apostílas estácio - orçamento empresarial

Download Apostílas Estácio - Orçamento Empresarial

Post on 13-Apr-2018

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 7/26/2019 Apostlas Estcio - Oramento Empresarial

    1/149

    Disciplina: ORAMENTO EMPRESARIAL

    Controladoria

    Estratgica eOperacional2a. Edio/2009Clvis Lus PadovezeCaptulos

  • 7/26/2019 Apostlas Estcio - Oramento Empresarial

    2/149

    !' A S A . D O'ROFESSOf

    PARTE V

    A CONTROLADORIA NA PROGRAMACAO

    Dentro do processo de p lanejamento, a ltima etapa caracteriza-se pela necessidade deplanejar o curto prazo, ou seja, as aes para o prximo exerccio. Denominamos estaetapa de Programao, uma vez que consiste na elaborao de planos operacionais de

    produo e vendas e na mensurao econmico-financeira desses planos.A funo da Controladoria nesta etapa do processo de gesto tem como elemento

    central o plano oramentrio, o qual se caracteriza exatamente por ser um plano decurto prazo e envolve a quantificao dos elementos necessrios para o processode comprar, produzir e vender e, subseqentemente, a mensurao econmica de todosesses elementos e suas resultantes.

    Algumas empresas elaboram planos oramentrios para mais de um ano futuro.Nosso entendimento que no h muita utilidade gerencial em elaborar planos oramentrios alm do prximo exerccio futuro, apesar de isto ser possvel a um custorazovel, considerando os novos recursos de tecnologia de informao disposio das

  • 7/26/2019 Apostlas Estcio - Oramento Empresarial

    3/149

    Captulo 15

    Plano Oramentrio

    A base da Con troladoria operacional o processo de pla

    nejamento e controle oramentrio, tambm denominado planejamento e controle financeiro ou planejamentoe controle de resultados. O oramento ferramenta decontrole por excelncia de todo o processo operacionalda empresa, pois envolve todos os setores da compa

    nhia.

    15.1 Definio e Objetivos

    Definio

    Oramento ". .. nada mais do que colocar na frenteaquilo que est acontecendo hoje" .1

    Uma outra definio que pode ser dada que o oramento

    "... a expresso quantitativa de um plano de

    le de resultados. Portanto, convm ressaltar que o plano

    oramentrio no apenas prever o que vai acontecer eseu posterior controle. O ponto fundamental o processo de estabelecer e coordenar objetivos para todas as

    reas da empresa, de forma tal que todos trabalhemsinergicamente em busca dos planos de lucros.

    Exemplos de propsitos gerais que devem estar contidos no plano oramentrio podem ser:

    Oramento como sistema de autorizao: O ora

    mento aprovado no deixa de ser um m eio de liberao de recursos para todos os setores da empresa,minimizando o processo de controle.

    Um meio para projees e planejamento: O conjun to das peas oram entr ias ser uti lizado para oprocesso de projees e planejamento, perm itindo,

    inclusive, estudos para p erodos posteriores.

    Um canal de comunicao e coordenao: Incorpo

  • 7/26/2019 Apostlas Estcio - Oramento Empresarial

    4/149

    P A S T A D OP k O ; :

    1 9 8 C O N T R O L A D O R I A E S T R A T E G I C A E O P E R A C I O N A L

    E S

    tivos especficos. Desta maneira, o processo de estabele

    cer objetivos deve ser interativo, que coordena os objetivos gerais com os especficos. Nessa linha de atuao,o processo oramentrio deve permitir a participaode toda a estrutura hierrquica com responsabilidadeoramentria, no devendo ser um processo ditatorialcom uma nica d ireo, de cima para baixo. E certo por

    tanto que, em ltima instncia e em caso de dvidas,prevalecero os critrios da corporao.

    Todos os envolvidos no processo oramentrio

    devem ser ouvidos. Esse envolvimento permitir uma

    gesto participativa, compatvel com a estrutura dedelegao de responsabilidades e permitir o comprometimento de todos os gestores dos setores especficos.S assim ser possvel a gesto adequada da etapa finaldo plano oramentrio, que o controle oramentrio,

    com a anlise das variaes e do desempenho individual dos gestores.

    Diante dessas colocaes, podemos listar alguns princpios gerais para a estruturao do plano oramentrio:

    Orientao para objetivos: O oramento deve sedirecionar para que os objetivos da empresa e dos

    setores especficos sejam atingidos eficiente e eficazmente.

    Envolvimento dos gestores: Todos os gestores responsveis por um oramento especfico devemparticipar ativamente dos processos de planejamento e controle, para obtermos o seu comprometimento.

    de planos operacionais at um instrumento de premia-

    o ou no pelo desem penho dos gestores responsveispelas diversas reas e divises da corporao.

    Vrias dessas funes podem ser conflitantes. Os conflitos so inerentes a qualquer sistema de gesto que en

    volve delegao de responsabilidades e liberdade de aonessas responsabilidades. Contudo, cabem ao controllere

    aos executivos principais da empresa a administraoe coordenao das mltiplas funes do oramento ede seus conflitos, sempre tendo como norte a misso de

    empresa, onde esto seus objetivos principais.

    Oramento Participativo X Ditatorial

    Como j vimos, o oramento deve necessariamente ter

    o envolvimento dos gestores com responsabilidadesobre peas oramentrias. Portanto, um processo deoramento de cima para baixo (top dowri), de formaimpositiva, sem nenhuma participao dos gestores -gestores estes que levaro a cabo os objetivos e o cum

    primento das metas operacionais -, tende a produzirresultados inferiores do que sob outra proposta de conduo do sistema oramentrio.

    Por outro lado, o processo oramentrio conduzidode forma totalmente democrtica (bottom up) traz tambm os problemas inerentes a esta poltica de conduode negcios. Existe a possibilidade de que os desejos,necessidades e objetivos setoriais no estejam, num p rimeiro momento, coerentes com os objetivos maiores daorganizao. No incomum nesse procedimento que

  • 7/26/2019 Apostlas Estcio - Oramento Empresarial

    5/149

    Plano Oramentrio 199

    conter o mximo possvel de democracia e participaopara o comprometimento dos gestores setoriais, pormdeve reservar aos responsveis dos escales mais altos

    a possibilidade de ajustes dos objetivos setoriais aosobjetivos maiores do empreendimento, atravs de procedimentos algo mandatrios.

    O ponto fundamental que o oramento deve estartotalmente integrado com a cultura empresarial. As

    organizaes desenvolvem um conjunto de valores, prin

    cpios, regras e procedimentos ambientais, que formamsua cultura especfica, onde os gestores, desde a suaentrada na organizao, devem parametrizar seu com

    portamento profissional, sob pena de terem seu desempenho comprometido. Nesse sentido, o oramento deveconter as doses adequada s de participao e/ou determinao, decorrentes de sua cultura, sem prejuzo do com

    prometimento deste ferramental de Controladoria.

    Validade do Oramento

    Mais recentemente, temos visto crticas ao processo oramentrio centradas basicamente nos seguintes pontos:

    Ferramental ineficiente para o processo de gesto efrustrao com os resultados obtidos no processo.

    O oramento engessa em demasia a empresa (o

    sados, e, em seguida, encontradas as solues, nem queno sejam as ideais para o momento.O oramento, que contm a mensurao econmica

    dos planos operacionais da empresa, sempre necessrio para o processo de planejamento, execuo e controle. As frustraes que acontecem so frutos de planosoramentrios no desenvolvidos corretamente, desdea falta de objetivos claros, de uma clara definio de responsabilidades, da competncia para obteno dos

    dados, dos procedimentos de mensurao etc.

    Vantagens do Oramento

    Com isso, podemos resumir as maiores vantagens dooramento:

    A oramentao compele os administradores apensar frente pela form alizao de suas responsa

    bilidades para planejamento.

    A oramentao fornece expectativas d efinidas querepresentam a melhor estrutura para julgamento

    de desempenho subseqente.

    A oramentao ajuda os administradores na coordenao de seus esforos, de tal forma que os objetivos da organizao como um todo sejam confrontados com os objetivos de suas partes.

  • 7/26/2019 Apostlas Estcio - Oramento Empresarial

    6/149

    8>

    r4

    ip A S T A D OPROfl 5SSOR

    v-3OIN!

    ioir

    s |I l.:> f ^3 Ir-,

    5 3

    as -6 < ? : u.I s3 Om t i m lJm

    y in P t k R Q

    N;i '4mvi=3

    p A S T a D OPROFESSOR

    XJPl

    i} :s-

    PS53)r: C,

    ' Q

    I OS uP5* 1 '1 5S Em 0

    ifiK O.O 4'M *j4 si

    m MI r

    |k-. ..

    Oramento Corrigido

    O conceito de oramento corrigido o ajuste do oramento original, de forma automtica, sempre que houveralterao de preos em funo de inflao. importanteressaltar que nem todas as empresas aceitam pacificamente este conceito, j que, para muitas delas, as alteraes de preos so de responsabilidade dos gestoressetoriais, e elas devem fazer parte as variaes oramentrias e justificadas, mesm o que ocasionadas por fenmeno inflacionrio.

    Nosso entendimento que, se as alteraes de preosforem decorrentes de inflao e, principalmente, de

    eventos pactuados contratualmente (clusulas de rea

    juste s ba sead as em nd ices de infla o futura) ouimpostas pelo governo atravs de suas taxas e preos

    administrados, aceitvel a adoo desse conceito

    de oramento, j que no h uma possibilidade clara decontrolabilidade pelo gestor do oramento.

    Outrossim, a correo automtica de oramentos

    por outras variaes de preos, que no decorrentesde clusulas de reajustes ou preos impostos, onde

    cabe atuao e, portanto, controlabilidade do ges

    tor, no deve ser incorporada automaticamente aooramento.

    Plano Oramentrio 203

    Oramento Original (+/) Variao de Preos (Preos Originais) por Inflao

    : Oramento Corrigido(Preos Corrigidos)

    Budget e Forecast

    A termino