angela paiva dionisio

Download Angela Paiva Dionisio

If you can't read please download the document

Post on 11-Jan-2017

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Srie Verbetes EnciclopdicosDiversidade de Linguagens no Ensino Mdio

  • AngelA PAivA Dionisio (org.)

    VerbetesenciclopdicosGrfico e Infogrfico

    Pipa ComunicaoRecife - 2013

    Srie Verbetes EnciclopdicosDiversidade de Linguagens no Ensino Mdio

  • CAPAKarla Vidal (Pipa Comunicao - www.pipacomunicacao.net)

    IMAGEM DA CAPAStudies of Embryos. Pen over red chalk. 1510-1513. Leonardo da Vinci. Domnio Pblico. Disponvel em http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Leonardo_da_Vinci_Studies_of_Embryos.jpg

    PROJETO GRFICO E DIAGRAMAOKarla Vidal e Augusto Noronha (Pipa Comunicao - www.pipacomunicacao.net) EQUIPE PIBID LETRAS UFPE

    gnes Christiane de SouzaAmanda Alves de OliveiraAndrea Silva MoraesAngela Paiva DionisioBibiana Terra Soares CavalcantiCssia Fernanda de Oliveira CostaDaniella Duarte Ferraz Elilson Gomes do Nascimento Getulio Ferreira dos SantosHellayne Santiago de AzevedoJoo Alberto Barbosa de Gusmo

    Juliana Serafi m dos Santos Larissa Ribeiro Didier Leila Janot de VasconcelosMagda Evania Vila Nova Maria de Lourdes Cavalcante Chaves Maria Medianeira de SouzaMariana Bandeira Alves FerreiraMaura Lins Dourado RodriguesRaquel Lima Nogueira Renata Maria da Silva FernandesSaulo Batista de Souza

    O trabalho Srie Verbetes Enciclopdicos - Diversidade de Linguagens no Ensino Mdio de Angela Paiva Dionisio, PIBID Letras UFPE e Pipa Comunicao foi licenciado com uma Licena Creative Commons -

    Atribuio-NoComercial-SemDerivados 3.0 No Adaptada.Com base no trabalho disponvel em http://www.pibidletras.com.br/.

    Podem estar disponveis autorizaes adicionais ao mbito desta licena em http://www.pibidletras.com.br/.

    Catalogao na publicao (CIP)Ficha catalogrfi ca produzida pelo editor executivo

    D592

    Dionisio, Angela Paiva. Verbetes enciclopdicos: grfi co e infogrfi co/ Angela Paiva Dionisio [org.]. - Recife: Pipa Comunicao, 2013. 59p. : Il.. (Srie verbetes enciclopdicos: diversidade de linguagens no ensino mdio) Inclui bibliografi a. ISBN 978-85-66530-06-3

    1. Lngua Portuguesa. 2. Gneros Textuais. 3. Grfi co. 4. Infogrfi co. I. Ttulo. II. Srie.

    400 CDD811.134.3 CDU

    c.pc:07/13ajns

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

    REITORIAAnsio Brasileiro de Freitas Dourado

    PR-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADMICOSAna Maria Santos Cabral

    COORDENAO INSTITUCIONAL DO PIBID - UFPESrgio Ricardo Vieira Ramos

    COORDENAO PEDAGGICA DO PIBID - UFPEEleta Freire

    CHEFIA DO DEPARTAMENTO DE LETRASJos Alberto Miranda Poza

    COORDENAO DO SUBPROJETO PIBID LETRAS - UFPEAngela Paiva Dionisio

    GRADUANDOS PIBID LETRASgnes Christiane de Souza, Amanda Alves de Oliveira, Bibiana Terra Soares Cavalcanti, Cssia Fernanda de Oliveira Costa, Daniella Duarte Ferraz, Elilson Gomes do Nascimento, Hellayne Santiago de Azevedo, Joo Alberto Barbosa de Gusmo, Juliana Serafim dos Santos, Larissa Ribeiro Didier, Magda Evania Vila Nova, Maria de Lourdes Cavalcante Chaves, Mariana Bandeira Alves Ferreira, Raquel Lima Nogueira, Renata Maria da Silva Fernandes

    SUPERVISORES PIBID LETRAS

    Maura Lins Dourado Rodrigues (Escola Dirio de Pernambuco)Saulo Batista de Souza (Escola Senador Novaes Filho)

    COLABORADORES PIBID LETRASAndrea Silva Moraes (Mestrado PG Letras-UFPE); Getulio Ferreira dos Santos (Graduao de Letras UFPE); Leila Janot de Vasconcelos (Neuropsicloga, pesquisadora NIG UFPE); Maria Medianeira de Souza (Professora Departamento de Letras, pesquisadora NIG UFPE)

    TRADUO INGLS-PORTUGUS:Traduo: Larissa Cavalcanti (UFPE-FAFIRE) Superviso da Traduo: Lcia Bodeman (Cultura Inglesa)

  • Grfico e Infogrfico

  • Sumrio

    09 PREFCIO

    VERBETES ENCICLOPDICOS: CAPTURAM A IMPERMANNCIA E ENSINAMMaria Auxiliadora Bezerra

    13 APRESENTAO DA COLEO

    VERBETAR: FAZER VERBETES E ORGANIZ-LOS, EIS O NOSSO DESAFIO!Angela Paiva Dionisio

    21 VERBETES

    GRFICODaniella Duarte FerrazJuliana Serafim dos SantosSaulo Batista de Souza

    INFOGRFICOAngela Paiva DionisioRosemberg Gomes Nascimento

    51 O TEMA EM CENA...

    TRANSCRIES

    55 UMA PITADA DE HUMOR

  • PREFCIO Verbetes enciclopdicos

    !

  • 9

    Verbetes enciclopdicos: capturam a impermanncia e ensinam

    A Srie Verbetes Enciclopdicos apresenta, de for-ma clara, interativa e substancial, informaes sobre gneros multissemiticos, que so intrinsecamente dinmicos, pois suas semioses esto em constante de-vir. So, por exemplo, diagramas, que se constituem de formatos variados; so mapas, que mudam de feio, segundo as representaes que fazem da realidade; so linhas do tempo, que se apresentam horizontal ou ver-ticalmente, mas tambm em zigue-zague... Ou seja, so gneros que se transformam, mas que se deixam capturar, sendo apresentadas, nos verbetes, suas possi-bilidades de configuraes.

    A leitura do verbete Desenho Anatmico nos faz lembrar o artista grfico norte-americano Eric Drooker, que usa a tcnica de raio X para representar os tipos hu-manos, como se estivessem sendo vistos por dentro. A leitura do verbete Mapa nos faz associ-lo ao livro El Hacedor, de Jorge Luis Borges, especificamente o tex-to Museo, que aborda a arte da cartografia, mostrando a impossibilidade de um mapa coincidir exatamente com o que ele representa.

    Relacionando-a educao formal, a Srie Verbe-tes Enciclopdicos proporciona ao professor do Ensino Mdio (mas tambm do segundo segmento do Ensi-no Fundamental) um trabalho de leitura, que no se

  • 10

    restringe apenas ao professor de Lngua Portuguesa. A seleo dos gneros multissemiticos explorados aten-de a todas as reas do conhecimento que constituem contedo curricular da Educao Bsica: o desenho anatmico, o diagrama, o mapa, a linha do tempo, por exemplo, so gneros que se materializam nos mate-riais didticos com o intuito de mostrar contedos conceituais de Biologia, de Geografia, de Histria, de Literatura, de Qumica, de Artes Visuais, etc. e de con-tribuir para que os alunos desse nvel de escolaridade os dominem, ampliando seu conhecimento enciclop-dico e seu letramento multissemitico to necessrio em nossa sociedade atual.

    Mas essa Srie no pode ser objeto de estudo ape-nas para o professor em servio, ela tambm deve ser estudada em cursos de formao inicial ou continuada de professores. Se a habilidade de leitura dos mais va-riados tipos de textos e nas mais variadas linguagens uma necessidade para alunos, saber como desenvolv-la e trabalh-la na escola tambm o para os futuros professores. Assim, a srie Verbetes Enciclopdicos se caracteriza como um material propcio s prticas de ensino, aos estgios supervisionados, enfim, s ativida-des de ensinar como ensinar.

    Vale ressaltar a interatividade dessa Srie, que possibilita ao usurio o acesso a todos os exemplos re-tirados de vdeos que se encontram na web, bastando apenas estar conectado internet e clicar no endereo eletrnico dado. Assim, a dinamicidade dos verbetes enciclopdicos favorece o acesso por parte dos alunos a textos de gneros muito flexveis e seu estudo.

  • 11

    A imagem de verbetes construdos de forma est-tica d lugar a uma outra que procura mostrar a vida do gnero textual nos variados domnios discursivos, dando aos alunos um conhecimento sistematizado desses gneros e mostrando que possvel ensin-los sem enrijec-los.

    Maria Auxiliadora BezerraUniversidade Federal de Campina Grande

    Campina Grande, janeiro de 2013.

  • VAMOS verbetar

    !

  • 13

    Verbetar: fazer verbetes e organiz-los,

    eis o nosso desafio!

    Vamos verbetar! Esta foi a deciso tomada aps algumas reunies da equipe PIBID Letras UFPE, ao estudarmos gneros textuais, investigando questes de avaliaes de programas que buscam traar perfis dos nossos alunos de educao bsica, ao analisarmos manuais didticos do ensino mdio de disciplinas diversas e ao buscarmos respaldo terico para defi-nies de alguns gneros multissistmicos recorrentes em diferentes re-as de conhecimento no ensino fundamental e mdio, tais como desenho anatmico, diagrama, fotografia, infogrfico, linha do tempo, tabela. To-dos ns com um letramento mais formal podemos ler cada um deles, com certa facilidade, sem que isto nos cause entrave mais srio no processo de compreenso, certo? Porm, como sujeitos responsveis pela elaborao de atividades didticas que orientam a formao de leitores, precisamos nos apropriar melhor dos gneros textuais que circulam em nosso con-texto educacional, em nosso dia a dia. Conhecer apenas no suficiente e apropriao exige domnio! A tarefa no foi to simples, como mostrare-mos no decorrer desta apresentao.

    Voltando aos aspectos motivadores da nossa deciso em verbetar esta srie Verbetes Enciclopdicos, uma situao bastante significativa foi vivenciada em uma das escolas estaduais recifenses nas quais estamos atuando. Durante a realizao de um teste piloto, envolvendo a compre-enso de enunciados com gneros multissistmicos, uma aluna no res-pondeu a uma questo, pois, segundo ela, no sabia o que era charge, termo que iniciava o enunciado da questo, transcrita abaixo (01). No estamos, neste momento, questionando a elaborao do enunciado em si, mas alguns fatores merecem ser pensados, tais como (i) a importncia

  • Introduo

    14

    da nomeao do gnero para o aluno-leitor e sua influncia no momento de avaliao (no saber o significado do termo no poderia ser atenuado com a verificao ou a leitura do gnero em si? E no enunciado em anlise a nomeao est equivocada, temos uma tirinha; jamais uma charge!); (ii) a no flexibilidade cognitiva do aluno-leitor para realizar tarefa solicitada, desistindo no primeiro entrave, o que nos revela, talvez, uma orientao metodolgica de que necessrio conhecer o significado de cada palavra para entendermos o texto.

    (01):Na charge, a arrogncia do gato com relao ao comportamento alimentar da minho