apostila 1 agronegócios 2011 2(revisada)

Download Apostila 1 Agronegócios 2011 2(Revisada)

Post on 10-Jul-2015

911 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1

Mensagem do Professor Meus caros alunos, iniciamos mais um semestre letivo, espero que possamos desenvolver uma interao positiva entre professor e aluno afim de que o conhecimento adquirido na disciplina Agronegcios possa de alguma forma contribuir para o progresso profissional de vocs. O agronegcio hoje a principal locomotiva da economia brasileira, responsvel por 33% do PIB, 37% dos empregos gerados na economia e responde por 42% das exportaes totais (Dados do Ministrio da Agricultura. 2006) . Neste ano de 2011 o pas dever colher uma safra de mais de 162 milhes de toneladas de gros. O Brasil ostenta ainda o maior rebanho bovino comercial do mundo, cerca de 205 milhes de cabeas, e lidera as exportaes nesta rea. Somos tambm o principal produtor e exportador de acar, caf, suco de laranja e lcool derivado da cana. Em relao s exportaes, tambm somos primeirssimos em relao ao tabaco e carne de frango; somos o segundo lugar com o complexo soja e terceiro com o milho e a carne suna. Moderno, eficiente e competitivo, o agronegcio brasileiro uma atividade prspera segura e rentvel. Com um clima diversificado, chuvas regulares, energia solar abundante e quase 13% de toda a gua doce disponvel no planeta. O Brasil um dos principais fornecedores de produtos agropecurios para o mundo. O pas envia alimentos para 215 destinos em 180 pases. O modelo adotado de agricultura sustentvel e competitiva pioneiro no apoio a programas de reduo de emisso de gases de efeito estufa. Eis a uma pequena amostra do dinamismo do agronegcio brasileiro. Prof. Danilo Biasi

2

3

I - IntroduoI.1.Tendncias do agronegcio brasileiro para 2011O agronegcio brasileiro vai registrar expanso acima da mdia em 2011. A estimativa da Confederao Nacional da Agricultura (CNA), que atribui aos altos preos das commodities, forte demanda interna e externa e reduo dos custos de produo a projeo de um avano mais acelerado no campo neste ano. Com isso, o faturamento dos 25 produtos agropecurios vai crescer 3,65% e atingir 261 bilhes de reais no perodo. Os estoques de gros esto em baixos nveis, e o consumo deve continuar aquecido. O Brasil, maior produtor de alimentos do mundo, ser favorecido nessa conjuntura, diz a senadora Ktia Abreu, presidente da CNA. Outro aspecto positivo para o setor apontado pela CNA foi a queda dos custos de produo ao longo de 2010. No perodo, o gasto mdio por hectare foi de 936 reais, em comparao com os 1.160 reais gastos em 2009. Esse cenrio compe um quadro de rentabilidade para o agricultor brasileiro, avalia Andr Pessoa, diretor da Agroconsult, empresa de consultoria agrcola. Para Roberto Rodrigues, ex-ministro da agricultura e coordenador do Centro de Agronegcio da Faculdade Getlio Vargas (GV-Agro), 2011 ser um ano emblemtico para a agricultura e o Brasil no ser somente favorecido pela conjuntura internacional. Rodrigues afirma que o pas ser o protagonista do aumento da produo de alimentos no mundo. Teremos um novo governo e a oportunidade de grandes revises do processo produtivo no momento em que nos foi imposto o desafio de crescer acima da taxa mundial,afirma o ex-ministro. Rodrigues se refere a um levantamento realizado pela Organizao para Cooperao e Desenvolvimento Econmico (OCDE) que aponta que a produo de alimentos ter de crescer 20% nos prximos dez anos a fim de atender demanda mundial. Nesse panorama, a Unio Europeia vai contribuir com um aumento de 4%; a Austrlia com 7%; os Estados Unidos e o Canad com 15%; a Rssia e a China com 26%; e o Brasil com 40%. Teremos de avanar o dobro do crescimento mundial, e isso implica numa expectativa muito grande sobre nossa produo, em funo da disponibilidade de terras e de nossa competitividade, diz Rodrigues. Ele acrescenta que a projeo de crescimento da rea de energia ser ainda maior que a de alimentos. A China comprou mais carros que qualquer outro pas neste ano. L a estatstica de trs carros para cada 100 habitantes em comparao, os Estados Unidos tm 60 carros para cada 100 habitantes. Portanto, a demanda crescer ainda mais nos prximos anos, e a presso ambiental vai impulsionar o consumo de combustvel limpo, avalia o ex-ministro. A presidente da CNA tambm v a China como motor da economia mundial. Projees mostram que o pas deve crescer entre 8% e 9,5% neste ano, mas, se o desempenho do gigante asitico for inferior a 8%, o quadro ser de preocupao, uma vez que o crescimento menor reduzir a demanda por alimentos, importados principalmente do Brasil, avalia a senadora. A volta da inflao e uma desacelerao econmica mundial tambm poderiam afetar as boas previses da CNA para o setor em 2011. A entidade estima que as exportaes do agronegcio atinjam novo recorde histrico, de 77,8 bilhes de dlares, com saldo positivo de 66,5 bilhes de dlares. No entendimento de Rodrigues, existem seis pilares que so considerados fundamentais para a consolidao do agronegcio brasileiro. O primeiro a renda, com o seguro rural, o crdito e os preos de garantia ao produtor. O segundo a logstica, com priorizao das estradas, ferrovias e portos. Em terceiro, destaca-se a tecnologia, com a continuidade dos investimentos no campo. O quarto pilar refere-se ao comrcio exterior, com a adoo de uma poltica mais agressiva. O quinto4

trata da defesa sanitria, por meio da criao de um programa eficaz. E finalmente o sexto pilar trata de uma reviso ampla do aparato legal sobre o campo, que inclua as discusses sobre o direito de propriedade, questes trabalhistas e ambientais. O cenrio promissor para o Brasil, porm, se quisermos aproveitar essa oportunidade, temos de priorizar esses seis pilares, afirma Rodrigues. As estimativas para 2011 so otimistas para a maioria das commodities. O comrcio de gros, que surpreendeu em 2010 em funo das altas cotaes, deve se apresentar ainda mais aquecido em 2011, em funo dos baixos estoques mundiais e da tendncia de elevao no consumo das famlias. J a produo de cana-de-acar deve se manter estvel em 560 milhes de toneladas no Brasil. O segmento sucroenergtico apresenta potencial de crescimento em 2011, ainda que a safra de cana se mantenha estagnada. A expectativa de aumento das vendas de acar e lcool. A produo de energia a partir do bagao tambm vai aumentar, e o mercado de bioplstico tende a se desenvolver com mais velocidade. As perspectivas de mercado so otimistas, mas o setor necessita de um novo ciclo de investimentos, avalia Marcos Jank, presidente da Unio da Indstria da Cana (Unica).

No segmento de carnes, o destaque ser a produo de frango, que foi a sensao de 2010 e promete repetir a boa fase neste ano, perodo em que a Unio Brasileira de Avicultura (Ubabef) prev um crescimento de 3% a 5% para o setor. Ao que tudo indica, o Brasil vai superar a China na produo de aves em 2011, diz Francisco Turra, presidente da Ubabef. J o boi gordo, que em novembro de 2010 atingiu preo histrico, com a arroba cotada a 117 reais, deve, durante abril ou maio, na safra, recuar para o patamar de 95 a 98 reais. Como ser um perodo de chuvas em abundncia, creio que isso ajudar na recuperao das pastagens e deve conter as presses de alta do mercado, diz Paulo Molinari, analista da empresa de consultoria Safras & Mercado. Ainda assim, o consumo interno e externo vai manter-se firme, em crescimento. Isso positivo para o preo do boi e da carne. Do lado da oferta, teremos uma produo um pouco maior que em 2010, pois o cenrio de preos mais convidativo ao uso de tecnologia e confinamento, calcula Miguel da Rocha Cavalcanti, analista do BeefPoint. Para o caf, cuja safra somar 48 milhes de sacas de 60 quilos no perodo 2009/2010, a previso de preos maiores ao longo deste ano, j que os estoques mundiais do produto esto em queda e a safra brasileira de 2010/2011 ser menor, em decorrncia do ciclo produtivo do gro, caracterizado por um ano de safra alta e seguido por perodo de safra baixa. Apesar do cenrio otimista para o ano, Ktia Abreu reivindica uma reforma do atual modelo da poltica agrcola do pas. O agricultor no pode arcar sozinho com o abastecimento do pas. O governo precisa garantir preos mnimos sem5

burocracia, diz a presidente da CNA, que tambm pede prioridade para a soluo da logstica do Centro-Oeste, responsvel por 50% da safra brasileira de gros. Outro ponto negativo para o segmento foi o adiamento da votao do novo Cdigo Florestal para este ano. Essa situao aumenta o quadro de insegurana jurdica entre os produtores, diz a senadora, acrescentando que, enquanto aguardam a aprovao da proposta de atualizao do Cdigo Florestal, 90% dos produtores continuam em situao irregular. Na avaliao de Rodrigues, o Brasil consegue superar problemas como a precariedade da infraestrutura e o protecionismo europeu, mas vive esse impasse na questo ambiental. Isso um absurdo, pois o agronegcio brasileiro um dos mais sustentveis do mundo, com os maiores ndices de produtividade agrcola, maior integrao lavoura-pecuria, maior plantio direto e maior reserva ambiental, afirma. A restrio da venda de terras para estrangeiros tambm no vista pelo setor com bons olhos. A vinda de estrangeiros para o Brasil tem a vantagem de que eles passaro a ser nossos aliados para derrubar subsdios no mercado internacional, avalia Roberto Rodrigues. Para ele, ainda que estejam nas mos de estrangeiros, as terras so brasileiras e geram emprego e renda no Brasil. Acredito que o governo deva discutir melhor essa questo em 2011, afirma.

I.2 - Caractersticas e Conceitos de agronegciocenrio atual aponta que o Brasil ser o maior pas agrcola do mundo em dez anos. Neste caso, o agronegcio brasileiro uma atividade prspera, segura e rentvel. Com um clima diversificado, chuvas regulares, energia solar abundante e quase 13% de toda a gua doce disponvel no planeta, o Brasil tem 388 milhes de hectares de terras agricultveis frteis e de alta produtividade, dos quais 90 milhes ainda no foram explorados.O

Todos esses fatores fazem do pas um lugar de vocao natural para a agropecuria e todos os negcio