anurio metroferrovirio

Download Anurio Metroferrovirio

Post on 17-Mar-2016

256 views

Category:

Documents

36 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um raio X dos principais sistemas metroferroviários do Brasil

TRANSCRIPT

  • 3ANURIO METROFERROVIRIO -

    Anurio Metroferrovirio 2010 levantou e apresenta um conjunto de informaes refe-rentes ao desempenho dos sistemas metroferrovirios brasileiros no ano de 2009, consi-

    derando desde as maiores operadoras, responsveis por transportar centenas de milhares

    e mesmo milhes de passageiros diariamente, at os menores sistemas, fundamentais

    para promover o deslocamento de pessoas nas comunidades em que operam.

    As informaes foram reunidas por meio de uma planilha capaz de dar uma base comum s respostas

    dos responsveis pelos 15 sistemas consultados. Essa planilha foi elaborada j para a primeira edio do

    Anurio, com o apoio da Comisso Metroferroviria, da Associao Nacional de Transportes Pblicos (ANTP). As companhias operadoras foram solicitadas a prestar informaes sobre estaes, integrao com

    outros modos de transporte, caracterstica da frota de trens, tarifas, demanda, sistema de arrecadao,

    demanda de passageiros, oferta de servios, manuteno, controle operacional, certifi caes interna-

    cionais, sinalizao, indicadores fi nanceiros, recursos humanos, poltica de compras, fornecedores e

    expanso e requalifi cao dos sistemas. Todas as operadoras devolveram as planilhas preenchidas,

    embora nem sempre com todos os dados solicitados.

    Nesta edio, as informaes so apresentadas com uma nova e mais clara disposio grfi ca, orga-

    nizadas por sistema, com o apoio de tabelas e pequenos textos. Abrindo o espao de apresentao das

    planilhas, h um texto que sumariza os principais nmeros do setor.

    Uma das matrias desta edio apresenta um quadro dos principais avanos tecnolgicos que co-

    meam a entrar em operao nos grandes sistemas. H ainda matrias que focalizam o papel da Ma-

    nuteno para os sistemas metroferrovirios, a carncia de engenheiros para o setor e as perspectivas

    de implantao e ampliao de sistemas metroferrovirios, incluindo modos ainda pouco conhecidos

    no Pas, como os Veculos Leves Sobre Trilhos (VLTs) e os Monotrilhos. H ainda um texto em que

    especialistas analisam a situao do transporte urbano e enfatizam a necessidade de investimentos no

    transporte coletivo, especialmente, em tecnologias sobre trilhos.

    Voltado no somente para especialistas, mas tambm para lderes empresariais, formuladores de

    polticas pblicas, representantes de diferentes setores profi ssionais, estudantes e outros segmentos

    da sociedade, o Anurio Metroferrovirio procura contribuir para a compreenso das caractersticas, necessidades e potencialidades do setor, favorecendo o entendimento a respeito da importncia dos

    trilhos urbanos para sustentar a nova vitalidade econmica brasileira.

    Trata-se de uma iniciativa da OTM Editora em parceria com a Associao de Engenheiros e Arquitetos

    de Metr (Aeamesp), Entidade de atuao nacional, que tem entre seus objetivos debater e difundir a

    tecnologia metroferroviria, em especial por meio do encontro anual especializado denominado Sema-

    na de Tecnologia Metroferroviria. Nesta edio, apresenta-se um encarte que aborda os principais

    acontecimentos das trajetria de 20 anos da Aeamesp, por meio de depoimento dos profi ssionais que

    dirigiram e dirigem a Entidade.

    Novas informaes

    3

    metroferrovirioanuriott 2010U M R A I O - X D O S P R I N C I PA I S S I S T E M A S M E T R O F E R R O V I R I O S D O PA S

  • Crescimento menor

    SUMRIO

    TRENSURB

    Reduo no nmero de passageiros 8

    METR-SP

    Demanda cresceu menos em 2009 12

    CPTM

    Quase 2 milhes de passageiros em mdia nos dias teis 16

    METR-RIO

    Muito perto de 200 milhes de passageiros por ano 20

    SUPERVIA

    Depurao nas gratuidades, menos passageiros 24

    CENTRAL

    Nmero de passageiros cresce 25,7% 28

    CBTU BH

    Ligeira reduo no nmero de passageiros 30

    SALVADOR

    A demanda continua a crescer 32

    CBTU MACEI

    Nmero de passageiros transportados cresceu 3,2% 34

    CBTU JOO PESSOA

    Queda de 7,89% no total de passageiros 36

    CBTU NATAL

    Reduo de 8% no nmero de passageiros transportados 38

    METR TERESINA

    Demanda cresceu 3,10% em 2009 40

    CBTU RECIFE

    Quase 60 milhes de passageiros transportados em 2009 42

    METROFOR

    Obras determinam reduo de 14% na demanda 44

    METR DF

    Cai 2,8% o nmero de passageiros transportados. O nmero de pagantes cresce 48

    SISTEMAS METROFERROVIRIOS

    6Os 15 sistemas acompanhados pelo Anurio Metroferrovirio transportaram 2,088 bilhes de passageiros em 2009. O crescimento foi menor do que o observado na comparao 2007/2008

    Ano 2 - N 2 - 2010 - R$ 50,00

    DIRETORMarcelo Ricardo Fontana marcelofontana@otmeditora.com.br

    SECRETRIA EXECUTIVAMaria Penha da Silvamariapenha@otmeditora.com.br

    FINANCEIROVidal Rodriguesvidal@otmeditora.com.br

    SEMINRIOS E CURSOSSabrina Baialardisabrina@otmeditora.com.br

    REDAOEDITORAlexandre Asquini COLABORADORASHelena Fonseca(Textos)

    Viviane Vilar (Textos)

    Solange Visconti (Reviso)

    PROJETO GRFICOArtworks Comunicaowww.artworks.com.br

    EXECUTIVOS DE CONTASCarlos A. Criscuolocarlos@otmeditora.com.br Vito Cardaci Netovito@otmeditora.com.br

    Gustavo Feltringustavofeltrin@otmeditora.com.br

    Alcindo Fontanafontal@otmeditora.com.br

    CIRCULAOTania Nascimentotania@otmeditora.com.br

    Representante Paran e Santa CatarinaGilberto A. PaulinJoo Batista A. SilvaTel.: (41) 3027-5565spala@spalamkt.com.br

    Tiragem e distribuio6.000 exemplares

    Assinatura Anual: R$ 140,00 (seis edies e quatro Anurios). Pagamento vista: atravs de boleto bancrio, depsito em conta-cor-rente, carto de crdito Visa ou cheque nomi-nal OTM Editora Ltda. Em estoque apenas as ltimas edies.

    Foto da capa: Rafael Asquini

    As opinies expressas nos artigos e pelos entrevistados no so necessariamenteas mesmas da OTM Editora.

    Redao, Administrao, Publici-dade e Correspondncia:Av. Vereador Jos Diniz, 3.3007 andar, cj. 707 Campo Belo CEP 04604-006 - So Paulo, SP Tel./Fax: (11) 5096-8104 (seqencial)

    Filiada a:

    metroferrovirioanuriott 2010U M R A I O - X D O S P R I N C I PA I S S I S T E M A S M E T R O F E R R O V I R I O S D O PA S

  • 5ANURIO METROFERROVIRIO - 5

    Um novo ambiente tecnolgico52Inovaes em metrs de So Paulo e Rio de Janeiro buscam melhorar o desem-

    penho operacional e agregar segurana e ganhos ambientais, alm de favorecer a acessibilidade

    A vez dos trilhos de mdia capacidade58Sistemas metroferrovirios de mdia capacidade se apresentam como alternativas

    para projetos de mobilidade em grandes e mdias cidades

    O papel da manuteno62O setor de Manuteno exerce funo destacada na garantia da efi cincia dos siste-

    mas metroferrovirios. E essa importncia tende a crescer com a ampliao dos siste-mas existentes, a criao de novos sistemas e a introduo de tecnologias inovadoras

    Faltam engenheiros no setor?66Depois de duas dcadas sem investimentos em infraestrutura no Pas, os primeiros

    sinais de retomada surgiram h dez anos, mas nenhuma providncia foi adotada para equilibrar a formao de engenheiros

    Fora para o transporte pblico68Especialistas analisam a situao do transporte urbano e enfatizam a necessidade

    de investimentos no transporte coletivo, especialmente, em tecnologias sobre trilhos

    As perspectivas seguem positivas71Com investimentos crescentes e a permanncia de perspectivas positivas,

    o momento continua sendo de expanso para o setor metroferrovirio

    Duas dcadas de presena

    81Fundada em 14 de setembro de 1990, a Associao de Engenheiros e Arquitetos de Metr (AEAMESP) originalmente denominada Associao de Engenheiros e Arquitetos do Metr de So Paulo chega aos 20 Anos de atividades. Nesse perodo, em razo de suas aes, a AEAMESP conseguiu se fi xar entre as princi-pais entidades de envergadura nacional dedicadas defesa, ao fortalecimento e desenvolvimento do setor metroferrovirio do Pas.

  • - ANURIO METROFERROVIRIO6

    metroferrovirioanuriott 2010U M R A I O - X D O S P R I N C I PA I S S I S T E M A S M E T R O F E R R O V I R I O S D O PA S

    Crescimento menor

    O conjunto dos 15 sistemas metroferrovi-rios que estavam em operao no Pas em 2009 apresentou um crescimento de 3,64% no nmero de passageiros transportados. O salto foi de 2,015 bilhes para 2,088 bilhes de passageiros transportados. Tal crescimen-to foi motivado sobretudo pelo desempenho de dois dos maiores sistemas em termos de

    carregamento o Metr-SP, que cresceu 3% , com 29 milhes de passageiros a mais em 2009 em comparao com o ano anterior, e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que cresceu 8,53% , carregando 45,2 milhes de passageiros a mais no perodo.

    Tanto o Metr-SP como a CPTM cresce-ram a taxas menores do que as observadas

    no comparativo 2008/2007. Se tivessem re-petido as mesmas taxas de crescimento, as duas companhias teriam, juntas, transporta-do 177,5 milhes de passageiros a mais, em vez dos 74,2 milhes que contabilizaram.

    Somados, outros seis sistemas Metr-Rio, CBTU Recife, CBTU Macei, Trem de Sal-vador, Metr de Teresina e Central, do Rio de

    Os 15 sistemas acompanhados pelo Anurio Metroferrovirio transportaram 2,088 bilhes de passageiros em 2009. O crescimento foi menor do que o observado na comparao 2007/2008

  • ANURIO METROFERROVIRIO - 7

    Janeiro , apresentaram resultados positivos em 2009 em comparao com o ano ante-rior, carregando, juntos, aproximadamente 5,19 milhes de passageiros a mais.

    Sete sistemas registraram queda no nme-ro de passageiros transportados em 2009 na comparao com 2008: Supervia, Trensurb, Metr-DF, Metrofor e os sistemas da CBTU em Belo Horiz