apresentação parceiros voluntários

Download Apresentação Parceiros Voluntários

If you can't read please download the document

Post on 05-Jun-2015

2.434 views

Category:

Business

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Apresentação da AParceiros Voluntários no 1º Seminário de OSC Visão Intergral do Voluntariado

TRANSCRIPT

  • 1. PROGRAMAO 8h s 8h30min: Recepo e Boas-Vindas 9h: Abertura- Maria Elena P. Johannpeter Presidente Voluntria 10h s 11h15min: Cludia Remio Franciosi GerenteProcessos e Ferramentas;Termo de Convnio;Gesto do Voluntariado;Capacitaes oferecidas para as Organizaes da Sociedade Civil;Portal Viso Integral do Voluntariado. 11h15min: Coffee-Break 11h30min s 13h: Palestra - A Mudana da Legislao para o Terceiro Setor - Ricardo Monelo 13h: Encerramento

2. OBJETIVO DO ENCONTRO Fortalecer o relacionamento com as Organizaes da Sociedade Civil,apresentando os processos e asferramentas de gesto, que serviro para melhor qualificar o atendimento das demandas sociais dos seus pblicos internos. 3. RESPONSABILIDADE SOCIAL INDIVIDUAL Trabalhar os valores internos faz despertar napessoa seu verdadeiro valor, o que a torna mais ativa e socialmente transformadora do mundo ao seu redor. 4. Toda ordem social criada por ns. O agir ou no agir de cada um, contribui para aformao e consolidao da ordem em que vivemos Jos Bernardo ToroSocilogo Colombiano 5. Viso Crenas e ValoresMissoDisseminar FazerCONVOCATRIAENGAJAMENTO VoluntrioParceiros VoluntrioCriana WebSITE, Redes sociais Pessoa FsicaPessoaJovensSculo XXIPalestras JurdicaVoluntriosCongressos Seminrio Internacional Pare PensePrmio Parceiros Voluntrios Relatrio AnualOSC (Organizaes da Sociedade Civil) Newsletter e Demandas SociaisTV Programa Cidado Legal Articulao / ConexoRede = 78 cidades no Rio Grande do Sul 6. VISO VISOSER UM MOVIMENTO DISSEMINADOR DA CULTURA DO VOLUNTARIADOORGANIZADO NO BRASIL, VISANDOPESSOAS, COMUNIDADES E UMA SOCIEDADE MAIS SOLIDRIA. 7. MISSO MISSOMOBILIZAR, ARTICULAR, FORMAR PESSOAS E INSTITUIES, ESTIMULANDO REDES E PARCERIAS PARA OATENDIMENTO DAS DEMANDAS SOCIAIS PELO TRABALHO VOLUNTRIO ORGANIZADO. 8. CRENAS E VALORES TODA A PESSOA SOLIDRIA E UM VOLUNTRIO EM POTENCIAL. A FILANTROPIA E O EXERCCIO DA CIDADANIA, PELA PRTICA DO VOLUNTARIADO, SO INDISPENSVEIS PARA A TRANSFORMAO SOCIAL. O VOLUNTARIADO ORGANIZADO A BASE DO DESENVOLVIMENTO DO TERCEIRO SETOR. 9. CRENAS E VALORES TODO TRABALHO VOLUNTRIO TRAZ RETORNO PARA A COMUNIDADE E PARA AS PESSOAS QUE O REALIZAM. A PRTICA DO PRINCPIO DA SUBSIDIARIEDADE INDISPENSVEL AUTONOMIA DAS COMUNIDADES PARA O SEU DESENVOLVIMENTO. O DESENVOLVIMENTO SUSTENTVEL ALCANADO PELA INTERAO ENTRE OS SISTEMAS ECONMICO, SOCIAL E AMBIENTAL. 10. TRANSFORMAO CULTURAL Parceiros Indivduo ComunidadeSociedade Indivduo OSC Melhor MelhorVoluntrios Melhor Potencializadora deAgente todas as causastransformador Qualidade de vida e sociais da realidade. Ser cidadania Humano Integral 11. NOSSO VERDADEIRO PAPELSER POTENCIALIZADORA DASCAUSAS SOCIAIS VOLUNTRIOS + GESTO 12. A REDE A REDE1 - Regio Fronteira2 Regio Sul8 7 3 - Regio do Vale dos Sinos 54 Regio Metropolitana10 69 5 - Regio da Serra13 11 6 Regio das Hortnsias 47 Regio da Produo2 8 Regio Noroeste9 Regio Central10 Regio Taquari / Rio Pardo11 Regio Litoral 13. OBJETIVOS DA REDELevar a cultura do trabalho voluntrio organizado a todos os municpios do Rio Grandedo Sul, visando com isso a autonomia dascomunidades para seu desenvolvimento. 14. INDICADORES DA REDENmero de Participantes no Voluntariado Acumulado 2009Voluntrios Engajados333.241Jovens Engajados81.000Escolas Engajadas 1.922Empresas Engajadas2.423Organizaes da Sociedade Civil Conveniadas 2.752Rede Parceiros Voluntrios (n de cidades) 78Beneficiados (em torno de)1.200.000 15. PROGRAMA VOLUNTRIO PESSOA FSICAConscientizar pessoas para a realizao deaes sociais organizadas, indicandocaminhos de realizao para aqueles quesempre quiseram fazer alguma coisa mas nosabiam como. 16. PROGRAMA VOLUNTRIO PESSOA JURDICASensibilizar a empresa para ver-se como agente estimulador de seus colaboradores, para oexerccio da Responsabilidade Social Individual e a importncia de sua participao em projetossociais da comunidade, por intermdio da disponibilizao de recursos humanos e transferncia de conhecimentos. 17. PARCEIROS JOVENS VOLUNTRIOS Criar condies que favoream a reflexo dos jovens a respeito da Responsabilidade SocialIndividual e Cidadania;Estimular que o jovem assuma um papel ativo em suas comunidades;Proporcionar ao jovem o exerccio da liderana, da atitude empreendedora, da criatividade eesprito de equipe. 18. PBLICOSDiretor Pais 19. DESENVOLVIMENTO DE LIDERANA JUVENILObjetivo:Oferecer s lideranas jovens a oportunidade de reflexo para perceberem-se como agentes transformadores e motivadores, bem como, para compartilharem suas experincias com outros lderes jovens. 20. Contedo:Mdulo I Liderana Servidora Mdulo II Empreendedorismo Mdulo III Voluntariado Organizado Mdulo IV PlanejamentoCarga Horria: 16h 21. QUALIFICAO DE EDUCADORES QUALIFICAO DE EDUCADORES EM PARTICIPAOSOCIAL SOLIDRIA E MOBILIZAO JUVENIL Objetivo: Proporcionar momentos de reflexo equalificao para educadores em Participao SocialSolidria e Voluntria visando formao do jovem como agente mobilizador, articulador e empreendedor, frente a desafios cotidianos e integrao escola/comunidade, com base na solidariedade e Responsabilidade Social Individual. 22. Contedo:I. Desenvolvimento do Potencial Humano II. Cenrio Educacional Misso da Educao III. Juventudes, Participao Social Solidria e Voluntria Carga horria: Total Ensino Presencial - 40h Total EAD - 20h 23. CRIANA SCULO XXI Objetivo:Contribuir para o desenvolvimento da criana, considerando os aspectos fsicos, emocionais, afetivos e sociais, ao reconhecer as crianas como seres ntegros, que aprendem a ser e conviver consigo prprias, com os demais e o meio ambiente de maneira articulada e gradual. 24. DESAFIOS 2010Eixos:1. Apropriao da metodologia Vivendo Valores na Educao (Brahma Kumaris/ndia); 2. Formao dos pblicos-alvo; 3. Instrumentalizao da Rede Parceiros Voluntrios; 4. Estabelecimento de parcerias; 5. Implementao do Projeto Piloto; 6. Avaliao; 7. Propagao da metodologia no Estado do Rio Grande do Sul. 25. NOSSO VERDADEIRO PAPELSER POTENCIALIZADORA DASCAUSAS SOCIAIS VOLUNTRIOS + GESTO 26. PROCESSOS E FERRAMENTAS Termo de ConvnioGesto do VoluntariadoCapacitao em Gesto Ferramenta da Web 27. GESTO DO VOLUNTARIADO 1. PREPARANDO PARA RECEBER O VOLUNTRIO;1.1. Antes da chegada do voluntrio1.2. Na chegada do voluntrio2. PLANEJANDO O TRABALHO VOLUNTRIO;3. O PAPEL DO COORDENADOR DE VOLUNTRIOS;4. ATIVIDADES VOLUNTRIAS. 28. PROGRAMA DAS ORGANIZAES DA SOCIEDADE CIVIL1. Cursos com foco no fazer Voluntariado: 1.1. Formao de Coordenadores de Voluntrios;2. Cursos para o fortalecimento da Gesto e do Terceiro Setor: 2.1. Gesto para a Sustentabilidade, Empreendedorismo e Redes Colaborativas Etapa: Nacional e Estadual SEBRAE2.2. Desenvolvimento de Princpios de Transparncia e Prestao de Contas em Organizaes da sociedade Civil BID/FUMIN3. Capacitao para o uso da ferramenta da web Viso Integral do Voluntariado. 29. PORTAL VISO INTEGRAL DO VOLUNTARIADO O que a ferramenta Viso Integral do Voluntariado?O nome Viso Integral do Voluntariado inspirou-se no conceito dado por Ken Wilber, em seu livro Uma teoria de Tudo, que afirma o real significado da palavra integral que : reconciliar, juntar as partes, unir, abraar. Essa palavra remete idia de unidade na diversidade, de compartilhar atributos comuns e respeitar nossas incrveis diferenas. 30. SNTESESolicitao de VoluntriosGesto de Voluntrios Fotos, Notcias, Exemplos Frum, Documentos, Links, Transformadores, etc. Fotos. Para toda as OSC / Projetos Sociais conveniados Para as Organizaes da Sociedade Civil 31. A FERRAMENTA www.viv.org.br 32. PALESTRAA Mudana da Legislao para o Terceiro SetorRicardo Monello - Advogado, Contador, Auditor e Professor de Direito e Contabilidade para o Terceiro Setor. 33. MARCO LEGAL Para adquirir seu exemplar envie um email para crpb@gife.org.br 34. OPORTUNIDADE De 24 de maro a 21 de maio estaro abertas as inscries da Seleo Pblica de Projetos Sociais 2010 do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, que destinar, por um perodo de dois anos, R$ 110 milhes a projetos sociais que promovam a transformao social e a reduo das desigualdades nas comunidades mais excludas do Pas. Acesse o site e saiba como participar: www.petrobras.com.br 35. SUGESTO DE LIVROO QUINTO PODER Disponvel em Porto Alegre, nas livrarias Saraiva, Siciliano e Cultura. 36. CONVITE ESPECIALSEMINRIO INTERNACIONAL PARE PENSE 2010Dia: 24 de maio de 2010 Local: Teatro do Bourboun Country POA/RS Horrio: 9hs s 12h30min e das14hs s 17h30min Contamos com a sua presena!! 37. PARA MAIORES INFORMAES: blog.parceirosvoluntarios.org.br www.parceirosvoluntarios.org.br 38. FUNDADORES E MANTENEDORES 39. APOIADORES 40. AGRADECIMENTOS Nossa gratido e admirao a todos e todas que buscam um desenvolvimento Tcnico, Humano e Conceitual.