ano xxv - dezembro - 2011 email: ?· dezembro/2011 dezembro/2011 informativo 3 alta rentabilidade...

Download ANO XXV - Dezembro - 2011 Email: ?· Dezembro/2011 Dezembro/2011 INFORMATIVO 3 Alta rentabilidade pode…

Post on 03-Dec-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ANO XXV - Dezembro - 2011www.camda.com.br Email: jornal@camda.com.br4.000 exemplares

  • INFORMATIVO

    Dezembro/2011Dezembro/2011 Dezembro/2011

    ExpedientePresidente de honra: Mrio Matsuda

    CONSELHO DIRETIVOOsvaldo Kunio Matsuda diretor presidenteWaldomiro Teixeira de Carvalho Jr. diretor superintendente Gumercindo Fernandes da Silva diretor secretrio

    Conselho de AdministraoCarlos Alberto de Oliveira, Eduardo Pedroso Resek, Julio Marcio Pereira de Oliveira, Luis Carlos Bocchi, Olivar Dosso e Oswaldo de Souza Machado

    Conselho FiscalEfetivos: Mauro Augusto Iurrino, Nelson Tadao Matsuda, Sergio Cardim

    Suplentes: Adilson Kazuo Kozama, Alcebiades Andreotti, Pedro Frias

    RGO INFORMATIVO CAMDACoordenao e reportagens: Roberta MarchiotiRua Chujiro Matsuda, 25 Tel.: (18) 3502-3047 - e-mail: jornal@camda.com.br

    Representante ComercialAgromdia Tel.: (11) 5092-3305Guerreiro Agromarketing Tel.: (44) 3026-4457Editorao eletrnica: Fabrcio Lopes e-mail: fjppl79@gmail.comImpresso: Grfica 1000 Cores Tel.: (18) 3607-1225 Araatuba/SP

    ENDEREOSAdamantina administrativo: Rua Chujiro Matsuda, 25 Tel.: (18) 3502-3000 camda@camda.com.brAdamantina loja: Rua Chujiro Matsuda, 25 Tel.: (18) 3502-3200

    lojamatriz@camda.com.brAdamantina logstica: Rua Ana Augusta, 4 Tel.: (18) 3502-3100 - estoque@camda.com.br Adamantina campo experimental: Rodovia Comandante Joo Ribei-ro de Barros, KM 588 - Tel.: (18) 9132-1115Adamantina laboratrio de anlises agronmicas: rua Chujiro Matsu-da, 40 - Tel.: (18) 3502-3400 laboratorio@camda.com.br Andradina loja: Av. Guanabara, 2920 - Te.: (18) 3702-7878 andra-dina@camda.com.brAndradina fbrica: Avenida Bandeirantes, 3900 - Tel.: (18) 3702-6560 - fabrica@camda.com.br Andradina silo: Rodovia Marechal Rondon, s/n, Km 634 Tel.: (18) 3702-6050 - siloandradina@camda.com.br Aquidauana: Rua Marechal Mallet, 1020 Tel.: (67) 3240-2000 - aqui-dauana@camda.com.br Araatuba: Av. Governador Mario Covas, 2800 - Tel.: (18) 3636-3350 - aracatuba@camda.com.br Assis: Rua Floriano Peixoto, 201 Tel.: (18) 3302-2366 - assis@camda.com.br Bataguassu: Rua Santa Catarina, 115 Tel.: (67) 3541-4200 - bata-guassu@camda.com.br Campo Grande: Av. Costa e Silva, 332 Tel.: (67) 3345-4600 - cam-pogrande@camda.com.br Coromandel: Av.Celestino Dayrell, 1994 Tel.: (34) 3841-1769 co-romandel@camda.com.brCoxim: Avenida Virgnia Ferreira, 374 - Tel.: (67) 3291-0800 - coxim@camda.com.br Dourados: Avenida Marcelino Pires, 5285 - Tel.: (67) 3416-4900 - dourados@camda.com.br Dracena: Av. Jos Bonifcio, 2599 Tel.: (18) 3821-8360 - dracena@camda.com.br Ja: Av. Zien Nassif, 1240 Tel.: (14) 3602-1050 - jau@camda.com.br Junqueirpolis: Rua Cesar Montroni, 295 - Tel.: (18) 3841-9440 - jun-queiropolis@camda.com.br Lavinia silo: Av. Perobal, 154 Tel.: (18) 3698-1245 - lavinia@

    camda.com.br Lenis Paulista: Av. Papa Joo Paulo II, 810 Tel.: (14) 3269-6200 - lencois@camda.com.br Lins: Rua Dom Pedro II, 870 - Tel.: (14) 3533-5800 - lins@camda.com.br Londrina: Avenida Tiradentes, 2677 - Tel.: (43) 3338-1004 - londrina@ca-mda.com.br Macatuba: Rua Jos Antonio de Moura, 1-61 Tel.: (14) 3298-9950 - macatuba@camda.com.brNavira: Rua Osaka, 39 Tel.: (67) 3409-4400 navirai@camda.com.br Nova Andradina: Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 2210 - Tel.: (67) 3441-9500 - novaandradina@camda.com.br Ourinhos: Rua dos Expedicionarios, 1113 Tel.: (14) 3302-6080 - ou-rinhos@camda.com.br Pacaembu: Rua Presidente Kennedy, 774 Tel.: (18) 3862-9030 - pa-caembu@camda.com.br Paranaba: Av. Eng. Marcelo Miranda Soares, 1335 - Tel.: (67) 3668-2683 - paranaiba@camda.com.br Penpolis: Av. Antonio Veronesi, 805 Tel.: (18) 3654-2010 - pena-polis@camda.com.br Presidente Prudente: Av. Brasil, 2955 Tel.: (18) 3229-7227 - pru-dente@camda.com.brQuirinpolis: Avenida Leocadio de Souza Reis, 27-A Tel.: (64) 3651-5800 - quirinopolis@camda.com.br Ribas do Rio Pardo: Rua Aniceta Rodrigues de Souza, 1240 Tel.: (67) 3238-4600 - ribas@camda.com.br Santa F do Sul: Av. Navarro de Andrade, 31 Tel.: (17) 3641-9080 - santafe@camda.com.br So Jos do Rio Preto: Av. Silvio Neviani, 1735 Tel.: (17) 3201-7474 - riopreto@camda.com.br Trs Lagoas: Av. Capito Olinto Mancini, 3236 Tel.: (67) 3509-1800 - treslagoas@camda.com.br Nota da redao: Os leitores que desejarem manter contato conosco, para crticas e sugestes, devem enviar correspondncia para a rua Chujiro Matsuda, n 25, caixa postal 0091 CEP 17800-000 Adamantina/SP ou e-mail para jornal@camda.com.br

    INFORMATIVO

    Inte

    ress

    ante

    2

    25 de dezembro - NatalNatal a celebrao do grande amor de Deus, o dia em que Deus nasceu no mundo, trazendo paz, luz, amor, esperana, uma nova aliana, uma nova vida. As primeiras comunidades crists no comemoravam o nascimento de Jesus. Somente a partir do ano 350 o Natal comeou a ser comemorado no dia 25 de dezembro. Em torno da escolha desta data h uma longa histria. A comemorao do Natal de Jesus surgiu de um decreto. O Papa Jlio I decretou em 350 que o nascimento de Cristo deveria ser comemorado no dia 25 de dezembro, substi-tuindo a venerao ao Deus Sol pela adora-o ao Salvador Jesus Cristo. Muitos costumes pagos at hoje fazem parte das comemoraes do Natal, como enfeitar a porta de casa com guirlandas e acender ve-

    las ao anoitecer, o que tambm est ligado ao culto do sol. A rvore de Natal uma das tradies natali-nas mais fortes. Na tradio crist o pinheiro tornou-se a rvore do Natal. costume en-feitar o pinheiro de Natal com bolas, fitas, velas ou pequenas luzes pisca-piscas. De ar-remate, uma estrela na ponta, lembrando a estrela de Belm. O hbito de trocar presentes no Natal tambm bem antigo e est ligado figura de Papai Noel, que tem uma origem curiosa. Seu nome era Nicolau e ele nasceu na cidade de Myra. Tinha o costume de presentear secretamente as trs filhas de um homem muito pobre, todo dia 6 de dezembro. A data transferiu-se para o dia 25 e o costume de dar presentes se man-teve. Depois que virou bispo e foi canoniza-

    do, So Nicolau passou a usar roupas verme-lhas, botas, cinto e um chapu.Outras curiosidades esto relacionadas com este dia 25 de dezembro. O calendrio que adotamos hoje, por exemplo, foi o Papa Gregrio XIII que decretou o seu uso atravs da Bula Papal Inter Gravissimus assinada em 24 de fevereiro de 1582. A proposta foi formulada por Aloysius Lilius, um fsico na-politano, e aprovada no Conclio de Trento (1545/1563). O que vale celebrar este ato de amor: a poca de Natal sempre esteve associada generosidade, esperana e ao sentimento fraterno. Nada melhor do que estar com a famlia e os amigos, aproveitar a ceia de Na-tal, ouvir as msicas natalinas, lembrar das tradies e se confraternizar!

  • Dezembro/2011Dezembro/2011 Dezembro/2011INFORMATIVO

    3

    Agr

    oneg

    cioAlta rentabilidade pode levar a consumo recorde de adubo

    Estimulados pela alta rentabilidade da atual safra, os agricultores brasileiros devem refor-ar investimentos na nova temporada e as consultorias j estimam consumo recorde de fertilizantes em 2011.A rentabilidade deste ano, a mais alta da histria, aumenta a disponibilidade (de re-cursos) para investimentos no pacote tec-nolgico, afirmou o analista de mercado Andr Debastiani, da Agroconsult.Segundo ele, dificuldades para compra e a-bertura de novas reas de cultivo, por conta de restries ambientais, tambm leva produ-tores a reforar o investimento em adubao, com o objetivo de ampliar a produtividade. A consultoria estima um aumento de 5,6 por cento nas vendas de fertilizantes em 2011, para o recorde de 25,9 milhes de toneladas.O recorde anterior de 2007, quando as vendas totalizaram 24,6 milhes de tonela-

    das - no ano passado, foram de 24,5 milhes, segundo a indstria.Para expandir rea hoje no muito fcil, ou o produtor faz pequenos negcios no en-torno de sua rea ou desloca para fronteiras no Mapito (acrnimo para Maranho, Piau e Tocantins), afirmou.O investimento em tecnologia de produo, alm do clima favorvel, rendeu ao pas alta produtividade nesta temporada, como apon-ta levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), cuja estimativa de produo recorde de gros no Brasil em 2010/11.O produtor j adubou mais nesta safra, que teve produtividade maior que o esperado. H registros de at 80 sacas por hectare em algumas lavouras (de soja). Isso era impen-svel h trs anos, observou Debastiani.

    (Fonte: Reuters)

    Exportao mundial de caf na safra 2010/2011 recorde

    A exportao mundial no ano cafeeiro 2010/2011 - que corresponde ao perodo de outubro de 2010 a setembro de 2011 - apresentou elevao de cerca de 9,4%, para 103,1 milhes de sacas de 60 kg, em com-parao com os 94,3 milhes de sacas no perodo anterior. O resultado corresponde a um volume histrico recorde, informa a Or-ganizao Internacional do Caf (OIC).No ano agrcola, que terminou em setembro passado, a exportao de caf arbica to-talizou 66,6 milhes de sacas, mais de 5,1 milhes de sacas em comparao com o perodo anterior. O total exportado de caf

    robusta foi de 36,6 milhes de sacas, 3,9 mi-lhes de sacas a mais da safra antecedente. De acordo com os clculos da OIC, o Bra-sil embarcou 34,3 milhes de sacas de caf arbica e robusta.Em setembro passado, a exportao mundial apresentou queda de 14,5%, em compara-o ao mesmo ms de 2010. Foram embar-cadas 7 milhes de sacas ante 8,24 milhes de sacas setembro do ano anterior. As ex-portaes brasileiras totalizaram quase 3 mi-lhes de sacas, ante os 3,2 milhes de sacas em setembro de 2010.

    (Fonte: Mapa)

    (Fonte: DCI)

    Vendas aumentaram 9,4% entre outubro de 2010 e setembro de 2011

    Altos preos do milho levam Estados a apostar na 2 safraCom os altos preos do milho registrados este ano, os produtores brasileiros devem apostar todas as suas fichas na segunda safra da cultura apesar de algumas reclamaes de falta de sementes, principalmente nos estados do Mato Grosso