aprendendo & praticando eletrônica vol 16

Download Aprendendo & Praticando Eletrônica Vol 16

Post on 10-Jul-2015

434 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 5/10/2018 Aprendendo & Praticando Eletrnica Vol 16

    1/36

    Mic ro T ransm isso rTe le fon ico;1--"::"":: ~~_~C o ntro le d e V e locd ad e P /M o to re s C .(c om ta cDm e troopc iona l ) .

    --~C a l id o co ~___Ele t ron ico.lon izador~~-Amb ien ta l .

    APRENDENDOPRAT ICAN

    ap rom

    IN916- Cr$220.ool

  • 5/10/2018 Aprendendo & Praticando Eletrnica Vol 16

    2/36

    I

    I m p r e s s a oEditora Parma Ltda.

    U a p r o m " E D I T O R A1 = . a L1 1 1 1 1 _ . . . .E M A RK E LE TR QN IC A

    D i r e t o r e sCa r l o s W . Ma l ag o l iJa iro P . M a rque sW ils o n M a l a go li

    B ed a M a r que s " C o la b o ra d o re sJo se A . So us a (D e se nho Tecn i c o )

    Joao P a c h e c o ( qu a d rin h o s )Pu b l i c i d a d eKA P R ON P R OP A GA N DA l T D A .

    ( 011 ) 223 -2037C om p o s i ~ARTE CONTEXTO

    Fo to Hto s d a C ap aPro chapas Itda.

    t e l 92.9563Fo t o l i t o s do M i o l o

    FOT OT R A C ;O l T D A .

    D is tr ib ui~ a o N a c io n a l C I E xc lus iv id a d .FE RN AN D O C HIN AGLIA D IST R . SIA .R ua T eo d o ro d a S ilva , 907

    - R . d e Ja ne iro (021) 268-9112A P R E N D E N D O E P R A T IC A N D O

    EL E TRON I C A(Ka pro m E d ito ra , D is tr . e P ro pa qa n-

    d a Ud a - E m a rk E le tro n ic a C o m e r-c ia l Ud a .) - R e da

  • 5/10/2018 Aprendendo & Praticando Eletrnica Vol 16

    3/36

    o HO OO )$fA VEVE8f .~ l : E R- rOD O 0 A AT l60 0 U f . V f . S ( R E V E .o P R ~ ~ T O O~ L H f . 1 N 1 ' E R f 5 -SA M ON iA R .

    F IM

  • 5/10/2018 Aprendendo & Praticando Eletrnica Vol 16

    4/36

    InstrueoesGerais para asMontagensAs pequenas regras e Instru~oes aqui descritas destinam-se aos principiantes ou hobbystas aindasem muita pratica e constituem umverdadeiro MINI-MANUAL DE MONTAG ENS, valend~ p.aa realiza~ao de todo e qualquer projeto de Eletr6nica (sejam os publicados em A.P.E., sejam osmostrados em livros ou outras publicaedes ...). Sempre que ocorrerem duvidas, durante a montagemde qualquer projeto recomenda-se ao Leitor consultar as presentes lnstrucbes, cujo cerater Geral ePermanente faz co~ que estejam SEMPRE preSentes aqui, nas primeiras paginas de todo exemplarde A.P.E.O S COMPONENT ES

    Em todos os circuitos, dos mais simplesaos mais complexos, existern, basica-mente, dois tipos de pecas: as POLARI-ZADAS e as NAO POLARIZADAS. Oscomponentes NAO POLARIZADOS sao,na sua grande maioria, RESISTORES eCAPACITORES comuns. Podem ser liga-dos "daqui pra hi ou de hi pra ca", semproblemas. 0 unico requisito e reconhe-cer-se previamente 0 valor (e outrosparametres) do componente, para liga-Iono lugar eerto do circuito, 0 "TABE-LAO" A.P.E. da todas as "dicas" para aleitura dos valores e codigos dos RESIS-TORES, CAPACITORES POLISTER,CAPACITORES DISCO CERAMICOS,etc. Sernpre que surgirem duvidas ou"esquecimen tos", as Ins trueoes do"TABELAO" devem ser consultadas. Os principais componentes dos circuitossao, na maioria das vezes, POLARIZA-DOS, ou seja. seus terminais, pinos ou"pernas" tern posicao certa e unica paraserern ligados ao circuito! Entre taiscomponentes, destacam-se os DIODOS,LEDs, SCRs, TRIACs, TRANSISTORES(bipoiares, fets, unijuncoes, etc.), CAPA-CITORES ELETROLITICOS, CIRCUI-TOS INTEGRADOS, etc. : muito irn-portante que, a n tes de se iniciar qualquerrnontagem, 0 leitor identifique correta-mente os "nomes" e posicoes relativasdos terminais desses componentes, ja quequalquer inversao na hora das soldagensocasionara 0 nao funcionamento do cir-cuito, alern de eventuais danos ao pro-prio componente erroneamente ligado.o "TABELAO" rnostra a grande maioriados cornponentes normalrnente utiliza-dos nas montagens de A.P.E., em suasaparencias, pinagens e simbolos, Quan-do, em algum circuito publicado, surgirurn ou mais componentes cujo "visual"nao esteja relacionado no "TABELAO",as necessarias informacoes serao forne-cidas junto ao texto descritivo da respec-tiva rnontagem, atraves de ilustracoesclaras e objetivas.LlG AN DO E SOLDA ND O

    Praticamente todas as montagens aquipublicadas sao implementadas no sistemade ClRCUITO IMPRESSO, assim asinstru

  • 5/10/2018 Aprendendo & Praticando Eletrnica Vol 16

    5/36

    ''-'~~?~7~~,:"

    'TABELAo A.P.E:RESISTOflE5 CAA1.CITOflE5 ~

    1 . . " _ , _ " I ' ALGARISMO2 '~- _ 2' ALGAR'SMO3 - \ \ ,_' , "'--MlA.TlPLlCAOOR. . - / . . . . . . . . . .'" " ,,-' --"""::::-TOLERANCIAs" TENSAO

    FAIJl:AS

    ~DlSCOi~"5- ~ g.~~ ~ ~;;j k. 5: 0" ~ O l i yALOR E"PICOFAflAOS-u-YALOR EM OHMSOHMS----c:r

    COOIGOYALOfl EM---- I I --- PIC()FARAOS EXEMPLQS

    TIC 2 06 - TIC 216TlC228 _ TIC 236

    ;,- e 2,-faixasOR 3.a faixa 4.a faixa CdOIGO TOLERANCIA~ e 2~ SCRItaixas 3~ faixa 4~ faixa 5~ taixa1

    234567B9

    pretomarromvermelholaranjaamareloverdeazulviolet_cinlabrancoouroprata(.. meor)

    CORx 10x 100

    x 1000x 10000x 100000

    x 1000000

    1%2%3%4%

    AT~ lOpF ACIMA DE 10pF20%reto 0marrom 1vermelho 2laranja 3amarelo 4verde '5azul 6violet. 7cinza 8branco 9

    x 10x 100

    x 1000x 10000x 100000

    x 1000000

    250V B ; O,10pF F = 1% M; 20%C ;.O,25pF G = 2% P = +100% - 0%D = O,50pF H = 3% S = + 50% - 20%400V EXEMPLOS

    TIC 106 - TIC 116TIC 126630V J; 5% Z=+80%-20%

    K = 10 %F ; lpFG ; 2pFx 0,1x 0,01 5%10%

    20% 10%

    ( ; ; ,~ IN'0021 N 40031 N 40041 N 4007

    EXEMPLOSEXEMPLOS EXEMPLOS

    AMARELOVIOLETAVERMELHOPRETOAZUL

    VERMELHOVERMELHOAMARELOBRANCOAMARELO

    MAR ROMPRETOLARANJABRANCO

    VERMELHO

    VE'RMELHOVERMELHOLARANJAPRATA

    MAR ROMPRETOMARROMDURO

    MAR ROMPRETOVERDEMAR ROM

    4,7 KpF (4nF)22KpF (22nF)

    loopF

    10%20%5%

    472 K223 M101 J103 M 10KpF (10nF) 20%10KpF (TOnFI 4K7pF (4nFI 220KpF (220nFI10011

    5%22 Kl110 %

    1 Ml11% 20%630 V

    10%400 V

    10%250 V

    TRANSisTORES

    st~~>PNBO ~

    IJCe-[XEWPLOS

    BIPOLARES

    SERIE~Be . .4>"

    EXENPLOS CHAVE H HEXE'MPLOBF494 (NPN)

    EJl:EMPLOSNPBC 556BC557Be 558BC ~59

    NP HBe5

  • 5/10/2018 Aprendendo & Praticando Eletrnica Vol 16

    6/36

    5

    Aqui sao respondidas as cartas dos leitores, tratando exclusivamente de duvidas ou questoes quantoaos projetos publicados em A.P.E. As cartas serso respondidas por ordem de chegada e de impor-rancla. respeitado 0 espaco destinado a esta Secao. Tambern sao benvindas cartas comsuqestbes ecolaboracoes (ideias. circuitos. "dicas", etc.) que, dentro do possfvel, serao publicadas, aqui ouemoutra Se~o especifica. 0 criterio de resposta ou publicacao, contudo, pertence unicamente a Editorade A.P.E., resguardado 0 interesse geral dos leitores e as razbes de espaco editorial. Escrevam para:"Correio Tecnico", AlC KAPROM EDITORA, DISTRIBUIDORA E PROPAGANDA LTDARUB General OsOrio, 157: CEP 01213 - sao Pado - SPnao atingir 0 seu brilho normal,substitua os resistores originaisde 680R pot 470R ou 330R.

    Finalmente, se a queda de lumi-nosidade nao for muito acentua-da, nao existe urn problema real,Geraldo! 0 carater "multipon-tos" de cada display ainda assimpermitira facil e confortavel vi-sualizacao, desde que Voce utili-ze Iampadas de conveniente wat-tagem (mfnimo de 3 por segmen-to)."Ndo sou 0que se pode chamar de

    iniciante, jd que trabalho em Ele-tronica e instalacoes de sistemas jdM alguns anos ... Entretanto apre-cio a A.P.E_ como uma Revistaque sempre, a cada numero, trazideias novas e prdticas, simplifi-cando e resolvendo muitos dos

    "Montei 4 unidades do MOCODIG(M6DULO CONI'ADOR DIGITALPARA DISPlAY GIGANI'E - APE10) que estou utilziando num pla-car de quadra de esportes (utilizeio circuito de comando sugerido nafig. 8-A, pdg : 12, APE 10)... Fi-cou tudo muito born e, embora eunao seja profissional, jd pintaramalgumas encomendas, pois quemviu gostou ... S6 tern urnproblemi-nha (que ruio chega a atrapalhar 0desempenho do circuito): a lumi-nosidade das ldmpadas que for-mam os segmentos dos digitos, meparece um pouco inferior a suapotencia normal (quando ligadasdiretamente a rede) ... Sera issouma consequencia natural do cir-cuito ou haverd algum pequeno de-feito ou deficiencia na minha mon-tagem. .." - Geraldo N: Guedes-Belo Horizonte - MG_Se 0 circuito como urn todo estafuncionando perfeitamente, Geral-. do, com toda certeza as montagensestao perfeitas. Agora, quanto acerta "queda" na luminosidadenormal das Iarnpadas, observe asseguintes instrucoes e sugestoes: Se 0 fenomeno apenas ocorre emurn ou outro segmento, verifique(e eventualmente troque ) 0TRIAC e 0 transfstor responsa-veis pelo comando do segmento"fraco" _

    Se a queda de luminosidadeocorre em todo 0display, obser-ve0seguinte:

    Utilize, para alimentacao de bai-xa tensao de todo 0conjunto (4MOCODIGs), urna fonte para12V x 2A. Nao utilize uma fonte

    aqui! Estamos sernpre atentos assuas necessidades profissionais epraticas, mostrando tambem proje-tos especfficos para suas lireas deatuacao. .. Quanto as alteracoes noCAPBA, para carga automatica debaterias a 24 volts, sao possfveis,sim ... Af vao as modificacoes (to-das simples - a placa nao precisaser modificada ...):original (12V) trafo 14-0-14a 17-0-17V x5A

    resistor 680R

    alteraeao (24V) trafo 28-0..:28a 35-0-35V x5A

    resistores470R resistor 1K5 resistores lK

    resistor lK2 capacitor ele-tr. l00u x25V

    resistor 2K4 capacitor ele-tr. lOOu x63V

    probleminhas que a gente tern, na "Queria fazer uma ampliacdo naatividade profissional ... 0CAR- SEQUENCIAL 4V (APE 10), seREGADOR PROFISSIONAL DE posstvel com 0 acionamento deBATERlA (APE 09), por exemplo, mais de urn LED bicolor em cadaveio me "quebrar um galhiio", jd um dos 5 estdgios de satda ... Porque outros circuitos do genero (que exemplo: com 3 LEDs em cadajd experimentei ... ) ou ruio deram estdgio, de modo que eu possacerto, ou custavam caro demais construir uma ver