anurio de

Anurio de
Download Anurio de

Post on 21-Aug-2015

506 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  1. 1. FLORES NA MDIA ESTADUALA ME DO SERTO (Justia Histrica) Ptio da matriz, Casa Paroquial, mandacaru onde tudo comeou Governo do Estado e a AMUPE Associao Municipalista de Pernambuco vai editar no prximo ms de novembro o ANURIO DOSOMUNICPIOS DE PERNAMBUCO 2011. Trata-se da mais completa obra do gnero no Brasil com quase 700 pginas, sendo, segundo autoridades no assunto o maior inventrio municipal j realizado em Pernambuco. O Governo do Estado e a AMUPE depositaram essa grande empreitada ao renomado advogado florense (nascido em Stio dos Nunes) o Dr. Saulo de Tarcio Duarte quecoordenou uma equipe de alto nvel durante 08 meses seguidos. A obra est sendo a grande expectativa das autoridades estaduais, prefeitos evereadores e porque no dizer da comunidade em geral, pois trata-se de um compndio que segundo o Governador Eduardo Campos serum manual de consulta obrigatria paraSaulo de Tarcio todos os que quiserem se atualizar sobre aCoordenador do Anurio realidade econmica, fiscal e social denossas municipalidades. Mas, os mdulos dedicados a cada Municpio hna parte superior uma frase de efeito que se apresenta sobre adenominao da identidade cultural de cada municpio. No caso de Flores ocoordenador do Anurio o Advogado florense Saulo de Tarcio assinaloucomo: FLORES A ME DO SERTO. Perguntado o porque dessadenominao Dr. Tarcio respondeu que de acordo com os registroshistricos, Flores realmente a Me do Serto, sendo portanto oaglomerado urbano mais antigo do serto pernambucano e talvez doNordeste do Brasil. Vejamos a cronologia pesquisada pelo advogado e quefoi matria da Revista Total:Castelo de Garcia Dvila em 1549 comeava as expedies sertanistas partindo de SalvadorMEADOS DE 1589 - Expedio de Garcia Dvila (Casa da Torre Salvador BA) chega a uma aldeia de ndios tapuias no Alto das Flores, smargens do Rio Paje (1603 - 2 expedio).1660/1670 - Segundo Euclides da Cunha, a primeira viagem de Domingos Afonso Serto ao arraial do Paje. H, documentao que provater sido a primeira fazenda ali montada nos idos de 1.650.1696 - Formao do povoado no Arraial de Flores com a nomeao do Capito Sebastio Lima, comandante da Companhia de Ordenanas doPaje.11 DE SETEMBRO DE 1783 Expedio do Alvar criando a parquia de N.S. da Conceio do Paje de Flores.15 DE JANEIRO DE 1810 Expedio do Alvar Rgio com fora de Lei criando a Comarca do Serto de Pernambuco.Euclides da Cunha revela em Os26 DE MAIO DE 1811 Instalao da Vila de Flores, pelo Desembargador ouvidor-geral de Pernambuco. Sertes a chegada de sertanista27 DE MAIO, 1811 - Instalao da Cmara e levantamento do pelourinho.no Arraial do Paje.07 DE MAIO DE 1836 Instituio das "prefeituras das comarcas" criadas pela Lei Provincial de N 13 - Major Francisco Barbosa Nogueira Paz - 1 Prefeito eleito de Flores.06 DE MAIO, 1851 - Transferncia da sede do municpio e da comarca, para a povoao de Serra Talhada.26 DE MAIO, 1858 - Recriao do municpio de Flores.1881 Edificada a primeira deteno da Comarca do Serto Hoje, prdio da Prefeitura.02 DE AGOSTO, 1893 - Constituio do Municpio (com base no art. 2 das disposies gerais da Lei N. 52 de 03/08/1892).Segundo ainda Saulo de Tarcio h registro dos domnios de Flores at no Brejo da Madre de Deus no agreste e, do alto paje atos domnios de Petrolndia os municpios foram surgindo atravs de desmembramentos retirados de terras florenses. Foi Floresa primeira Comarca do Serto (1810), a primeira Cmara criada em 1811, a primeira Prefeitura (1836) que infelizmente teve suatransferncia em 1851 para Serra Talhada. Entretanto, foi Flores foi recriado Municpio em 1858 e finalmente foi constitudonovamente Municpio, agora sobre a gide da Constituio da Repblica dos Estados Unidos do Brasil (1889) em 1893.Por estes motivos histricos que acho por um dever de justia histrica, que nossa querida Flores realmente aME DO SERTO. Afirmou o coordenador do Anurio Saulo de Tarcio. Por: Florinda Maria Rodrigues - JornalistaDomnios da Casa da Torre ao centro onde ossertanistas adentraram o Rio Paje at a futura Ribeira do Paju das Flores.