamente 150 C, os silicones tem melhor resistncia ao calor suportanto uma temperatura de 320 C, portanto devendo ser analisado as devidas limitaes do projeto para a sua melhor aplicao.- As condies de limpeza para a aplicao do produto devem estar em boas condies, pois todas as impurezas como sujeira, poeira, graxa, ou leo podem alterar ou prejudicar a aplicao do produto.- O tempo de cura para a utilizao do adesivo maior quando comparado aos demais procedimentos de solda adotados, pois necessita um perodo mais prolongado aps a unio. Pois em casos que so necessrios teste mecnicos nos componentes este processo no seria o mais indicado

  • COMPOSIOOs adesivos modernos possuem uma composio bastante complexa de componentes, cujas funes so bastante especializadas. Como de se esperar, a seleo dos ingredientes depende do produto desejado.

    O processo de cura nestes adesivos caracteriza-se por ser realizado devido adio de agentes de polimerizao.

    Estes geram radicais livres, que rapidamente do inicio formao de cadeias. Este tipo de cura (poliadio) permite que haja movimento relativo entre os substratos, por um certo tempo, mesmo aps a montagem dos substratos com o adesivo.

  • COMPOSIOEpxi.

    Uma resina epxi ou poliepxido um plstico termofixo que se endurece quando se mistura com um agente catalisador ou endurecedor.

    Existem hoje diversas empresas no mundo que se especializaram em formular produtos com caractersticas prprias para cada necessidade do usurio. Os agentes de cura mais comuns so as poliamidas, poliaminoamidas, aminas alifticas, aminas ciclo-alifticas, aminas aromticas, adutos de aminas, anidridos, polimercaptanas e polissulfetos.

  • COMPOSIOEm qumica, o catalisador uma substncia que acelera a velocidade de uma reao, sem ser consumido, durante o processo. Auxilia na velocidade de cura do adesivo.

  • COMPOSIO

  • TIPOS ADESIVOSEpxidos

    Surgiram no campo comercial no ano de 1946, devido a facilidade de se adaptar a diversos substratos se torna um adesivo verstil, e so muito utilizados no ramo automotivo e no ramo aeronutico. Possuem em sua constituio uma resina epxi e um endurecedor.

  • TIPOS ADESIVOSAcrlico

    O acrlico um adesivo de alta resistncia feito pela polimerizao de cidos acrlicos ou metacrlicos, pode ser utilizado na maioria dos materiais, madeira, plstico, vrios materiais, cermica, borracha, vidros e at superfcies oleosas. Os adesivos acrlicos so utilizados na indstria da construo pois forma uma vedao hidrulica.

  • TIPOS ADESIVOSPoliuretanos

    Inicalmente foi desenvolvido como substituto da borracha. Isolamento trmico e resistncia a gua. Apresenta tambm resistncia a umidade, mantendo assim as propriedades por um tempo mais elevado, este material ligado aos demais pode diminuir a transmisso de rudos, amortizao de vibraes.

  • TIPOS ADESIVOSHot-Melts

    Os adesivos Hot-melts so materiais termoplsticos, que formam uma ligao forte rapidamente, e so compativeis com os mais diversos materiais. Possuem algumas limitaes, pois no podem ser usados com substratos sensveis ao calor, os laos de ligao perdem sua foras a altas temperaturas.

  • TIPOS ADESIVOSPollimidas

    As poliimidas foram desenvolvidas essencialmente pela Nasa para a indstria aeroespacial. Possui capacidade de aguentar elevadas temperaturas possuem custos muitos elevados, tornando-o o menos utilizados. So separadas em dois grupos devido a sua cura, a por condensao e as que curam por reao de adio

  • PREPARAO DE SUPERFCIES A preparao da superfcie dos aderentes (materiais a serem unidos pela superfcie do adesivo) o primeiro cuidado para obteno de uma junta adesiva de qualidade com caractersticas controladas. O tratamento difere em funo dos materiais e do grau de complexidade exigido pela junta. Desde uma simples limpeza com solventes em poucos minutos at um pr-tratamento de diversos estgios e tratamento qumico da superfcie com durao de vrias horas.

  • PREPARAO DE SUPERFCIES O pr-tratamento visa remover a camada superficial original, desconhecida e no uniforme dos componentes a serem unidos pelo adesivo. A partir do processo de limpeza e tratamento qumico superficial (quando necessrio), garantir uma superfcie controlada, conhecida, com repetibilidade e uniformidade nos conjuntos ou junes. importante que o processo seja conhecido e estvel, definindo um padro de superfcie, para permitir o controle, atendendo um padro de uniformidade.

  • PREPARAO DE SUPERFCIES Uma nica camada com a espessura de uma molcula de contaminante pode atrapalhar a molhabilidade ideal do adesivo na superfcie do aderente, impedindo o preenchimento da junta e o contato ntimo entre os substratos que sero colados e o adesivo.

  • PREPARAO DE SUPERFCIESExistem alguns procedimentos para a preparao superficial, por exemplo: Nenhum tratamento (menor custo, porm, pior qualidade); Lavagem por solvente e por vapor de solvente; Abraso mecnica; Tratamento por plasma; Ataque qumico ou decapagem; Deposio qumica; Entre outros.

  • PREPARAO DE SUPERFCIES Um processo de limpeza no pode ser considerado bom ou ruim, apenas ser, selecionado adequadamente segundo as condies de adeso e custos, o que envolve a anlise da qualidade necessria da juno;

  • APLICAO DE PRIMERSEm alguns casos recomendado a aplicao do primer na superfcie para modific-la e prepar-la para um melhorar o contato e a aderncia com o adesivo em si.So trs as funes do primer: Proteger o substrato de contaminaes ou alteraes da superfcie durante o perodo entre a preparao da superfcie e a aplicao do adesivo; Penetrar nas micro-rugosidades e porosidades, nivelando a superfcie; Dissolver pequenas quantidades de contaminaes orgnicas.

  • FIXAO MECNICA A funo principal dos adesivos (solda bioqumica) a fixao mecnica das superfcies / partes, permitindo