aprender a estudar m³dulo 1

Download Aprender a Estudar M³dulo 1

Post on 25-Jun-2015

671 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Curso em 4 módulos , para crianças e jovens em idade escolar.

TRANSCRIPT

O sucesso depende de ti

1. 2. 3.

4.

Diagnstico Gesto do Tempo Atitude Psicolgica do Estudante Aprendizagem e Memria

O que fao? O que quero ser daqui a 15 anos? Perfil de Estudante

O que fao

O que vou ser

O que sou

O que estou a fazer1 2 3

O que vou ser profissionalmente?Como vai ser a minha famlia? Que outras actividades espero ter?

Verifica o teu perfil de estudante, respondendo, com toda a sinceridade, ao teste que te propomos.Assinala com x o quadrado (SIM ou NO) que melhor corresponde ao teu caso particular. No cedas tentao de assinalar o que achas prefervel, mas apenas o que, de facto, se passa contigo. Apesar de no oferecer rigor cientfico, este simples teste pode ajudar-te a reflectir sobre os teus hbitos de trabalho, individual e em grupo.

Grelha de Cotao1ponto a cada resposta SIM nas perguntas ns: 2, 3, 7, 9, 11, 12, 14, 15, 17, 18 e 19 1ponto a cada resposta NO nas perguntas ns: 1, 4, 5, 6, 8, 10, 13, 16 e 20

1. 2. 3.

O tempo de estudo A eficcia de um horrio Ocupaes extra escolares

O rendimento de duas pessoas com as mesmas capacidades intelectuais, varia conforme aquela que dedica mais tempo a estudar.

Faz uma gesto racional do tempo para cada tarefa com a durao que ela merece. Deves estudar um mnimo de 10 horas por semana (em mdia 2 horas por dia).

O rendimento intelectual da manh superior ao da tarde e ao da noite mas cada pessoa tem os seus ritmos prprios. Procura os teus tempos de estudo mais favorveis. Estudar aps refeies pesadas e antes de dormir so maus momentos para estudar. Antes de dormires apenas devers fazer trabalhos de casa ou revises ligeiras.

Quando se estuda muito tempo a mesma coisa a ateno perde-se. Nessa altura deves fazer uma pausa. Aproveita o fim de um captulo para fazeres uma pausa ou mudares de assunto. Deves estudar um assunto pelo menos meia hora mas no fiques estoirado.

Estuda em pequenas etapas de esforo intenso e concentrado. Por vezes til prolongar o estudo por vrias horas mas deves fazer intervalos.

Trs horas com dois intervalos rendem mais do que trs horas seguidas.A regra : 10 minutos de intervalo por cada hora de estudo. de evitar actividades que distraiam (televiso proibida).

Como alternativa ao intervalo podes mudar de assunto. No bom mudar para assuntos semelhantes na forma ou no contedo (por exemplo ingls e francs). Intercalar matrias diferentes no estudo um processo que evita a fadiga sem perderes o rendimento.

O horrio no uma priso um guia que permite um trabalho regular. O horrio uma disciplina que fundamental para o sucesso nos estudos e na vida. A regularidade do estudo evita a fadiga a confuso e o medo das provas de avaliao.

Horrio

Devem proporcionar: Sade; Equilbrio fsico/psicolgico; Convvio; Contacto com o mundo do trabalho.

O Contacto com o mundo do trabalho abre novos horizontes e pode ajudar a descobrir vocaes profissionais.

Estabelece prioridades - d a cada actividade o tempo que merece. Aproveita as tuas horas de frescura fsica e intelectual para atacar o trabalho mais difcil.

No prolongues em demasia os perodos de esforo intelectual. Evita estudar duas disciplinas com contedos semelhantes, uma a seguir outra.

Esfora-te por teres um local de estudo calmo, arrumado e confortvel. Elabora um horrio pessoal que te ajude a estudar com regularidade.

Escolhe actividades extra-escolares que favoream a sade, o convvio eo contacto com o mundo do trabalho.

1. 2. 3. 4.

Atitude Motivao Auto-confiana Persistncia

Tipo de atitude Negativa

Caractersticas Desinteresse Falta de auto confiana Desnimo Motivao Autoconfiana Persistncia

Resultados Trava a aprendizagem Acelera o esquecimento Acelera a aprendizagem Trava o esquecimento

Positiva

Sem motivao nada se faz. Com motivao tudo mais rpido e mais fcil. A motivao dirige o comportamento.

Uma motivao elevada desperta o desejo de aprender. Uma motivao demasiado elevada, na expectativa de grandes prmios ou castigos, conduz ansiedade e ao medo de falhar, o que afecta a inteligncia e prejudica o rendimento.

Acelerador da aprendizagem Quando h interesse e vontade de aprender, avana-se mais depressa.

Travo do esquecimento Tudo o que significativo e interessante permanece mais tempo na memria e pode ser recordado com mais facilidade. Colocar imagens

Quando a motivao enfraquece, os alunos precisam de reforo.

Castigos e prmios dos educadores

Os prmios podem criar o gosto de aprender. Os castigos so pouco eficazes mas por vezes necessrios.

Estmulos criados pelo estudante

Quando concluis algo com xito, podes oferecer alguma coisa ti prprio. Muitas vezes podes considerar estmulo suficiente a satisfao de aprenderes coisas novas.

Pensar no futuro Pensar no futuro pode ser um bom incentivo para o estudo. Para um jovem, o estudo uma forma de realizao pessoal e, acima de tudo uma garantia de vida mais segura.

O futuro nas tuas mos Um jovem responsvel no estuda pelo prazer dos prmios ou pelo receio dos castigos Acredita que est a construir o seu prprio futuro.

A autoconfiana uma atitude saudvel que faz aumentar o interesse por aprender e diminui a ansiedade e a tenso prprias dos momento difceis. Perante a dificuldade ou um pequeno fracasso, a atitude de um aluno autoconfiante de levantar a cabea e no desistir:sou capaz; vou fazer melhor.

Os alunos sem autoconfiana valorizam demais as suas limitaes: Pensam mais nos pontos fracos do que nas suas qualidades; Menosprezam-se Duvidam de si mesmos; Julgam-se incompetentes quando se comparam com os melhores alunos da turma.

As pessoas autoconfiantes, apesar de reconhecerem as suas limitaes, valorizam as suas capacidades: No alimentam complexos de inferioridade; Tm auto estima; Tm orgulho em si mesmas;

Lembram os resultados positivos; Acreditam no sucesso.

Encontra os teus objectivos e procura o curso adequado. Para escolheres bem importante o conselho de um tcnico. Os estudantes que por sugesto dos pais ou por teimosia seguem cursos inadequados, precisam de coragem para mudar de rumo. nem todos os caminhos so para todos os caminhantes (Gohet)

Se o curso foi bem escolhido e os mtodos de estudo esto correctos no faz sentido abandonares os estudos. Quem tem objectivos no deve perd-los de vista. Persistir no teimar cegamente. ter vontade e coragem e no ceder s primeiras dificuldades.

O rio atinge o seu objectivo, porque aprende a contornar os obstculos (Mark Twain)

Para atingires o sucesso no deves descansar no empenho dos teus pais ou na competncia dos professores. Pais, professores e explicadores podem facilitar, orientar e estimular a aprendizagem mas no podem substituir o teu esforo como aluno.

Descobre motivos de interesse no trabalho escolar Utiliza a teu favor a fora da motivao; Pensa no futuro No estudes apenas pelo prazer dos prmios ou pelo medo dos castigos; S autoconfiante Valoriza as tuas capacidades e no as tuas limitaes; Enfrenta as dificuldades com esprito ganhador; acredita no sucesso; Segue um curso de acordo com os teus interesses e aptides Aconselha-te para escolheres bem; No te deixes vencer pelo desnimo S persistente.

1. 2. 3.

Captao Auto-avaliao Reviso

A memria apoiada pela inteligncia que: Compreende; Organiza; e relaciona.

Uma boa captao no um simples registo como se fosses um gravador. S as coisas compreendidas entram na memria a longo prazo. A memria pe de lado o que no compreende e o que no considera til.

Organiza-se melhor um todo ordenado, do que fragmentos isolados. Organizar as ideia implica: Descobre e fixa a ideia base, a regra ou o princpio organizador da matria;

O crebro guarda melhor as informaes arrumadas em redor da ideia principal (de pouco vale o esforo se no captares o essencial). Quando a matria complexa ou em grandes quantidades bom dividi-la em partes e captar uma de cada vez.

No percas de vista o todo;

Um bom processo de aprendizagem, que facilita a memorizao, relacionar a matria nova com todos os conhecimentos j aprendidos. As aprendizagens novas no desaparecem se estiverem amarradas mais antigas. Quanto mais slidas forem as bases maior garantia tens de captares os assuntos de forma eficiente. Quem tem boas bases tem maiores facilidades.

A auto avaliao um termmetro para medir a aprendizagem e uma bssola para orientar o estudo.

Tenta reproduzir, de forma pessoal (mentalmente, em voz alta ou por escrito ) o essencial do que assimilaste. Faz pequenos esquemas ou resumos e compara-os com o texto original; Resolve os exerccio e verifica as solues;

Faz perguntas a ti prprio sobre os pontos mais significativos da matria e redige resposta claras e rigorosas.

A auto-avaliao uma bssola para orientar o estudo. Quando tens conscincia do nvel dos teus conhecimentos, consegues uma aprendizagem mais rpida e profunda: Estimula o interesse verifica o que sabes; Corrige os pontos fracos; Evita surpresas.

Sempre que existe um longo perodo de tempo entre a aprendizagem inicial e as provas poderemos esquecer o que sabamos. Para combater o esquecimento faz falta a reviso.

O esquecimento um fenmeno natural que atinge todas as pessoas. O esquecimento deve-se s interferncias provocadas por outras actividades e s tuas motivaes.

Interferncias: A aprendizagem das coisas novas pode interferir na conservao das antigas; A recordao das coisas antigas e seguras pode interferir na aprendizagem das novas.

Motivaes do indivduo Aquilo que gostamos e que nos til mantm-se presente mais tempo na nossa memria; Aquilo que no desperta o nosso interesse aprende-se com dificuldade e esquec

View more >