anexo 1 – ficha de observação meio/instituição .equip. reprodução e slides 0 não existe

Download Anexo 1 – Ficha de observação Meio/Instituição .Equip. reprodução e slides 0 Não existe

Post on 11-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Anexo 1 Ficha de observao Meio/Instituio

    Ficha da Escola

  • P g i n a | 2

    1. Elementos de Identificao

    1.1. Designao Atual: Centro de Promoo Social da Alta de Lisboa 1.2. Localizao Atual: Avenida Srgio viera de Mello, Edifcio Azul Urbanizao Alta de Lisboa 1750-474 Lisboa 1.3. Incio de Funcionamento Data de criao: 04 de Abril de 2006 Data de entrada em funcionamento: 27 de maro de 2006 Observaes: Este equipamento social propriedade da Cmara Municipal Lisboa, tendo sido celebrado e assinado entre esta entidade e a Santa Casa da Misericrdia de Lisboa um protocolo de cedncia do espao fsico por um perodo de 5 anos renovveis 1.4. Situao dentro do Ensino

    Anterior* Actual* Oficial X Particular (individual) X Religioso Cooperativo Estrangeiro Infantil X Primrio Bsico Unificado Ensino Especial *Assinalar com X as situaes correspondentes Observaes: Com a assinatura do protocolo, a Santa Casa da Misericrdia de Lisboa assumiu a gesto total do Estabelecimento.

    de referir que a atividade desenvolvida pelo Estabelecimento de Infncia est

    subordinada aos Estatutos, ao Regulamento Interno dos Estabelecimentos de Infncia e

    Juventude e aos Critrios de Seleo e Hierarquizao da Creche, Creche Familiar e

    Jardim de Infncia da Santa Casa da Misericrdia de Lisboa.

    1.5. Entidade de que depende

  • P g i n a | 3

    ME

    AR

    S

    ENTI

    DA

    DES

    R

    ELIG

    IO

    SAS

    PAR

    TIC

    ULA

    R

    PAS

    ESTR

    AN

    GEI

    RO

    ISSP

    .IP

    OU

    TRO

    S

    Administrativamente X Financeiramente X Hierarquicamente (Assinalar com X)

    2. O Edifcio e os Espaos

    2.1. Caractersticas Gerais Projecto de construo (designao, outros) Antiguidade do edifcio: o edifcio tem neste momento 7 Anos Estado de conservao: BOM X RAZOVEL MAU

    2.2. As reas: 1602m2 Observaes: O Centro de Promoo Social Alta de Lisboa um edifcio construdo de

    raiz, como rea til 1602 m2, arejado, amplo, esteticamente agradvel, com luz natural e

    boa visibilidade para a rua, constitudo por dois pisos:

    - Piso 0

    - Piso 1.

    Todo estabelecimento est equipado com materiais adequados sua atividade, oferendo

    boas condies / potencialidades para o desenvolvimento da ao educativa.

    2.2.1. O edifcio faz parte de: Bloco nico

    Blocos independentes

    Nmero de pisos

    Observaes

    Sim X No

    Sim No x N de blocos:

    2 Comporta ainda um ginsio

    2.2.5. As reas descobertas distribuem-se por:

  • P g i n a | 4

    nico ptio interior nico ptio volta do edifcio X Vrios ptios interiores Vrios ptios volta do edifcio Ptio de recreio e jardins X Ptio de recreio e reas desportivas (Assinalar com X) 2.2.6. As reas cobertas distribuem-se por: Alpendres Telheiros X Alpendres e telheiros Alpendres e faixas de circulao Telheiros e faixas de circulao Alpendres, telheiros e faixas de circulao (Assinalar com X) 2.2.7. Limites do domnio escolar com o meio circundante (rea ocupada pela escola) Presena de um muro a ladear a instituio juntamente com um gradeamento intransponvel. 2.2.8. Espaos de circulao interna Corredores com salas apenas num dos lados X Largura e

    comprimento 1m50

    Corredores com salas dos dois lados Largura e comprimento

    Ausncia de corredores, as salas do para um trio Dimenso Utilizao de salas para circular Presena de faixas cobertas destinadas circulao entre pavilhes

    Largura e comprimento

    Observaes: Existem duas salas que do para o ptio no entanto estas tambm tem porta para o corredor. 2.2.9. Acesso aos pisos: Rampas Inclinao Escadarias X N de lances 2 Elevador X Tonelagem 350

  • P g i n a | 5

    Observaes: O elevador no utilizado pelas crianas a sua utilizao exclusiva para o transporte dos funcionrios e materiais

    3. MOBILIRIO E MATERIAL

    3.1. Salas de aula (Por sala) Nmero Dimenses Sala 8 50.00m2 Janelas 5 1m X 0.50 Ventiladores - - Mesas 6 1m X 0.30 Armrios 6 1m X 1m Bengaleiros 20 - Expositores 4 2mX2m Aquecimento Central LocalX Observaes: o material apresenta-se em perfeitas condies 3.1.1. A iluminao Luminosidade natural Unilateral X Bilateral Luminosidade artificial Branca Amarela X Paredes Cores vivas X Cores mortas

    Limpas X Sujas e mal conservadas

    Observaes: a sala recebe bastante luminosidade pois as janelas preenchem toda a parede lateral da sala.

    3.2. Outras instalaes para aces curriculares *Assinalar com X

    Mob

    ilir

    io ad

    equa

    do

    e

    Mob

    . ad

    equa

    do

    mas

    in

    sfic

    ie

    Mob

    . n

    o Esta

    do

    de

    Qua

    ntid

    ade

    D

    imen

    s

    Ginsios X Bom 1 Oficinas Atividades circum-escolares Ensino especial Pavilho administrativo Para projeces Outras

  • P g i n a | 6

    3.3. Instalaes gerais para: * Assinalar apenas com X Instalaes especficas Instalaes no-especficas Reunies de escola X Ncleo sindical X Professores X Alunos X Empregados X Festas X Pais X Actividades extra-escolares X Observaes:

    3.4. Instalaes sanitrias

    Prof

    ess

    ores

    Masculino

    Feminino

    Alu

    nos

    Masculino

    Feminino

    Pess

    oal

    aili

    ar Masculino

    Feminino

    Observaes: so todas unisex 3.9. Material didctico 3.9.1. Existentes nas salas * Assinalar com X

    Qua

    nt.

    Em to

    das

    as sa

    las

    Con

    form

    e Obs

    erva

    e

    s

    Retroprojector 1 Em toda a instituio Flanelgrafo 1 Em toda a instituio Gravador 1 Em toda a instituio Equipamento fotogrfico 1 Por sala Equip. reproduo e slides

    0 No existe

  • P g i n a | 7

    Expositores 20 4 por sala Terminal de computador 6 Um na sala de JI e

    restantes nos gabinetes de trabalho

    Internet WIFI

    Toda a instituio

    Outros Observaes:

    4. Servios, Actividades e Horrios

    4.1. Horrio 08:00h s 18:00h 07:30h s 08:00h e das 18:00h s 19:00h (prolongamento

    Observaes: 4.1.4 Tipos de actividades Extra-escolares que tm lugar na escola Processadas normalmente em dias teis Horrio N de indivduos Idades

    Observaes:

    5. Pessoal 5.1. Pessoal docente

    Efectivos do quadro

    Efectivos no do quadro

    Profissionalizados no efectivos

    No profissionalizados com habilitaes prprias

    Sem habilitaes

    Totais

  • P g i n a | 8

    Sexo

    Masculino 0 0 0 0 0 Feminino 32 32 Total M+F

    Idad

    e

    25 25-45 45-65 65

    A,B,C,D,E

    Observaes:

    5.2. Pessoal de Apoio Pedaggico e Assistncia

    Psiclogo Assistente Social Mdico Enfermeiro Ensino Especial Totais

    Sexo

    Masculino Feminino 1 1 Total M+F

    Idad

    e

    25 25-45 45-65 65

    Observaes:

    5.3. Pessoal administrativo: Categoria profissional

    Nmero

    Total: Observaes:

    6. Populao escolar

    0-18

    18-2

    4

    2-3

    anos

    3-4

    anos

    4-5

    anos

    N de turmas 1 2 2 2 Populao Total M+F

  • P g i n a | 9

    No alunos por turma 10 15 18 20 N alunos repetentes Observaes:

    7. Elementos sobre relaes de ordem numrica (pessoal-alunos; espao-alunos)

    8. Regulamento e Normas de funcionamento Regulamento interior elaborado pela prpria escola X Regulamento estipulado, pelo ME No tem qualquer regulamento elaborado (Assinalar com X)

    9. Ficha de sntese. A instituio apresenta-se em exelentes condies tem uma boa equipa de trabalho e rege-se de acordo com o PE. Data:30/11/11 Anotadores: Joana Santos Fonte(s): Projeto Educat

    Anexo 2 Ficha para a avaliao da organizao do espao-materiais na sala de jardim

    de Infncia

  • P g i n a | 10

    FICHA PARA AVALIAO DA ORGANIZAO DO

    ESPAO-MATERIAIS NA SALA DE JARDIM DE INFNCIA Maria Joo Cardona in (Cadernos de Educao de Infncia, n. 81 - Agosto/2007)

    Breve Caracterizao:

    Jardim-de-infncia: Jardim de Infncia II

    N. de crianas do grupo: 15 (16)

    Idades das crianas do grupo: 3 / 4 anos

    Outras Observaes: A 16 criana ainda no entrou pois os adultos da sala tero de

    receber uma formao expecializada na colucao de alglia.

    Incio do ano escolar

    1.1. Como foi definida a organizao do espao-materiais?

    Sim, esta organizao foi definida pela equipa da sala tendo em conta as

    caracteristicas do grupo.

    S pelo/a educador/a? Como?

    Foi um trabalho conjunto da equipa de sala tendo em conta a faixa estria do grupo

    e a funcionalidade da sala visto ser o segundo ano da Educadora nesta sala.

    Pelo/a educador/a em conjunto com as crianas? Como?

    A equipa de sala apenas tendo em conta a faixa etria do grupo.

    1.2. Quais foram as estratgias utilizadas para a familiarizao das crianas com a

    organizao do espao da sala de actividades?

    Depois de um momento de adaptao e explorao do espao iniciou-se a

    introduo das regras tendo em conta os materiais e as reas. Cada rea tinha um

    carto com o nmero de crianas que poderia estar a brincar nesta. As explicaes

    foram feitas em reunies de grupo e durante os momentos de brincadeira partilhadas

    com a equipa de sala.

    2. Alteraes posteriores