apresentação seminarios territoriais 26.12.12

Download Apresentação seminarios territoriais 26.12.12

Post on 09-Jul-2015

563 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTVEL (PDRS) - PROJETO SO JOS III CEAR 2013

  • Fortalecimento da agricultura familiar com aes de apoio produo, beneficiamento e comercializao;Garantia ao acesso a gua de qualidade para o consumo humano e esgotamento sanitrio;Formao, qualificao e capacitao dos beneficirios diretos e indiretos do Projeto, promovendo tambm a incluso dos povos quilombolas, indgenas, pescadores artesanais e outros grupos;Aes articuladas com outras polticas pblicas.

    OBJETIVOCONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTVEL DO ESTADO DO CEAR ATRAVS DE:

  • INFORMAES GERAIS

    FUNOINSTITUIOVALOR ORGANISMO FINANCIADORBIRDUS$ 100 MILHES

    MUTURIOGOVERNO DO ESTADO DO CEARR$ 50 MILHESRGO EXECUTORSECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO AGRRIO - SDA-COLABORADORASEMATERCE, CAGECE, SOHIDRA E CENTEC-COOPERAO TCNICAIICA-BENEFICIRIOSAGRICULTORES (AS)FAMILIARES REPRESENTADOS POR SUAS ENTIDADESCONTRAPARTIDAS:INCLUSO ECONMICA: 20%SAAES: AO AMBIENTAL

  • 1- INCLUSO ECONMICA Implantao de subprojetos produtivos com vista ao fortalecimento da agricultura familiar nas cadeias produtivas;

    2- SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE GUA E ESGOTAMENTO SANITRIO (SAAES) Implantao de SAAES em comunidades sem acesso a gua potvel e esgotamento sanitrio;

    3- FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL E APOIO GESTO Realizao de aes de capacitao, apoio a gesto, estudos, intercmbios, comunicao e divulgao.

    ESTRUTURA DO PROJETO

    COMPONENTES:

  • INFORMAES GERAIS

    COMPONENTEN DE PROJETON DE FAMLIAVALOR (US$)Incluso Econmica44518.30070.000.000,00Abastecimento de gua e Esgotamento Sanitrio14010.00050.000.000,00Fortalecimento Institucional e Apoio Gesto-...23.300.000,00Taxas6.700.000,00TOTAL150.000.000,00

  • BENEFICIRIOSAGRICULTORES(AS) FAMILIARES:

    Representados por associaes comunitrias, cooperativas, condomnios ou outros tipos de organizaes legalmente constitudas (mnimo de dois anos de atuao para subprojetos produtivos):

    Que desenvolvam atividades agrcolas e no agrcolas inseridas nas cadeias produtivas prioritrias do Projeto So Jos III, com perspectiva de insero dos produtos no mercado e;

    Famlias rurais sem acesso a gua potvel e esgotamento sanitrio.

  • REA DE ATUAOTERRITRIOS RURAIS E DA CIDADANIA

  • COMO ACESSAR OS INVESTIMENTOS FINANCIADOS PELO PROJETO SO JOS III?

  • EDITAL DISPONVEL NO SITE DA SDA: http://www.sda.ce.gov.br/index.php/editais-e-licitacoes-novo/category/23-editais-e-licitacoes-2012

    O EDITAL SER APENAS PARA A ENTIDADE MANIFESTAR O SEU INTERESSE PELO INVESTIMENTO A SER FINANCIADO;

    AS INFORMAES SOLICITADAS NA MANIFESTAO DE INTERESSE SERO INSERIDAS DIRETAMENTE NO FORMULRIO ELETRNICO DISPONVEL NO SITE DA SDA: http://sistemas2.sda.ce.gov.br/v5/scriptcase/app/psjiii/psj_login/psj_login.php, CUJO MODELO PODER SER IMPRESSO ANTERIORMENTE PARA FACILITAR O PREENCHIMENTO;

    O PREENCHIMENTO DO FORMULRIO PODER SER APOIADO PELAS UNIDADES DE GERENCIAMENTO TERRITORIAL UGT E ENTIDADES PARCEIRAS.

    ATRAVS DE EDITAL DE CHAMADA PBLICA PARA MANIFESTAO DE INTERESSE

  • MANIFESTAO DE INTERESSE

    A MANIFESTAO DE INTERESSE SOLICITA:

    Dados bsicos sobre a Entidade Representativa dos Beneficirios ERB (Nome da Entidade, CNPJ, nmero de associados, dentre outros) tanto para subprojetos produtivos quanto para sistemas de abastecimento de gua e esgotamento sanitrio

    No caso dos SUBPROJETOS PRODUTIVOS:

    - Perfil da ERB: (experincia, segmentos da agropecuria em que atua, Patrimnio, dentre outros);- Caracterizao do Subprojeto (tipo de atividade a ser beneficiada com o projeto; percentual de famlias que j trabalham na atividade; Como conseguir o valor da contrapartida equivalente a de 20% do oramento do subprojeto; dentre outros);- Caracterizao da Famlia (idade, sexo, nvel de instruo; dentre outros);- Renda Domiciliar (produo agrcola; atividade no agrcola; auxlios e outros rendimentos).

  • No caso dos SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE GUA E ESGOTAMENTO SANITRIO:

    - Caracterizao da Comunidade: (n de domiclios; atendimento por carro pipa; infraestrutura hdrica pblica existente; dentre outras);

    - Caracterizao dos beneficirios do Sistema (uma ficha por comunidade).

    MANIFESTAO DE INTERESSE

  • PARECER DE LEGITIMAO

    Juntamente Manifestao de Interesse, a ERB dever solicitar ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentvel CMDS ou ao Colegiado Territorial um Parecer legitimando a demanda, de acordo com a abrangncia da proposta.

  • Aps envio das informaes da manifestao de interesse atravs do Sistema, a UGT dever fazer uma anlise das informaes apresentadas;

    A Unidade de Gerenciamento do Projeto - UGP, atravs de Comisso especfica, far uma anlise seguindo os critrios de elegibilidade e de pontuao estabelecidos no edital;

    Aps estabelecida a pontuao, ser elaborada a Lista de Classificao das Manifestaes de Interesse;

    A lista de classificao das manifestaes de interesse ser homologada pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural CEDR e divulgada no Dirio Oficial do Estado e no site da SDA.

    ANLISE DAS MANIFESTAO DE INTERESSE

  • COMPONENTE DE INCLUSO ECONMICA

    SUBPROJETOS PRODUTIVOS

  • As Manifestaes de Interesse apresentadas sero pontuadas segundo critrios que incluem:

    Tempo de funcionamento da Entidade; Nmero de associados participantes na Entidade; Experincia da comunidade na atividade econmica ligada a cadeia produtiva; Experincia de gesto; Como comercializa os produtos atualmente.

    AVALIAO DA PROPOSTA

  • Papel do investimento proposto na organizao da cadeia produtiva; Como pretende comercializar aps a implantao do subprojeto; Atividade priorizada no PTDRS; Estar situado em regio de concentrao de explorao da atividade pela agricultura familiar; Parcerias estabelecidas ; Maior nmero de agricultores atendidos pela proposta.

    AVALIAO DA PROPOSTA

  • AVALIAO DA PROPOSTA

    Estar situado nos elos mais frgeis da cadeia produtiva; Inovao tecnolgica; Integrao com outras polticas pblicas e fontes de financiamento, inclusive recursos prprios; Integrao com outras polticas pblicas de carter no econmico (especficos para: mulheres, jovens, quilombolas, indgenas, idosos, ATER, educao do campo, entre outras); Adoo de prticas conservacionistas e de convivncia com o semirido.

  • A contrapartida dever ser, no mnimo, 20% do valor total do projeto; Pelo menos 10% do valor total do oramento do Plano de Negcio dever ser aportado pelos beneficirios em recursos financeiros como contrapartida; Bens, inclusive preexistentes, relacionados a operacionalizao do projeto e servios economicamente mensurveis, podero ser considerados contrapartida, desde que previstos no Plano de Negcio.

    CONTRAPARTIDA

  • As manifestaes de interesse apresentadas sero classificadas por ordem decrescente de pontos;

    Em caso de empate sero priorizados projetos liderados por mulheres ou jovens;

    O julgamento ser realizado por uma comisso de avaliao especialmente constituda pela SDA com a participao das entidades colaboradoras e parceiras;

    Compete ao CEDR homologar o resultado final da classificao;

    Aps a homologao o resultado ser divulgado no site da SDA e publicado no Dirio Oficial do Estado.

    CLASSIFICAO DAS PROPOSTAS

  • A elaborao dos Planos de Negcio referentes as manifestaes de Interesse selecionadas ser realizada pela entidade proponente com apoio de consultores contratados pela UGP;

    Os Planos de Negcio sero elaborados observando os limites oramentrios, os percentuais de contrapartida necessrios e demais disposies legais.ELABORAO DO PLANO DE NEGCIO

  • SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE GUA E ESGOTAMENTO SANITRIO

  • DOCUMENTAO NECESSRIA INSCRIO

    Cpia da ata da reunio que discutiu e priorizou o projeto na(s) Comunidade(s) e que contenha a concordncia dos beneficirios em arcar com os custos de manuteno do sistema a ser realizado por entidade capacitada e o compromisso das famlias beneficirias confirmando a participao nas aes ambientais apontadas no projeto;

    Certides de regularidade fiscal;

    Declarao da entidade escolhida pela comunidade de que assumir a operao do sistema de abastecimento dgua;

    Declarao da entidade proponente da disponibilidade de energia eltrica e manancial hdrico (fonte de gua) para suprir o projeto com definio do tipo (poo, aude etc.) e distncia aproximada da comunidade.

  • CRITRIOS DE ELEGIBILIDADE

    Projetos que contemplem a universalizao do abastecimento de gua e esgotamento sanitrio nas localidades;

    Comunidades que possuam entre 25 a 500 famlias;

    Disponibilidade de manancial hdrico (que atenda as necessidades do projeto) e de energia eltrica;

    Declarao de entidade, com notria experincia na gesto de Sistemas de Abastecimento de gua no meio rural (exemplo: SISAR, SAAE) que ser responsvel pela operao e manuteno do empreendimento;

    Atender s salvaguardas sociais e ambientais do PDRS/Projeto So Jos III;

    Declarao de compromisso de cada famlia beneficiada de participar das Aes Ambientais apontadas no projeto executivo.

  • CRITRIOS DE SELEO

    Comunidades atendidas por carro pipa pelo menos nos ltimos dois anos;

    Comunidades inseridas em municpios que tenham o Plano de Saneamento elaborado; Maior nmero de famlias atendidas;

    Localidades inseridas em municpios de alta vulnerabilidade segundo IPECE;

    Municpios em situao de emergncia ou calamidade pblica;

    Taxa de Mortalidade Infantil.

  • CRITRIOS DE DESEMPATE

    1 - Maior nmero de famlias atendidas pelo projeto;

    2 - Maior nmero de famlias atendidas por carro pipa;

    3 - Menor nmero de famlias beneficiada