animação socio cultural

Download animação socio cultural

Post on 28-Jun-2015

1.916 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

CURSOS PROFISSIONAIS DE NVEL SECUNDRIO Animador Sociocultural

PROGRAMAComponente de Formao Tcnica Disciplina de

Animao SocioculturalEscolas Proponentes/AutoresE. P. e A. da Marinha Grande E P Bento de Jesus Caraa Del. Beja E P D. Francisco Gomes de Avelar E P de Agentes de Servio e Apoio Social E P de Educ. para o Desenvolvimento E P Gustavo Eiffel E P do Montijo E P de Setbal Esc. de Servios e Comrcio do Oeste Carlos Alberto R.S. Silva Maria da Luz Ramos Domingos Dulce Marina Prates Nlia Paula Viegas Antnio Ricardo Maria Odete Martins Ana Lusa Domingos Manuel Babo Cludia Prates Florbela das Neves Colao Ana Cristina Silva Martins

ANQ Agncia Nacional para a Qualificao 2008

Programa de Animao Sociocultural ANIMADOR SOCIOCULTURAL

Cursos Profissionais

Parte I

Orgnica Geralndice:Pgina

1. 2. 3. 4. 5. 6.

Caracterizao da Disciplina . . Viso Geral do Programa . ...... Competncias a Desenvolver. . . Orientaes Metodolgicas / Avaliao . Elenco Modular ............. Bibliografia . . .

2 2 3 3 5 6

1

Programa de Animao Sociocultural ANIMADOR SOCIOCULTURAL

Cursos Profissionais

1. Caracterizao da DisciplinaO programa da disciplina de Animao Sociocultural, integrado na componente de formao tcnica do curso profissional de Animador Sociocultural, cobre um vasto leque de temticas, aos nveis do saber saber, saber fazer e saber ser, necessrias prtica da Animao Sociocultural nos seus diferentes domnios. Tendo em conta que a Animao Sociocultural uma forma de interveno social, cultural e educativa que, no sc. XXI, deve ser entendida de uma maneira sistmica, possibilitando o desenvolvimento de estratgias concertadas como resposta aos novos desafios e realidades das comunidades, o programa reala, entre outras, as questes histricas do aparecimento e desenvolvimento da Animao Sociocultural, os seus diferentes contextos e prticas, bem como as questes inerentes actividade profissional que se prendem com o perfil e o estatuto do animador. Numa perspectiva animada, a interveno do animador, enquanto agente de desenvolvimento, levao a posicionar-se como um mediador e potenciador da autonomia dos grupos, procurando que estes tomem conscincia da sua realidade e encontrem maneiras de resolver e transformar as condies da sua existncia, promovendo, deste modo, uma cidadania de pleno direito. Assim, a disciplina de Animao Sociocultural tem como finalidade contribuir para o desenvolvimento das vertentes pessoal, social e profissional de cada aluno, preparando-o para o exerccio competente e consciente da sua profisso.

2. Viso Geral do ProgramaO programa da disciplina de Animao Sociocultural pretende ser um documento orientador da prtica lectiva, contemplando um conjunto de contedos programticos que permitem, na rea da Animao Sociocultural, adquirir competncias, bem como desenvolver aptides orientadas no sentido de construir o perfil profissional adequado ao tcnico, futuro animador sociocultural, para uma integrao plena no mercado de trabalho. A disciplina integra o plano curricular do curso nos trs anos do ciclo de formao, com uma carga horria de 350 horas, correspondentes a treze mdulos, sendo que estes, preferencialmente, devero ser repartidos pelo ciclo de formao, do seguinte modo: no primeiro ano, os quatro mdulos iniciais, que perfazem um total de 118 horas; no segundo ano, os cinco mdulos seguintes, que perfazem um total de 132 horas; no terceiro ano, os ltimos quatro mdulos, que perfazem um total de 100 horas.

2

Programa de Animao Sociocultural ANIMADOR SOCIOCULTURAL

Cursos Profissionais

Dos treze mdulos que compem o programa da disciplina, quatro so mdulos opcionais, devendo ser seleccionados de um leque de oito mdulos, os quais pretendem dar uma maior abrangncia da disciplina, no sentido de colmatar necessidades de carcter social, educativo e cultural, especficas de cada regio onde a escola se insere, bem como colocar disposio do docente uma panplia de mbitos de interveno na rea da animao. Cabe s escolas gerir a pertinncia da escolha dos mdulos opcionais, tendo em vista a sua adequao/ exequibilidade em conjunto com o perfil de competncias dos futuros profissionais.

3. Competncias a DesenvolverCom este programa, pretende-se que os alunos conheam as problemticas fundamentais da Animao Sociocultural; sejam capazes de conceber, desenvolver e avaliar projectos que se ajustem realidade das comunidades com que trabalham; dominem metodologias e tcnicas que permitam uma gesto eficaz dos mesmos; e, em simultneo, sejam sensveis necessidade de uma formao contnua para o bom exerccio da sua actividade profissional.

4. Orientaes Metodolgicas / AvaliaoA metodologia a utilizar pretende valorizar o aluno centrando-se no seu processo de aprendizagem. Nesta medida, privilegiar-se-o, por um lado as metodologias interrogativas, demonstrativas e activas em contexto de sala de aula e, por outro lado, metodologias de aprendizagem em situao de contexto de trabalho. Quanto s metodologias a utilizar em contexto de sala de aula, o aluno dever ser estimulado a uma participao activa na construo do conhecimento com a orientao do docente. Quanto s metodologias a utilizar em contexto de trabalho, o aluno dever, sob orientao tcnica, pr em prtica, individualmente ou em grupo, os conhecimentos adquiridos. Dessa maneira, consolidar saberes e adquirir capacidade crtica para questionar esses mesmos conhecimentos. A avaliao ter como um dos seus objectivos centrais verificar a aquisio e domnio das competncias e capacidades previstas no plano de formao. A avaliao fornecer igualmente elementos de controlo sobre a organizao do processo educativo, permitindo identificar as alteraes que a prpria escola ou qualquer um dos seus intervenientes concluam ser necessrio introduzir nas condies de ensino/ aprendizagem. A avaliao ser fundamentalmente de natureza contnua e pressupe a participao e responsabilizao de todos os intervenientes do processo de ensino/ aprendizagem, sem diluir a responsabilidade profissional de cada um dos docentes.

3

Programa de Animao Sociocultural ANIMADOR SOCIOCULTURAL

Cursos Profissionais

A avaliao refere-se sempre a objectivos e critrios de desempenho definidos, envolvendo diversas formas, enquadrados necessariamente em trs vertentes: Aquisio de competncias e domnios das aprendizagens; Aquisio de metodologias de trabalho; Educao de capacidades, atitudes e comportamentos.

So agentes do processo de avaliao: O prprio aluno; O(s) docente (s) que lecciona (m) a disciplina; Os restantes formandos do grupo turma, cuja participao dever ser solicitada; Outros elementos exteriores escola, que tenham participado no processo de ensino/aprendizagem. O conselho de turma, enquanto elemento de ratificao das classificaes. A avaliao processa-se segundo quatro vertentes: Avaliao formativa; Avaliao sumativa; Avaliao contnua; Avaliao descritiva e qualitativa.

4

Programa de Animao Sociocultural ANIMADOR SOCIOCULTURAL

Cursos Profissionais

5. Elenco ModularDurao de referncia (horas)

Nmero

Designao

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13

Histria da Animao Sociocultural Animao Sociocultural - Contextos e Prticas Prticas de Animao Sociocultural I a) Mdulo Opcional Perfil e Estatuto Profissional do Animador Deontologia e Animao Sociocultural Prticas de Animao Sociocultural II Noes Bsicas de Sade e Socorrismo a) Mdulo Opcional Prticas de Animao Sociocultural III Higiene e Segurana no Trabalho a) Mdulo Opcional a) Mdulo Opcional

24 36 36 21 24 30 36 21 21 36 24 21 21

a) Mdulos OpcionaisDurao de referncia (horas)

Nmero

Designao

A B C D E F G H I

Animao Scio Educativa Animao na Terceira Idade Interveno em Espaos Culturais Animao Ambiental e de Patrimnio Animao Turstica e Desportiva Associativismo e Animao Animao e Desenvolvimento Comunitrio Gesto de Projectos de Animao Animao de Bibliotecas

21 21 21 21 21 21 21 21 215

Programa de Animao Sociocultural ANIMADOR SOCIOCULTURAL

Cursos Profissionais

6. BibliografiaLivros. AA.VV. (1988). La Animacin Sociocultural: una Propuesta Metodologica. Madrid: Editorial Popular. . AA.VV. (2000). Guia das Emergncias Mdicas. Lisboa: Seleces Readers Digest. . Afonso, A. J. (1999). Educao Bsica, Democracia e Cidadania: Dilemas e Perspectivas. Porto: Edies Afrontamento. . Aguileta, I. et al (1990). El Voluntariado en la Accion Sociocultural. Madrid: Editorial Popular. . Albuquerque, F. (2000). A Hora do Conto: Reflexes sobre a Arte de Contar Histrias na Escola. Lisboa: Teorema. . Alves, F. L. (1998). Educao Ambiental. Lisboa: Universidade Aberta . Alves, J. L., Coord. (1998). tica e o Futuro da Democracia. Lisboa: Edies Colibri/ S.P.F. . Ander Egg, A. (1999). Como Elaborar un Proyecto.. Buenos Aires: Lumen. . Ander - Egg, E. (1994). Metodologa y Pratica de la Animacin Sociocultural. Buenos Aires. Ediciones Circus. . Ander Egg, E. (1999). O Lxico do Animador. Vila Real: ANASC Associao Nacional de Animadores Socioculturais. . ngeles, M et al (1994). Planificacion e Intervencion Socioeducativa. Salamanca: Amar Ediciones. . ngeles, M. et al (1990). Animacin Socio Cultural: Nuevos Enfoques. Salamanca: Amar Ediciones. . Aristteles (2004). tica a Nicmaco. Lisboa: Quetzal Editores. . Azevedo, F. (coord.) (2006). Lngua Materna e Literatura Infantil: Elementos Nucleares para Professores do Ensino Bsico. Lisboa: Lidel. . Baptista, M. V. (1979). Planejamento: Introduo Metodologia de Planejamento Social. S. Paulo: Cortez e Moraes. . Barbalet, J. M. (1989). A Cidadania. Lisboa: Editorial Estampa. . Barbier, J. M. (1996). Elaborao de Projectos de Aco e de Planificao. Porto: Porto Editora. . Barreto, A. (2002). Dicionrio de Literatura Infantil Portuguesa. Porto: Campo das Letras. . Barros, C. P.; Santos, J. G. (coord.) (1997). As Institu