aplicaÇÃo das primeiras etapas do mÉtodo de anÁlise e ...· 2.1 pdca o ciclo pdca (plan, do,...

Download APLICAÇÃO DAS PRIMEIRAS ETAPAS DO MÉTODO DE ANÁLISE E ...· 2.1 PDCA O ciclo PDCA (plan, do, check,

Post on 10-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Anais do IX Simpsio de Engenharia de Produo de Sergipe (2017) 478

ISSN 2447-0635 www.simprod.ufs.br

APLICAO DAS PRIMEIRAS ETAPAS DO MTODO DE ANLISE E

SOLUES DE PROBLEMAS EM UMA EMPRESA DO SETOR

QUMICO

ZAGHA, Roberta Resende1; BARBOSA, Carolina Sakamoto2

1 Departamento de Engenharia de Produo, Universidade Federal de So Carlos, Campus Sorocaba, roberta.zagha@gmail.com

2 Departamento de Engenharia de Produo, Universidade Federal de So Carlos, Campus Sorocaba, carol.sakamoto810@gmail.com

Resumo: O mercado de manufatura possui um alto grau de competio entre as empresas, que

esto sempre em constante atualizao dos seus processos e estruturas, para que se destaquem

no mercado e tenham um alto ndice de produtividade sem comprometer a qualidade de servio.

Em uma fbrica no interior de So Paulo foi detectado que a linha produtiva de fita impressa

estava com problemas de atraso de pedidos produzidos, comprometendo a qualidade do servio

e transparecendo um dficit na eficincia do processo produtivo. Esse estudo props a

utilizao do Mtodo de Anlise e Solues de Problemas (MASP), com o auxlio de

ferramentas da qualidade, com o principal objetivo de identificar as possveis causas dos

atrasos de pedidos e sugerir aes a serem tomadas. Com as causas fundamentais encontradas,

foram gerados trs planos de ao para o bloqueio do problema.

Palavras-chave: Qualidade, Indstria qumica, MASP.

APPLICATION OF THE FIRT STEPS OF THE ANALYSIS AND

PROBLEM SOLVING METHOD IN A COMPANY OF THE CHEMICAL

INDUSTRY

Abstract: The manufacturing market has a high competition degree between companies that

are in a continuous process and structure update, so they stand out in the market and have a

high productivity index without compromising the service quality. In a factory in the

countryside of the state of So Paulo was detected a problem related to the delay of orders

produced in the production line of printed tape. This delay compromised the service quality

and showed a deficit in the efficiency of the production process. This study proposes the use of

the analysis and problem solving method (APSM), with the support of quality tools, with the

main objective of identifying the possible causes of delays of orders and suggest actions will be

tacked. After finding the mains causes, three action plans were created for stopping the

problem.

Keywords: Quality, Chemical industry, MASP.

http://www.simprod.ufs.br/

Anais do IX Simpsio de Engenharia de Produo de Sergipe (2017) 479

ISSN 2447-0635 www.simprod.ufs.br

1 Introduo

Segundo Abreu e Sales (2003), a complexidade, o crescimento e a diversidade de bens

produzidos e dos servios prestados, instiga o surgimento de novas estratgias para o

gerenciamento da qualidade. O foco das empresas deixa de ser somente o produto e passa a

englobar todo o processo, na tentativa de se obter um melhor controle da qualidade.

Slack (2006) ainda ressalta que para uma empresa atingir uma boa qualidade ela deve

evitar os desperdcios, que um dos principais fatores que influenciam o seu desempenho. Para

alcanar esse nvel de qualidade almejado, as empresas utilizam mtodos e ferramentas da

qualidade como guias para buscar solues e obter respostas baseadas em mtodos cientficos

para controle da qualidade e melhoria contnua.

O Mtodo de Anlise e Soluo de Problemas (MASP) um sequenciamento de

procedimentos baseados em fatos e dados, que visam levantar a causa fundamental de um

problema para combater e elimin-la (WERKEMA, 2006). Ele consiste em oito etapas de

implementao: identificao do problema, observao, anlise, plano de ao, ao,

verificao, padronizao e concluso. O MASP mostra-se eficaz por se tratar de uma

metodologia de simples entendimento, permitindo que seja aplicada nos mais variados

problemas para a identificao das causas, junto com a elaborao de um plano de ao.

Nesse contexto, foi escolhido o setor de fitas de uma empresa qumica localizada no

interior de So Paulo, para a realizao do estudo de caso utilizando o MASP como mtodo.

Este setor vem apresentando atrasos nas entregas dos pedidos e necessita-se identificar os

motivos do problema para tomar uma aes corretivas para melhoria.

2 Reviso da literatura

2.1 PDCA

O ciclo PDCA (plan, do, check, action), Figura 1, foi desenvolvido por Deming e

consiste em um ciclo de quatro etapas: planejar (P), executar (D), verificar (C) e agir (A), para

se obter controle de um processo e atingir metas atravs de um mtodo de gesto.

http://www.simprod.ufs.br/

Anais do IX Simpsio de Engenharia de Produo de Sergipe (2017) 480

ISSN 2447-0635 www.simprod.ufs.br

Figura 1 Representao do ciclo PDCA

Fonte: Adaptao de Campos (2004)

2.2 Mtodo de Anlise e Soluo de Problemas (MASP)

As etapas do MASP so baseadas no ciclo PDCA (plan, do, check, action), por isso,

Werkema (1995) define o mtodo como um ciclo PDCA de melhorias. Segundo Kume (1985),

o QC Story, como tambm chamado, permite a resoluo de um problema com sete etapas:

problema, observao, anlise, ao, verificao, padronizao e concluso. Cada etapa contm

uma srie de atividades a serem seguidas para que o problema seja solucionado, sendo claro e

lgico na sua lista de atividades.

Campos (2004), separa a etapa de ao em duas, criando uma etapa a mais que o mtodo

proposto por Kume, detalhando mais as fases do mtodo. Para Campos, as oito etapas so:

identificao do problema, observao, anlise, plano de ao, ao, verificao, padronizao

e concluso. As ferramentas da qualidade so utilizadas nas etapas como apoio em sua

implementao.

Na primeira etapa de identificao do problema definido qual o problema, sendo que

um problema o resultado indesejvel de um trabalho (CAMPOS, 2004, p. 240). Ao definir

o problema, necessrio verificar o seu histrico, buscando entender como acontece e a sua

frequncia. Utiliza-se a ferramenta de fluxograma para entender os processos envolvidos no

problema.

A segunda etapa consiste em descobrir caractersticas do problema por meio da coleta

de dados, envolvendo o tempo de coleta, o local a ser estudado e os indivduos que esto

http://www.simprod.ufs.br/

Anais do IX Simpsio de Engenharia de Produo de Sergipe (2017) 481

ISSN 2447-0635 www.simprod.ufs.br

executando a tarefa. Esta fase quando bem implementada permite que a sequncia do mtodo

flua melhor, pois quanto mais informaes so coletadas, mais fcil se torna investigar e definir

as causas.

A etapa de anlise consiste em definir as causas do problema, com o auxlio do diagrama

de causa e efeito, que ajuda a estabelecer a relao entre o efeito e as causas levantadas e definir

quais so as causas mais provveis para o problema em questo.

Para a etapa do plano de ao necessrio criar uma estratgia de ao e a elaborao

de um plano de ao para eliminar ou controlar as causas fundamentais. Quando as solues

envolvem custo para a empresa, preciso analisar a eficcia e custo de cada soluo para

escolher a melhor. A ferramenta 5W2H utilizada na criao do plano de ao, por detalhar e

refinar o problema.

Com um plano de ao criado, a prxima etapa o treinamento dos funcionrios e a

execuo do plano, sendo que preciso divulgar o plano de ao a todos da fbrica para todos

estarem cientes das aes a serem feitas relacionadas a determinado problema.

Aps o plano de ao colocado em prtica, a etapa de verificao se torna necessria

para a comparao de resultados e efeitos da ao, verificando se houve ou no a continuidade

do problema. Se o bloqueio foi efetivo segue para a stima etapa, caso contrrio deve-se retornar

para a etapa de observao.

Sendo o bloqueio efetivo, a stima etapa a de padronizao, que consiste em elaborar

um padro ou melhor-lo, caso j exista um padro vigente. A comunicao, educao e

treinamento tornam-se essenciais para a padronizao ser efetiva e ser cumprida da maneira

que foi estipulada.

A ltima etapa a de concluso, em que feita a relao dos problemas remanescentes

e o planejamento de melhorias para tais problemas, reavaliando itens pendentes e organizando-

os para prximos estudos e busca de solues.

2.3 Algumas Ferramentas da Qualidade

Folha de Verificao

A folha de verificao facilita a coleta e organizao de dados. Nesta folha so

especificados os dados que sero coletados e o nmero de ocorrncias, sendo til para verificar

as no-conformidades mais frequentes. O resumo orientado no tempo articularmente valioso

na pesquisa de tendncias ou outros padres significativos (MONTGOMERY, 2004).

http://www.simprod.ufs.br/

Anais do IX Simpsio de Engenharia de Produo de Sergipe (2017) 482

ISSN 2447-0635 www.simprod.ufs.br

Fluxograma

O fluxograma um mapeamento de processo que envolve simplesmente a descrio

de processos em termos de como as atividades relacionam-se uma com as outras dentro do

processo (SLACK, 2006, p.101). Ao permitir uma melhor visualizao dos fluxos de material,

informao e pessoas do processo, os fluxogramas so utilizados para o detalhamento antes de

se propor uma melhoria.

Di