anat top períneo_pg

Download Anat top períneo_pg

Post on 24-Jul-2015

315 views

Category:

Health & Medicine

13 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Apresentao do PowerPoint

PERNEO Faculdade de Medicina de LisboaUniversidade da MadeiraMestrado Integrado em MedicinaMargarida Fernandes

PERNEO1. Perneo Masculino1.1. Configurao Exterior

Tringulo post. do perneo; Eminncia mediana; Rafe Mediana; Bordo inf. M.G.GlteoQuanto configurao exterior da regiao perineal masculina diria que o anus est situado no triangulo posterior do perneo, posteriormente a uma linha que une as duas tuberosidades isquiticas.

Anteriormente ao anus encontramos uma eminencia mediana, larga e antero-posteiror que se perde, anteriormente no escroto. Essa eminencia que entao limitada pelo bulbo peniano, musculos bulbicavrnosos e raizes dos corpos cavernosos, percorrida em toda a sua exptensao por uma rafe mediana que se proloinga para o escroto.

Como limite posteiror da regiao temos os bordos inferiores dos musculos grandes gluteos.41.2. Constituio1.2.1. Perneo AnteriorO perineo anterior esta dividido em 4 planos ouandares, sendo que, de acordo com a sua profundidade so os seguintes: 5

1.2.1.1. Plano Supra-aponevrticoPeleEspessura e adernciaOutras EstruturasPanculo adiposoAponevrose SuperficialTecido celular laminar subcutneo

PLANO SUPRA-APONEVRTICO:

O plano supra-aponevrtico constiuido pela pele dessa regio que apresenta algumas particularidades nomeadamente relativas sua espessra e aderencia sendo, portanto, mais fina e movel, anteriormente, e espessa e aderente, posteriormente.

Abaixo da pele teremos outras estruturas como o Panculo adiposo e o tecido celular laminar subcutaneo que estao separados um dos outro por uma aponevrose, a aponevrose superficial. importante dizer que mais posteriormente a distinao entre estas 3 estruturs torna-se dificil dado que se confundem entre si.

61.2.1.1. Plano Supra-aponevrtico

Gnglios linfticos inguinais superficiaisN. Pudendo InternoVasos Pudendos InternosRelativamente vascularizaao dessa regiao, a regiao supra-aponevrotica do perineo anterior recebe os ramos perineais das arterias pudendas internas e as suas veias satelites. (vasos pudendos internos) (385)

Tem ganglios linfaticos tributarios do ganglios nguians superficiais (387)

Ramos perineais superficial e externo do N. pudendo interno e ramos perineais do N.Peq. Ciatico. (391)71.2.1.2. Plano Msculo-aponevrtico Superficial

Razes dos corpos cavernososBulbo penianoM. BulboesponjosoM. squio-cavernosoM. Tranverso Superficial do PerneoEste plano constituido pela aponevrose perineal siperficial e pelas estruturas compreendidas entre esta aponevrose e o diafragma uro-genital, que como vamos ver, o plano seguinte.

Essas estruturas so: raizes dos corpos cavernosos, parte perineal do corpo esponjoso, bulbo peniano, e ainda 3 musculos: M.bulbocavernoso, M.Transverso superficial do perineo e M. Isquiocavernoso, e os seus revestimentos.

81.2.1.2. Plano Msculo-aponevrtico Superficial

N. Pudendo InternoTringulo squio-BulbarEstes musculos e o seu revestimento aponevrotico limitam, de cada lado da linha mediana, uma rea triangular que se chama Triangulo squio-Bulbar e que est preenchido por tecido adiposo. Por ele passa o ramo bulbo-uretral do N-Pudendo Interno que inerva esses musculos.

9

1.2.1.3. Plano Msculo-aponevrtico Mdio

Aponevrose perineal mdiaM. Tranveso Profundo do PerineoM. Esfncter Externo da uretraM. Elevador do anusFenda Uro-genitalExistncia de um pedculo vsculo-nervosoO plano musculo-aponevrrtico medio constituido pelos musculos transverso profundo do perineo e esfincter externo da uretra que estao situados entre os dois folhetos da aponevrose perineal media. (digitalizar imagens da pag 363)

Em redor da uretra, este plano forma a Fenda uro-genital que esta compreendida entre os dois M.Levantadores do anus. Por esa Razo que este plano toma o nome de diafragma uro-genital.

Ainda neste plano, ao longo dos ramos isquio-pubicos podmeos encontrar um pediculo vasculo-nervoso constituido, inferiormente pelo folheto superior da aponevrose perineal media, externamente pela aponevrose do M.Obturador e superiromente pela uniao destas duas ultimas. 10

Ligamento transverso do perneoNo Pedculo Vsculo-nervoso:N. Dorsal do pnisVasos Pudendos internosN. Dorsal do pnisA. Pudenda InternaGlndulas de CowperA. UretralA. Bulbar1.2.1.3. Plano Msculo-aponevrtico Mdio Nesse pediculo passarao, entao, o N.dorsal do penis assim como os vasos pudendos internos que acabam por abandonar o plano medio do perineo ou passando anteiroremente ao ligamento transverso do perineo ou atravessando a espessura deste.

Outras estruturas importantes que atravessam o diagragma uro-genital so:Vasos uretrais e bulbares que atravessam a membrana perineal media- glandulas de cowper que estao localizadas na espessura dos musculos que fazem parte deste plano, o tranverso profundo e o esfincter externo.111.2.1.4. Plano Msculo-aponevrtico Profundo ou Superior

M. Pubo-coccgeo (1)M. Pubo-rectal (2)M. Ilio-coccgeo (3)M. Levantador do nusM. squio-coccgeo

213Tambem designado de diafragma pelvico, o plano musculo-aponevrotico profundo ou superior um plano que no pertence exclusivamente ao perineo anterior mas est presente em toda a regiao perineal.

Quanto *a sua ocnstituio este plano constituido pelo M.Isquio-coccigeo e M.Levantador do anus, sendo que este ultimo constituido por outros 3: M.pubo-rectal, M.Pubo-coccigeo e M.Ilio-coccigeo, e juntos formam o chamado diafragma plvico.

nesta porao do perineo que se forma a fossa isquio-rectal, que ser descrita depois, no perineo posterior.

121.2.2. Perneo Posterior1.2. Constituio1.2.2. Perneo Posterior

Centro tendinoso do PerneoRafe ano-coccgeaCccixFOSSA SQUIO-RECTALEsfncter externo do ansEm relaao ao perineo posteiror, este no se encontra dividido em planos e apresenta uma descriao identica em ambos os sexos.

O perineo posterior ocupado, centralmente, pelo canal anal e pelo esfincter externo do anus que est unido anteriormente ao cnetro tendinoso do perineo e posteriormente rafe ano-coccigea e atraves desta, ao coccix.

Lateralmente ao canal anal encontramos, de cada lado, a Fossa Isquio-Rectal ou Espao Pelvi-Rectal inferior que est em continuidade com o tecido adiposo subcutaneo dessa regiao. 14

Massa adiposa da Fossa squio-RectalNervos e Vasos Hemorroidrios provenientes dos Nervos e vasos pudendos internos1.2. Constituio1.2.2. Perneo PosteriorImagem so para ver o tecido adiposo na fossa isquio-rectal.

Esta massa adiposa entao atravessada pelo N.Hemorroidrio e Vasos Hemorroidarios provenientes do N e vasos pudendos internos respsctivamente.151.2.2.1. Fossa squio-Rectal ou Espao Plvi-Rectal Inferior

Parede InternaM. Levantador do anusM. squio-coccgeoM. Esfncter externo do anus

Parede ExternaM. Obturador InternoCanal de pudendo de Alcock

Parede InferiorTegumentosA fossa isquio-rectal apresenta uma forma de barco invertido e, em corte coronal, como o da imagem, constituida por: parede interna ou supero-interna; parede externa; parede inferior ou base; Bordo Superior; extremidade anterior e extremidade posterior, no viziveis na imagem.

Relativamente parede interna ou supero-interna, esta cosntituida por um aplano muscular continuo com uma obliquidade para baixo e para dentro. Fazem parte desta parede os musculos Levandador do anus, esfincter externo do anus eo Isquio-cpccigeo, ou seja, os musculos do diafragma pelvico mais o musculo esfincter externo.

A parede externa praticamente vertical e constituida unicamente pelo musculo Obturador interno cuja aponevrose se desdobra em dois folhetos para criar um canal vasculo-nervoso, o canal pudendo de Alcok onde passam os nervos e vasos pudendod intenros.

Parede Inferir, constituda pelos tegumentos do perineo, ou seja, pela pele dessa regiao e todos os tecidos celulares subcutneos.161.2.2.1. Fossa squio-Rectal ou Espao Plvi-Rectal Inferior

Bordo SuperiorArco Tendinoso do M. Levantador do nusBordo Superior que corresponde linha de inserao do M.Levantador do anus na aponevrose do M.Obturador interno.17

1.2.2.1. Fossa squio-Rectal ou Espao Plvi-Rectal InferiorExtremidade AnteriorLimitesEstreito paEncerrado anterior e internamente

Extremidade Posterior

M. Grande GlteoM. Levantador do nusExtremidade Anterior: est presente no rprolongamento que o perineo posterior faz no anterior e que representado por um espao triangular limitado entre a face inferior do M. Levantadoro do anus, face superior do plano musculo-aponevrotico medio do perineo anterior e ainda a aponevrose do M.Obturador interno. Este espao, como visivel na figura, vai se estreitando de pa e encerrado anterior e internamente pela uniao da aponevrose do M.levantador do anus com a aponevroseembrana perineal media.

Quanto Extremidade posteiror: esta tambem corresponde a um porlongamento do perineo posterior que se vai estreitando entre o M.Grande Gluteo e o diafragma pelvio182. Perneo Feminino19

Vs.

Independncia entre os rgos urinrios e genitaisDesdobramento do Bulbo VestibularAusncia de prstata2. Perneo Feminino2.1. Configurao ExteriorO perneo feminino constituido da mesma forma que o masculino. No entanto apresenta algumas particularidades como:Independencia existente entre os rgos urinrios e genitais na passagem atravs do perneo;Ausencia de prostata;Desdobramento do bulbo do vestibulo, cujas metades se situam de cad alado do orificuo vaginal.202.2. Constituio2.2.1. Perneo Anterior2.2.1.1. Plano Supra-aponevrtico

VulvaMusculo cutneo transverso do perneoEste plano ocupado pelas diferentes poroes da vulva, como vemos sendo de referir a existncia de alguns msculos inexistentes no homem, como o musculo cutneo transverso do perneo, cujas fibras se inserem internamente na comissura posterior dos lbios e no quarto po