anlise da poltica de recrutamento e seleo em um convibra administrao – congresso virtual...

Download Anlise da Poltica de Recrutamento e Seleo em um   Convibra Administrao – Congresso Virtual Brasileiro de Administrao –

Post on 26-Apr-2018

221 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • VIII Convibra Administrao Congresso Virtual Brasileiro de Administrao www.convibra.com.br

    Anlise da Poltica de Recrutamento e Seleo em um Hospital localizado no municpio

    de Itaperuna

    Mnica Genovez Iplito

    Universidade Federal Fluminense (RJ)

    Ailton da Silva Ferreira

    Universidade Federal Fluminense (RJ)

    Denise Cristina de Oliveira Nascimento

    Universidade Candido Mendes Campos dos Goytacazes (RJ)

    Rodrigo Resende Ramos

    Universidade Federal Fluminense (RJ)

    Resumo:

    O recrutamento e seleo so atividades importantes para a gesto de pessoas, pois atravs

    dessas atividades as instituies podem identificar talentos, capacidades e qualificaes que

    possam ser utilizadas como diferencial para obteno de vantagem competitiva em relao

    aos seus concorrentes. O presente trabalho apresenta um estudo das prticas de recrutamento e

    seleo utilizadas em um hospital localizado no municpio de Itaperuna, no noroeste do estado

    do Rio de Janeiro em comparao com outros hospitais da regio. A metodologia foi analisar

    o processo em etapas se baseando na metodologia de um pesquisa analtica, a pesquisa foi

    bibliogrfica e documental, pois estar fundamentada em um estudo sistematizado

    desenvolvido com base em material acessvel ao pblico em geral publicado em livros e

    artigos, com uma investigao sobre os assuntos.O recrutamento mais realizado o externo,

    pois trabalhando com tcnicas pode diminuir erros. Todos os candidatos convocados pelo o

    recrutamento passam pelas fases da seleo.

    Palavras-Chaves: Gesto de Pessoas, Itaperuna, Hospital

    ABSTRACT

    The conscription and election are important activities for the management of people, therefore

    through these activities the institutions can identify talentos, capacities and qualifications that

    can be used as distinguishing for attainment of competitive advantage in relation its

    competitors. The present work presents a study of practical of used conscription and the

    election in a hospital located in the city of Itaperuna, in the northwest of the state of Rio De

    Janeiro in comparison with other hospitals of the region. The methodology was to analyze the

    process in stages if basing on the methodology of one it searches analytical, the research was

    bibliographical and documentary, therefore it will be based on a material study systemize

    developed on the basis of accessible to the public in general published in books and articles,

    with an inquiry on the subjects. The carried through conscription more is the external one,

    therefore working with techniques it can diminish errors. All the candidates convoked for the

    o conscription pass for the phases of the election.

    Keywords: : Management of People, Itaperuna, Hospital

  • VIII Convibra Administrao Congresso Virtual Brasileiro de Administrao www.convibra.com.br

    1. Introduo

    Mudanas econmicas, sociais, culturais, polticas atuam sistematicamente num

    campo de foras produzindo resultados e trazendo incertezas para as organizaes

    (CHIAVENATO, 1999).

    Dentro deste contexto, conforme evidencia Gil (2008) e Chiavenato (1999) a rea de

    recursos humanos a que mais sofre mudanas nas organizaes. Devido as vrias

    modificaes a expresso gesto de pessoas veio para substituir administrao de recursos

    humanos. Por conseqncia, as pessoas no mais so vistas, para alguns autores, como um

    simples empregado ou funcionrio, mas sim como cooperadores e parceiros do negcio.

    O recrutamento e seleo so atividades estratgicas de suma importncia para a

    gesto de pessoas. atravs de um processo de recrutamento e seleo bem elaborado que as

    instituies podem identificar talentos (CHIAVENATO, 1999), pessoas capazes e

    qualificadas que possam ser o principal diferencial para obteno de vantagem competitiva

    em relao aos seus concorrentes (CARBONE et al., 2009). Porm, no preciso s

    identificar talentos, necessrio a organizao possuir uma poltica e um clima organizacional

    propcio para manter esses talentos ou fonte inovadora dentro da empresa, com a finalidade

    deles colaborarem para o crescimento da instituio obtendo assim a liderana nesse mercado

    to competitivo.

    Tendo em vista a importncia das pessoas para a organizao, conforme revela

    Carbone et al. (2009), o conhecimento j era uma preocupao humana desde a antiguidade.

    Para os celtas o saber e o agir eram vistos de forma integrada. Corrobora-se ainda que no

    atual contexto organizacional o desafio de ser competitivo est diretamente relacionado ao

    esforo de conquista e de manuteno de vantagem competitiva ao longo do tempo.

    De acordo com Galbraith, inovao a gerao de um produto resultante do

    desenvolvimento de uma nova idia (apud PERIN et al., 2007, p. 49). Ou seja, preciso criar

    algo novo para ser considerada uma inovao. Nessa mesma linha, o indivduo sem fatores

    motivacionais no gera a inovao e criatividade necessria para a organizao em que

    trabalha. Os funcionrios mais motivados podem contribuir muito mais para o bom

    desempenho do ambiente organizacional, melhorando assim o atendimento aos clientes.

    (PERIN et al., 2007)

    O presente trabalho apresenta uma anlise dos tipos de recrutamento e seleo

    utilizados em um hospital localizado em Itaperuna, cidade localizada no noroeste do estado do

    Rio de Janeiro. Trata-se de um hospital filantrpico que possui mais de cem leitos, presta

    assistncia a qualquer tipo de pacientes, e atualmente conta com mais de 750 funcionrios.

    A necessidade das contrataes efetuadas no hospital em estudo est relacionada

    principalmente ao alto nvel de crescimento da instituio, a necessidade de incremento de

    qualificao e a rotatividade de pessoal nos diversos setores.

    2.Histrico de Gesto de Pessoas

    Segundo Gil (2008) a administrao de recursos humanos teve incio na administrao

    cientfica com as experincias de Frederick W. Taylor (1856-1915) e Henri Fayol (1841-

    1925). O taylorismo com base em observaes diretas foi fundamentado na racionalizao do

    trabalho, ou seja, a tarefa era simples para reduzir o tempo gasto e conseqentemente

    aumentar o lucro. J o fayolismo buscava-se a eficincia atravs dos princpios de conhecer,

    prever, organizar, comandar, coordenar e controlar. Henri Ford (1863-1947) tambm

    contribui para esse movimento com a filosofia de produo em massa com diminuio da

  • VIII Convibra Administrao Congresso Virtual Brasileiro de Administrao www.convibra.com.br

    jornada de trabalho e boa remunerao, onde o indivduo executava s uma tarefa para

    aumentar a produtividade e reduzir os custos.

    Nesta mesma linha cronolgica, com base nos estudos de Elton Mayo (1890-1949), a

    escola das relaes humanas dava-se importncia as necessidades sociais e psicolgicas dos

    indivduos a fim de colaborarem para a empresa.

    Segundo Wood e Piccarelli (apud OLIVEIRA et al., 2001) os funcionrios eram

    comparados a mquinas, ou seja, as pessoas eram vistas como um recurso no processo

    produtivo a fim de garantir o crescimento da indstria. Por tanto, a competitividade entre as

    empresas era menor neste perodo de industrializao.

    De acordo com Oliveira et al. (2001), a administrao de recursos humanos comeou a

    sofrer profundas mudanas com o crescente surgimento das empresas, o que culminou na

    grande competio entre elas. Todavia, as organizaes passaram gerir as pessoas, no mais

    como um insumo, mas como um recurso para obteno de vantagem competitiva sobre os

    concorrentes.

    Porm, as organizaes no pensam e nem agem sozinhas, elas precisam de pessoas

    capazes, qualificadas e com idias inovadoras com o objetivo de atingir o pblico alvo e

    conseqentemente obter vantagem em relao aos seus concorrentes. Chiavenato (1999)

    afirma que a gesto de pessoas formada por pessoas e organizaes. Sendo que a maior

    parte do tempo as pessoas passam dentro das instituies, que por sua vez necessitam delas

    para sobreviver neste mercado to acirrado. Confirma-se ainda que a gesto de pessoas

    situacional e contingencial, pois necessita de vrios aspectos relacionados ao ambiente

    organizacional.

    Segundo Chiavenato (1999, p. 52) o papel do recrutamento divulgar no mercado as

    oportunidades de emprego que a organizao dispe para as pessoas que possuem

    caractersticas desejadas. Neste sentido, o mercado aonde se encontra as transaes, ou

    seja, o elo entre a oferta e procura de produtos/servios. Como mostra a figura 1, o mercado

    de trabalho o local das ofertas de emprego, nele est inserida a organizao, esta por sua vez

    sinaliza para os candidatos dentro do mercado de recursos humanos as oportunidades de

    trabalho. No mercado de recursos humanos esto inseridos os indivduos que constituem

    habilidades e conhecimentos desempregados que esto em busca de emprego e os

    empregados que esto em busca de novos desafios e crescimento profissional.

    (CHIAVENATO, 1999)

    Desta forma, conforme Chiavenato (1999) atravs da seleo que as organizaes

    esto sempre agregando pessoas em seu ambiente organizacional. O objetivo da seleo

    escolher e classificar os candidatos que possuem o perfil adequado para assumir um

    determinado cargo. Sendo assim, o processo seletivo pode ser visto como uma comparao e

    Mercado de Recursos

    Humanos

    Mercado de Trabalho

    Organizao Candidatos

    Figura 1: Ligao entre mercado de trabalho e mercado de recursos humanos

    Fo

Recommended

View more >