anurio brasileiro de seguran§a pblica .55,9 uma bomba at´mica por ano os mais de 61,2 mil...

Download Anurio Brasileiro de Seguran§a Pblica .55,9 uMA bOMbA AT´MICA POR ANO Os mais de 61,2 mil assassinatos

Post on 09-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Anurio Brasileirode Segurana Pblica

    ano 11 2017

    2017

  • 2

    sumrio

    2

    Frum Brasileiro de Segurana Pblica Rua Amlia de Noronha, 151 Conj. 405 Pinheiros So Paulo SP Brasil CEP: 05410-010 tel/fax: 55 11 3081-0925 www.forumseguranca.org.br

    4 Ficha institucional 5 Ficha tcnica 6 Infogrfico

    www.forumseguranca.org.br

  • 3

    Parte 2 Apncide Metodolgico

    106 Grupos de Qualidade

    Parte 1 Segurana Pblica em nmeros

    12 Estatsticas criminais 66 Efetivos das foras policiais 68 Gastos com segurana pblica 79 Atendimento mulher em situao de violncia 84 Violncia nas escolas 98 Sistema socioeducativo

    3

    4 Ficha institucional 5 Ficha tcnica 6 Infogrfico

  • 4

    Voltar ao Sumrio

    Voltar ao Sumrio

    expediente

    Ficha institucional

    Frum Brasileiro de segurana PBlica

    Presidente do Conselho de AdministraoCssio Thyone Almeida de Rosa Presidente

    ConselheirosElizabeth Leeds Presidente de HonraArthur Trindade Maranho CostaDaniel Ricardo de Castro CerqueiraElisandro Lotin de SouzaJsus Trindade Barreto Jr.Ludmila Mendona Lopes RibeiroMarlene Ins SpaniolPaula Ferreira PoncioniPaulo C. Pinheiro Sette CmaraRoberto Maurcio GenofreYolanda Salles D. Cato

    Conselho FiscalEdson M. L. S. RamosSrgio Roberto de AbreuSilvia Ramos de Souza

    equiPe Frum Brasileiro de segurana PBlica

    Diretor PresidenteRenato Srgio de Lima

    Diretora ExecutivaSamira Bueno

    Coordenao InstitucionalPatrcia Nogueira Prglhf

    Consultora SniorOlaya Hanashiro

    Equipe Tcnica e ColaboradoresCau MartinsCristina Neme David MarquesIsabela SobralMarina PinheiroMarina SantosRoberta Astolfi

    Equipe AdministrativaAmanda Gouvea Dbora LopesElaine RosaKarina NascimentoSueli Bueno

  • 5

    Voltar ao Sumrio

    Voltar ao Sumrio

    Ficha tcnica

    anurio Brasileiro de segurana PBlica 2017

    Nota legalOs textos e opinies expressos no Anurio Brasileiro de Segurana Pblica so de responsabilidade institucional e/ou, quando assinados, de seus respectivos autores. Os contedos e o teor das anlises publicadas no necessariamente refletem a opinio de todos os colaboradores envolvidos na produo do Anurio, bem como dos integrantes dos Conselhos Diretivos da instituio.

    Licena Creative Commons permitido copiar, distribuir, exibir e executar a obra, e criar obras derivadas sob as seguintes condies: dar crdito ao autor original, da forma especificada pelo autor ou licenciante; no utilizar essa obra com finalidades comercias; para alterao, transformao ou criao de outra obra com base nessa, a distribuio desta nova obra dever estar sob uma licena idntica a essa.

    Apoio/PatrocnioEdio 2017 do Anurio Brasileiro de Segurana Pblica

    Open Society Foundations - OSF

    Coordenao GeralRenato Srgio de LimaSamira Bueno

    Equipe TcnicaCau MartinsCristina Neme David MarquesIsabela SobralMarina PinheiroMarina SantosOlaya HanashiroPatrcia Nogueira PrglhfRoberta Astolfi

    TextosBruno Langeani (Instituto Sou da Paz)Cssio Thyone Almeida de Rosa (FBSP)Daniel Cerqueira (IPEA)Doriam Borges (LAV-UERJ)Elisandro Lotin de Souza (FBSP)Ignacio Cano (LAV-UERJ)Lorenzo Caraffi (CICV)Micheline Ramos de Oliveira (UNIVALI)Natalia Pollachi (Instituto Sou da Paz)Roberta Viegas (Senado Federal)

    Assessoria de ComunicaoAnaltica Comunicao Corporativa (11) 2579-5520

    Edio de arteSeepix D'lippi (11) 3828-3991

  • MORTES VIOLENTAS INTENCIONAIS

    LETALIdAdE dAS POLCIAS

    ROubO SEguIdO dE MORTE

    VITIMIzAO POLICIAL

    Segurana Pblica em Nmeros 2017

    O Brasil teve 7 pessoas assassinadas por hora em 2016

    2.666 pessoas morreram em latrocnios

    61.283 mortes violentas intencionais, maior nmero j registrado no Brasil

    Crescimento de 4,0% em relao a 2015

    Crescimento de 50% entre 2010 e 2016

    Taxa de 29,7

    Maiores taxas (por 100 mil habitantes):

    Maiores taxas (por 100 mil habitantes):

    Sergipe

    gois Par Amap

    Rio grande do Norte

    Alagoas

    64,0

    2,8 2,7 2,4

    56,9

    55,9 uMA bOMbA ATMICA POR ANO

    Os mais de 61,2 mil assassinatos cometidos em 2016 no Brasil equivalem,

    em nmeros, s mortes provocadas pela exploso da bomba nuclear que dizimou

    a cidade de Nagasaki, em 1945, no Japo.

    453 policiais Civis e Militares foram vtimas de homicdio em 2016

    Quem esse policial?

    Raa/Cor

    56% 43% 1%

    Negros

    Manh Tarde MadrugadaNoite

    Brancos Outros

    23,2 23,4 14,638,7

    Faixa etria

    at 29 anos

    acima60 anos

    30 a 39anos

    40 a 49anos

    50 a 59anos

    11,830,9 32,7 20,6

    4,0

    Horrio da ocorrncia (%) Sexo

    98,2 1,8

    Crescimento de 23,1% em relao a 2015

    4.222 pessoas mortas em decorrncias de intervenes de policiais Civis e Militares

    Perfil dessas pessoas

    76,2%

    Negros

    21.892 pessoas perderam suas vidas em aes policiais entre 2009 e 2016

    Crescimento de 25,8% em relao a 2015

    99,3% so homens

    tm entre 12 e 29 anos81,8%

  • MORTES VIOLENTAS INTENCIONAIS

    LETALIdAdE dAS POLCIAS

    ROubO SEguIdO dE MORTE

    VITIMIzAO POLICIAL

    Segurana Pblica em Nmeros 2017

    O Brasil teve 7 pessoas assassinadas por hora em 2016

    2.666 pessoas morreram em latrocnios

    61.283 mortes violentas intencionais, maior nmero j registrado no Brasil

    Crescimento de 4,0% em relao a 2015

    Crescimento de 50% entre 2010 e 2016

    Taxa de 29,7

    Maiores taxas (por 100 mil habitantes):

    Maiores taxas (por 100 mil habitantes):

    Sergipe

    gois Par Amap

    Rio grande do Norte

    Alagoas

    64,0

    2,8 2,7 2,4

    56,9

    55,9 uMA bOMbA ATMICA POR ANO

    Os mais de 61,2 mil assassinatos cometidos em 2016 no Brasil equivalem,

    em nmeros, s mortes provocadas pela exploso da bomba nuclear que dizimou

    a cidade de Nagasaki, em 1945, no Japo.

    453 policiais Civis e Militares foram vtimas de homicdio em 2016

    Quem esse policial?

    Raa/Cor

    56% 43% 1%

    Negros

    Manh Tarde MadrugadaNoite

    Brancos Outros

    23,2 23,4 14,638,7

    Faixa etria

    at 29 anos

    acima60 anos

    30 a 39anos

    40 a 49anos

    50 a 59anos

    11,830,9 32,7 20,6

    4,0

    Horrio da ocorrncia (%) Sexo

    98,2 1,8

    Crescimento de 23,1% em relao a 2015

    4.222 pessoas mortas em decorrncias de intervenes de policiais Civis e Militares

    Perfil dessas pessoas

    76,2%

    Negros

    21.892 pessoas perderam suas vidas em aes policiais entre 2009 e 2016

    Crescimento de 25,8% em relao a 2015

    99,3% so homens

    tm entre 12 e 29 anos81,8%

  • ESTuPROS FORA NACIONAL

    AdOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI

    VIOLNCIA E ESCOLAS

    HOMICdIOS dE MuLHERES E FEMINICdIOS

    gASTOS COM POLTICAS PbLICAS dE SEguRANA

    gASTOS POR ENTE FEdERATIVO

    ARMAS

    CRIMES NAS CAPITAIS

    112.708 armas apreendidas no ltimo ano

    CRIMES CONTRA O PATRIMNIO

    dESAPARECIdOS

    1 carro roubado ou furtado por minuto no Brasil

    1.066.674 veculos subtrados entre 2015 e 2016

    Reduo de 12,6%

    Reduo de

    4,1%14.491 vtimas de CVLI nas capitais

    Taxa de 29,5 por grupo de 100 mil

    Maiores taxas (por 100 mil habitantes):

    66,7 64,9 62,3

    Aracaju Belm Rio Branco

    49.497 ocorrncias

    de estupro em 2016 Crescimento de 3,5%

    Mas, apenas 621 casos foram classificados como feminicdios, demonstrando as dificuldades no primeiro ano de implementao da lei.

    1 mulher assassinada a cada 2 horas em 2016

    unio e unidades da Federao 2015 2016 Variao (%)

    Total

    unio

    Municpios

    unidades da Federeo

    -2,6

    -10,3

    0,6

    -1,7

    83.405.835.299,80

    9.825.615.726,58

    5.092.450.235,98

    68.487.769.337,23

    81.238.345.301,14

    8.816.086.000,00

    5.121.858.046,46

    67.300.401.254,68

    Maior reduo observada nos gastos do governo Federal 10,3%

    24.628adolescentes cumprindo medida socioeducativa(em 2014)

    porroubo

    por trfico de entorpecentes

    44,4%24,2%

    81 bilhes gastos por Unio, Estados e Municpios

    Reduo de 2,6%

    Segurana Pblica em Nmeros 2017

    40% das escolas no possuem esquema de policiamento para evitar violncia em seu entorno, segundo os avaliadores da Prova Brasil.

    21,2% o classificam como ruim ou regular.

    70% dos professores e diretores presenciaram agresso fsica ou verbal entre os alunos.

    4.606 mulheres

    despesas 2015 2016

    Total 184.172.518,32 319.684.253,83

    Aumento de 292% no nmero profissionais mobilizados

    Em R$ constantes de 2016

    Fundo Nacional de Segurana

    Pblica reduo de 30,8%

    Fundo Nacional Antidrogas

    reduo de 63,4%

    Fundo Penitencirio

    Nacional aumento de

    80,6%

    71.796 notificaes de pessoas desaparecidas no Brasil em 2016.

    Em 10 anos ao menos 694.007 foram dadas como desaparecidas nos registros policiais

  • ESTuPROS FORA NACIONAL

    AdOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI

    VIOLNCIA E ESCOLAS

    HOMICdIOS dE MuLHERES E FEMINICdIOS

    gASTOS COM POLTICAS PbLICAS dE SEguRANA

    gASTOS POR ENTE FEdERATIVO

    ARMAS

    CRIMES NAS CAPITAIS

    112.708 armas apreendidas no ltimo ano

    CRIMES CONTRA O PATRIMNIO

    dESAPARECIdOS

    1 carro roubado ou furtado por minuto no Brasil

    1.066.674 veculos subtrados entre 2015 e 2016

    Reduo de 12,6%

    Reduo de

    4,1%14.491 vtimas de CVLI nas capitais

    Taxa de 29,5 por grupo de 100 mil

    Maiores taxas (por 100 mil habitantes):

    66,7 64,9 62,3

    Aracaju Belm Rio Bra