apost jog cooperativos

Download Apost jog cooperativos

Post on 25-Jul-2015

72 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • JOGOS COOPERATIVOS APLICADOS

    Profa. HELEN RITA M. COUTINHO, MSc.

    JOGOS COOPERATIVOS APLICADOS A EDUCAO

    Profa. HELEN RITA M. COUTINHO, MSc.

    1

    JOGOS COOPERATIVOS A EDUCAO

    Profa. HELEN RITA M. COUTINHO, MSc.

  • 2

    SUMRIO

    1 PLANO DE ENSINO ........................................................................................................... 3 1.1 EMENTA ............................................................................................................. 3 1.2 OBJETIVOS DA DISCIPLINA ............................................................................ 3 1.3 CONTEDO PROGRAMTICO ......................................................................... 4 1.4 PROCEDIMENTOS METODOLGICO .............................................................. 5 1.5 AVALIAO ....................................................................................................... 5 1.6 BIBLIOGRAFIA .................................................................................................. 5 AULA 1 - ASPECTOS INTRODUTRIOS DOS JOGOS COOPERATIVOS ............ 5 TEXTO 1: ASPECTOS INTRODUTRIOS DOS JOGOS COOPERATIVOS ........... 5 AULAS 2 e 3 - ASPECTOS INTRODUTRIOS DOS JOGOS COOPERATIVOS .... 9 TEXTO2 - ORIGEM E EVOLUO DOS JOGOS COOPERATIVOS ....................... 9 AULA 4 - O EDUCADOR .......................................................................................... 25 TEXTO 3 - EDUCANDO NOS DIAS DE HOJE ! ....................................................... 25 AULA 5 OS CONTATOS ........................................................................................ 27 TEXTO 4 - OS PRIMEIROS CONTATOS ................................................................. 27 AULAS5e 6 O MELHOR DOS JOGOS COOPERATIVOS ................................... 29 TEXTO 5- ENTENDENDO MELHOR OS JOGOS COOPERATIVOS ....................... 29 AULA7 TIPOS DE JOGOS ..................................................................................... 39 TEXTO 6TIPOS DE JOGOS ................................................................................... 39 AULA8 APLICAO DOS JOGOS ........................................................................ 44 TEXTO 7- JOGOS COOPERATIVOS E EXPRESSO CORPORAL ........................ 44 TEXTO 8- JOGOS COOPERATIVOS NAS ORGANIZAES ................................. 51 TEXTO 9- JOGANDO COM TODOS......................................................................... 55 TEXTO 10- CONSIDERAES FINAIS ................................................................... 57 ANEXOS JOGOS ................................................................................................... 58

  • 3 1 PLANO DE ENSINO

    DISCIPLINA CARGA NMERO TURMA

    HORRIA DE AULAS

    JOGOS COOPERATIVOS APLICADOS A EDUCAO

    40 horas 08

    1.1 Ementa

    Os jogos e brincadeiras na cultura brasileira. A origem dos jogos. O brincar como

    ludicidade e produo de conhecimento na instituio de ensino. Estudo dos jogos e

    brincadeiras: sentidos, significados, apropriaes, influncias e a importncia para a

    Educao.

    1.2 Objetivos da disciplina Geral

    promover aos Ps-Graduados do Curso de Docnciaa reflexo, a discusso e a

    fundamentao terica, a fim da ressignificao das concepes sobre os jogos

    cooperativose a brincadeira visando a construo de conhecimento sobre a

    importncia do ldico no contexto educativo.

    Especficos

    a) Relacionar as diversas fases do desenvolvimento do jogo cooperativo;

    b) Conhecer a histria e o espao ocupado pela ludicidade no contexto histrico

    e atual da educao;

    c) Reconhecer a importncia do ldico como um meio para o desenvolvimento

    fsico, cognitivo, afetivo e social;

    d) Reconhecer a importncia dosjogos cooperativos no processo educativo;

    e) Compreender a dinmica de criao, montagem e dinamizao de espaos

    ludopedaggicos.

    1.3 Contedo Programtico

    UNIDADE I - ASPECTOS INTRODUTRIOS DOS JOGOS COOPERATIVOS.

    Texto 1: ASPECTOS INTRODUTRIOS DOS JOGOS COOPERATIVOS.

    Texto 2: ORIGEM E EVOLUO DOS JOGOS COOPERATIVOS.

    UNIDADE II O EDUCADOR

  • 4 Texto 3: EDUCANDO NOS DIAS DE HOJE!

    UNIDADE III OS CONTATOS

    Texto 4: OS PRIMEIROS CONTATOS.

    UNIDADE IV O MELHOR DOS JOGOS COOPERATIVOS

    Texto 5: ENTENDENDO MELHOR OS JOGOS COOPERATIVOS.

    UNIDADE V TIPOS DE JOGOS

    Texto 6: TIPOS DE JOGOS.

    UNIDADE VI APLICAO DOS JOGOS

    Texto 7: JOGOS COOPERATIVOS E EXPRESSO CORPORAL.

    Texto 8: JOGOS COOPERATIVOS NAS ORGANIZAES

    Texto 9: JOGANDO COM TODOS

    1.4 Procedimentos Metodolgico

    As aulas se daro a partir de exposies orais e dialogadas, leituras e anlises de

    textos, elaborao de snteses e apresentao de trabalhos. Ser privilegiado a

    leitura, reflexo, o dilogo, a criatividade, o compromisso e o envolvimento de

    todos, articulando-os com a formao e a experincia de cada participante. Sero

    utilizados recursos variados, de acordo com os contedos trabalhados e as

    possibilidades existentes.

    1.5 Avaliao

    Avaliaes so previstas ser realizada no decorrer do mdulo, combinando

    momentos de expresso individual e grupal. Sero realizadas trs avalies: a

    primeira referente a leitura do primeiro e segundo texto, a segunda referente aos

    terceiros e quartos textos, a terceira exposio de trabalhos que sero realizados no

    final do mdulo. O peso de cada avaliao ser de 10 pontos, que dividido por 3, ter-

    se- a mdia da disciplina.

    1.6 Bibliografia

    AMARAL, J. D. Jogos cooperativos.So Paulo: Phorte, 2004. ______.Jogos cooperativos.3.ed..So Paulo: Phorte, 2008.

  • 5 BERTHARAT, T.; BERNSTEIN, C. O corpo tem suas razes:antiginstica e conscientcia de si. 4.ed. So Apulo: Martins Fontes, 1977. BRIKMAN, L. A linguagem do movimento corporal. So Paulo: Summus, 1989. BROTTO, F. O. Jogos cooperativos: o jogo e o esporte como em exerccio de convivncia. Santos: Projeto cooperao, 2001. BROWN, G. Jogos cooperativos: teoria e prtica. So Leopoldo: Sinodal,1994. FREIRE,P. Pedagogia da autonomia: saberes necessrios prtica educativa. 11.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999. ORLICK, T. Libres para cooperar libres para crear.3.ed. Barcelona. Editorial Paidotribo, 1999. SOLER, Reinaldo. Jogos cooperativos. 3.ed. So Paulo: Sprint, 2006. ______. 100 jogos competitivos de apresentao: jogando e recreando um novo mundo. So Paulo: Sprint, 2009. ______. Jogos com para-quedas: mantendo nossos sonhos no ar. So Paulo: Sprint, 2009. STOKOE, P. HARF, R. Expresso corporal na pr-escola. So Paulo: Summus, 1987.

  • 5

    AULA 1 e 2 ASPECTOS INTRODUTRIOS DOS JOGOS COOPERATIVOS

    Texto 1: ASPECTOS INTRODUTRIOS DOS JOGOS COOPERATIVOS.

    JanderDenicol Amaral1

    Reinaldo Soler2

    Concordo que o estudo, tanto quantoo trabalho, so coisas srias. Coisa sria, no sisuda.

    (JOO BATISTA FREIRE)

    Para viver em uma poca como a que vivemos, lidando com tantas crises,

    mudanas, problemas e expectativas, faz-se necessrio estar bem preparado para

    as exigncias da vida moderna. Uma vida que exige do ser humano uma adaptao

    contnua s novas circunstncias e que ele aprenda e reaprenda permanetemente.

    Uma pessoa que conhece muita gente, uma pessoa que tem que gostar de gente,

    de todas as idades, raas, ideologias e manias. Ser humano, uma pessoa que se

    dedica ao crescimento do outro, que compartilha sentimentos, desejos efrustraes.

    Uma pessoa que deve estar preparada a cada instante, porque as mudanas so

    muitas e muito rpidas. Uma pessoa que se relacione bem com o outro e que seja

    competente na sua ao, para, ento, tentar ajudar essa gente a pensar, sentir, agir

    e viver como gente.

    Conviver facilitar um processo que busca o desenvolvimento pessoal, social

    e profissional durante toda a vida do indivduo, com a finalidade de melhorar sua

    qualidade de vida e da coletividade.

    Para isso, temos, mais do que nunca, o dever de resgatar o humano. O

    humano caracterizado pela paz, pelo amor e pelasolidariedade, pois somos uma

    comunidade depessoas. Eesse resgate encontra uma pessoa que,

    independentemente de sua idade cronolgica, sempre colocada prova, e,

    quando isso acontece, passa por crises, transformaes e modificaes que

    envolvem muitos aspectos que s vezes no nos damos conta e que tem uma

    importncia fundamental, como, por exemplo, as mudanas de papis frente as

    diferentes situaes que a vida nos coloca. E nos cobrado diante desses papis

    1AMARAL, Jader Denicol. Jogos cooperativos. So Paulo: Phorte, 2004.

    2 SOLER, Reinaldo. Jogos cooperativos. 3.ed. Rio de Janeiro: Sprint, 2006.

  • 6

    uma grande maturidade. Somos pessoas que sempre esto comeando suas vidas

    e relaes interpessoais.

    Temos que aprender a trabalhar o erro, o desequilbrio. O conflito e a crise

    so momentos fundamentais para o crescimento como pessoa e especialmente para

    o crescimento em grupo. Sejamos tolerantes e pacienciosos.

    Um outro aspecto importante a auto realizao. Temos que criar condies

    para que as pessoas desenvolvam a capacidade de auto realizao, que

    pressupomos, chegar a ser algo realmente importante para ns mesmos e quando

    fazemos isso colaboramos para o crescimento das outras pessoas.

    Enfim, uma pessoa que saiba viver em comunidade, pois somos comunicao

    essencial. E nessa comunicao devemos criar pontes de acesso ao outro por meio

    do que temos em comum e deixar de lado as difer