aplicacao agrotoxicos manual

Download Aplicacao agrotoxicos manual

Post on 11-Aug-2015

125 views

Category:

Internet

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  1. 1. FEDERAO DA AGRICULTURA DO ESTADO DE SO PAULO22222 TRABALHADORNAAPLICAO DEAGROTXICOS FEDERAO DA AGRICULTURA DO ESTADO DE SO PAULO FBIODESALLESMEIRELLES Presidente AMAURIELIASXAVIER Vice-Presidente EDUARDODEMESQUITA Vice-Presidente JOSCANDO Vice-Presidente MAURCIOLIMAVERDEGUIMARES Vice-Presidente LENYPEREIRASANT'ANNA Diretor 1 Secretrio JOOABROFILHO Diretor 2 Secretrio MANOELARTHURB.DEMENDONA Diretor 3 Secretrio LUIZ SUTTI Diretor 1 Tesoureiro IRINEUDEANDRADEMONTEIRO Diretor 2 Tesoureiro SIGEYUKIISHII Diretor 3 Tesoureiro SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAO REGIONAL DO ESTADO DE SO PAULO FBIODESALLESMEIRELLES Presidente GERALDOGONTIJORIBEIRO Representante da Administrao Central BRAZAGOSTINHOALBERTINI Presidente da FETAESP EDUARDODEMESQUITA Representante do Segmento das Classes Produtoras AMAURIELIASXAVIER Representante do Segmento das Classes Produtoras VICENTEJOSROCCO Superintendente em exerccio SRGIOPERRONERIBEIRO Coordenador Geral Administrativo e Tcnico
  2. 2. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAO REGIONAL DO ESTADO DE SO PAULO 33333 TRABALHADOR NA APLICAO DE AGROTXICOS APLICAO DE AGROTXICOS COM PULVERIZADOR COSTAL MANUAL TRABALHADOR NA APLICAO DE AGROTXICOS APLICAO DE AGROTXICOS COM PULVERIZADOR COSTAL MANUAL SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAO REGIONAL DO ESTADO DE SO PAULO SO PAULO - ABRIL DE 2005
  3. 3. FEDERAO DA AGRICULTURA DO ESTADO DE SO PAULO44444 TRABALHADORNAAPLICAO DEAGROTXICOS IDEALIZAO Fbio de Salles Meirelles Presidente da FAESP e do SENAR/SP COORDENAO Jair Kaczinski Chefe da Diviso Tcnica do SENAR/SP AUTORES Ronaldo da Silva Ciati Tcnico em Agropecuria Jarbas Mendes da Silva Tcnico em Agropecuria do SENAR/SP Marco Antonio de Oliveira Tcnico em Agropecuria do SENAR/SP REVISO DO TEXTO Antonio Nazareno Favarin Professor DIAGRAMAO Thais Junqueira Franco Diagramadora do SENAR/SP FOTOS Hirofumi Samesima Fotgrafo Ficha Catalogrfica elaborada por Maria Amlia L. de Campos Maravieski - Bibliotecria CRB/8 n 4898 Direitos Autorais: proibida a reproduo total ou parcial des- ta cartilha, e por qualquer pro- cesso, sem a expressa e prvia autorizao do SENAR/SP. Servio Nacional de Aprendizagem Rural. Administrao S514t Regional do Estado de So Paulo. Trabalhador na aplicao de agrotxicos: aplicao de agrotxicos com pulverizador costal manual / Elaborao de Ronaldo da Silva Ciati e Marco Antonio de Oliveira. So Paulo : SENAR, 2000. 40 p. : il. Bibliografia. 1. Agrotxicos - Preveno de acidentes I. Oliveira, Marco Antonio de II. Ciati, Ronaldo da Silva III. Ttulo. CDU 632.95:614.8CDU 632.95:614.8CDU 632.95:614.8CDU 632.95:614.8CDU 632.95:614.8
  4. 4. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAO REGIONAL DO ESTADO DE SO PAULO 55555 APRESENTAOAPRESENTAO O SERVIO NACIONALDEAPRENDIZAGEM RURAL - SENAR, criado em 23 de dezembro de 1991, pela Lei n 8.315 e, regulamentado em 10 de junho de 1992, como Entidade de personalidade jurdica de direito privado, sem fins lucrativos, teve a Administrao Regional do Estado de So Paulo criada em 21 de maio de 1993. Instalado no mesmo prdio da Federao da Agricultura do Estado de So Paulo - FAESP, o SENAR/SPtem, como objetivo, organizar, administrar e executar, em todo o Estado de So Paulo, o ensino da Formao Profissional e da Promoo Social Rurais dos trabalhadores e pequenos produtores rurais que atuam na produo primria de origem animal e vegetal, na agroindstria, no extrativismo, no apoio e na prestao de servios rurais. Atendendo a um de seus principais objetivos, que o de elevar o nvel tcnico, social e econmico do Homem do Campo e, conseqentemente, a melhoria das suas condies de vida, o SENAR/SP elaborou esta cartilha com o objetivo de proporcionar, aos trabalhadores e pequenos produtores rurais, um aprendizado simples e objetivo das prticas agro-silvo-pastoris e o uso correto das tecnologias mais apropriadas para o aumento da sua produo e produtividade. Acreditamos que esta cartilha, alm de ser um recurso de fundamental importncia para os trabalhadores e pequenos produtores, ser tambm, sem sombra de dvida, um importante instrumento para o sucesso da aprendizagem a que se prope esta Instituio. FBIO DE SALLES MEIRELLES Presidente do SENAR/SP Presidente da FAESP 1 Vice-Presidente da Confederao da Agricultura e Pecuria do Brasil - CNA
  5. 5. FEDERAO DA AGRICULTURA DO ESTADO DE SO PAULO66666 TRABALHADORNAAPLICAO DEAGROTXICOS
  6. 6. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAO REGIONAL DO ESTADO DE SO PAULO 77777 SUMRIOSUMRIO INTRODUO ASPECTOS GERAIS I - AGROTXICOS .................................................13 1. Definio de agrotxicos ........................13 2. Definio de pragas e doenas ..............13 3. Mtodos de controle................................13 4. Caractersticas e classificao dos agrotxicos ..............................................14 5. Vias de intoxicao (ou contaminao)....15 6. Fatores que influenciam nas aplicaes de agrotxicos .........................................16 7. Aquisio do produto .............................17 8. Segurana no transporte ........................18 9. Armazenamento ......................................19 II - EQUIPAMENTO DE PROTEO INDIVIDUAL (E.P.I.) .........................................................21 1. Segurana do aplicador .........................22 2. Reviso do E.P.I., antes e depois da aplicao de agrotxicos........................22 III - PULVERIZADOR COSTAL MANUAL.....................23 IV - APLICAO DOS AGROTXICOS .........................27 1. Preparo da calda ....................................27 2. Aplicao da calda.................................30 3. Lavagem do equipamento de aplicao ...33 4. Descarte das embalagens vazias ............34 5. Conservao do E.P.I. (Equipamento de Proteo Individual) ...............................34 6. Primeiros Socorros..................................35 V - BIBLIOGRAFIA ................................................39
  7. 7. FEDERAO DA AGRICULTURA DO ESTADO DE SO PAULO88888 TRABALHADORNAAPLICAO DEAGROTXICOS
  8. 8. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAO REGIONAL DO ESTADO DE SO PAULO 99999 INTRODUOINTRODUO Com o aumento da populao, veio a necessidade de se produzir mais alimentos. Para atender ao aumento da produo agrcola, houve a exigncia de se desenvolver novas tecnologias, desde o preparo do solo at a colheita e beneficiamento dos produtos. Dentre essas tecnologias, est a aplicao de agrotxicos, os quais podem variar de alta a baixa toxicidade; portanto, de extrema importncia que, para utilizarmos esses produtos, tenhamos o conhecimento quanto sua escolha, mistura, aplicao e carncia. O uso indiscriminado de agrotxicos nas lavouras vem causando grandes prejuzos econmicos sade humana e ao meio ambiente. Esse fato mostra a necessidade de levarmos o conhecimento aos pequenos produtores e trabalhadores rurais quanto maneira correta de aplicao dos agrotxicos. Desta maneira, podemos diminuir os danos sade do aplicador, preservao ambiental, qualidade dos produtos hortifrutigranjeiros e aumentar a produtividade. de suma importncia a capacitao de mo-de-obra, para que os trabalhadores rurais obtenham melhores resultados em suas atividades profissionais, atuando corretamente, de acordo com as tcnicas indicadas. A profissionalizao, por sua vez, proporciona ao trabalhador rural o preparo para a atuao profissional e a competitividade no mercado de trabalho, estando apto para desempenhar as tarefas referentes sua ocupao.
  9. 9. FEDERAO DA AGRICULTURA DO ESTADO DE SO PAULO1010101010 TRABALHADORNAAPLICAO DEAGROTXICOS O SENAR/SP oferece cursos e treinamentos de Formao Profissional Rural, que possibilitam a profissionalizao ao trabalhador rural. Com isto, poderemos oferecer melhor servio e, conseqentemente, bons resultados, tanto no aspecto pessoal quanto financeiro, proporcionando benefcios ao Homem do Campo.
  10. 10. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAO REGIONAL DO ESTADO DE SO PAULO 1111111111 ASPECTOSGERAISASPECTOSGERAIS Trabalhador na Aplicao de Agrotxicos a ocupao que efetua a aplicao de produtos agrotxicos nas vrias formas (lquida, p, granulados etc.), para proteger a lavoura de doenas, pragas, plantas daninhas, e evitar os prejuzos. Essa aplicao efetuada com equipamentos especficos, entre os quais o pulverizador costal manual, quando a indicao tcnica a recomenda nas reas infestadas ou sujeitas infestao. Para se fazer uma boa aplicao, necessrio conhecer: os materiais especficos, o produto e a forma de sua utilizao e de sua aquisio, o E.P.I. (Equipamento de Proteo Individual), os equipamentos de aplicao, o modo de preparar a calda e de fazer a desinfeco, o descarte das embalagens e os primeiros socorros.
  11. 11. FEDERAO DA AGRICULTURA DO ESTADO DE SO PAULO1212121212 TRABALHADORNAAPLICAO DEAGROTXICOS
  12. 12. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAO REGIONAL DO ESTADO DE SO PAULO 1313131313 I - AGROTXICOSI - AGROTXICOS DEFINIO DE AGROTXICOS A partir da promulgao da lei 7.802, de 11 de julho de 1989, e do decreto regulamentador n. 98.816, de 11/01/1990, os agrotxicos passaram a ser definidos como: "produtos e agentes de processos fsicos, qumicos ou biolgicos destinados ao uso nos setores de produo, no armazenamento e beneficiamento de produtos agrcolas, nas pastagens, na proteo de florestas nativas ou implantadas, de ecossistemas e tambm ambientes urbanos, hdricos e industriais, cuja finalidade seja alterar a composio da fauna e da flora, e de preserv-las da ao danosa de seres vivos considerados nocivos; substncias e produtos empregados como desfolhantes, dessecantes, estimulantes e inibidores de crescimento." DEFINIO DE PRAGAS E DOENAS Qualquer populao de organismos nocivos que causem danos, leses ou destruio das plantas, dos animais e do homem. MTODOS DE CONTROLE Os principais mtodos de controle de pragas, doenas e plantas invasoras so: a) controle qumico - uso de agrotxicos; b) controle